História White Rose (Hiatus por tempo indeterminado) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Personagens Originais, Sehun
Tags Assassinato, Chanyeol, Espíritos, Exo, Kai, Kyungsoo, Morte, Rituais, Você
Visualizações 24
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláaaaa tudo bem com vocês? Espero que sim, bem eu não vou enrolar muito tenha uma boa leitura e leiam as notas finais.

Obs: __* significa seu nome completo okay? Okay

Capítulo 8 - 07


Fanfic / Fanfiction White Rose (Hiatus por tempo indeterminado) - Capítulo 8 - 07


ーse você está dizendo, mas vamos ao o que interessa, por onde começamos…Por que você não me conta sua história? - a menina apenas balança a cabeça positivamente e se ajeita para contar sua história.

[...]


    ー Pode ser, mas não sei como começar a lhe explicar - disse a moça de cabelos longos.

    ー Comece falando-me o dia que aconteceu está...hãm...tragédia - D.O ajuda a menina por esta confusa.

    ー Tudo começou quando eu estava vindo da minha faculdade de arquitetura…

    ー Ow calma, você fazia faculdade de arquitetura? - disse Soo espantado.

     ー Sim, por quê? - perguntou olhando o menino que balançou a cabeça negativamente.

     ー Onde era sua faculdade?

     ー Na Seoul university

     ー Nossa eu faço meu curso de medicina lá, incrível - disse ele sorrindo e a moça apenas retribuir

     ー Posso continuar? - a menina perguntou e Kyungsoo sorriu tímido ー Pois bem, eu estava voltando da faculdade, era oito e meia da noite quando eu encontrei o meu vizinho Kim Jongin ele aparentava ser muito legal e na verdade era, ele é muito amigo dos meus pais e conversava muito comigo minha Omma até chegava a estranhar a aproximação dele comigo pois ele era casado e minha mãe havia medo de que eu ou ele estivesse se gostando ou até mesmo ficando - ela explica tudo para D.O que nem piscava seus olhos por está prestando bastante atenção.

   ー Iae, continue - disse Kyungsoo por estar curioso.

   ー Okay, Okay…- disse ela rindo levemente ー ele estava me acompanhando até em casa, estávamos conversando como sempre fazíamos até que chegou perto de um beco e ele me puxou e começou a me beijar dizendo que me amava e tudo mais, eu o empurrei com medo dizendo que não gostava dele - ela dizia olhando para baixo com lágrimas presas nos olhos. ー foi aí que ele pegou uma faca de dentro de sua blusa e veio para cima de mim dizendo que se ele não podia me amar então ninguém iria daí ele começou a meter a faca na Minha barriga, eu queria gritar mais ele não deixou por ter tampado minha boca eu juntei minhas forças e consegui dar uma cotovelada nele que caiu para trás, eu ia correndo quando ele pegou em meu pé fazendo eu cair no chão de dor, eu chorava por  conta de que meu corpo estava todo dolorido, ele sentou em cima de mim pegando a faca mais uma vez e abrindo minha boca… e-ele cortou minha l-língua dizendo que isso era pra mim nunca mais gritar e por fim cortou minha garganta e quando vi eu já estava fora de meu corpo, vendo ele em cima do mesmo enfiando a faca no meu peito várias vezes sem parar e aí ele p-percebeu que eu estava morta e foi embora deixando meu corpo ali. - a garota não segurava mais suas lágrimas, ela pois suas mãos no rosto e chorou escutando Kyungsoo chorar de tanta brutalidade.

   ー ____ morta brutalmente, seu corpo foi encontrado perto de uma loja de conveniências, sua língua arrancada fora com vários cortes pelo corpo - Kyungsoo disse olhando para a menina que o olhou estranho ー eu não acredito que era você - disse ele chorando enquanto abaixava sua cabeça e botava as mãos na cabeça como se ela fosse explodir a qualquer momento, S/N não estava entendo do por que Kyungsoo estava chorando, ela já estava mais ou menos normal apesar de ter sentido algo estranho dentro de si quando viu ele chorando; ela não sabia explicar direito era como se apertasse seu coração com tanta brutalidade, ela achou aquilo até estranho, era como se ela estivesse viva e pudesse sentir essa coisa novamente.

   ー P-por que está chorando Kyungsoo? - a moça disse tão confusa vendo que D.O estava a olhando com os olhos vermelhos cheios de lágrimas, o nariz avermelhado que ele fungava de vez ou outra e seus lindos cabelos que agora estavam bagunçados.

