1. Spirit Fanfics >
  2. Where it all began >
  3. Capítulo 12

História Where it all began - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


🍦Boa leitura🍦

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Where it all began - Capítulo 12 - Capítulo 12

*POV Jungkook*


Tae: foi o pior dia da minha vida, o funeral foi muito triste, sinto muita falta da minha avó. E o motivo de eu estar chorando é que eu peguei meu pai traindo a minha mãe! - fiquei em silêncio, na verdade em choque.


- como assim o seu pai traiu a sua mãe? - me aproximei mais dele.


Tae: olha, depois do funeral nós voltamos para casa, a Taehee foi para o seu quarto e não saiu mais de lá. A minha mãe subiu para o quarto e eu fui junto com ela a para consolar, de tanto que ela chorou acabou pegando no sono! Quando desci as escadas para pegar um ar fresco no jardim dos fundos, vi meu pai segurando os braços da allison, ela deu sorriso e ele a beijou - desabou a chorar novamente.


O abraço e o deixo chorar, acario as suas costas. Eu realmente não sei o que falar, não sei como ele esta se sentindo!


Tae: será que isso vem acontecendo a muito tempo? Será que eles já passaram dos beijos e rolou outra coisa? - falou com a voz embargada e o rosto vermelho.


- eu não sei, não sei mesmo - ele se abraça mais em mim.


Deitamos na cama, em quanto ouvia seu choro e suas fungadas fiquei fazendo carinho em suas costas ou fazendo cafuné. Sinto sua respiração pesar, me afasto dele e olho seu rosto. Ele não merece estar passando por todo esse sofrimento ao mesmo tempo, tiro os fios de seus cabelos do rosto e o encaro.


Sai do quarto e desci as escadas logo encontrando minha mãe na sala, me sento no sofá e ela me encara. 


Omma: o Tae lembra de você?


- não


Omma: como viraram amigos? Quando ele voltou para Seoul? 


- olha já faz alguns anos que ele voltou para cá,  nós estudamos na mesma escola e fazemos a aula ds fotografia juntos.


Omma: porque não me contou isso antes? Eu queria o ver, ele cresceu muito. Ficou muito bonito! 


- eu não te contei antes pois você iria o assustar, com esse seu jeitinho. Agora deixa eu continuar a contar, nós fizemos um trabalho de fotografia juntos 


Omma: aquele que você dormiu na casa da pessoa? - assenti - essa pessoa era o Tae? - assenti de novo - como a família dele esta? 


- calma deixa eu continuar, depois de fizemos o trabalho que por sinal tiramos uma nota muito boa, nós começamos a se aproximar e agora somos amigos. Não contei para ele sobre nos conhecermos quando mais novos. A família deles andam bem - menti - como os pais dele ficam viajando, tem uma mulher que cuida deles a Allison, ela é loira jovem e bonita


Omma: a Sohee não fica com ciúmes dela não?


- que eu saiba não, os pais deles voltaram para cá, pois hoje foi o enterro da avó do Tae


Appa: porque estão falando baixo?


Omma: amor, você sabia que o Taehyung esta na nossa casa nesse momento?


Appa: o Kim Taehyung? - assenti - o filho da Sohee e Jonghyun? - assenti - como assim? Eles não haviam se mudado?


- sim, eles voltaram para a Seoul já faz alguns anos. É uma longa história!


Omma: sabia que a avó do Tae faleceu? Ela era muito querida e boa


Appa: sério? Eu gostava muito dela, que triste.


- agora não falem com ninguém sobre isso, não era nem para eu tar contando á vocês - eles assentiram.


Olho em direção as escadas e vejo Taehyung descendo e vindo em minha direção.


Tae: Oi Somi e Senhor Jeon - disse se curvando


Appa: Olá


Omma: Oi - falou sorrindo


Tae: eu já vou para casa Kookie, tenho que voltar antes que fique tarde - me levanto ficando de frente para ele.


- tem certeza? Se quiser pode ficar aqui


Tae: não precisa, sério. É só fingir que nada aconteceu, eu acho... 


- ta bom...


Tae: Tchau Somi e Senhor Jeon - falou se curvando


Omma: Tchau Taehyung


Appa: Tchau, mas pode me chamar de Jinyoung 


Tae: ta bom - o levo até a porta e recebo um abraço do mesmo - obrigado! 


- pelo que? - retribuo o abraço 


Tae: por estar comigo nos momentos difíceis, me sinto seguro perto de você - se desfez do abraço, dou um sorriso para ele - tchau! 


- tchau - ele saiu andando, fecho a porta e meus pais ficam me encarando.


Appa: havia me esquecido do quão fofos vocês eram juntos - reviro os olhos e subo as escadas e consigo ouvir meu pai perguntando - ele falei alguma coisa de errado?


Omma: não sei 


Entro no meu quarto, e vou até meu guarda -roupa, separo um pijama bem confortável e uma box vermelha. Coloco sobre a cama, pego uma toalha e entro no banheiro, ligo o chuveiro. Começo a me despir, entro de baixo do chuveiro e deixo a água morna cair em meu copo.


Espero que o Tae fique bem, e que esse "rolo" que o pai dele e a Allison tem, não venha acontecendo a muito tempo! 


Termino de tomar meu banho, coloco meu pijama e me deito na cama, ligo a televisão que há em meu quarto e coloco na série que estou maratonando.


Só que a única coisa que fica em minha cabeça é o Taehyung, porque será que ele ligou para mim? Ele poderia ter ligado para seus amigos né? Ou ele ligou e os amigos não entenderam... Quando ele falou "me sinto seguro perto de você" era verdade? Porque eu faço tantas perguntas que nunca tem respostas?


Notas Finais


Gente a Allison é a menina da foto da capa
Desculpem qualquer erro, e pelo capítulo curto...
Bjs💋
🍦Ice Cream🍦


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...