1. Spirit Fanfics >
  2. When I Found You - LuWoo (NCT) (Lucas) (Jungwoo) >
  3. Aproximação

História When I Found You - LuWoo (NCT) (Lucas) (Jungwoo) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Enjoy!

Capítulo 4 - Aproximação


Fanfic / Fanfiction When I Found You - LuWoo (NCT) (Lucas) (Jungwoo) - Capítulo 4 - Aproximação

 

 

 Vamos caminhar pelo parque antes que o Jungwoo bata em você Lucas. – Joy falou em meio a risadas e fomos os três lado a lado caminhar.

Estava tudo tranquilo enquanto caminhávamos e bebíamos as bebidas quentes que a Joy nos comprou.

- Vocês estão com fome? – Joy perguntou.

- Um pouco, eu adoro comer e infelizmente restaurante chique sempre serve pouca comida. – Lucas falou passando a mão na barriguinha.

- Eu também estou com um pouco de fome. – falei olhando para o chão.

- Tem uma barraquinha aqui perto que vende topokki. Seria perfeito para combinar com o clima frio. Comer algo quentinho. Fiquem aqui nesses bancos, a barraquinha fica perto, eu já volto, vou compra uma tigela para cada um ok? – Joy falou e apenas concordamos e logo ela se foi mais uma vez me deixando com o Lucas.

Fiquei em silêncio na esperança que Lucas não falasse nada ou que não me provocasse, mas ele era mais rápido e esperto do que eu pensava.

- Jungwoo?

- Oi?

- Você está ficando com alguém?

- Não, meu namoro acabou não faz nem uma semana... – falei sofrido.

- Eu estava aqui pensando... – Lucas falou e logo saquei que ele ia pedir para ficar comigo.

- Não quero. – falei interrompendo o garoto.

- Eu nem terminei de falar. – Lucas falou irritado com a minha atitude.

- Eu não quero ficar com você! – falei firme novamente.

- Será que dá para parar de resistir e me dar uma chance? Eu não sou mal caráter com os outros, não tenho coragem de magoar você, percebe isso?? – Lucas falou indignado.

- Mesmo que seu beijo fosse muito bom isso não seria o suficiente para me fazer gostar de você. – falei sério enquanto o encarava.

- Não é apenas o meu beijo que é bom... eu tenho muitos talentos. – Lucas falou acabando com o espaço entre nós dois e me dando um beijo carinhoso.

Congelei com a atitude do moreno, os lábios carnudos e macios do maior eram tão convidativos, eu queria resistir, me afastar mais quando me coloquei de pé cortando o nosso beijo ele se colocou de pé e me puxou para junto colando nossos corpos, me fazendo olhar para os lindos olhos negros dele e esperar que ele voltasse a me beijar mais uma vez.

Lucas tem todo o molejo de beijar alguém, apesar da pouca idade ele tem prática e as mãos dele, nossa... são enormes, nem acredito que ele está apertando o meu quadril desse jeito enquanto nossos membros se chocam com pouco atrito por baixo da roupa.

Eu preciso resistir, eu preciso resistir... eu preciso é beijar mais essa boca deliciosa. Coloquei os braços envolta do pescoço do mais novo e deixei que ele me apertasse mais no seu abraço, o corpo dele é tão quentinho, tão grande, isso tá me excitando...

- EITA!! Na rua minha gente? – Minha prima perguntou nos deixando surpresos demais enquanto trazia o nosso pedido.

Nos soltamos e ficamos nos olhando um para o outro, Lucas sorrindo por que conseguiu me beijar e eu sem graça por que me neguei tanto a permitir que isso acontecesse que acabou acontecendo.

- Obrigado prima. – falei com vergonha pegando o meu pedido e me sentando com pressa para comer.

- Obrigado Joy. – Lucas agradeceu e sentou ao meu lado.

Comemos em silêncio durante algum tempo até que Joy tinha terminado a parte dela enquanto eu apenas comia devagar pensando no que acabara de acontecer.

- Então... vocês estão ficando? – Joy perguntou com esperança nos olhos.

- Sim!

- Não!

Falamos ao mesmo tempo.

- Não estamos ficando. – falei e voltei a comer.

- Então por que o Lucas disse que sim? – Joy perguntou com a testa franzida.

- Por que eu quero ficar com o seu primo, mas ele fica se fazendo de difícil. – Lucas falou levantando do banco e indo jogar a embalagem fora saindo de perto de nós dois.

- Primo, não pode dar uma oportunidade a ele? – Joy perguntou com um pouco de tristeza.

- Eu não quero mais me sentir assim... – falei olhando para o chão com o coração apertado. – Eu não quero ser magoado... nunca mais prima.

- Lucas não é como os outros rapazes que você namorou, lembre-se que ele passou pelas mesmas situações que você e ele nem conseguiu namorar ninguém. Enfim, se quiser dar uma chance a ele eu acredito que você não se decepcionaria. – Joy falou indo até o lixeiro onde Lucas estava após jogar o lixo e permaneceu lá chutando pedrinhas no chão claramente por que estava chateado.

O que eu faço agora??? Não quero magoar o garoto e não quero ficar triste e sozinho. O beijo dele é tão bom, nem me senti nessa dimensão quando os lábios dele encostaram nos meus. Que droga agora a minha cabeça está me traindo, eu tenho de resistir, ou melhor. Eu tenho de provar para eles dois que Lucas não vai conseguir me fazer feliz.

Levantei do banco e fui andando em direção aos dois perto do lixeiro e joguei a minha embalagem fora. Encarei o Lucas que estava aparentemente triste e depois a Joy que assinalava com as sobrancelhas que eu devia falar algo.

- Lucas.

- Sim?

- Você quer ficar comigo? – perguntei nervoso.

- Claro que sim Woo. – ele falou e deixou a cabeça cair para o lado de um jeito fofo.

- Ótimo. Vou te dar apenas uma chance de me conquistar, boa sorte. Você tem apenas uma semana. – falei e voltei andando devagar para o carro que nos levaria para a casa da Joy onde iriamos dormir por ser o local mais perto dali e por que já era um pouco tarde.

 


Notas Finais


xeru bolinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...