   ー S/N quero que entenda uma  coisa que sempre escondi isso para todos, acho que o único que sabe disto é meu melhor amigo Chanyeol… naquele tempo eu ainda estava na primeira fase de meu curso, bem passou-se o tempo e eu já tinha te visto na ala de arquitetura e bem digo que para mim parecia uma coisa tão idiota mas pude sentir um sentimento novo me invadir eu meio que tinha uma paixãozinha por você! - o garoto disse explicando sua situação mais todo tempo olhando para o chão, ele estava com vergonha de olhar nos olhos da garota que agora tinha uma expressão de espanto em seu rosto, mas decidiu que não iria falar nada agora de que iria escutá-lo, na verdade S/N não sabia o que dizer ー e bem eu estava me “fissurado” em você até o dia em que Channie me disse que você estava afim de LuHan e que os dois haviam começado a namorar certamente aquilo me pegou em cheio eu não sabia quais sentimentos estava sentindo ali naquele momento; raiva, ciúmes, tristeza e tudo mais estavam dentro de mim, tanto que eu tive que bem… Acho que não tenho que falar esta parte da história… - disse Kyungsoo envergonhado quando a garota havia o interrompido:

   ー você chorou? - ela disse em um tom de voz quase inaudível vendo que ele apenas tinha confirmado.

   ー depois do namoro de vocês eu fiquei deprimido e não queria ligar para ninguém só para mim mesmo, mas sempre que ti via parece que era uma coisa pra meus dias ficarem bons e felizes, aí eu percebi que você começou a faltar às aulas uns quatro a cinco dias se não me engano e aí vimos sua Omma na escola junto de seu Appa, ela estava tão abatida que meu coração ficava fraco pensando de que algo tinha lhe acontecido… depois de seus pais terem entrado na sala do diretor eu de xereta fiquei do lado da porta que estava meio aberta e escutei tudo o que eu não queria, você tinha m-morrido, parecia que eu tinha levado um tiro bem no meio do peito, eu estava me sentindo sufocado, eu não conseguia acreditar que você havia partido, eu corri e contei para Chanyeol que me acolheu nesse dia eu passei mau, na verdade inventei que não estava me sentindo bem e eu não estava mais não poderia falar o motivo eles me liberaram e eu fui para casa e desabei em lágrimas o finado JinKim ainda me aconselhou neste dia sem saber o porquê e eu lhe contei, eu ainda fui no cemitério para levar uma rosa da cor branca eu sabia que você gostava e aí se passou o tempo eu fiquei assim como sou hoje! - ele disse com suas lágrimas escorrendo por suas bochechas onde ele limpou rapidamente e olhou para a menina.

  ー Nossa Kyungsoo, eu não sei o que dizer… me desculpe!?

  ー Você não têm que se desculpar, afinal vamos esquecer isso, a-acho que irei dormir hoje foi um dia cheios de emoções…é...boa noite! - ele disse se levantando e indo para seu quarto a moça ainda tinha ficado ali pra recapitular tudo, mau sabia ela que ali naquele mesmo apartamento tinha um garotinho chamado D.O Kyungsoo que estava encostado em sua porta enquanto chorava baixinho até caminhar para sua cama e deitar enquanto lágrimas ainda escorriam pelo seu belo rosto até pegar no sono.

  A moça estava tão confusa que acabou sumindo da casa de Soo aparecendo no cemitério em cima de seu túmulo vendo que tinha rosas brancas ali como não havia ninguém mais ali por ser tarde da noite, ela pegou uma e ficou olhando para aquelas belas rosas, ela estava tão confusa que sua cabeça parecia que iria explodir e a única coisa que ela poderia fazer neste exato momento é chorar, chorar de tristeza, arrependimento e milhares de outros sentimentos ela não queria que tudo aquilo estava realmente acontecendo, ela apenas queria que algum dia ela acordasse normalmente em sua casa e ver que tudo era um pesadelo, mas ela sabia que não era e que isso seria tão impossível de ser real com sua cabeça baixa e suas lágrimas escorrendo ela disse:


   ー Me desculpe Omma, Appa... Sehun, LuHan, Desculpe Kyungsoo!


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado é que esteja gostando da fanfic, ficou um pouco pequeno por que admito que estava e estou um tanto insegura com relação a fanfic a tudo, o que vocês estão achando da fanfic? Me responda com sua sinceridade.

Obrigada e até o próximo capítulo.

Bjs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...