1. Spirit Fanfics >
  2. Where it all began >
  3. Capítulo 11

História Where it all began - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Where it all began - Capítulo 11 - Capítulo 11

*POV Taehyung*


A semana se passou rápido, estudamos bastante. Eu já paguei quase todos os sorvetes para o Jungkook, já paguei 4 de 7, vou pagar o resto na segunda até quarta. 


Hoje já me arrumei para o funeral da minha avó, minha mãe decudiu enterrar ela ao lado da cova do meu avô. Para eles ficarem pertinho um do outro.


Desço as escadas e encontro meus pais e a  Allison, sentados no sofá. Me sento também e fico quieto, despois de alguns minutos minha irmã desce as escadas arrumada.


Appa: podemos ir agora? - assentimos


Saimos da casa, a Allison trancou a porta, entramos todos no veículo e logo meu pai da partida.


Assim que chegamos no local saimo do veículo e compramos as flores favoritas da minha avó, margaridas, adentramos o local e comprimentamos todos os familiares e conhecidos.


Fui até onde minha avó estava deitada no caixão, me aproximo e observo ela. Sinto lágrimas já escorrem pelo meu rosto, toco na pele fria e enrugada.


Eu amava os abraços e carícias dela, o seu jeitinho carinhoso de ser. Foi ela quem me ajudou com meus pais quando me descobri bissexual, ela que me apoiou desde o início, sou muito agrato a ela por tudo que fez. 


Me afasto do caixão e vou para um lugar mais aberto, me sento no chão e olho para o céu logo mandando um beijo e falando a frase "eu te amo" baixinho. Fecho meus olhos e deixo as lágrimas caírem.


*POV Jungkook*


Agora estou na casa do Jimin, e o Yoongi também está aqui. Estamos no quarto dele em quanto ele conta uma história que aconteceu na escola do primo dele.


Yoon: e depois o que aconteceu? - falou desinteressado, dou risada


Jimin: dai a diretoria não deixou ninguém do 9° ano sair da escola, só quando os pais viessem buscar


- coitados... acabou a história né?


Jimin: acabou 


Yoon: finalmente, o Jimin fala muito - o loiro revirou os olhos


- agora mudando de assunto vocês estão apaixonados?


Yoon: não


Jimin: nem eu


- mentirosos! Eu conheço vocês, quando estamos com os amigos do Taehyung vocês ficam um pouco tímidos e com as bochechas coradas. Sem falar os sorrisinhos, vocês não me enganam!


Jimin: eu já disse que não estou apaixonado


Yoon: eu desejo nunca me apaixonar, não quero ficar sofrendo! Mas você esta apaixonado que eu sei


- eu? - os dois assentiram - não estou, eu já disse que eu não gosto do Taehyung! 


Jimin: mais ninguém aqui falou que era o Taehyung, você que se dedurou - ele ri


- mas... aish! Eu não gosto dele, é apenas um amigo para mim. Não passa disso.


Yoon: sei


- vocês nunca acreditam em mim, já faz mais de um ano que não me apaixono


Jimin: ta contando? - assenti - meu Deus! Agora falando sobre outra coisa precisamos perder a virgindade sério!


Yoon: só vocês dois são virgem, não tenho nada haver com isso


Jimin: não precisa esfregar na cara que somos virgem, eu só quero perder logo!


- então você vai dar o cú para qualquer um que der em cima de você?


Jimin: não, tenho que perder com a pessoa certa - falou se sentando entre eu e Yoongi.


Yoon: e quem é a pessoa certa?


Jimin: ah eu não sei... desde que eu me sinta confortável com a pessoa - alguém da partidas na porta do quarto.


Vou até a mesma e a abro, a senhora Park adentra com uma bandeja.


Sra.Park: Oi meninos trouxe para vocês bolo de chocolate e suco de laranja


Yoon: obrigado tia, suas comidas são maravilhosas - falou pegando um prato com bolo e um copo.


- obrigado - faço o mesmo pegando um bolo e um copo 


Jimin: obrigado omma 


[...]


Já estava de tarde, estou na minha casa jogado na minha cama. Olhando para o teto, será que meus amigos estão apaixonados e ainda não se sentem confortáveis para falar quem é? O Jimin vai sair perdendo a virgindade com qualquer um? Como eu vou fazer para o Tae se lembrar de alguma coisa do nosso passado? 


Me sento na cama e pego meu notebook, abro o mesmo e começo a procurar no Google como fazer as pessoas se lembrarem das coisas. E em um resultado da pesquisa apareceu que podemos  realizar os mesmo atos que já fizemos com a pessoa, resumindo tenho que fazer coisas e levar o Taehyung a lugarem que íamos quando éramos mais novos. E vai ser isso que vou fazer!


Meu celular começa a tocar, atendo sem ao menos ver quem é.


[Ligação on]


Eu: alô? - escuto fungadas, acho que a pessoa esta chorando


Tae: oi Jungkook, aqui é o Taehyung 


Eu: ah Oi, o que foi? Porquê esta chorando?


Tae: Não é nada, posso ir para a sua casa, agora? 


Eu: pode sim


Tae: ta bom estou indo


[Ligação off]


Desligo meu celular e encaro a tela em preto, ele estava chorando por causa dá avó dele? Hoje foi o enterro dela... ele deve estar muito triste! 


Ouço a campainha tocar, sai do meu quarto e atendi a porta.


- chegou rápido - assim que termino a frase ele me abraça, colocando seus braços em volta do meu pescoço, retribuo o abraço acariciando suas costas.


Omma: quem é meu filho? - falou saindo da cozinha, o moreno se desfaz do abraço e limpa as lágrimas - Taehyung?


Tae: Oi senhora - falou se curvando


Omma: como você cresceu - olho para ela e a mesma se lembra do acordo - quero dizer, você é muito bonito, por que esta chorando? - falou chegando mais perto.


Tae: Não é nada senhora Jeon 


Omma: pode me chamar de Somi


Tae: ta bom


- vamos para o meu quarto - subimos as escadas.


Vocês devem estar se perguntando de que acordo estamos falando, é que a mãe do Tae falou que não podemos contar para ele sobre seu passado quando perdeu a memória, ela diz que pode confundir a cabeça dele. Eu quero muito contar para ele, sempre quiz, e como eu não posso contar acho melhor ele descobrir ou melhor se lembrar por si mesmo.

Adentramos meu quarto, ele se deita na cama e enfia a cara em meu travesseiros. Me sento ao seu lado e acaricio suas costas.


- oque aconteceu? - passo a mão em seus cabelos


Tae: nada de mais, como foi seu dia?


- como assim nada de mais, ninguém chora sem motivo. Você não é obrigado a me contar, eu só gostaria de saber, não gosto de te ver chorando assim... mais meu dia foi legal, fui na casa do Jimin e me diverti um pouco. E o seu dia?


Tae: foi o pior dia da minha vida, o funeral foi muito triste, sinto muita falta da minha avó. E o motivo de eu estar chorando é que eu peguei meu appa traindo a minha omma!


Notas Finais


Coitado do Tae gente 😢
Desculpem qualquer erro...
Vejo vocês amanhã monas😚❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...