História Where it all began - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, NOW UNITED
Personagens Any Gabrielly, Bailey May, Diarra Sylla, Heyoon Jeong, Hina Yoshihara, Joalin Loukamaa, Josh Beauchamp, Krystian Wang, Lamar Morris, Noah Urrea, Sabina Hidalgo, Shivani Paliwal, Sina Deinert, Sofya Plotnikova
Tags Beauany, Joaley, Noart
Visualizações 54
Palavras 2.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii voltei, desculpa os erros.
Desculpa o atraso mas taí capítulo novo.

Capítulo 8 - Capitulo 8


Fanfic / Fanfiction Where it all began - Capítulo 8 - Capitulo 8

Josh on

Estou perto de beijar a any, puta que pariu, eu vou beijar a any. Mas fomos interrompidos pelo noah, obrigado urrea, está me devendo uma, uma não várias.

- e aí pessoas-. Disse o noah, any se afastou de mim. Droga.

- oi-. Falei frio.

- ei cara o que foi?-. Perguntou ele.

- oi noah-. Disse any.

- nada-. Falei frio de novo.

- acho que atrapalhamos alguma coisa noah-. Falou sina, essa sim é inteligente.

- há cara foi mal-. Disse o noah.

- tá tanto faz-. Falei.

O noah e a sina se sentaram na nossa frente, e eu permaneci ao lado da any.

- já pediram sem nos?-. Disse o noah vendo a comida em cima da mesa.

- sim, estavamos com fome e, acho que vocês dois estavam ocupados-. Falei sorrindo de lado.

Sina logo entendeu e ficou vermelha, any fez uma careta, e o noah também ficou vermelho.

- para com isso josh, estavamos fazendo... Coisas-. Disse o noah.

- eu sei que tipo de coisas seus safados-. Falei.

- tá vamos parar com esse assunto-. Disse any.

- tá, pode pedir quem está hoje é a julia-. Falei.

- eu quero um milk shake de morango, pedi pra mim josh, eu já volto-. Disse any.

- tá cacheada, só toma cuidado-. Falei.

- tá, eu já volto-. Disse ela indo em direção a porta.

Levantei a mão e esperei até ver julia, e ela logo veio em nossa mesa.

- um milk shake de morango por favor-. Falei.

- dois hambúrgueres, duas porções de batatas fritas, um milk shake de chocolate, e um de baunilha, por favor-. Disse o noah, pedindo pra ele e pra sina.

- tá certo noah-. Disse julia, tentando mostrar mais seus seios eu acho.

- obrigado julia-. Disse o noah.

Ela saiu rebolando a bunda de novo dessa vez eu não olhei, já não posso dizer o mesmo do noah, que recebeu uma cotovelada da sina.

- aí, pra que isso?-. Perguntou o noah, fazendo uma cara de dor.

- pra nada-. Disse sina, claramente irritada, eu estou me segurando pra não rir.

- já sei tu fez isso só porque eu estava olhando pra julia?-. Perguntou o noah.

- claro que não-. Disse sina.

- está com ciúmes deinert?-. Perguntou o noah, rindo de lado.

- eu não tenho ciúmes urrea-. Disse sina, naquele momento eu não aguentei e ri

- para de rir e me ajuda aqui irmão-. Disse o noah.

- eu não posso fazer nada irmão-. Falei ainda rindo.

- eu já volto-. Disse sina, se levantando.

- ei aonde você vai?-. Perguntou o noah.

- eu vou ver se a any está bem-. Disse sina saindo do lugar aonde está sentada.

- não demora-. Disse o noah.

- relaxa cara, ela não vai embora-. Falei rindo da sua cara.

- ha ha idiota-. Disse o noah.

- você fique sabendo que está me devendo uma-. Falei sério.

- por que cara?-. Perguntou o noah.

- eu quase ia beijando a any-. Falei.

- tá, mas você está com a taylor?-. Perguntou noah.

- não, da onde você tirou isso?-. Perguntei.

- está no instagram dela, olha-. Disse o noah, me mostrando uma foto minha abraçando ela, com a legenda:" eu e meu amor curtindo a noite 😍😻😎".

Eu olhei pro noah confuso.

- eu não estou mais namorando ela-. Falei.

- mas todo mundo acha que vocês ainda estão juntos-. Disse o noah.

