História Whiplash - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Ten
Tags Coréia, Haechan, Jeno, Jisung, Johnny, Kpop, Mark, Nct Oneshot, Taeyong, Tailandia, Ten, Ten Oneshot
Visualizações 224
Palavras 2.496
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Hentai, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tenho muita coisa pra falar sobre ele ...mas vou falar do nariz , mds olha que nariz maravilhoso genteeee do céu!! Eu sei que ele é maravilhoso por inteiro mas olha esse nariz!! Foca no NARIZ caramba que lindeza .


Boa leitura ♡•○•

Capítulo 1 - Oneshot - Algo sincero


Fanfic / Fanfiction Whiplash - Capítulo 1 - Oneshot - Algo sincero




Point of view from : 


          ________  ________. 


17/04/2018  - Faculdade de Medicina de Seoul .


13:29

 

 

- Licença - sorri tímida segurando a bandeja do lanche , em resposta o rapaz olhou para mim enquanto tomava um suco de caixinha - Posso...me sentar aqui?


- Ah claro - ele tirou a mochila do banco a jogando no chão e eu me sentei . 


- Qual seu nome? - Perguntei tentando fazer um novo amigo ou arrumar alguém para que eu não fique sozinha naquele lugar de loucos , vulgo faculdade .


Chittaphon Leechaiyapornkul - ele respondeu me olhando desafiador 


- Eu...acho que não consigo pronunciar - digo e ele riu 


- Aqui na Coréia me chamam de Ten - ele facilitou com um sorriso - E o seu?


- _______  ________ - sorri 


- Também é bem diferente...de onde é?   - Ele não largava a caixinha de suco de uva. 


- Brasil , e você?


- Tailândia 


- o que? Sério - abri um sorriso - Meu Deus meu sonho é conhecer a Tailândia!! Lá me parece tão...tão diferente é legal , ashiii - sorri animada e ele riu 


- É. ..lá É até legalzinho - ele concordou pegando o hambúrguer mal montado que a faculdade vendia de melhor .


Ficamos em silêncio  durante alguns segundos até ele quebrar o gelo.


- Médica ja seu que quer ser...mas Qual area?- ele perguntou coçando o nariz.


- Cardiologista ... E você?


- Ginecologista 


- Que?- eu ri - Por que? - ele também riu 


- Eu estava em dúvida em que especialidade escolher , minha família anotou em papéis as áreas e eu sorteei ginecologia...E deu nisso 


- E você gosta ?


- De boceta? Adoro - Ele disse sério mas percebeu minha face assustada e riu - Brincadeira,  gosto sim , é legal de trabalhar com isso 


- humm , que legal - sorri - Está em que período?


- sétimo , quase quase - sorri e ele também - e você?


- sexto - sorri bebendo o refrigerante que havia comprado .


- Não me ache pervertido só porque falei aquilo ok? Eu falei brincando - ele disse e eu ri - Não sei lidar com brasileiro 


- Sem problema - Eu ri . - Mora aonde?


- A duas quadras daqui , seguindo sempre a direita , e você? - ele acabou de comer 


- É uns cinco minutos andando - respondi . 


- Hum. .. gostei de você , é legal e cheirosa - Eu ri com o elogio 


- obrigada então , você é legal e cheiroso também - ele também riu. 


- Bom...Eu preciso ir , minha aula vai começar - ele levantou - Mais conhecimento sobre a mulher!!- eu ri com a empolgação do rapaz - Tchau , a gente se vê por aí 


- Tchau - sorri e ele foi embora seguindo para o auditório onde seria sua aula ..


°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°


As 15:00 as aulas acabaram , enquanto eu quardava minhas coisas na mochila que era maior que eu no caso...E talvez até mais pesada pela infinidade de livros que eu tinha ali. Coloquei ela nas costas e coloquei o celular no bolso . 


Quando finalmente sai da faculdade meu celular tocou , haviam muitas pessoas da faculdade ali mas não me emportei enquanto caminhava para casa lentamente atendi . 


