História When Looking At The Stars (ABO) - Capítulo 15


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Army, Beta, Bts, Drama, Gay, Incesto, Namjin, Ômega, Romance, Vkook, Yaoi, Yoonminseok
Visualizações 130
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom eu sei que demorei, mas voltei e voltei com tudo ksksksk

Eu estava pensando em voltar a postar semanalmente então todo o sábado eu irei postar um capítulo e isso começa a valer semana que vem 😂 então hoje terá um capítulo delicioso

Capítulo 15 - Capítulo: Q U I N Z E




Seokjin entrou no hospital com o coração apertado. Em suas mãos estava um papel que mudaria toda a sua vida e a do seu marido, olhava a barriga ainda não tinha um volume alto, mas uma pequena saliência já perceptivel caso passasse a mão, sim ai vinha um futuro Kim ou mais.

- Senhor Kim Seokjin, marido de Kim Namjoon - o médico chamou e o ômega levantou-se meio fraco, estava enjoado - Seu marido acordou.

Seokjin sorriu largo antes de sair correndo, ignorando os gritos do doutor para parar. Entrou na sala com um sorriso e os olhos cheios de lagrimas, vendo uma enfermeira injetar algo nas veias do alfa.

- Prontinho, você logo sera liberado, mas pode vim me visitar de vez em quando, Nammie - A beta sorri sugestiva e Seokjin rosna, fazendo a mulher se assustar.

- Ele ja tem ômega, marcado tá? Vadia - grune e a mulher sai envergonhada - e você não fala nada, né, Senhor Kim Namjoon! - fala irritado, mas foi só o alfa abrir os braços que o ômega o abraçou, chorando alto - seu idiota! Se me assustar assim de novo eu mesmo te mato! Ma-mas depois de vo-você... Saber...

- Que você está com um filhotinho nosso? Na verdade, dois, amor - Sorri e Jin arregala os olhos - você está com um cheiro forte, acho que um deles é alfa, pois esta marcando presença - Ri fraco - Eu te amo, meu Jin.

- Omo...como você sabia? - e acabou sendo ignorado e levado um puxão

Namjoon beijou o ômega com carinho, quando tomou aquele tiro, tudo que conseguia pensar era em seu ômega, Céus! Ele amava demais aquele homem que agora jazia em seus braços.

Não era muito de chorar, mas como sempre, Kim Seokjin era o único que rompia qualquer barreira em si, deixando-o exposto a todos os tipos de sentimentos e emoções. Ele amava intensamente aquele ômega, e iria o amar intensamente até o fim. Até a morte.

- Ei, o que você quer que seja?

- dois betas. Assim ninguém vai querer meus filhotes.

- Nem é ciumento - Seokjin diz e ambos riem. Estava tudo bem, no fim das contas.

- Vou ligar para todos e avisar que você poderá sair. - falou Jin

- Amor, aconteceu algo naquela casa? - falou nam um pouco desconfiado

- Então, parece que Jimin é ômega e o Tae passou o primeiro cio com JungKook - falou meio triste

- Parece que JungKook vai dar trabalho - falou ele

- Hoje cedo recebi uma ligação da madrasta dele e do pai, parece que vão fazer uma visita - falou o ômega que tinha uma feição preocupada - espero que não estejam trazendo mais uma vadia para a minha pensão

- Calma amor, não fique tão estressado - falou o marido enquanto passava a mão pelo rosto do pequeno ômega raivoso - Amor você trouxe algum guarda chuva? Vi que hoje irá chover

- Eu tou esperando até hoje meu guarda chuva que meu MARIDO prometeu, mas o idiota preferiu quase morrer do que comprar - falou ele fazendo um bico

- Meu bem, me desculpa por ter quebrado, mas você sabe que eu sou um desastre e....

- Tou com fome!

- Hãn?? O que? - falou Nam sem entender nada

- Abacaxi com torradas recheadas com frango e granulado

- Amor eu ainda estou no hospital, não tem como eu fazer isso - falou o marido

- Foda-se por acaso você quer que nossos filhotes nasçam com cara de Abacaxi com torradas recheadas com frango e granulados?

- Não...Amooor...

- Chegamos - falou Jimin juntamente com Hoseok e Yoongi

- Acho que chegamos no momento errado - falou o pálido ja sa arrastando para fora

- VOCÊS... Vão para o mercado e comprem tudo que eu anotar... - Viu um papel e caneta na bancada - tudo que tem nesse papel vocês vão dar pro meu querido ômega.

-....Ok?!.. - falaram sem entender


                         ¤¤¤¤


Jimin e seus namorados tinham saído para ver como Namjoon estava e ficaram lá os irmãos Kim e o Jeon, o clima estava bem tenso até a campanhia tocar fazendo Yon levantar para atender.

Na porta estava uma mulher com cabelos curtos em um tom de marrom claro, bem vestida ao seu lado um homem alto com uma enorme posse de alfa, e atrás dos dois uma garota ruiva que possui a um cheiro bem doce e isso vez com que Yon coçasse o nariz.

- Olá, aqui é a casa de Jeon JungKook? - perguntou a mulher com um sorriso simples.

- aah... aqui é sim, irei chamar ele e.... - Foi interrompida

- Não a necessidade, eu acho que sou bem vindo aqui - falou o alfa já entrando na casa puxando as duas mulheres

- Yonnie, quem está na porta? - perguntou Taehyung

- Quem é você? - apareceu o senhor na frente dele fazendo ele dar passos para trás

- Appa? O que o senhor faz aqui? - perguntou JungKook

- Vim lhe trazer sua noiva! - falou puxando a mulher que tinha um vestido decotado e uma cara sensual

- N-Noiva? - falou Tae

A sala estava em um silêncio profundo mas logooi quebrado quando taehyung saiu correndo pro andar de cima, seus olhos já estavam banhados por lágrimas e seu coração e corpo doíam de forma absurda, assim que chegou no quarto e trancou a porta ele caiu no chão, o pequeno não sentia seus membros inferiores e nem o superiores.

Na sala estava um Jeon raivoso ao descobrir o que seu pai tramou, ele estava realmente descontrolado a menina que se apresentou se chama Park Mina, ela era uma ex namorada del, segundo ela mesmo disse.

Yon viu que JungKook estava mais pálido e subiu indo para ver onde seu irmão estava, tentou várias vezes abrir a porta mais suas tentativas era em vão.

- Tae, você está bem? - perguntou a alta

- Nonna...porque ele fez isso.. - falava taehyung em meio aos soluços

- Ele não estava sabendo disso, abra a porta Tae - falou ela mas logo recebeu um não em resposta

Ela resolveu sair e deixar seu irmão um pouco so talvez ajudaria a ele se acalmar, assim que desceu as escadas quase caiu os rosnados possivelmente de JungKook, era muito alto e estava incomodando o lobo dela, assim que seus olhos caíram na sala ela viu as duas ômegas no chão e correu para ajuda-las.

- Como o outro ômega está? - perguntou a mulher ainda com dor

- Hã? - falou Yon que suava frio 





 (Continua...???)


Notas Finais


Me desculpa pelo atraso 😂😂 eu voltei viu e voltei pra ficar até o fim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...