- porra, a taylor sempre atrapalha tudo-. Falei jogando minha cabeça no sofá onde eu estou sentado.

- mas de qualquer forma foi mal atrapalhar seu lance com a any-. Disse o noah.

- tá-. Falei e respirei fundo.

Nesse momento avistei julia vindo em nossa direção, com os pedidos.

Ela colocou a comida em cima da mesa e saiu sorrindo de lado, pra mim.

Any chegou mais a sina, sina com uma cara confusa e any segurando o riso.

- o que aconteceu?-. Noah perguntou.

- a any estava falando em um idioma assustador-. Disse sina se sentando ao lado do noah.

- não é assustador sina, é normal do país de onde eu venho-. Disse any se sentando ao meu lado.

- assustador?-. Perguntei.

- não é assustador é só um idioma normal do meu país-. Disse any.

- como assim?-. Perguntou o noah.

- ela estava falando esquisito, na hora que eu cheguei lá ela disse cheto man-. (Certo mãe em pt). Disse sina.

Any não se segurou mais e riu, todos olharam pra nos, o que fez any colocar a mão na boca abafando o riso.

- não é cheto man, é certo mãe-. Disse any.

- o que?-. Falou sina.

- que idioma é esse?-. Perguntou o noah.

- é brasileiro?-. Falei e any para de rir na mesma hora.

Ela olha pra mim com um olhar mortal.

- não é brasileiro josh, é português-. Disse any dando um tapa no meu braço.

- aí. Tá bom já entendi é b... Português-. Falei olhando pra ela.

- acho bom mesmo-. Disse ela pegando seu milk shake.

- e então o que estava fazendo?-. Perguntei pegando uma batata frita.

- estava falando com a minha mãe-. Disse any comendo uma batata frita.

- ata-. Falei pegando meu hambúrguer e comendo.

Comemos e conversamos, eu brinquei algumas vezes com a any, e com o casal na nossa frente.

- acho que já está tarde, e alguém já adormeceu-. Disse o noah olhando pra any que está com a sua cabeça enconstada no assento.

- é acho que sim-. Falei olhando pra ela. Depois levantei a a mão pra que a julia visse.

Acordei a any, a mesma não demorou muito pra acordar.

- já vamos embora, será que consegue ficar acordada até eu pagar a conta?-. Perguntei, ela acentiu.

 Chamei a julia que apareceu na nossa frente. Pagamos, eu e o noah, claro que ele ia pagar, as meninas quiseram pagar mas eu o noah insistimos, pois afinal fomos nós que as convidamos.

Saimos da lanchonete rindo do noah, por que ele estava olhando pra julia e sina não gostou nada disso.

- que isso sina, eu não ligo pra julia-. Disse o noah.

- hum-. Disse a sina ainda andando em direção ao carro.

Eu entrei no carro me segurando pra não rir, o noah se sentou atrás mais a sina. Any se sentou do meu lado no banco da frente.

- sina eu estou falando sério, eu gosto de você. Eu não ligo pra julia-. Disse o noah ainda tentando fazer ela olhar pra ele.

- há não noah?, você estava quase comendo ela com os olhos-. Disse sina brava, eu estava quase rindo quando senti uma mão tampando minha boca.

É a mão da any.

- não estava não-. Disse o noah.

- ata urrea-. Disse a sina olhando pra janela.

- sina eu gosto de você, e eu nunca te trocaria por ela-. Disse o noah.

- hum-. Disse sina.

- serio sina, por favor acredita em mim-. Disse o noah segurando a mão dela.

- tá-. Disse a sina ainda olhando pra janela.

- olha pra mim, eu nunca vou te trocar por ela-. Disse o noah virando delicadamente o rosto da sina.

- não gosto dela-. Disse sina fazendo uma cara de brava.

- eu sei-. Disse o noah.

Logo em seguida eles se beijaram.

- ei casal não tranzem no meu carro-. Falei.

- ata joshua-. Disse sina.

- não vamos fazer isso, fica frio-. Disse o noah.

- acho bom-. Falei sorrindo de lado.

- eu estou com fome-. Disse a any.

- eu também estou -. Disse o noah.

- vocês dois comeram tudo, e ainda estão com fome?-. Perguntei.

- sim-. Disseram os dois juntos.

- eu não comi sobremesa-. Disse a any.

- tá vamos passar em uma sorveteria o que acham?-. Perguntei.

- sim-. Disseram os três.