" Oi _____! Como vai? Aqui já é seu aniversário " - Mamãe mesmo longe sempre ligava 

- Verdade...20 hein - comentei e ela riu 


" É ai? Me conta como foi seu dia hoje "


- Fiz um amigo novo , ele é tailandês e muito bonito , estou caminhando para casa agora...pretendo comprar chocolate pra comemorar meu aniversário ...ver um dorama e dormir como hoje é minha folga do trabalho 


" Ah que bom , se eu tivesse aí iria fazer um bolo enorme para você!! "


- Ha,  obrigada mãe - eu ri. - Irei visitar a senhora em Setembro ok?


" Sim sim , saudades  filha "


- Tchau mãe...preciso ir , beijo 


" Tchau!!!"



Coloquei o celular no bolso e apenas fui caminhando lentamente , pensando , eu , uma jovem de agora 20 anos , morando sozinha , sem amigos estudando do outro lado do mundo , oque eu estava fazendo ali!! 


- Haa - senti mãos em meus ombros - Peguei - Ten apareceu do meu lado  - Com quem estava falando no telefone?  


- Por que a curiosidade? 


- Tava invocando o demônio? Por que espanhol é para isso - ele riu 


- Eu tava falando português seu tailandes anão - empurrei ele da calçada 


- Desculpa , falou a brasileira gigantona , se liga minha filha , sou maior que você- ele disse 


- Iiiiih - empinei o nariz e sai andando 


- Espera , pelo que entendi , hoje é seu aniversário?  - ele agarrou meu pulso voltando a caminhar do meu lado  


- Fala português? 


- Não eu falo espanhol - rimos - Parabéns moça - ele passou o braço por cima do meu ombro 


- Eu não tenho nada pra fazer...nem amigos eu tenho - digo  


- Mas tem o coleguinha da facul- ele disse - Sei que nos conhecemos hoje mais poderíamos sair .


- Ahh naao eu gosto de ficar em casa - Eu ri - Vamos la pra casa aí a gente vê um filme e come porcaria 


- Vamo - ele sorriu -  


Seguimos para meu apartamento , eu morava no quinto andar em um prédio de dez andares , abri a porta de meu apartamento dando espaço para ele entrar e colocar a mochila no canto 


- Vamos no mercado comigo , comprar algumas coisas - convidei e ele concordou saindo novamente .

•○•○•○••○○○☆


- Meio amargo ou ao leite?- ele perguntou elevando duas barras de chocolate 


- Meio amargo - ele acentiu e colocou na cesta - Ten...presunto ou churrasco ?- Mostrei os salgadinhos 


- Churrasco- coloquei na cesta observando a prateleira 


- Ali!!- apontei para um pote de nuttella no alto - Eu quero - Fiz biquinho tentando alcançar  


- Eu te levanto vai , porque eu também não alcanço - Eu ri , ele agarrou minhas pernas na altura da coxa me elevando , peguei o pote e ele me colocou no chão  - Ashii quanto pesa? - ele colocou a mão na coluna 


- Ten! Você que tá fraquinho , peso 50 kg 


- Deve ser os peitos que pesam - ele disse e arregalou os olhos - Desculpa eu falei sem passar pelo filtro , eu pensei alto- eu ri


- Tudo bem - Rimos juntos. Coloquei a nuttella na cesta e compramos mais algumas coisas.


Voltamos para casa , colocamos uma música para tocar 


- Parecemos dois adolescentes,  poderíamos ter comprado álcool , mas olha a gente igual aos 14 anos - Ten comentou colocando  o sorvete no freezer. 



- Tá vendo! Depois minha família acha que eu passo a madrugada fora transando. ..E olha pra mim , comendo bobagem aos 20 anos - ele riu 


- Também veio sozinha para a Coréia?  - ele sentou do meu lado no sofá pegando uma mão de salgadinho.


