História What I've Been Looking For (Narusasu) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Konan, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki
Tags Narusasu, Naruto, Sasuke, Sasunaru
Visualizações 582
Palavras 1.083
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


ATUALIZAÇÃO!!!!
Obrigado pelos comentários no capítulo anterior e obrigado a todos que favoritaram até agora <3
Espero que gostem desse capítulo e tenham uma boa leitura!!!

Capítulo 21 - Twenty One


Fanfic / Fanfiction What I've Been Looking For (Narusasu) - Capítulo 21 - Twenty One

*Naruto* 

 

Quando entro no avião me sinto destruído, eu ainda não entendo porque tudo isso está acontecendo ao mesmo tempo, isso é demais até mesmo para mim que sempre aguentei muita coisa calado. 

Kotaru dorme no meu colo calmamente e fico aliviado dele ainda ser praticamente um bebê, ele não precisa se preocupar com nada e entender nada e quando ele estiver grande tudo já estará resolvido. 

Tirando o fato de que não entendo Sasuke, porque ele fez isso? Porque ele disse que me amava se não era verdade? Será que na verdade ele realmente ficou com raiva por causa da semana em que Gaara passou lá em casa? Ou será que ele estava apenas tentando fazer ciúmes no seu ex? Há muitas perguntas na minha cabeça e nenhuma resposta, mas a melhor conclusão que posso chegar nesse momento é que o melhor que eu pude fazer foi terminar com ele. 

Mesmo depois dessa traição, tudo o que eu quero é que eu seja muito feliz, enquanto aos meus sentimentos? Os trancarei dentro do meu coração e eles jamais serão mencionados novamente. 

E além do mais tem o Gaara, porque ele não me contou a verdade? Eu preferia ter ouvido dele, preferia que ele tivesse me contando que sua doença não tinha cura e que na realidade sua ida até a minha casa foi apenas uma despedida, agora tudo faz sentido. O presente, a promessa, o jeito que ele estava em relação a mim, era como se ele tivesse cumprindo um último desejo, ainda que no fim tenho certeza que ele achou que faltava uma única coisa para ser perfeito: Ter feito sexo comigo.  

Mas ao saber dos meus atuais sentimentos e da minha relação com Sasuke, ele simplesmente não pode atuar completamente egoísta, mas nesse momento não sei como vou encarar ele, eu quero vê-lo, mas ao mesmo tempo não quero vê-lo, porque sei que será uma despedida para sempre. 

Assim que desembarco vejo Neji me esperando, ele está um pouco pálido e com cara de quem não dorme há um tempo. 

-Hey, como você está? – digo, ele olha para mim por alguns segundos e depois me abraça sem dizer nada – Eu sei, está tudo mal, não é?! 

-Eu não acredito que estou a ponto de perder um dos meus amigos – sua voz está rouca – Sabe no fim eu não pude deixar de me irritar com ele por isso e acabei brigando com ele à gritos, logo depois veio o choro e ele simplesmente acariciou minha cabeça e disse “Desculpa, ok?” e “Tudo vai ficar bem!” – ele se afasta e olha nos meus olhos – O que ele quis dizer com isso? Como vai ficar bem se ele está morrendo?  

-O que ele está tentando dizer é “Desculpa, eu não queria te preocupar e te fazer sofrer, até porque eu mesmo já aceitei meu destino”, eu o conheço muito bem e sei que é isso que ele realmente está pensando... Você pode segurar o Kotaru para que eu possa ir buscar nossas malas? – Neji concorda com a cabeça – Kotaru esse é o amigo do Nii-chan, Neji. 

-Neji-chan? 

-Isso mesmo Neji-chan – sorrio para ele mesmo sem vontade de sorrir, afinal ele é apenas uma criança. 

-Gaa-chan também aqui? – ele diz depois que é pego por Neji. 

-Gaa-chan não pode vir porque está doente, então ele tem que descansar – digo sentindo uma dor no peito – Já volto ok?  

Ele concorda com a cabecinha e começa a fazer carinho no rosto de Neji e mexer em seu cabelo, depois que eu pego as malas vamos para o estacionamento onde vejo que seu pai nos está esperando, assim que me aproximo ele sorri. 

-Como vai Naruto? – ele pergunta enquanto guardo minhas malas no porta-malas. 

-Não tão bem como queria estar – olho para ele de soslaio – Precisamos conversar tio Hizashi e há um favor que eu quero te pedir... 

-Quando você quiser – ele sorri gentilmente. 

-Você vai ficar lá em casa né? – pergunta Neji assim que entro no carro – Não vou aceitar um não como resposta! 

-Se você insiste não há como eu dizer não, né? – ele abraça meu braço e deita no meu ombro – Senti sua falta. 

-Eu também... Como está Hinata? Faz um tempo que não sei nada dela... 

-Ah, esqueci de te contar... Ela foi estudar fora por um tempo por causa do tio Hiashi, ele descobriu que ela estava namorando e já ficou irritado, depois de descobrir quem era ele não pensou duas vezes e levou a família para o estrangeiro – ele solta um suspiro – Ela estava desesperada e não importou o quanto ela implorasse, ele simplesmente ignorou a petição dela e a levou mesmo assim. 

-Não sei porque o tio Hiashi é assim, desse jeito a Hinata vai acabar odiando ele, se já não odeia. 

-Se fosse você o garoto da questão, aposto que ele não faria isso, ao contrário ele aprovaria – então sua voz se transforma em um sussurro – É uma pena que ele não saiba que você gosta de garotos – ele solta uma risadinha. 

-Imagina a cara que ele ia fazer – digo encostando minha cabeça na dele – Você sabe se ela vai vir?  

-Talvez venha... O tio pode até estar muito bravo, mas ele não pode fazer isso, não pode impedir ela de vir sabendo do que se trata – a voz dele começa a falhar então de repente sua respiração fica calma. 

-Parece que ele finalmente pode dormir – tio Hizashi diz me olhando pelo retrovisor – Esses dias ele tem tido grande problema para dormir por conta de pesadelos dos quais ele nunca fala. 

-Não é necessário que ele diga, eu sei com que ele anda sonhando e ele valoriza muito as poucas amizades que tem... E agora ele deve estar se sentindo totalmente sozinho e devastado. 

Tio Hizashi apenas concorda com a cabeça com uma expressão de pesar no rosto, diferente de seu irmão, ele é uma pessoa muito gentil, que ama seu filho sobre tudo e nunca faria nada para magoá-lo, no fim entendo porque minha mãe disse que eu poderia confiar nele. 

Assim que chegamos na casa de Neji, tio Hazashi o pega e ele acorda rapidamente. Então ele me ajuda a levar as malas até o quarto que já está preparado para mim. Começo a me preparar mentalmente para me encontrar com Gaara, como se despede do seu melhor assim de uma hora para outra? 

-Porque não dormimos juntos como nos velhos tempos? Há algumas coisas que quero te contar e seria bom não ficarmos sozinhos, não acha? 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...