1. Spirit Fanfics >
  2. Whose Crown Is It? (Minsung and more...) >
  3. .fada das trevas

História Whose Crown Is It? (Minsung and more...) - Capítulo 66


Escrita por: RainbowGirl016

Notas do Autor


Boa leitura 👑♥️

Capítulo 66 - .fada das trevas


Fanfic / Fanfiction Whose Crown Is It? (Minsung and more...) - Capítulo 66 - .fada das trevas

Não foi difícil levar os dois de volta àquele quarto. Como antes, havia sido fácil de encontrar e Jeongin ainda conseguiu pegar um pouco da água fervente com sua magia, por mais que estivesse cansado.

E ainda era uma de suas desculpas para ter Seungmin o ajudando.

Voltaram para o quarto que Minhyuk havia achado e Jeongin quase cai ao ver aquilo tudo. Pela expressão, conhecia aquele lugar e não estava muito feliz em ter encontrando tudo novamente

– O diário estava aqui? – ele agradece a ajuda de Seungmin e segue sozinho, olhando o lugar com cuidado – Isso é impossível... era para esse lugar estar destruído.

– Espera, como assim “destruído”? Já tinha vindo aqui antes? – Minhyuk pergunta.

– Eu já estive aqui, mas não nessa caverna – responde – Olha, pode parecer confuso, mas esse quarto, originalmente, era para estar destruído a quilômetros daqui. Eu mesmo garanti isso...

– O que é isso tudo? Jeongin, esse lugar pertencia a fada que amaldiçoou o Hyunwoo? Você a conhecia?

– Como isso é possível? Ela é bem...

– Velha? – Jeongin olha para Seungmin – Eu também sou e olha onde estou. Sim, ela é bem antiga e... uma antiga aluna minha.

– Você não tem nenhum aluno que se tornou bom no final? – Seungmin acaba perguntando.

– Hey! Eu era o excelente professor.

– Kihyun e essa fada provam o contrário – Minhyuk cruza os braços.

– Minhyuk, pode vir aqui rapidinho?

Achou estranho o pedido repentino, mas acabou indo. Chegou bem próximo de Jeongin e notou que os olhos dele mudaram de cor novamente assim que ele tocou em sua cabeça.

Uma leve ardência veio em seguida e quando abriu os olhos para ver, um fio branco brilhante acabou saindo de sua cabeça. Foi saindo ainda mais até uma enorme cordão voar em cima deles. Minhyuk deu uma olhada e percebeu que aquilo, na verdade, eram lembranças...

Suas lembranças...

Na sua cabeça, só uma pessoa tomava conta dos seus pensamentos. Viu no cordão o primeiro momento que encontrou Hyunwoo, no dia das apresentações, quando falou com ele da primeira vez, a primeira vez que viu a maldição, o primeiro treino deles...

O dia na biblioteca – ele acabou corando percebendo que Jeongin estava vendo tudo – os jogos, a floresta...

Quando foi acertado por Hyunwoo...

Aquilo era algo ruim para se lembrar, mas o cordão avançou um pouco mais até a briga de algumas horas atrás, o que causou um pouco de desconforto no Lee...

– Achei...

O feiticeiro puxou uma parte do cordão que acabou se partindo para ele. O resto acabou voltando para a cabeça de Minhyuk, causando uma ardência de leve e dor de cabeça.

Ter as memórias exploradas não era uma experiência muito confortável.

– O que você fez? – estava meio tonto.

– Isso...

O pedaço do cordão que tirou foi ficando cada vez maior e assumido a forma de alguma coisa. Quando menos esperou, ele foi ganhando cor até surgir nas mãos de Jeongin o diário da fada que havia sido destruído.

– É uma cópia do que você viu, apenas uma – mostra – Você o leu inteiro, o que nos ajuda bastante. Porém, é único, se perdermos, não posso fazer outra cópia.

– Mas, eu não sei ler língua das fadas.

– Mas o seu cérebro guardou as figuras e as letras – sorri satisfeito – Agora temos como quebrar a maldição do seu namorado.

– Eu não... nós não...

– Tudo bem, seu segredo está guardado – pisca para ele – Então? Temos um problema... eu não sei ler língua das fadas. Alguém conhece uma fada que consiga?