- sim..sempre foi meu sonho , mamãe sempre me apoiou 


- Ahh - ele sorriu - Eu deixei meus pais ....eles não acreditavam no meu potencial e então minha professora de filosofia me sustentou nos meus primeiros meses aqui...E olha eu aqui... 4 anos depois quase me firmando .


- Sério?? Nossa!! Mas você ainda tem contato com eles??


- tenho , só que...não é a mesma coisa - ele comentou sorrindo triste - Mas vamos esquecer coisas ruins  


- Tá - sorri - O que gosta de fazer?


- Dormir ,comer e dormir - Rimos com a repetição das palavras - e você?


- Dançar..sabe...não é necessariamente dançar , é rebolar -  ele riu 


- como assim??- perguntou rindo 


- No meu país tem umas músicas ...as letras não são nada bonitas mas a batida!! É muito legal da vontade de rebolar e descer até o chão  - digo animada e ele riu 


- Tipo as músicas da HyunA?


- Exatamente - ele riu - 

 

Peguei o pote de nuttella e duas colheres , fomos conversando e comando até ele pegar minha colher 


- Ya!  - ele riu 


- Vem buscar - tentei agarrar mas ele tirou a mão 

- Ashii - bufei olhando para ele que ria , nervosa 

Ten acabou por deitar no sofá se esticando para que eu não pegasse a colher , quando consegui eu já estava encima dele com as pernas com seu quadril envolvido ali 



- Seu lixo - ele segurou minhas costas me impedindo de levantar. Ficamos um encarando ao outro até ele me roubar um selinho e sorriu , eu ri e colei nossos lábios em um beijo mais profundo , ele pediu passagem e eu cedi , suas mãos alisavam minha bunda por cima do short jeans , até que a falta de ar de fez presente e nós nos separamos ofegantes . 

- Não sabia que você beijava lixo - ele disse e eu ri colando nossos lábios novamente  -A gente vai transar ? Por que se não for é melhor para Por que to ficando excitado  

- Vamos - Eu ri e ele também , rapidamente ele trocou nossas posições me colocando por baixo , ele começou a beijar meu pescoço me causando arrepios , ele parou e se levantou tirando a camiseta e a calça , aproveitei a trégua para tirar meu short e minha blusa , novamente ele veio por cima ,chupando meu pescoço , sua mão direita alisava minha barriga e meus seios por cima do sutiã que logo foi retirado , Ten brincava com meus mamilos com a língua , sugando-os,  sua mão apertou minha coxa de leve .

- Ah Ten - arfei seu nome e ganhei mais um apertao no local . Ten tirou minha calcinha e afastou minhas pernas observando meu íntimo úmido e rosado - Não estamos em uma consulta Ten - digo e ele riu afastando os lábios maiores 

- Estou pensando 

- o que?- ele precionou meu clitóris - Anw 

- isso - ele sorriu aproximando o rosto de meu íntimo sugando meu clitóris e colocando seus dedos em minha entrada 

- Anww Ten - Joguei o pescoço para trás encostando-o no braço do sofá - Anw - Ten fazia um oral maravilhoso e tinha um ótimo ritmo - Anw - suspirei aproveitando as sensações , Ten fazia aquilo carinhosamente mas as mãos dele apertavam minhas coxas me dando um misto de sensações - Anww Ten - mordio lábio inferior segurando os cabelos do rapaz e forçando contra mim para mais contato 


- Mostra o que voce tem de melhor para o daddy aqui - Ele disse acelerando as estocadas com os dedos me fazendo ter um organismo 


- ANWW TEN - Gemi alto forçando as unhas contra o sofá . Ten lambeu toda a extensão "limpando" o local  


- Olha só como você deixa seu daddy- Ele disse levando minha mão até seu íntimo coberto pelo pano fino branco ja úmido de seu pré-gozo 


-Vai fazer o que daddy?- Digo desafiadora deslizando minhas unhas em seu abdômen .


