História Who are you...? - Norminah - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Justin Bieber, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes, Troy Ogletree, Zendaya
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Selena Gomez, Shawn Mendes, Troy Ogletree, Zayn Malik, Zendaya
Visualizações 159
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, LGBT, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 23 - 23 - capítulo



Dinah pov

...

- DINAH, DINAH, DINAH! ACORDA! O QUE VOCÊ TA FAZENDO?

Acordei rapidamente e desesperada, quando vi minha mãe me olhando assustada olhei para a minha mão e eu estava segurando uma faca e apontando em direção ao meu peito que já sangrava

- VOCÊ FICOU LOUCA DINAH? O QUE VOCÊ TA FAZENDO COM UMA FACA NA MÃO?

- eu.... Eu não sei - disse em voz baixa e deixei a faca cair no chão

- Amanhã eu vou te levar no psicólogo esses últimos dias você passou dos limites

- Mas mãe eu... - ela sai e bate a porta

Respiro fundo sentindo o meu peito doer, olho pro meu peito e vejo um corte me levanto e vou até o banheiro, tomo um banho e me troco, pego as minhas coisas e desço

- você não vai tomar café dadá? - pergunta Seth me olhando

- a dadá não está com fome hoje, tenho que ir te vejo mais tarde pirralho - dou um beijo na testa dele e saio de casa...

...

Enquanto caminhava pelas ruas silenciosas até a escola sentia meu coração se apertar cada vez mais, eu não conseguia parar de pensar no que diabos aconteceu comigo, ou o porquê eu fiz aquilo, e o porquê daquele pesadelo... Me assustava quando tentava imaginar o que aconteceu nos dias que eu havia ficado presa no porão de casa. Deixei meus pensamentos de lado quando entrei no pátio da escola e fui caminhando aceleradamente até o banco onde encontrei todos sentados conversando

- bom dia Dinah! - disse Zendaya sorrindo

- aff baba ovo do caralho - Camila diz revirando os olhos

- gente por favor não vão começar 

- fala isso pra sua mulher Lauren, ela que começou

- cala a boca todo mundo que eu chegay! - disse Harry jogando os cabelos

- metido, cof cof cof - diz Lauren

- cala a boca o das trevas

- DINAH! - Ally diz me olhando assustada

- o que foi bolinho?

- você anda se cortando? - ela diz me olhando com uma sombrancelha arqueada 

- não! Mas porque?

- e esse corte no seu peito? - todos me olham com os olhos arregalados

- ahm... Eu... - o sinal toca me interrompendo, nunca me senti tão aliviada em toda a minha vida

Soltei um suspiro de alívio e me levantei, fazendo todos me olharem

- vamos gente, o sinal tocou - digo fazendo todos se levantarem

- depois você vai explicar isso direitinho - Ally e Lauren falam em meu ouvido e saiem andando assim como todos

- achei bem daora esse corte no seu peito, cuidado para não acabar se matando - Camila diz em meu ouvido me fazendo congelar, ela sai andando e dá uma risadinha baixa

- anda garota! Você tá atrapalhando o meu caminho - um garoto alto e loiro diz me olhando de cima a baixo

- ah... Me desculpe - saio andando de pressa mas ele segura em meu braço me impedindo

Olho pra ele sem entender nada e tento me soltar

- será que dá pra me soltar ou tá difícil?

- mais cuidado da próxima vez Dinah Jane, sua hora tá chegando

- do que você tá falando seu louco, me solta - ele me solta e saí andando normalmente e solta uma risada baixa assim como a Camila fez

Não sei se aquilo era paranóia minha, mas estava me assustando e eu ainda queria saber como que aquele garoto sabia o meu nome e o que ele quis dizer com aquela frase... Era coisa demais pra minha cabeça deixei meus pensamentos de lado e entrei na sala sentindo alguém me acompanhar com os olhos, me sentei e olhei pro lado vendo Camila me olhar com um sorrisinho maligno....

....


Notas Finais


Desculpem a demora, e desculpem os erros...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...