- tá vamos-. Falei mudando a rota.

Chegamos na sorveteria, pedimos quatro sorvetes. Comemos dentro do carro, eu fui o primeiro a terminar.

- alguém quer compartilha com o coleguinha?-. Perguntei todos negaram rindo.

- há que isso gente-. Falei.

- sinto muito josh mas você já tomou o seu-. Disse sina.

- tá eu vou comprar mais pra mim e não vou comprar pra vocês-. Falei e saí do carro, caminhei em direção a sorveteria, escutei a porta do carro abrindo, olhei e vi any saindo.

- também quero outro-. Disse ela.

- tá mais você paga-. Falei indo em direção ao homem que vende.

Pedi um e any dois. Olhei pra ela e ela riu.

- dois cacheada, não achei que estava com tanta fome-. Falei em direção ao carro.

- um é pra minha irmã, ela pediu-. Disse any.

Entramos no carro e eu dei a partida. Deixei primeiro a sina e o noah. Noah ficou na casa da sina, eles disseram que iam fazer coisas importantes 😏😏.

Ficou apenas eu e a any no carro, seguimos até sua casa em silêncio confortável.

- chegamos cacheada-. Falei parando o carro em frente a sua casa.

- obrigada josh, pelo convite-. Disse ela sorrindo tímida.

- que isso, quem sabe depois eu te convide pra ir a outros lugares-. Falei sorrindo de lado.

- para de ser pervertido josh-. Disse ela um pouco envergonhada.

- eu não sou pervertido-. Falei.

- ata-. Disse any tentando tirar o cinto.

- sério cacheada?-. Perguntei rindo da sua cara.

- para de rir-. Disse any.

- tá, deixa eu te ajudar-. Falei.

- não prescisa, eu sei fazer isso sozinha-. Disse ela.

- ok então-. Falei me afastando.

Passamos alguns minutos assim. Até que ela desistiu.

- tá ok eu não consigo, pode me ajudar?-. Disse any.

- não sei, qual a palavrinha mágica?-. Perguntei.

- sério josh?-. Disse any.

- eu posso te ajudar a saí do meu carro, ou eu posso te levar pra minha casa-. Falei.

- por favor josh, será que você pode me ajudar a tirar o meu cinto?-. Perguntou any.

- tá eu posso-. Falei tirando o meu primeiro e fui me aproximando dela.

Estavamos tão perto que eu podia beijar ela, mas vamos provocar um pouco, tirei o cinto dela lentamente e dei um beijo na sua bochecha, no canto da sua boca.

Nós afastamos e ela olhou pra mim sem reação.

- tchau cacheada-. Falei.

- t- tchau josh-. Disse any saindo.

- boa noite-. Falei.

- boa noite-. Disse ela andando em direção a porta da sua casa.

Esperei ela entrar e dei partida no carro.

Josh off

Any on

Entrei em casa ainda sem reação, o que aconteceu?

Fui até a cozinha peguei um copo de água e coloquei o sorvete da belinha na geladeira.

Subi para o meu quarto, tomei um banho rápido por que eu estou cansada, olhei a hora e são 22:21 da noite, vesti uma blusa grande e um short moletom preto.

Dormi pensando no meu quase beijo com o josh.

Uma semana depois...

Chegou o dia, aí meu Deus, hoje eu vou pra escola deveria está feliz por isso? Sei lá acho que sim, olhei no celular e são 5:00 da manhã eu só iria sair às7:00 então resolvi me levantar.

Tomei um banho um pouco demorado. Coloquei meu uniforme verde. (Foto do uniforme deles acima). 

Deixei meu cabelo solto, fiz dedoliss neles, passei uma maquiagem básica, coloquei um tênis branco e desci.

Avistei minha mãe e irmã comendo na mesa.

- bom dia-. Falei me servindo, e me sentando logo em seguida.

- bom dia-. Disseram as duas juntas.

- mãe, a senhora vai me deixar na escola né?-. Perguntei.

- não filha sinto muito-. Disse minha mãe.

- não acredito que no meu primeiro dia de aula eu vou de ônibus-. Falei comendo.

- não seja dramática any-. Disse minha mãe.

Terminei de comer e subi para o meu quarto escovei os dentes.

Peguei tudo o que eu irei precisar e desci. Escutei uma buzina e pensei que fosse a minha mãe mas não é.

É....

Continua...



Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...