- Foder essa sua boquinha , bebê - ele me olhou no fundo dos olhos e me beijou afoito , deslizei minha mão pra dentro de sua box segurando sua extensão , comecei com movimentos lentos - Anw - arrancando gemidos e arfares baixos do rapaz durante nosso beijo , troquei de posição com Ten ficando por cima , mordi seu lábio inferior descendo os beijos de seu pescoço onde deixei um chupao roxo,  para seu abdômen e em fim o que realmente interessava , abaixei a box dele revelando 15~20 cm de ereção, ele me encarava com os lábios entre abertos esperando . Sua glade rosada implorava por atenção e as veias que estavam saltadasao longo da extensão me chamavam atenção , sem demora Coloquei tudo o que cabia na boca arranando um gemido longo dele 

- Aaannnwww - ele apoiou as mãos em minha cabeça ditando os movimentos - Aanww _____. V-você chupa tão b-bem - ele dizia de olhos fechados quase arrancando sangue dos lábios inferiores . Aos poucos fui aumentando a velocidade  - Ashii _____ , é agora , Aanewww - Ele gozou preenchendo minha boca todinha , antes que eu pudesse fazer algo ele segurou meu rosto e sussurou - Engole - engoli lambendo os lábios , ele , satisfeito , me pegou colocando sentada no sofá  - Quero que se masturbe pro seu Daddy Ten - ele disse sentado na poltrona de frente para o local onde eu estava . Afastei minhas pernas  levando minha mão até meu íntimo , comecei com movimentos circulares em meu clitóris 

- Anw Daddy- fechei os olhos aproveitando o momento , penetrei os dois dedos do meio - Aaanww - observei Ten que segurava seu órgão de forma bruta me observando - Anww Ten , isso aah você é o melhor Ten anws - provoquei e o garoto começou um movimento de sobe e desce com a direita 


- Isso baby , tão apertada - ele provocou gemendo 


- Anww Ten - Gemi mais alto acelerando os movimentos - Anww - quem não aguentou foi ele , caminhou até mim me colocando de quatro bem aberta para ele - Me bate - o pingo de sanidade que eu devis ter eu já não tinha mais naquele momento , Ten desferiu um tapa em minha nadega,  senti sua glande entrar - Anww Ten , isso Ahh -

-Aaw nossa - ele deu mais um tapa e enfiou o resto - Você é tão apertada quanto eu imaginava - Ten era rápido e não perdia tempo com movimentos lentos ,nossos gemidos se misturavam e nossos quadril batiam rapidamente enquanto eu empinava ele ia cada vez mais rápido 


- Aannnwww Daddy Ten - ele distribuía cupões em minhas costas e ombros não perdendo o ritmo 


- Aahh isso neném - levei mais um tapa -Da próxima vamos ter até brinquedos , eu prometo 


- Promete Daddy? Nós AAAHH 


- sim - ele encontrou meu ponto Me fazendo virar os olhos 


- Aaannw é Ten aanwwweai sim - 


- isso - ele comemorou segurando meu quadril para ter mais estabilidade indo ainda mais rápido - Naw. ..aanwww ________ , go-gostosa 

- Daddy Ten aanwwwe você me fodetão aanwww bem - quase vai Ten 


- Anww e-eu vou gozar _____aanew


- Goza em mim Daddy - Meu organismo também chegou sendi anunciado por um grito e assim que minhas paredes apertaram seu membro senti ele me preencher em jatos quentes 

- Aanwww________ - o último tapa foi desferido , ele saiu de mim e ficou sentado no sofá e eu por cima , deitada em seu peito .


- Eu delicioso 


- Foi - ele concordou me abraçando - Maravilhoso 


- Ten ..


- Oi neném 


- Eu te amo - ele riu envolvendo minha cabeça em suas mãos  


- Eu também te amo ____- ele me deu um beijo na testa entrelaçando nossas pernas  umas nas outras .


 






Notas Finais


Ahhh
o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...