História WHEN I SAW YOU (QUANDO EU TE VI) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Lee Min Ho
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Min Ho, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Adoção, Artistas, Aventura, Coréia, Drama, Familiar, Mundo, Romance, Show
Visualizações 13
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello bebês novo cap. Na área
😚
💕
💖
💓
💗
🎵🎼☕☕

Capítulo 4 - Um soco mais uma inesperada reação.


Fanfic / Fanfiction WHEN I SAW YOU (QUANDO EU TE VI) - Capítulo 4 - Um soco mais uma inesperada reação.

O dia estava apenas começando e eu já avia feito tanta coisa claro nem tudo eu estava de acordo mais eu tinha que acostumar porque eu sou filha de um grande empresário e essa era minha realidade por mais que eu tentei me esconder desse mundo  não deu muito certo pois já fui apresentada praticamente a empresa toda, depois de observar os meninos ensaiando por um tempo eu resolvi sair sem que eles percebessem.

_ Meu Deus porque é tão grande isso aqui parece não ter fim – saio falando sozinha que nen uma maluca eu procurava a saída do prédio mais era impossível eu continuei procurando até que senti uma mão me segurar.

_ Achei você – disse kook levando a mão o rosto _aí -  com o susto que levo eu acabo acertado o rosto dele.

_ Você está bem ? Me desculpa se machucou, você me assustou. Tá doendo - ele só me olha e acena que está tudo bem.

_estou bem só vai ficar dolorido mais nada de mais – sorrindo ele aproveita pra tirar uma com a minha cara _ Você é a primeira garota a me dá um soco na cara.

_me desculpa mesmo não tive intenção de te machucar – sinto me um pouco envergonhada apesar de não ter sido nada sério era a primeira vez que eu batia em alguém e sem querer, vejo outros garotos de aproximando e curiosos pra saber porquê o kook estava com a mão no rosto.

_ O que aconteceu kook – jimin se aproxima junto com os outros.

_ A S/N me deu um soco – todos tiram sarro do kook _ haha kook apanhou de uma garota haha.

_ foi sem querer ele me assustou e eu não o vi ele chegou me segurando meu braço – falo sem sorrindo sem graça _ tá tudo bem S/N o eu sei que você não teve intenção, eu que peço desculpa por te assustar – me diz sem graça coçando a cabeça.

Fomos caminhando eu comecei a explicar que eu estava perdida não encontrava a saída e kook também diz que veio atrás de min pois me vou sair sem avisar e acabou que o incidente com o kook rendeu muitas risadas fomos até ima saída que dava a ima lanchonete ou em um caffe os garotos não deixava o kook em paz o RM dizendo que se precisar de alguém para proteger ele já sabia quem iria contratar que no caso seria eu foi bem legal passar um tempo com eles nos conhecemos um pouco mais trocamos números de celular foi bem divertido depois de tudo eu estava fazendo amizade e com 7 pessoas de uma vez só isso era bem raro eu quase não era de me enturmar fácil mais por causa do incidente fiz novos amigos claro exceto por um que quase não falava e sorria bem pouco fazia algum comentário sempre sonolento e que parecia ser o mais sério de todos, resolvi perguntar o porque ele parecia o zangado da branca de neve.

_ ele é sempre assim – pergunto pro jin que estava do meu lado apontando o yoongi.

_ hahaha ele é assim mesmo não liga não - trocamos alguns olhares sem saber oque dizer.

_ A conversa está ótima mais eu tenho q procurar meu irmão eu combinei de almoçar com ele é meu pai -digo me levantando e indicando que tinha que ir no mesmo instante o senhor zangão se levanta.

_ Eu te acompanho porque se o kook for acompanhar você provavelmente ele levara outro soco – ele aponta os dedos indicadores pro kook Kirk e sorria com uma cara de neném que gosta de zuar alguém, arrregalo meus olhos espantada ao ver isso e todos caem em risada e v comenta que agora o kook vai ser o garoto maia suado do grupo j-hoje começo a cantarolar _ kook apanhou de uma garota, kook apanhou de uma garota haha nessa hora o kook sai atrás do j-hoje e os dois somem parecendo crianças correndo pelo caffe assim que terminamos de rir eu me despeço e saio pra ir procurar meu pai o yoongi saiu na frente e devido acompanhar já que ele se ofereceu pra me ajudar a encontrar a sala do meu pai continuo seguindo ele é ele começa a virar a esquece a direita entre corredores e portas até que ele para de andar eu quase sou de cara mas costas dele pois eu o seguia e não sabia que ela iria orar de andar nesse momento ele se vira me empurrando contra a parede eu sem reação olho fixamente em seus olhos e ele nos meus sinto uma adrenalina em meu corpo arrepios e mais um milhão de sensação ele continua a me olhar fixamente nos olhos sem dizer nada sinto sua respiração bem ofegante eu queria sair dali mais não conseguia ele segurava minhas mãos acima da cabeça e seu corpo ao mesmo tempo me prendia ali eu estava imóvel não sabia oque ela iria fazer até que ele fala algo.

_ Porque você faz isso comigo? - ele me encara seriamente não sabia se Eu estava com raiva de mim ou outra coisa ele continuava a repetir _ Porque você faz isso comigo eu nem te conheço mais você me deixa, deixa de um jeito que nem sei explicar – ele fala mais ofegante e aproxima mais o seu rosto perto do meu.

_ eu eu não sei , - eu falo receosa mais ao mesmo tempo eu no fundo estava gostando mais nem sabia cada palavra minha ele chegávamos perto do meu rosto que até então achei que ele iria me beijar mais não me beijou na boca até então eu senti sua respiração no meu pescoço que se aproximou e eu senti seus lábios macios me dando um selinho no meu pescoço perto da minha orelha. _ Vou dormir sonhando com seu cheiro delicioso - nessa hora ouvimos um barulho ele me deixa sair da onde ele me segurava ele analisa e me puxa pra fora da sala que logo solta minha mão que dava quase de frente pra sala do meu pai eu ainda estava sem reação apenas ouço.

_está entregue, quem sabe continuamos depois se ninguém nos atrapalhar claro – ele se despende e sorri de canto de boca com um olhar meigo e ao mesmo tempo rude, eu não sabia nem oque estava acontecendo comigo nem que reação ter delis disso só sinto alguém se aproximar de min.

_ oi filha tá tudo bem parece que viu um fantasma -ele me olha apreensivo preocupado _ eu estou bem eu acho.

Depois entramos na sala do meu pai e ele fala mais nem presto atenção no que ele está dizendo fico passando aquela cena na minha cabeça tentando entender oque aconteceu muitaa coisa pra pensar falar que fico um bom tempo parada olhando pro nada.


Notas Finais


Só espero que gostem mesmo com minha demora pra posta os capitulos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...