Seungmin acaba levantando a mão.

– Temos o Yeonjun, quem sabe ele não consegue?

– Podemos tentar – Jeongin comenta – Vamos embora.

– Espere – Minhyuk o faz parar – Primeiro, qual é a sua relação com a fada? Por quê você está envolvido em quase tudo?

– Sobre a última pergunta, não tenho culpa se sou bom com magia!

– Jeongin... quem é essa fada? – Seungmin acabou repetindo a pergunta do príncipe.

O feiticeiro suspirou e acabou se sentando na cama, mesmo que tivesse um pouco empoeirada.

– Isso foi antes de eu ensinar no reino Choi, antes de Kihyun – suspira – Eu nunca tinha ido a uma escola de magia, aprendi tudo sozinho com a ajuda de duas amigas... elas eram quase irmãs para mim, mas acabou que eu acabei me desentendendo com as duas e precisei ir embora. Foi nessa época que eu conheci essa fada. Ela era uma fada que havia fugido de casa pois queria aprender magia além das que eram ensinadas no reino das fadas e acabei querendo ensinar alguns... truques. Nós dois acabamos aprendendo magia juntos, mas com o tempo, minha fonte de conhecimento estava se esgotando e eu quis aprender ainda mais... fui para o reino Choi e consegui uma vaga como aluno.

– E ela não? – Seungmin pergunta.

– Mesmo não sendo aceita, eu a ensinei escondido, mesmo sendo proibido. Enquanto eu estudava, ela dava um jeito de aproveitar o tempo praticando a magia que aprendia comigo, mas não usava para um bom caminho. Ela começou trocando seus serviços por dinheiro e fama, o que a deixou bem conhecida, porém não em um bom sentido... Ela não era uma fada "das trevas", essa é uma denominação antiga para fadas que não usavam seus poderes vindos da natureza, mas ela acabou se tornando gananciosa e forte. Acabei me tornando professor e achei melhor fazer ela parar, mas era muito tarde... ela havia lançando uma maldição poderosa que ela mesmo havia criado em um rei poderoso...

– E você não sabia que era o antigo rei Son? – Minhyuk pergunta.

– Juro a você que não fazia a mínima ideia quem era, apenas que era um rei que queria poder. Eu precisei acabar com aquilo... Esse quarto era, originalmente, o quarto dela antes de eu o destruir quando selei a magia dela, mas, por algum motivo, ele está aqui...

– Como assim “selou” a magia? Você não a destruiu? – o guarda estava surpreso.

– Eu não consegui Seungmin, não ia conseguir fazer isso com a primeira pessoa que me aceitou como professor – lamentou – Quando selei a magia dela, ela acabou perdendo boa parte dos seus anos de vida e acabou virando metade mortal, mas, ao contrário do que achei, ela não morreu por envelhecer... ela acabou nascendo de novo.

– Tipo... virou um bebê? A fada virou um bebê? – Minhyuk não parecia acreditar – O que você fez com ela?

– Eu fiquei com medo de dar ela a alguém e com o tempo, ela recuperar os poderes... por isso preferi cuidar dela e garantir que ela nunca quebrasse o selo que coloquei em sua magia. Ela é apenas uma criança normal agora, não faz a mínima ideia dos poderes que tem e irá ficar assim por um bom tempo.

Uma coisa não encaixava muito bem naquela história, mas Minhyuk acabou juntando as peças.

– Yoobin?! Yoobin é a fada?! – Minhyuk exclamou – Mas... ela é tão nova e isso aconteceu a tanto tempo...

– Coloquei um bloqueio em sua cabeça. Ela acha que tem nove anos, mas tem muito mais que isso. Ela e o Minjae, afinal, ainda são meus aprendizes. Magia não se aprende rápido assim, eu mesmo só aprendi metade do que sei depois de mil e quinhentos anos...

– Não tem medo de ensinar magia de novo e acabar destrancando a magia que já existe nela?

– Sou muito mais experiente agora do que antes e sei como lidar com isso, eu tenho tudo sobre controle – sorri – Bem, mais alguma pergunta? – ele acaba fazendo um rubin aparecer em sua mão – Gostaria de ir para casa. Minhyuk, vou dar uma olhada em Hyunwoo quando chegar e no diário, não se preocupe.

