1. Spirit Fanfics >
  2. When You Call my Name - Markson >
  3. Sem você

História When You Call my Name - Markson - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Sem você


"Mark nunca aceitaria ser o errado , e era disso que Jackson tinha medo , de que Mark nunca notasse e de que o amor entre os dois fosse perdido , aos poucos ."

Na semana que se passou Jackson só conseguia pensar no que queria .
Seus amigos estavam tentando ajudar , mas estavam atrapalhando ..

Bambam e Yugyeom tentavam convencê-lo de falar com Mark , para se reconciliarem .
Jinyoung lhe ofereceu sua casa e disse para acabar com tudo . JB e Youngjae se mantiveram neutros , dizendo para Jackson pensar com cuidado e decidir o que achasse melhor . E foi o que ele fez .

Jackson montou suas malas enquanto Mark estava no trabalho . Ele não iria mudar de ideia nem que Mark lhe tratasse bem hoje . Mark estava sempre mudando o humor , e Jackson não podia confiar .
Ele esperou Mark chegar , e quando ele chegou e viu as malas em cima da cama ele parecia quase perplexo .

Ele tirou o casaco e se aproximou devagar ainda se perguntando o que estava acontecendo .
Jackson que estava de pé tirou as malas dali , as colocando no chão , e esperou que Mark sentasse para dizer :

- Eu estou indo Mark . - foi tudo o que conseguiu dizer com um nó já se formando em sua garganta .

- Para onde ?

- Para longe ...

- Por que ? - Mark pergunta se levantando para encarar Jackson de frente .

- Porque eu estou cansado Mark . Já chega , para mim não existe mais um "nós" . - Jackson tenta segurar as lágrimas que estavam prestes a cair mas não era o suficiente , ele estava tremendo. Era impossível não notar que ele estava nervoso .

- Jack , podemos resolver isso ...

- Não , não podemos .Você nunca será o mesmo . - diz pegando as malas e as puxando , pronto para sair.

- Não Jack ! Espera . A gente dá um jeito nisso juntos , eu vou pedir férias lá no trabalho ...

- Mark , o seu problema não é o trabalho , sou eu . Você só age assim comigo

- Eu sei ,eu não deveria descontar em você , eu ... Por favor Jack . Não faz isso , por favor - ele diz começando a chorar .
Se Jackson não o conhecesse diria que estava desesperado.

Vê-lo chorar era triste , e doeu , mas Jackson sabia que Mark só baixaria a guarda por poucos minutos e tudo voltaria a ser da mesma forma . Mark estava trabalhando muito agora que havia mudado de cargo no emprego e não percebeu que aquilo afetou a vida dele com Jackson .

Jackson sabia que ainda se sentiria sozinho . Sabia que seu Mark doce estava longe de voltar , diferente das brigas . Sabia que não podia continuar .
Ele tinha que ir . Talvez fosse melhor para os dois .

E então ele olhou naqueles olhos uma última vez e viu o garoto se jogar no chão com o rosto avermelhado e as lágrimas escorrendo . Ele se manteve forte , pegou as malas e saiu . Tão friamente quanto imaginou .

Ele sentia seu coração apertar e andava mais rápido cada vez que olhava para trás . Ele andou todo o corredor até chegar ao elevador , e quando o mesmo chegou ele pôde ouvir seu nome ser chamado em um grito de dor , sentindo todo seu corpo estremecer .

Ele rapidamente entrou e apertou o botão no painel .
Jackson não tinha medo de Mark ir atrás dele , mas sim , dele ir até Mark .

Jinyoung que já esperava o amigo na portaria foi quem ajudou a levar suas coisas para o carro . Jackson parecia em choque , ficando em silêncio por todo o percurso até a casa de Jinyoung , onde ficaria apenas aquela noite, mas quando Jinyoung olhou para o lado Jackson estava tremendo e chorando em silêncio olhando para a janela .

»»»»»»»»»»»


Atualmente . Seul - Coréia .


