História When I met you... (You are my daddy and I am your baby girl) - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts
Visualizações 501
Palavras 1.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem ❤❤❤❤😘

Capítulo 20 - Capítulo 20



Eu estava com medo de descer. Pois mal conheço ninguém. 

Que saco. Jimin também não ajuda. Ele quer porque quer que eu vá com ele até lá.

      — Espere... — Digo e seguro em seu braço. — Deixe-me te esperar lá em cima.

        — Não. Nem pensar. Você vai comer algo. Ontem você disse que não estava com fome. Impossível que não esteja agora.

            — E-eu não estou... — Minto olhando para algum lugar, evitando olha-lo nos olhos.

              — Por favor (S/n). Não precisa ter medo.  Não vai acontecer nada. Irei ficar do seu lado o tempo todo ok? Agora vamos.

              — Mas...

Sem me deixar falar, ele pega em minha mão e me leva até a cozinha onde estava todo mundo praticamente. Sentados em volta da mesa. Uns conversavam, outros comiam... Mas quando aparecemos ali, todos me olham estranho.

 Fiquei completamente em choque por estarem fazendo aquilo. Eu não dizia nada, mas minha vontade era de sair correndo dali.

      — Bom dia (S/n)! — Fala o garoto sorridente. Hoseok.

Aquilo me fez bem, só pra aliviar. Dou um sorriso e digo bom dia, num tom baixo.

        — Olha. Mas que surpresa. Jimin trazendo uma garota para casa? Isso sim é novidade. — Diz um dos garotos que eu ainda não tinha conhecido. 

            — Sim — Jungkook fala abocanhando um pedaço do pão. — Pelo menos ela é bonita. Melhor do que as outras que já estiveram aqui.

                — Ah, deixem o garoto ser feliz. — Fala Taehyung. — Porque não se senta (S/n)? Vem comer algo.

            — Não, eu...

          — Ela já está indo.— Fala Jimin me interrompendo. — Mas antes precisam dar espaço para ela sentar não acha?

Após ele dizer isso, o irmão de Jimin se levanta pegando seu copo e o colocando na pia. Caramba, o jeito de como ele agiu soou meio sério. 

O mesmo passou do meu lado, quase batendo seu ombro no meu. Mas sem nenhuma expressão no rosto. Apenas um olhar estranho.

      — Não ligue. Ele é muito grosso quando se trata de pessoas desconhecidas. — Fala Namjoon. — Bom, na verdade ele é assim com muita gente. Com todo mundo...

Jimin respira fundo e desvia o olhar com seriedade.

      — Vai, sente-se logo e... Coma. 

Olho para ele e percebo que o mesmo tinha mudado. Parece que quando o assunto é tocado no nome do seu irmão, Jimin fica meio estranho. Isso está me deixando muito inquieta.

 Vou até o lugar vazio e me sento. Com MUITA vergonha, começo a comer algumas coisas que estavam ali.

   Jimin se encosta no balcão e fica encarando o chão. Como se estivesse pensando em alguma coisa importante. Seu jeito está realmente me deixando procupada...

Minutos depois.

Após todos acabar de comer, cada um lavou Oque sujou e foram para a sala. 

Eu ainda estava na cozinha, junto com Jimin que ainda não tinha falado nada.

     — Você está bem? — Pergunto.

Ele sai estava desatento.

     — Jimin? 

     — O-oi... Ah... Sim, estou bem. 

     — Parece preocupado.

     — Não. Não, eu estava apenas... 

     — Jimin, sua mãe está te chamando.— Taehyung diz na porta.

      — Tudo bem. Já estou indo.

Olho para ele meio confusa e querendo saber logo Oque estava acontecendo.

        — Olha... Como você sabe, eu preciso fazer umas coisas lá na imprensa... Você quer ir comigo ou prefere ficar em casa?..

            — Bom.... Acho que vou ficar em casa... Essa roupa não é muito boa para ir em lugares como esse.

              — Ah. Ok. Então... Vamos. Vou te levar de volta.

Ele pega novamente em minha mão me levando até a sala. Vejo que os meninos estavam lá, e a mãe de Jimin. 

Uau. Como ela é nova. Tem uma boa aparência, seu vestido é justo e perfeito!... Sua pele é lisa, sem muitas expressões. É uma mulher bastante socializada. 

    Quando me vê, a mesma se assusta, mas não demonstra tanta surpresa. Apenas arregala os olhos e me olha da cabeça aos pés.

      — Quem é essa?

      — Ah, essa é a (S/n), namorada do Jimin.

       — Taehyung, eu gostaria que ela se apresentasse. Por favor.

         — Ui, desculpa.

         — Quem é você?

          — Meu nome é (S/n)... E... Sou apenas uma amiga do Jimin... 

            — E Oque faz aqui?

            — B-bom eu... 

             — Eu a trouxe para passar uma noite aqui e conhecer os meninos. — Fala Jimin. — Mas ela já está de saída.

             — Não. Um momento. Você trouxe esta garota sem ao menos me apresentar primeiro? E quanto a Hani? Não está mais com ela?

                 — Mãe por favor...

Percebo a cara que Hoseok fez, e não era nada boa.

                 — Por favor nada Jimin. Essa garota nem é daqui! Como pode confiar?

                 — Ah... Eu nunca faria mal ao seu filho... Muito pelo contrário...

                 — Não se manifeste. Estou falando com ele.

                  — Tudo bem, mas está dirigindo sua palavra a mim. Não vou deixar que a senhora me julgue desse jeito.

                       — Eu falo mesmo! E digo mais. Não confio e nunca confiarei em pessoas do seu tipo ficar com meu filho.

                     — Oque está querendo dizer com isso?

                 — Mãe por favor, já chega! — Jimin fala sem paciência. — É por isso que eu odeio trazer alguém pra cá quando você está aqui! Mas que droga! Poderia apenas parar de pensar só em você?! Foi por isso que meu pai foi embora! Você sempre está reclamando de tudo!

              — Park Jimin...

   Jimin pega em meu braço e me puxa. Abre a porta e quando saímos dali, bate a mesma.

Ele estava furioso. Percebi isso com a força que descontava em mim.

          — Tudo bem, pode me soltar!

Ele faz Oque eu mando e entramos no elevador.

      — Eu simplesmente odeio ela. Odeio.

      — Não diga isso...

     — Como não dizer? Ela é nojenta! 

      — Olha, se acalma ok?... Está tudo bem. Ela tem razão. Na verdade eu já sabia que isso poderia acontecer. 

   Ele abaixa a cabeça. 

       — Me desculpa por isso. Eu prometo que não vai mais acontecer... 

        — Ei. Ta tudo bem.

       — Não, não está. Viu o jeito de como ela falou?

        — Eu não ligo. 

 Dou um sorriso pra ele e ele retribui fazendo o mesmo.

   Vamos até o carro e logo saímos.

   

•°•°•Desculpe algum erro. Vou tentar postar um capítulo por dia ok? Bjss até o próximo "\(^_^)/"❤❤❤•°•°•



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...