História When Looking At The Stars (ABO) - Capítulo 15


Escrita por: e XAskaVkookX

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Army, Beta, Bts, Drama, Gay, Incesto, Namjin, Ômega, Romance, Vkook, Yaoi, Yoonminseok
Visualizações 207
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bommmmmmm diaa, voltamos leitores com meu capítulos, não me xiguem pela demora e eu espero que vocês gostem bastante

Capítulo 15 - Capítulo: QUINZE


 

A mulher possívelmente a senhora Jeon se levantou e para a surpresa de Yon ela perguntou como o irmão dela estava, Yon olhou triste para a mulher e perguntou.

 

 

- Como a senhora soube?

 

- O cheirinho dele está em todo o corpo de meu filho

 

- Ahh.... - falou e logo viu JungKook sentado já mais calmo

 

 

- Eu já possuo um Ômega, não preciso dela - falou apertando o sofá

 

- Mas a Mina é educada e sabe falar Inglês e Japonês isso irá ajuda-lo na empresa

 

- Foda-se eu não quero essa mulher, Appa não sentiu o cheiro dela? - perguntou o Jeon

 

- Olha a boca - falou a madrasta

 

- Meu querido, hoje em dia as famílias são formadas por conta do dinheiro - falou o mais velho

 

- O cheiro dessa Ômega é nojento e eu sofri um Imprinting com meu ômega

 

- O que? - gritou a ômega que estava quieta - Impossível, JEON JUNGKOOK é meu - falou e logo saiu da casa batendo seus saltos no chão

 

 

 

Depois da pequena confusão, Jeon explicou tudo que aconteceu quando ele foi morar na pensão e como conheceu o pequeno, logo a madrasta dele subiu em procura do ômega, seguiu o cheiro e bateu um uma porta branca, mas nada do ômega responder, preocupada ela chamou o filho.

 

- O garoto não responde sinto que algo aconteceu - falou a mulher - Estão esperando o que? arrombem essa porra! - gritou fazendo todos os alfas chutarem a porta

 

- Kookie-ah - falou o ômega no chão

 

O corpo do pequeno estava tremendo no chão e ele apenas mechia a cabeça, JungKook correu para perto do Tae e o colocou em seu colo, o ômega não sentia nada e não conseguia raciocinar, via seu alfa ali mas não conseguia reconhecer todos que estavam naquele quarto.

 

- Vamos leva-lo ao hospital, AGORA - falou a Senhora Jeon, gritando a última palavra para acordar dos dois Alfas Jeon.

 

 

Assim colocaram o ômega dentro do carro e foram a caminho do hospital, o pai do JungKook acabou dirigindo pois seu filho não parava de ficar olhando preocupado para Taehyung que estava deitado no banco de trás junto com sua madrasta e a Yon.

 

 

Assim que eles chegaram viram Namjoon já saindo do hospital com Jin, assim que o casal viram Taehyung seus olhos se arregalaram e logo Jin se soltou do marido e correu até JungKook.

 

- O que aconteceu? - perguntou o ômega mais velho

 

- Não sabemos encontramos caido no quarto. - falou a mulher que logo Jin reconheceu

 

- Soube que JungKook passou o Cio do Taehyung com ele, acho que pegou muito pesado - falou Namjoon caminhando lentamente

 

- Ei...Não foi isso - falou JungKook levando Taehyung até um enfermeiro que estava com uma maca.

 

 

Eles correram para assinar a papelada para permitir que o ômega fosse atendido, a senhora Jeon logo acompanhou o mesmo pois todos estavam nervosos.

 

Após terem assinado as papeladas o ômega foi levado por uma enfermeira com ajuda de de Yon para fazer exames.

Depois de todo os exames acabou que o Tae foi levado para tomar soro.

 

- Que bom que você está bem Tae, deu um susto muito grande na gente - Yon fala - Está pensando que é quem pra me dá um susto desse? - fingi irritação

 

- Me desculpe Noona - ri um pouco da encenação da mesma. Yon era uma pessoa que sempre estava tentando fazer o ômega rir, a mesma pegou um carinho muito grande pelo mesmo. Foi o mesmo que sempre esteve com ela nos momentos bons e ruins que para eles era mais ruins do que bons, já que naquela casa não se tinha felicidade, a alfa não gostava de pensar nisso pois foi difícil, mas não poderia negar que depois da chegada de Tae tudo ficou bem melhor e agradecia ao mesmo e tentava transmitir todo o amor que ela sentia por ele mesmo que não fosse tão carinhosa.