– Obrigado...

– Ah! E outra coisa – ele cerra os olhos para os dois – Essa conversa fica entre nós, não quero que comecem a tratar a Yoobin diferente por causa disso. Estamos entendidos?

Os dois acabaram concordando.

– Ótimo! Vamos para casa...

.

Pelo menos na volta, não acabou sendo jogado pelo teletransporte.

Ele acabaram pousando do lado de fora da casa de Jeongin e já estava de noite. Quanto tempo haviam passado lá dentro? Pareciam ter sido algumas horas...

– Vocês voltaram!

Viram Yoobin sair para o lado de fora acompanhada de Minho e Dongju. Ela foi feliz até o avô e o abraçou, querendo saber de tudo sobre a missão dele. Jeongin até mostrou um pouco da lava azul que haviam pego – tudo protegido em uma bolha mágica – a garota estava encantada.

Minho e Dongju foram até o irmão e o guarda.

– Hey, vocês demoraram, Dongju e os outros chegaram quase agora – fala – Como foi?

– Onde está meu irmão?

Minhyuk pega a esmeralda no seu bolso e mostra ao meninos.

– Ele só vai precisar... descansar um pouco – fala.

– O que aconteceu com ele? – Minho pergunta.

– Minhoca gigante – Seungmin responde, indo para a casa. Pelo modo como falou, estava exausto e precisava de um banho. Ainda tinham aquela gosma verde na roupa de todos.

Ele acaba entrando com Jeongin e Yoobin vai até Minhyuk.

– Vovô pediu para levar o seu namorado para a enfermaria – ela fala doce – Posso?

Olhou para Jeongin antes dele entrar e ele sorriu fraco. Queria que confiasse nele quando dizia que Yoobin era segura...

Era apenas uma criança afinal.

Ele sorri e entrega a esmeralda para ela.

– Por favor, cuide dele enquanto eu falo com os meninos, eu já vou subir para ficar com ele.

Ela sorri animada.

– Tudo bem! – responde, voltando para dentro da casa.

Ela vai saltitando, tomando cuidado para não derrubar a pedra.

– Namorado? – Dongju não parecia muito feliz com aquela ideia.

– Relaxa, coisa do Jeongin – tranquiliza-o – Onde está o Felix?

– Ainda não chegou – responde – Então? Encontraram algo interessante? Eu me encontrei com o Jackson, por sinal, ele quase nos mata.

– E eu uma rainha das fadas maluca.

– Bem, pelo menos eu não saio perdendo nessa – passa os braços nos ombros dos dois – Vamos entrar, temos muito o que conversar...


Notas Finais


Olá minha realeza! Tudo bem com vocês?!

Para quem não entendeu a profecia dessa missão:

♥️Na mais profunda caverna... - Então né? Caverna do reino Son.

♥️O brilho azul os espera... - A lava azul que na verdade não é lava é apenas água fervente densa e mágica

♥️Mãos mágicas serão de grande ajuda esperada... - Jeongin com as pedras dele? Matando a minhoca? O diário? Pegando a lava? Eu só acho que ele foi bemmmmm útil

♥️E a memória da criança, encontrada... - Tanta gente achando que era o Hyunwoo, mas na verdade, era a história da Yoobin

♥️Lágrimas de sangue pelo maldição antiga... - Hyunwoo e sua linda maldição kkkkk

♥️Até a chegada da âncora ferida. - Hyunwoo realmente machucou o Minhyuk gente, não interpretem tão literalmente as profecias, algumas partes podem ser pegadinhas também e graças ao Minhyuk, acharam como quebrar a maldição dos Son!

Fim da missão do Minhyuk e nós vamos para a minha favorita... A do Felix!!! Que aí tá ansioso para ler também?! A última...

Será que o Felix consegue achar o que a profecia queria? Afinal, foi a única que não foi específica o suficiente kkkkk

Comentem o que acharam e até o próximo capítulo ♥️♥️ ♥️

PS: postando clandestinamente usando a internet da minha mãe 👌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...