Mark voltou mais uma vez do trabalho e viu o apartamento vazio .

Sua cama ainda desarrumada , as janelas fechadas formando um ar abafado ali dentro , a garrafa sem café , e sem sinal de Jackson em qualquer lugar.
Ele não podia superar sua falta , a partida de Jackson ainda era algo difícil de lidar .

Mark lembrava bem o quanto chorou naquele noite . Ele esperou Jackson voltar e nada . Ele esperou encontrá-lo quando acordou , mas não encontrou nem quando voltou do trabalho .

Nunca mais havia visto Jackson em nenhum lugar de Seul .
Bem que ele havia dito que iria para longe , e mesmo Mark implorando de joelhos , Jinyoung nunca lhe dissera para onde Jackson foi, já que ele provavelmente saberia .

Mark pega seu celular e manda uma mensagem para Jinyoung , pedindo que lhe encontre às sete no pub que gostavam de ir de vez em quando com os garotos. Era raro Mark encontrar Jinyoung sozinho, e quando acontecia era por coincidência.

Ele tirou os sapatos , arrumou o lençol de sua cama rapidamente e foi para o banheiro tomar um banho demorado . Ele fez questão de ficar lá até que não aguentasse mais a água quente caindo sobre si . Era difícil fazer qualquer coisa que fosse sem pensar em Jackson .

Ele veste um roupão e sai para pegar alguma roupa para usar em sua saída com Jinyoung , que agora era seu amigo mas sempre fora mais próximo de Jackson , sendo então o melhor amigo dele .
Mark sempre tinha esperança de Jinyoung lhe dizer o paradeiro de Jackson , mas esta era única coisa que Jinyoung nunca faria por ele , até porque Mark percebeu que o garoto tinha ficado irritado consigo quando ele estava se lamentando na frente de todos os outros amigos , mas ele já esperava que isso acontecesse, eles nunca foram tão chegados..

Jinyoung confirmou a ida até o local marcado. Mark trocou de roupa várias vezes para ficar satisfeito . Jackson havia trocado o número de seu celular mas com certeza Jinyoung o tinha, e se ele fosse falar de Mark para Jackson ele queria parecer bem , e não que Jinyoung lhe contasse que Mark estava um trapo.

Ele nem arrumou o cabelo direito , em vez disso o deixando cair sobre a testa de uma forma bagunçada - não muito notável - para "combinar" com a roupa que usava .

Conferiu o relógio e tinha demorado mais do que esperava no banho , pois agora só faltava vinte minutos para que Jinyoung estivesse no local marcado .

Ele olha pela janela , a noite ainda chegando aos poucos e o ar gélido , sem muitas estrelas no céu , decide pegar sua jaqueta por precaução e então sai do apartamento.

Ele caminha lentamente pela calçada repleta de comércios que atendiam seus últimos clientes antes de fechar. Hoje seria uma uma noite fria e Mark já estava pensando na falta que Jackson lhe faria quando ele deitasse a cabeça no travesseiro , além da que já lhe fazia nesse momento , já que ele estava saindo sem o outro consigo .

Ele nem percebeu que já estava próximo ao pub quando olhou para frente e viu o estabelecimento do outro lado da rua .
Como esperado , Jinyoung já o esperava . Ele sorri calorosamente ao ver Mark se aproximar da mesa .

- Como está bonito - diz abrindo uma bebida que aparentemente o outro já havia pedido para os dois .

O pub que costumavam ir com os amigos era aconchegante e organizado . Cada mesa afastada para que o grupo que a usasse não atrapalhasse o grupo do lado , fora as cadeiras altas colocadas no balcão , e o barman, que era tão bom com as bebidas quanto em consolar os clientes .

O lugar era acolhedor, para Mark era capaz de lhe aquecer nas noites frias , e por isso , depois da ida de Jackson ele sempre ia lá quando não conseguia parar de lembrar dele .

