História When I Was Your Girl - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags 2na, 2yeon, Chaeyu, Dahmo, Michaeng, Minayeon, Namo
Visualizações 87
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi ^^
Perdoem a demora, eu tentei ao máximo deixar esse capitulo interessante e tive que refazer muitas vezes até chegar no resultado mais aproximado do que o esperado
Enfim, espero que gostem!!!

Capítulo 4 - The first kiss


╭────╮

Kobe, 2018

╰────╯

-A noite está linda não acha Sana? – Mina sorria que nem uma garotinha, devido ao efeito do álcool

-Faz ela ficar quieta, Sana, se eu bater a culpa é sua! – dizia uma Momo irritada ao volante

-POR QUE MINHA? Acho que você não percebeu, mas é a Mina que está bêbada aqui - era a vez de Sana se pronunciar em forma de defesa

-Porque você que inventou de buscar ela, e ainda, me levar junto

-Você não a deixaria lá sozinha, deixaria?

A garota deu de ombros. Mesmo alterada, Momo não tirou os olhos da estrada. Era uma boa motorista, e responsável, ao contrario de Mina, que assim que recebeu um carro de seus pais, o chocou contra a parede da própria garagem

-Momo-tan... não brigue com a nee-sama... ela só esta cuidando do pinguim – disse Mina, arrancando risinhos da japonesa ao seu lado e enfurecendo a, à sua frente

Era fato que, sempre que Mina bebia para esquecer seus problemas, a mesma se tornava uma completa criança, e sempre era Sana e Momo que ajudava a garota, a não cometer tantas besteiras

-Vocês são tão irritantes...

O resto do percurso até a casa da j-line – apelido que fora dado ao grupo das três, pelos seus próprios alunos da academia – foi tranquilo e silencioso, tendo em mente que Sana havia conseguido fazer a mais nova do grupo dormir

──────────────────

-Fica mais um pouco... – a voz da mais nova saia de uma forma manhosa, e isso mexia com Sana

-Preciso dormir, e você também...

Após colocar Mina na cama, a garota se virou e já ia caminhando até a porta, mas Mina a impediu

-Mina, já disse que você precisa... – não chegou a completar, pois foi surpreendida por um beijo

╭────╮

Seoul, 2009

╰────╯

As famílias Myoui e Son estavam reunidas como de costume. Era aniversário de Kai, primogênito dos Myoui, e Jeonghun o caçula dos Son, que por coincidência nasceram no mesmo dia, sendo a única diferença o ano

Todo ano, após o nascimento de Jeonghun, as duas famílias se reuniam em um jantar geralmente realizado na casa dos Myoui. Todo ano, a mesma coisa

-Vou subir e brincar com a Minari, papai – disse Chae com um sorriso no rosto, sabia que quando seu pai a via sorrindo daquele jeito, a chance de rejeitar alguma coisa que a pequena pedisse era praticamente zero

-Certo, mas depois desça e coma alguma coisa

Chaeyoung assentiu, mesmo não prestando atenção no que o Sr. Son dissera, e correu até Mina que estava esperando sentada no corrimão da escada, correndo risco de se machucar feio

──────────────────

-Chato!

-Você disse a mesma coisa, nas outras cinco sugestões que eu dei

A mais velha já não sabia como convencer a pequena a jogar vídeo game com ela. Sempre que sugeria um jogo diferente, a menor apenas dizia “chato”, e fazia um bico

-Vamos brincar como as meninas do nono ano! – dessa vez foi a mais nova que propôs

-Chato! – Mina riu, enquanto olhava a expressão zangada de Chae – Tudo bem, mas eu não vou fazer

-Ai fica sem graça!

Mina se levantou da cama e caminhou até a escrivaninha, abrindo uma das gavetas, por fim retirou um caderninho de lá, e voltou para o lado de Chaeyoung

-Ta, eu brinco – entregou o caderninho para a sua amiga

-Me diz uma pessoa que você goste muito

Chae posicionou a caneta que a japonesa lhe entregou em cima da folha branca do caderno, e olhou para a mais velha esperando pela resposta

-Você – Mina disse simplista

Chaeyoung corou na hora, não esperava por essa resposta

-O que foi? Disse algo errado? – Mina parecia confusa

-N-não, é só que... – a baixinha pensou antes de falar – É para você ter dito o nome de alguém que você é apaixonada, o Jae, por exemplo

Era possível perceber o tom enciumado de Chaeyoung, quando citou o nome do garoto que era afim da melhor amiga

-Ah...

Agora, Mina entendia o que Chaeyoung havia perguntado, e o porquê dela ficar envergonhada

-Não sou apaixonada pelo Jae

Essas palavras aliviaram a menor, que nem mesmo entendeu por que estava sentindo aquilo em relação à Mina

-Mina

-Hm? – articulou a garota, observando a coreana fechar e guardar o caderninho

-Você já deu seu primeiro beijo?

Ambas estavam muito avermelhadas, Chaeyoung por fazer a pergunta um tanto embaraçosa e Mina por ter a recebido

-Não...

-Sente vontade?

-Talvez...

-A g-gente pode tentar...

-Podemos?

A menor assentiu ainda com a coloração vermelha em seu rosto e Mina se aproximou um pouco, tomando atitude e dando um selinho na pequena que logo se transformou em um beijo. A mais nova repousara a mão sobre a cintura da japonesa, enquanto a mesma se apoiava na cama e intensificava o beijo sem malicia, pois não tinham idade para tal pensamento

Assim que o ar se fez presente, ambas se afastaram sorrindo e se entreolharam

-Então... vamos comer alguma coisa?

Chaeyoung concordou com a cabeça, e as duas “amigas” se juntaram aos seus pais na sala de jantar

╭────╮

Kobe, 2018

╰────╯

Devia fazer uns quinze ou dezesseis graus naquele ambiente, mas os corpos suados de Mina e Sana faziam parecer que aquele lugar estava com mais de trinta e cinco graus

A japonesa mais velha estava no controle, distribuindo beijos por toda extensão do abdômen de Mina, enquanto a mesma se contorcia e segurava levemente nos cabelos da sua “nee-chan”, apesar de não assumir essa posição neste momento

-Eu te amo Minari

 Sana voltou a depositar selinhos nos lábios da mais nova, que sorria cada vez que os seus lábios se encontravam com o da mais alta

-Eu também te amo Chaeyoung

-Chaeyoung?

Sana se sentou na cama, olhando para Mina com uma expressão chateada, enquanto a mesma engolia em seco  

Continua...


Notas Finais


Mina só faz besteiras hein kkk
Será que a Sana vai perdoar ela


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...