1. Spirit Fanfics >
  2. Spider Cat >
  3. Positivo Parte 1

História Spider Cat - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Vai se passar algumas semanas depois do último

Capítulo 4 - Positivo Parte 1


Fanfic / Fanfiction Spider Cat - Capítulo 4 - Positivo Parte 1

APARTAMENTO DA FELÍCIA

Se aquilo fosse um sonho Felícia não queria acordar, mas não era, tudo era real, a dor que sentia, o choro que ouvia, tudo era real, tudo que ela queria estava nos braços dela chorando.

 - Oi...

9 MESES ATRÁS

 Felícia já tinha olhado em vários esconderijos do Fisk, encontrou jóias, pinturas, armas, malotes de dinheiro de vários países desde dólar até real, mas Abutre não estava em nenhum deles, ela então decidiu olhar no único lugar que ficou de fora, a torre Fisk.

 DENTRO DA TORRE SALA DE SEGURANÇA 23:12

 Ela tinha nocauteado os seguranças e agora olhava para todas as telas procurando por ele até que o encontrou.

 - Achei você.

 Ele estava na engenharia principal arrumando seu traje, ela não perdeu tempo e foi andando até o elevador e subiu até o último andar pelo vão dele, entrou em um duto de ar e seguiu reto até o final, quando chegou podia ver Abutre fazendo ajuste em seu traje.

 - ( Te peguei!)

 Abrindo a saída de ar foi andando até ele que se virou na hora com um tom de surpreso no rosto.

 - Olá seu maldito.

 - Gata Negra? O que faz aqui?

 Felícia não respondeu na hora, apenas correu contra o homem e o agarrou pela garganta sufocando ele.

 - Vocês tiraram a pessoa que eu amava e por isso vão pagar com suas vidas.

 - Como... Assim???

 Ela foi apertando o pescoço dele mais ainda até que o mesmo pegou uma chave de fenda e acertou na cabeça dela, fazendo ela solta-lo.

 - DESGRAÇADO!!! AGORA EU MATO VOCÊ DE VEZ!

 - Não mesmo.

 Ele coloca seu traje e arrebenta o teto do prédio, ela vai atrás e usa seu gancho para sair do prédio, quando saiu viu que ele estava em sua frente.

 - Desça aqui e lute como homem seu arrombado!

 - Claro.

 Ele se afasta dela ao mesmo tempo que ganha de altitude, logo em seguida volta executando um rasante, uma das asas chega a raspar pelo lado esquerdo dela fazendo um rasgo na pele dela, a mesma então colocou a mão no ferimento para proteger já que o vilão deu outro rasante, mas dessa vez ela se esquivou e jogou seu gancho que prendeu na asa do vilão.

 - ( Isso me lembra o Aranha.)

 - VOLTA AQUI PORRA!!!

 O vilão sai puxando a anti-heroina e ambos saiem voando pelo céu de Nova York, ele tentava solta-la executando manobras perto dos prédios em uma tentativa forçada de fazê-la soltar o gancho ela tentava chegar mais perto dele até que ele executo novamente a manobra e a jogou em um prédio em construção, ele pousou próximo e foi andando até ela que estava caída no chão desmaiada sobre vigas de ferro.

 - Está triste por termos matado o Homem Aranha, bem vou dizer quem mandou, foi o Fisk, ele que mandou, mas quem matou foi o Osborn.

 - Eu sei que foi o Osborn... Por isso que ele tá morto...

 O vilão ficou um pouco impressionado com aquilo, ela ainda estava consciente depois de bater contra uma viga de concreto, ele se abaixou e pegou no cabelo da mesma.

 - O Osborn pode estar morto e você também vai estar, de meus cumprimentos a o Ara...

 Ela acerto ele com uma barra de ferro bem na cabeça dele, desnorteado ele caí do lado dela enquanto a mesma usava sua força para se levantar.

 - Você... Vai me dizer onde está o Kraven!

 - Ou vai fazer o que?

 - Matar você.

- ... Espere um pouco...

 Ela pegou a barra de ferro e enfiou no olho dele que gritou de dor.

 - Me diga onde está o Kraven?

 - ELE ESTA NA ÁFRICA!!!!!

 - Obrigado por isso e pela sua cooperação.

 - GATA NEGRA ONDE ESTÁ INDO!!!!

 - Vou deixar você aqui sofrendo por um tempo.

 - ESPERE!!!!

 Mas Felícia não ouviu, ela saiu descendo as escadas ela foi andando, quando derepente sentiu-se enjoada e acabou vomitando.

 - ( Aí minha barriga.) 

 Ela foi andando até que foi pega de surpresa pelas costas pelo vilão que estava sem o olho esquerdo.

 - VOCÊ VAI PAGAR POR ISSO!!!

 - ME LARGAR PORRA!!!

 Os dois saíram voando novamente pelo céus de Nova Yorker e dessa vez Abutre não poupou esforços e saiu batendo em prédios, ela em resposta se remexia e batia com toda a força que tinha nas asas dele.

 - VAMOS DESCER AGORA!!!!

 - CLARO!!!

 Assim ele fez e saiu descendo em queda livre até baterem contra um outdoor do Clarin Diário.

 - Vamos lá passarinho, me mostra o que sabe fazer?

 Ele tentou abrir suas asas, mas percebeu que foram danificadas por conta dos socos dela e da queda, o mesmo tirou a mochila e levantou os punhos contra ela.

 - Vamos acabar com isso agora!

 Ele correu até ela e tentou um golpe direto no rosto, mas ela foi rápida e bloqueiou com o cotovelo dando um soco no rosto, ela em seguida usou suas garras e arranhou o rosto dele com tanta força que tirou um pedaço de pele dele, ele recuou e colocou a mão no rosto, ela foi até ele que caiu no chão e pediu piedade, ela que embora estivesse bufando de raiva por dentro e cerrando os dentes se virou e pegou o celular dela.

 - Olá... Eu gostaria que vocês viessem pegar uma pessoa antes que eu machuquei mais ainda... Rápido... Obrigada...

 - O que está fazendo?

 - Vou deixar você com os Vingadores antes que eu mude de ideia e te mate, mas se eu vir você causando problemas pra essa cidade que o Aranha salvou tantas vezes, eu não terei misericórdia novamente.

 O vilão não respondeu enquanto vi a mesma indo embora, não muito tempo depois Thor apareceu acompanhado de Máquina de Guerra ambos pegaram o vilão e o levaram para a Balsa.

 APARTAMENTO DA FELÍCIA

 Quando chegou a seu apartamento correu direto para o banheiro onde vomitou mais uma vez.

 - O que está acontecendo comigo?

 Ela tirou seu traje quase rasgando ele e entrou no chuveiro deixando apenas a água bater no seu corpo, ficou alguns segundos assim quando tomou um banho direito, depois disso foi direto para a cama, ela pensou um pouco e nas últimas semanas percebeu que estava se sentindo diferente, seus seios estavam sensíveis, as vezes dormi até tarde e já chegou até a ter dor de cabeça durante a busca por Abutre.

 - ( Isso só pode ser uma coisa.)

 Naquela mesma noite ela foi até uma farmácia e comprou um teste, usou no dia seguinte e o resultado surpreendeu ela.

 - Não pode ser...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...