- Não seja bobo , estou normal . Mas você por outro lado parece feliz - Mark senta de frente para ele e pega seu copinho de soju fazendo careta para a escolha .

- Desculpe , não queria beber nada tão forte já que ainda é cedo - Jinyoung se apressa em se explicar ao perceber a expressão dele - Bom , sobre sua sugestão , eu estou feliz por estarmos aqui hoje .

- É ? Por que ?

- Porque agora estamos mais próximos , ora . Fico feliz que tenha me convidado - ele sorri novamente enchendo o copo vazio de Mark e tomando o seu .

- Ah sim ! Também estou feliz por ter aceitado - diz tomando outra dose .

- E então ... O que houve ? - pergunta de forma curiosa , mesmo sabendo a resposta .

- Nada , só queria sair um pouco - ele diz tentando disfarçar. Jinyoung com certeza falaria para Jackson se ele ficasse falando sobre como sentia saudades .

- Certo . JB te contou sobre o novo emprego ? - ele pergunta e Mark nega .

Logo ele estava tagarelando sobre o emprego novo de JB - e de como ele e Youngjae haviam relatado estarem feliz - , sobre Bambam ter ido lhe visitar e ter sido divertido , e até sobre não ter visto Yugyeom com muita frequência mas ter esbarrado com ele no mercado .

Mark queria dormir com todo o falatório de Jinyoung . Ele falava de tudo , menos o que Mark queria saber.
Enquanto ele falava e falava , Mark continuou a beber até que a garrafa terminasse e eles tivessem pedir outra . Jinyoung acabou bebendo pouco , já que só sabia falar, e Mark já se sentia zonzo , mal estava escutando o amigo.

- Foi engraçado - ouviu o outro dizer por fim - e então .. como anda o seu trabalho ?

- Cansativo .

- Imagino - Jinyoung torce o nariz lembrando como o trabalho de Mark o deixava após o expediente. - Sabe , acho melhor comprarmos algumas garrafas aqui e irmos para a sua casa , porque você parece quase bêbado e eu posso pegar um  depois .

- Que seja , eu ainda quero beber . - Mark diz terminando a segunda garrafa e Jinyoung assente .

Ele fica do lado de fora enquanto o amigo pega algumas garrafas para levarem . Juntos eles voltam ao apartamento de Mark e então ele pôde tirar os tênis e vestir seu pijama antes de se jogar na cama com Jinyoung rindo .

- Espere . Eu vou pegar os copos no seu armário .

- Não precisamos de copos - Mark diz lentamente levando a garrafa até os lábios .

- Pare ! - Jinyoung diz rindo e tomando a garrafa dele - Está fechada , seu bêbado .

Mark dá uma gargalhada alta sendo acompanhado por Jinyoung , que foi até a cozinha procura os copos .
Mark estava se recuperando quando ouviu o bip do celular de Jinyoung soar .

Ele esperou Jinyoung ir pegá-lo , mas em vez disso ouviu o outro resmungar : "onde diabos ele coloca os copos ?"

Mark sorriu e rapidamente pegou o celular , ligando a tela e vendo a notificação de mensagens novas , mas não era possível abri-las sem a senha ou sua digital .
Ele não gostou disso . Queria ver se era Jackson .

Na tela de bloqueio ainda havia mais uma notificação que dizia que também recebera ligações . Mark ficou decepcionado por não amostrar o número , mas havia um número diferente que havia ligado depois das 4 primeiras ligações .
Mark notou que era um número fixo pelo modo de começar . Números fixos sempre começam iguais .

Ele pegou seu celular no bolso e tirou uma foto da tela , jogando o celular no lugar de antes quando Jinyoung voltou ao quarto .

- Teria ajudado se me dissesse onde ficam os copos - diz revirando os olhos e entregando um dos copinhos a Mark , em seguida enchendo-o .

- Foi mal - sorri bebendo tudo de uma só vez .

⟩⟩⟩⟨⟨⟨

Jinyoung resolveu ir embora quando percebeu que o teto do quarto de Mark girava . 

