1. Spirit Fanfics >
  2. What No One Thought:things about us not planning in a school >
  3. H o r a s e M a i s H o r a s ;

História What No One Thought:things about us not planning in a school - Capítulo 6


Escrita por: e Ellie_Potato


Notas do Autor


Boa leitura! Espero que goste, estarei sempre dando o meu melhor para que as histórias fiquem boas!
Beijos!

Capítulo 6 - H o r a s e M a i s H o r a s ;


Fanfic / Fanfiction What No One Thought:things about us not planning in a school - Capítulo 6 - H o r a s e M a i s H o r a s ;

Por que?

Leese: -Pensamento on-Socorro! Meu Deus, o que eles querem comigo?! Meu celular! Ah não, como...Onde ele tá??? Como eu vou pegar...Eu só quero sair!!!

   Um dos homens vestido de um terno preto e de aparência pouco perceptível saiu do carro, que tinha parado em frente à uma mansão muito bonita e aparentemente caríssima. Isso lembrava alguém, mas devia ser impossível. Ela não era amigável, mas não gostava de crimes, pelo o que mais deixava claro. Essa ideia foi aos poucos apagada, porém ainda era de se duvidar.

   Enquanto estava pensando, um dos caras dentro do carro tiram-na de lá. Olhando ao redor, seu pensamento foi ganhando um pouco de fundamento. Não conhecia a dona(ou dono), mas a casa lhe parecia familiar: tinha um teto não muito avantajado, era algo parecido com preto, a cor creme das paredes externas, portas marrons escuras, janelas grandes que ocupavam quase uma parede inteira, o que não se dava a saber os móveis ou coisas dentro da casa pelas cortinas, uma escada grande até sua entrada, um belo jardim arquitetônico moderno...Teve a dúvida de Sook já ter dito algo desse tipo. Os homens levaram ela até dentro da casa.

P.O.V Sook

   Eu havia mandado várias mensagens pra Leese, e também liguei várias vezes. Ela...Não atendeu, e..Nem respondeu. Isso não é normal, a gente sempre manda mensagem depois que saímos do colégio, ou ligamos e falamos poucas coisas e nos despedimos. Mas ela devia ter se distraído e não percebido. Não pensei em algo grave ter acontecido

Sook: -Fazendo deveres na escrivaninha-Hm, acho que vou colocar alguma música-Cantarolando-

   Nesse momento, os pais de Leese ligam pra ela. Isso era raro, eles nunca ligavam.

   Ela atendeu.

Sook: Oh, alô? Sr.Chung, o que houve?

Sr.Chung: Sook, desculpa por te ligar sem avisar. Sabe me dizer onde está Leese? Se ela está aí na sua casa...Ela não voltou pra casa, pelo que eu acho, porque ela sempre nos liga

S: O quê???? E-Ela também não me ligou nem respondeu minhas mensagens. Eu realmente não sei o que aconteceu..

Sr.Chung: -Para um estante-Obrigado por atender Sook-Desliga-

S: Ah, cer- Ahh, não deu pra responder..

S: -Pensamento on-Não, não, não, não...Onde está Leese??? O que deve ter acontecido, ela sempre volta pra casa, ou avisa aos pais que vai para outro lugar, e sempre está com créditos pra ligar pra eles...-Ela se encolhe na cadeira e lágrimas começam a escorrer pelo seu rosto-Não...Leese, onde você tá? Ahh, Leese não me de um susto desses-Começa a chorar definitivamente-

   Sook chorava bastante. Enquanto estava alí encolhida, seu irmão mais velho, Jung Tae-so(ela chamava-o de apenas "Soo"), foi chamar ela pra jantar. A mesma não escutou a porta abrir, Tae-so a viu naquele estado deplorável

Tae-so:-Deixando a porta encostada- Sook?! O que houve? Por que está chorando?

S: -Salta da cadeira limpando seu rosto-Soo eu já disse pra você bater na porta antes de abrir! Eu gosto de privacidade e disso você sabe muito bem!-Continua limpando algumas lágrimas que insistiam em cair, de costas-

T: Por que você não olha ora mim? Sook!-Puxa seu ombro-

S: ME DEIXA EM PAZ TAE-SO!-Empurra-o com raiva e chorando, fazendo ele cair-

T: -Pensamento on-ela não me chama pelo nome, o que houve?? Isso é anormal da parte dela-Pensamento off-Por que não me diz o que está acontecendo Sook?-Diz se levantando e tentando abraçar ela-

S: -Dando pequenas batidas no braço de Soo-Me solta! Saí do eu quarto, Soo! Me deixa aqui! Eu vou jantar mais tarde!

T: -Tentando acalmar ela-Sook, calma! Pare de me bater, isso está doendo!

   Os pais deles estavam ouvindo barulhos então foram para o quarto de Sook correndo pelas batidas e por eles estarem brigando

Mãe: Soo, meu filho o que está acontecendo?? Você não devia estar aqui! Você está em fase de recuperação, tem que ficar quieto! Sook por que estava gritando minha filha? E porque está com o rosto vermelho e inchado?

Pai: Meu Deus Soo! Seus braços estão com manchas vermelhas, deixa que eu levo ele-Pega braço de Soo e enrola em seu pescoço-Vamos

M: Sook, o que estava acontecendo? Por que seu irmão está com os braços vermelhos? Você estava chorando?

S: Mãe, por favor, só quero ficar aqui no meu quarto, certo? Eu acabei discutindo com o Soo porque ele pensou que eu estava chorando. Eu não estava, ok? É só um resfriado, eu fiquei com o rosto vermelho e inchado e estava caindo umas lágrimas

M: -Suspira-...Certo Sook. Você quer que eu guarde algo pra você comer mais tarde?

S: Não precisa eu, eu peço algo

M: Hm-Saído quarto indo em direção ao Soo-

  Sook limpou o rosto e ficou ate tarde assistindo. Quase de madrugada pediu um Delivery. Ela tentou relaxar, mas era quase impossível. As mensagens não eram visualizadas, nem respondidas, não tinham retornos de ligações, nada...

"Horas e mais horas, será que..Bay-...Bayak!?"

Obrigado por ler!


Notas Finais


Gostou? Espero que sim e que tenha compreendido o fato de que sou novata ^-^
Estarei sempre postando quando possível, espero muito que me apoiem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...