 

De fato, para Tae a Yon era a única que realmente se importava com ele e cuidava dele depois da Lisa que mesmo depois de tanto acreditava que poderia ainda se encontrar com a mesma, ele tinha esperança disso.

 

Depois de algum tempo a sós com a Yon, seis garotos desesperados juntamente com pais de Jeon entram pela porta fazendo um pouco de escândalo e fazendo mil e uma perguntas para o pobre ômega que não conseguia entender a maioria.

- calem a boca! - Yon usou a voz de alfa que assustou até mesmo os outros alfas que estavam presentes - Estão deixando o Tae maluco e até mesmo eu - terminou fazendo com que todos ficassem vermelhos de vergonha e em silêncio.

 

 

- Oh meu pequeno essas pessoas te deixam maluco né? - depois de um tempo o Jin foi o primeiro a quebrar o silêncio com aquela fala fazendo com que Yon olhasse com cara de debochada para ele e ele vendo isso perguntou para a mesma - Posso saber o porquê de me olhar com essa cara?

 

Percebendo a irritação dele na voz a mesma ficou assustada, não queria deixá-lo irritado já receberá um aviso sobre o mesmo irritado e não queria vê pessoalmente, mas claro que não consiguiu não ter feito a quela cara pois ele era o primeiro a fazer escândalo.

 

- Hã? Nada não Jin, me desculpa - rapidamente se desculpou fazendo com que os outros rissem, sabiam como era Seokjin.

 

- E vocês tão rindo do que? Acabou o crédito no cartão e agora estão pagando moção com papel de otário? - falou irritado mais ainda.

 

- Nada não, é que lembramos de algo engraçado - falaram rapidamente segurando a risada recebendo um simples "Hum" do Jin.

 

Jeon se aproximou do ômega dando um abraço nele e susurrou no ouvido do mesmo:

 

- Você está bem? Fiquei preocupado, não quero pensar na possibilidade de te perder. - o ômega se arrepiou gostando da preocupação e com a revelação do mesmo, mas não poderia se deixar levar assim ainda tinha medo. Então se soltou do mesmo desviando o olhar dos olhos penetrantes que o alfa tinha que o fazia se sentir em paz e ficar cada vez mais perto dele, claro que o alfa não tinha como não ficar triste com isso deixando o clima desconfortável.

 

- Jungkook posso falar com você? - Yon disse quebrando o silêncio que ficou, Jeon foi logo depois que a mesma saiu.

 

- Jeon você e Tae tem um destino juntos e que muita coisa afeta vocês - começa enquanto andam pelos corredores - Aquilo que aconteceu foi praticamente uma traição para o lobo do Tae e fez com que ele ficasse fraco... imagine o que poderia acontecer se não tivéssemos chegado, sei que é difícil pra você também até porquê o mesmo tenta rejeitar esses sentimentos, mas eu quero que você entenda que o Tae já passou por muita coisa e que é difícil para ele confiar nas pessoas, eu queria só te falar para ter paciência e cuidado com ele para não acontecer esse tipo de coisa de novo, você tem que mostrar para ele que pode sim confiar em você entende? - disse por fim tocando no ombro dele fazendo ele olhar para ela e vê o sorriso dela.

 

- Eu entendo sim, não irei desistir mesmo que ele seja teimoso de mais - disse fazendo a alfa ri baixinho acompanhando junto.

 

- Sei que vai cuidar bem dele - sorriu.

 

Depois da conversa foram numa lanchonete e compraram comida para todos e voltaram vendo uma médica e uma garota de cabelos loiros que parecia ter a idade deles juntamente com ela. Taehyung olhava fixamente para a garota o que incomodava Jeon, o ômega a achava parecida com Lisa, mas não poderia ser. A garota devolvia o olhar meio surpresa.

 

- Kim Taehyung você já pode ir para casa, se sentir mal de novo é só tomar o remédio que passei - a médica sorriu saindo logo em seguida, levando a garota de cabelos loiros junto,mas parecia que a mesma não queria sair dali naquele momento.

 

Depois dali foram direto para a pensão, todos conversando animados e Tae pensando naquela garota que se parecia muito com Lisa.

 

 

 

 

 

 

Seria possível?


Notas Finais


Hummm muitas coisas estão por vim

Muitas revelações
Era a Lisa mesmo? Ou outra...

Bom espero que vocês tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...