História What your eyes can not see! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga
Tags Bts, Drama, Imagine, Jeon Jungkook, K-pop
Visualizações 8
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Poesias, Violência
Avisos: Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiieh Armys tudo bem?! Este é o primeiro capitulo da história
"Revisado"
Lido e relido
Boa leitura anjinhos "*" park s/n "*"

Comentem!!

Capítulo 1 - " nem tudo é amor a primeira vista"


Fanfic / Fanfiction What your eyes can not see! - Capítulo 1 - " nem tudo é amor a primeira vista"


Narradora online

E lá estava jungkook mais uma vez "chorando "
Seu pai já não sabia oque fazer
Jeon não tinha amigos
E o garoto sempre reclamava que não podia sair e nem ir ao parquinho igual as outras crianças

Seu pai sempre dizia que era por "segurança"
Mas o pequeno não o entendia

Ele estava sozinho...
Seu pai vivia trabalhando jeon não sabia mas eram milionários ou melhor bilionários

Tinham empregadas domésticas cozinheiras mas nenhuma podia interte o garotinho

Sua mãe avia morrido fazia a somente 1 mês

Então já cansado de ouvir as "manhãs"
Do garoto resolve fazer algo diferente dessa vez

Ele não ia comprar um brinquedo caro era oque ele pensava

Obs:Sr jeon tinha 28 anos
Jeon  9 anos

O homen logo pegou o carro de ultima geração e logo partiu em direção a um orfanato

Jeon ficou com alguns empregadas já esperando seu pai com seu novo "presente"

O homen logo entrou sendo recebido por duas mulheres com certeza toda aquela maquiagem que elas usavam não sairia facilmente

- olá senhor
- Boa tarde, serei direto preciso adotar uma criança um menino *disse rápido*

- venha por aqui por favor! *disse a outra*

- como pode ver nosso orfanato é um dos melhores ganhou mais de três enquetes só essa semana *a mulher dizia*

- oque as crianças estão fazendo aqui? E não tem meninos

Logo atrás deles avia outra mulher dizendo

- o ultimo menino foi adotado hoje e as crianças estão brincando *disse a mulher *

- e não tem meninos!? *
*Pergunta o homen já desesperado*

Nos pensamentos do senhor jeon seu filho 'recusaria a menina por não ser um menino '

Ele ia falar mas uma garotinha agarrou em sua
Perna

-SUN HEE *a mulher gritou*

E a criança riu uma risada tão gostosa e boa de se ouvir que fez o homen rir junto

Ele pegou a garotinha em seu colo e antes que ele dissese algo ela disse

- olá *risos* qual seu nome?
* deitou a cabeça pro lado*

- meu nome é jeon e o seu? *rio*

- o meu é
*antes que a garotinha terminase de falar a mulher gritou mais uma vez se aproximando e chorando*

- lee- sun Hee!

Senhor jeon não entendia o motivo
Ele analisou a menina em seu colo com os braços em volta de seu pescoço

Ela tinha olhos da cor violência e a pele tão clara que conserteza se tocasse ficaria a marca
Ela estava com os cabelos soltos com um lacinhos brancos, sua boca era avermelhada podiam até pensar que era algum batom

Ele estava sorrindo e encantado pelo mini criança

-Lee sun Hee quantas vezes tenho que dizer pra não sair do quarto!
*falava a mulher que secava as lágrimas*

- eu queria brincar
*disse com uma voz triste olhando seus colegas*

-não! Eu já disse que a madre irá brigar se você sair *gritou*

-desculpa
*disse se escondendo no pescoço do senhor jeon*

- O que está acontecendo aqui

- madre! *disse espantada*

Senhor jeon só escutava e via a briga acariciando os cabelos da pequena garotinha

As mulheres saíram correndo só ficando a madre

-olá senhor *disse sorridente *

-olá * sorriu fraco* porque sun Hee não pode brincar com as outras crianças?

- você tem interesse em adota-lá?

- estamos nos conhecendo né sun Hee?
- sim *riu fazendo os dóis rirem *

- me acompanhe! Sun Hee *chamou a menina           -sim?                                                                                   - vá  para seu quarto *a menina desceu e foi em direção as escadas deixando os mais velhos 

•°Já no escritório da madre °•

- sun Hee é uma menina adorável e muito inteligente , ontem elá fez 1 ano

Ela... *suspirou* tem algo especial
Olhe *mostrando os desenhos da criança que parecia de um adulto*


- wou perfeitos * disse o homen vendo *

- sim riu fraco mas esses são do mês passado ela não desenha mais *deixou uma lágrima cair*

Comprei novos kits de pintura mais ela não desenha , estamos desesperados

ela sabe o alfabeto inteiro vogais fala 2 línguas Inglês e espanhol ,

Ela não tem mais vontade de aprender
Não deixa ninguém chegar perto dela

Estou contando isso porque ela deixou a abraçar

- sabe porque ela tá assim?
*Pergunta o homen *

- acho que está triste eu tenho medo de deixala brincar e se machucar

- e.. Os pais?
*O homen perguntou suspirando *

- não sei as únicas coisas que sei é que a familia tem muito dinheiro trilhões por mês

Um mordomo a trouse faz um mês

Havia ficado um silêncio

- quero adota-lá !
- não ela não está pra adoção

O homen pensou e

- lhe dou 5 mil

- sinto muito senhor não posso

- 2 milhões * arquio uma sombrancelha*

-Fechado *sorrio*

Eles iam levantar mas alguém bateu na porta

- pode entrar* pronunciou a madre*

Eles olharam pra cima mas logo seu olhar desceu pra criança segurando uma folha

- sun Hee oque gostaria?

- oh o senhor ainda está aqui
*disse de um jeito fofo *s

Sim sun Hee estou *riu*


- olha olha *disse mostrando o desenho*

*foto mídia *

- que lindo esse sou eu?

- sim oppa não está vendo
*cruzou os braços *

- sun Hee? *disse a madre* gostaria de ser adotada pelo senhor jeon?

O homen olhou pra criança a colocando em seu colo... Esperando uma resposta

- sim sim! *risos*

Eles não sabiam mas a risada de sun Hee foi feita pra ser contagiante

Na cabeça de sun Hee era porque se achava engraçada

Depois de minutos anotando aqueles papeis
Acompanhou sun Hee até seu quarto vendo que era bem arrumado

A criança não possuía bonecas só ursinho
Que era muito apegada a ele

Senhor jeon pegou as malas da garotinha colocando no porta malas

Colocando a garotinha no banco de trás com seu ursinho

- appa * senhor jeon sorrio com esse ato*

- sim?!

- estamos chegando? Demora muito

- estamos chegando

A casa era grade uma *mansão*

Senhor jeon pegou a criança no colo
E pediu ao porteiro pra pegar as malas

Entrando em casa pode se escutar jeon gritando

- appa qual é meu novo presen.. *parou ao olhar a menina*


- eu não sou um presente *cruzou os braços*            - appa * pai *oque ela faz aqui *gritou*                        - filho sun Hee será como sua irmã  vai aprender a ama-la 

             





























Notas Finais


Continua?
Oque acharam
Ateo próximo bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...