1. Spirit Fanfics >
  2. Who's Next? >
  3. Interrogatório

História Who's Next? - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Interrogatório


-Eu quero uma sessão com os amigos próximos dela, qualquer um que esteja na cena e a família dela.

Ele andava em sua Lamborghini preta em alta velocidade enquanto falava isso, com um café na mão. O Polymorpho estava sentado ainda em forma de corvo com o cinto ao seu redor e um telefone no ouvido.

-De acordo com testemunhas oculares 3 pessoas estavam com ela antes de pular, mas uma também caiu do prédio porém seu corpo não foi encontrado.

-Fantasmas, deve ter pregado uma peça na menina, ela o forçou a sair de perto e caiu logo depois, essa é minha teoria mas ainda não sei o que passa na cabeça deles por não impedir.

-Possessão talvez? Talvez seja um fantasma experiente.

-Ele teria escondido a presença não acha? Tem algo que está errado aqui, talvez ele quisesse chamar atenção.

Os dois chegam na localização, a velha cena de polícia aonde um corpo foi encontrado. Ele pula por cima das fitas e vai até o corpo.

-Investigador Garo T., algo diferente no corpo?

Um policial se aproxima, coçando atrás da orelha com um lápis e uma nota na mão.

-Disseram que ela estava sem alma, sem marcas de agressão ou qualquer droga. As testemunhas viram ela pulando por si própria após falar algo com os amigos, eles pareciam animados.

-Onde eles estão? Fugiram?

-Desapareceram no meio do ar quando a gente chegou, a única coisa que achamos foi uma lata que você deve reconhecer.

O policial mostra um pacote de evidência com uma lata azul escura com o desenho de uma lua. "Moonlight Dance" era uma droga muito usada por monstros.

-Okay, isso está ficando cada vez mais estranho... atualizar a teoria, ela foi feita de boba pelos Wereghosts e se matou, devem estar planejando algo.

-Okay Sherlock, a família dela está chegando mas eles não conversam com a guria fazem alguns dias, vai ser difícil tirar informações desses humanos, principalmente do pai, ele é um Vampiro, a garota teve o azar de não pegar os genes dele e foi deserdada.

-Espera ela foi deserdada? Precisamos proteger essa família agora mesmo.

-Por que? - O Polymorpho estava com dúvidas enquanto sentado em um banquinho de pedreiro.

-Diferente de Wereghosts, ela vai poder atacar a qualquer hora do dia... e sabendo que ela morreu com raiva provavelmente, aquele homem vai morrer bem rápido se a gente não chegar a tempo.

-Já estou ligando pra eles irem a delegacia imediatamente, vocês se apressem para chegar lá também. - O policial se afasta.

-Merda, temos algum Medium lá? - Ele vai pra dentro do carro, colocando o cinto.

-Se não tiver eu arrumo. - O Polymorpho também senta, sem nem colocar o cinto apenas começa a ligar para a delegacia.

-Que essa garota não ataque ninguém nesse tempo.

Eles aceleram pela cidade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...