História Where It All Began - Imagine Kim Taehyung. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Kim Taehyung
Visualizações 43
Palavras 1.461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura a todos e obrigada pelo carinho, vcs são demais... Deixem nos comentários oq estão achando dessa fic e se tem algo que talvez vcs gostariam que eu mudasse.😘

Capítulo 14 - De volta ao Brasil...


Fanfic / Fanfiction Where It All Began - Imagine Kim Taehyung. - Capítulo 14 - De volta ao Brasil...

Tae – Porque isso? O que aconteceu?

- Me ligaram dum hospital Tae... Minha vó foi levada pra lá e no momento eu sou a única pessoa da familia que pode ir com ela.

Tae – Eu vou com você.

- Não! Eu não quero te atrapalhar.

Tae – Não vai atrapalhar, nós falamos com o Lee e o Kwon hyung.

- Mas eu não sei quanto tempo precisaria ficar lá.

Tae – Eu não me importo, vou ficar do seu lado o tempo todo.

- Tae isso pode te prejudicar no seu trabalho.

Tae – Você é mais importante e eu quero estar junto de você até nas horas mais difíceis.

- Obrigada Tae Oppa.

Tae – Mas qual é o estado de saúde dela?

- Ela esta muito ruim, me falaram que ela teve duas convulsões no que chegou e que teve uma perda muito grande de sangue, não tem o tipo sanguíneo dela lá. Tae eu estou preocupada, eles me falaram que as chances dela sobreviver são muito poucas. Eu não quero perde-la.

Tae – Eu te entendo princesa, nada vai acontecer, você vai ver que ela vai sair bem de tudo isso. Qual o tipo sanguíneo dela?

- Eu não sei, a mulher não falou.

Tae – Olha só.. Vamos falar com o pessoal e vamos voltar pro Brasil, eu não vou sair do seu lado.

- Obrigada por tudo amor. Te amo!

Tae – Também te amo pequena.

- Sabe o que eu lembrei agora?

Tae – O que?

- Lembra quando você falou sobre a morte da sua vó pras armys depois de uma apresentação?

Tae – Lembro disso...

- Eu chorei muito e queria estar do seu lado aquela hora pra te abraçar e te conforta.

Tae – Serio?

- Sim, eu nunca tinha chorado por nada e depois de ver aquilo eu realmente chorei MUITO.

Tae – Não acredito que desde aquela época você já se importava assim comigo.

- Obvio que sim e me desculpe por não estar do seu lado naquele momento.

Tae – Tudo bem princesa, aquilo já passou e você não tem culpa... Você nem me conhecia pessoalmente.

- Pois é, lembra de brigar com o Kwon oppa depois por não nos apresentar antes.

Tae – Claro (risos)

- Vamos entrar?

Tae – Não quer ficar mais na piscina?

- Não, eu estou com fome e quero tomar um banho.

Tae – Me diz o que você prefere...

- Ta.

Tae – Tomar um banho enquanto eu faço algo pra gente comer ou tomar um banho comigo e depois do banho eu faço algo?

- Ta querendo tomar banho comigo?

Tae – Sim – fala com um sorriso malicioso.

- Okei, então vamos!

Tae – Obaa.

Fomos tomar banho, teve muita mão boba, mas não aconteceu nada além disso e beijos demorados.

Tae – Já me vesti, vou fazer alguma coisa pra gente comer.

- Não precisa! Eu faço!

Tae – Claro que não. Eu faço!

- Taehyung me deixe fazer alguma coisa!

Tae – Não.

- Você esta exagerando.

Tae – Não tô não. Depois que terminar vai na cozinha que eu já vou deixar pronta a comida.

- Aish, tá.

Coloquei apenas uma langerie e uma blusa do Tae que ficava mais ou menos na altura na minha coxa.

Tae – Amor já ta pronto... Nossa.

- Coloquei uma blusa sua tá, posso usar?

Tae – Só enquanto estamos só nós, não quero que os meninos te vejam assim.

- Meu ciumento.

Tae – Só to querendo cuidar do que é meu.

- Quanta fofura.

Tae – Eu tive uma ideia pra divulgação.

- Que seria?

(Ele me contou a ideia)

- Isso não é demais Tae?

Tae – Não, vamos falar com o pessoal hoje mesmo e eles com certeza vão aceitar.

- Tudo bem, eu recebi uma mensagem da S/A e ela disse que já estão chegando.

Tae – Então vá se trocar!

- Ela já me viu assim.

Tae – Mas tanto o Kwon, quanto os meninos não viram.

- Deixa olharem, sou sua mesmo.

Tae – Não gosto quando outros homens te tocam ou te olham com segundas intenções e eu tenho certeza de que o Yoongi tentaria algo.

- Que fura olho ein.

Tae – Pois é.

Como Tae pediu, eu me troquei. Nós comemos um lanche enquanto conversávamos e não demorou até o pessoal chegar, para nossa surpresa Lee oppa tinha vindo junto.

- Oi gentee. Demoraram ein!