Mark se despediu dele, os dois quase caindo em frente a porta começaram a rir.

- Hoje foi ótimo - Jinyoung diz ainda rindo - Durma bem.

- Cara, eu tô tão bêbado que dormiria numa pedra sem sentir nada - ele diz voltando a rir alto com o outro, logo percebendo que estava fazendo barulho e dizendo um "Shhhh" para Jinyoung. 

- Acho que bebi demais - diz respirando fundo para recuperar o ar.

- Pois é. Cuidado quando votar pra casa .

- Voltar . Eu vou voltar pra casa.

- Isso ! Foi o que eu disse.

- Você disse "Votar" 

- Dá na mesma, vai embora logo - Mark diz voltando a rir. 

- Tá bom. Te amo - ele diz acenando e começando a andar, voltando a rir quando percebeu que ia bater na parede e em seguida continua o caminho até o elevador.

- TE AMO TAMBÉM - Mark grita e entra quando o outro entra no elevador. 

Ele fecha a porta e ri lembrando do modo desengonçado de Jinyoung andar.

Mark estava com a visão embaçada quando checou o relógio, mas tinha certeza que enxergou 1:39 da manhã.

Ele apagou as luzes da sala e cozinha e voltou para o quarto, deixando apenas o abajur do lado esquerdo da cama ligado . O lado que Jackson costumava dormir.
Ele puxou a coberta sobre si e olhou para o lado encontrando-o vazio. Achou que o álcool lhe ajudaria a esquecer Jackson por um momento e a dormir melhor, mas não , ainda que estivesse um pouco grogue, ele não esqueceria . Nada o faria esquece-lo . Muito menos diminuiria sua dor .

Mark lembrou de ter tirado foto do celular de Jinyoung mais cedo. Ele estava curioso sobre aquele número, pensando se seria realmente dele. 

Talvez aquelas outras chamadas fossem dele, mas ainda tinha esperança do fixo também ser , já que tudo se encaixava . Provavelmente Jackson teria tentado no celular e como não foi atendido , poderia ter tentado pelo fixo só por precaução .

Mark tateou o criado-mudo em busca do celular, desbloqueando-o e lutando para enxergar com a luz da tela . 

Ele entrou na galeria e tentou memorizar o número enquanto discava, desistindo e olhando número por número até que estivesse completo. Ele ligou e foi atendido pela secretaria eletrônica, logo ouvindo o recado gravado na voz de Jackson . Mesmo que não tenha sido atendido ele se alegrou , sentando rapidamente enquanto escutava .

- Hey ! Aqui é o Jack . Não posso te atender no momento então me deixe um recado ok? Até mais - disse , e logo soou o "bip" para o recado ser gravado .

Mark desligou sorrindo. Ouvir a voz dele já era ótimo. 

Ele pensou por um momento se deveria ter deixado um recado , se arrependendo por não tê-lo feito ele discou novamente , sorrindo melancólico ao ouvir a mesma coisa sendo dita . Após o sinal , se apressou em dizer : 

- Oi .. é o Mark - ele suspira antes de continuar - Jack .. Eu fiz você chorar , e me odiei muito . Só te deixei cicatrizes . Me arrependo dos meus erros , mas por favor , volte para mim . Eu imploro . - disse e outro sinal apitou , avisando o término da ligação . 


Mark colocou o celular sobre o travesseiro ao seu lado e respirou fundo , pensando que Jackson ouviria aquele recado e lembraria de si . E assim ele adormeceu .


Notas Finais


Oi fadas !
Tudo bem?
Espero que gostem dessa fic, as atualizações vão sair rapidinho ok?

Essa Fic também está no Wattpad, mas estamos mais adiantados por lá hihi..

Enfim, lá eu também tenho outras obras (que eu não posso postar aqui por são traduções) então se quiserem dar uma passadinha lá fiquem a vontade.

Beijinhos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...