História What To Do On A Raining Day? (Camren) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Girl On Girl, Lauren Jauregui, Lesbian, Lgbt, Sex
Visualizações 266
Palavras 607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem desse capítulo...🙃
Não vale me xingar por eu ter parado ele bem nesse momento 😊
Boa leitura 🤗

Capítulo 9 - Truth Or Dare? - Part 3


- Já é minha vez Lauren... – ela falou sorrindo – Verdade ou Desafio?

- Desafio – respondi.

- Te desafio a... Passar dois minutos nessa chuva – ela falou apontando para a janela.

- O que? Você está louca? Vou ficar doente se pegar essa chuva – respondi.

- Não vai não... – ela respondeu e depois sorriu – E se ficar estou aqui para cuidar de você – Nossa como eu quis ficar doente depois dessa resposta.

- Tudo bem – concordei.

Descemos até a entrada do hotel com a roupa que estávamos. Chegando lá ponho a mão para fora da cobertura e sinto a chuva fria cair nela.

- Camz, está muito fria – eu falo – Não vou aguentar...

- Você quem deu a ideia do jogo Laur, agora tem que jogar – ela me diz, garota má, mas gostosa. Eu poderia puxá-la para a chuva comigo, teria uma boa visão já que ela estava sem sutiã e a calça de moletom colaria na sua bunda.

- Eu sou idiota as vezes, tenho péssimas ideias... – tentei me safar, mas não consegui.

Primeiro pus meu pé direito para fora e tremi um pouco quando a chuva bateu nele, depois fui colocar minha cabeça bem devagar, mas Camila me empurrou, fazendo com que todo meu corpo saísse da área de cobertura e fosse totalmente molhado pela água da chuva. Dei um grito no momento que isso aconteceu.

A chuva estava muito fria, por isso comecei a pular afim de fazer meu corpo esquentar um pouco, o que não adiantou muito.

- Já está perto? – gritei perguntando para Camila.

- Quase Laur – ela gritou em resposta, pois o barulho da chuva abafava qualquer som – Só mais quarenta segundos.

Aqueles com certeza foram os quarenta segundos mais demorados da minha vida.

- Pronto – ela falou e saiu.

Então entrei novamente na área de cobertura do hotel e fiquei lá sozinha tremendo de frio até Camz voltar com algumas toalhas da recepção. Ela me ajudou a me enrolar nelas e voltamos para o quarto.

- Tira a roupa – Camila falou séria o que me fez arregalar os olhos, mas ela percebeu minha surpresa e completou – Você vai ficar doente se continuar vestida nela - Camz falou isso com as bochechas um pouco avermelhadas, com vergonha.

Fui para onde estava minha mala e tirei toda a roupa molhada que vestia, as joguei no chão e me enxuguei com as toalhas que Camz tinha pegado. Estava de costas para ela, mas sentia seu olhar sobre meu corpo.

- Verdade ou Desafio? – perguntei para ela, mas não obtive resposta – Camz?

- O-oi – ela respondeu, mas não virei para encará-la pois sabia que isso faria com que ela ficasse com vergonha e de certo modo eu gostava da sensação de ter meu corpo observado por Camz.

- Verdade ou Desafio? – perguntei de novo, dessa vez eu passava a toalha devagar por meu corpo.

- Desafio – ouvi Camz engoli em seco.

- Muito bem – dessa vez me virei para ela apenas com a toalha me cobrindo – Quero que você beba dois shots de Vodka.

- Mas não tem Vodka aqui – Camila observava cada um dos meus movimentos, como se não pudesse perder nenhum deles – E se pedirmos no serviço de quarto seus pais vão saber.

- Tem sim – falei com um sorriso malicioso no rosto – Ou trouxe um pouco, a garrafinha está na mala.

Dessa vez me virei de costas para Camila, mas sem nem um tecido ou toalha me cobrindo, ela podia ver toda a parte de trás do meu corpo descoberta. A escutei soltar um gemido fraquinho quando fiz isso. Eu podia sentir a tenção entre a gente, ela estava por todo o quarto.


Notas Finais


Só uma coisa... Lauren, Lauren, Lauren...😏
Aahhh como eu queria estar no lugar da Camila agora...
Então, o que acharam do capítulo? Ansiosas pelo próximo? 🤗
Comentem e favoritem se estiverem gostando 😊
Obrigada por lerem 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...