S/A – Nem finja que não gostou disso, sei que você adorou.

- Aish palhaça! Preciso falar com vocês e que bom que veio Lee oppa porque você também tem que saber.

Lee – Saber do que?

- Tenho que voltar pro Brasil.

Kwon – Como assim?

S/A – Porque?

- Me ligaram de um hospital avisando que minha vó foi levada pra lá e eu sou a única da familia que pode ir até ela.

Tae – E eu vou junto.

Lee – O que?

- Eu avisei que não precisava, mas ele insistiu.

Tae – Obvio, vocês acham que eu vou deixar minha namorada sozinha em uma situação dessas?

Kwon – Não, mas e os shows?

Lee – Ainda não tem nenhum marcado, então acho que não tem problema ele ir.

Tae – Tem mais uma coisa.

Lee – O que?

Tae – Já pensei numa maneira de divulgar o namoro.

- Ah isso, Tae ainda acho que é demais amor... Só um video ou algo do tipo já estaria bom.

Tae – Nem pensar, não quero algo simples.

Kwon – O que vai ser?

(Tae conta pra eles)

S/A – Que legal!

Jin – Gostei.

Tae – É, mas tem uma certa pessoa que acha muito exagero.

- Ai ta bom, eu gostei da ideia.

Tae – Serio?

- Sim! Só tenho vergonha mesmo.

Tae – Não precisa.

S/A – Só uma duvida!

- Fala...

S/A – Não tem umas armys um tanto psicopatas, é que eu não quero que minha amiga fique em perigo.

- Relaxa, eu sei me cuidar.

Tae – Não vai precisar, tem eu pra te proteger pequena!

(Dei um selinho no Tae)

Hobi – Tao fofos.

Nam – Ate o Tae desencalhou e a gente ainda não.

- Sei que daqui a pouco um de vocês vai desencalhar junto com a S/A né amiga?

S/A – Cala essa boca S/N.

- Não tente disfarçar. (Risos)

Lee – Você não mudou nada.

Tae – Porque diz isso Lee hyung?

Lee – Ela sempre foi sincera, as vezes ela exagera. Tipo agora, só falta ela falar o obvio.

- Que seria.

Lee – Quem é o quase par da S/A, mas isso todos já perceberam.

- Porque não assumem logo? Dai divulgam o namoro junto com a gente.

Lee – Verdade! Eu deixo.

S/A – Tem momentos em que eu queria que vocês ficassem mudos.

- Nos sabemos e também sabemos que você ama a gente.

S/A – Só assim pra te aguentar.

- Vocês me amam que eu sei, quem resiste a esse rostinho angelical?

Tae – Eu concordo com ela.

Lee – Eu também

Kwon – Eu também

(Todos os meninos) – Nos também.

S/A – Aish okei, tu ate que é fofinha.

- Inveja mata ein miga.

S/A – Palhaça, o pior é que eu concordo contigo. O que seria de mim sem você né.

- Ta, agora que ela admitiu vamos dormir?

(Todos riram)

S/A – Sua sem graça!

- Eu já vou indo okei, só vou comprar as passagens.

Tae – Tem um computador aqui, quer usar?

- Sim

Depois de comprar as passagens fui dormir, no outro dia apenas conversamos o dia todo e jogamos alguns jogos. Logo chegou o dia da viagem, demorou, mas depois de muitas horas finalmente chegamos. Fomos direto para a minha casa, já que era na mesma cidade e depois de descansar fui no hospital.

?? – Ola, em que posso ajudar?

- Minha vó deu entrada neste hospital e eu queria saber se posso ve-la ou saber mais sobre o estado de saúde dela.

?? – Qual o nome da paciente?

- S/V

?? – Ah sim, ela estava bem ruim, mas recebeu uma doação de sangue e já esta se recuperando.

- Que bom!

?? – Ela esta dormindo e o horário das visitas já passou, pra ver é só amanhã.

- Quanto tempo mais ou menos ela terá de ficar aqui?

?? – Se der tudo certo em 1 ou 2 semanas ela será liberada.

- Obrigada! Qual o horário de visita?

?? – 9 às 11 da manhã e 14 às 17 horas da tarde.

- Okei, amanhã eu volto. Obrigada!

?? – Por nada, tchau.

(Ao chegar em casa)

Tae – Oi amor, conseguiu ver ela? Como ela esta?

- Não consegui ver ela porque já passou o horário de visita, mas disseram que ela esta melhor. Recebeu uma doação de sangue e já esta melhorando, parece que em 1 ou 2 semanas ela será liberada.

Tae – Que bom, eu disse que daria certo.

- Pois é, obrigada TaeTae oppa.

Tae – Pelo que?

- Estar comigo e me apoiar tanto.

Tae – Vou sempre te apoiar porque te amo.

- Também te amo.

Continua...


Notas Finais


Obrigada por todos os favoritos e pelo carinho de todos, vcs são demais!
Espero que tenham gostado e desculpem os erros!😘😋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...