História Why didn't I notice him before? (Starco) - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Personagens Jackie Lynn Tomas, Janna Ordonia, Lua Butterfly, Marco Diaz, Oskar Greason, Star Borboleta, Thomas "Tom" Lucitor
Tags Jarco, Starco
Visualizações 71
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoas como vocês estão? Espero que não me matem pela demora para atualizar a fanfic ,_, mas enfim voltei e foi para ficar! Eu já escrevi alguns capítulos, e como eles já tão prontos, vão sair bem mais rápido. Espero que gostem do novo capítulo!

Boa leitura 💗

Capítulo 28 - Capítulo 27:


- (Star) Eu fiquei com muita vergonha depois daquilo, eu tenho que parar de pensar em besteiras já que as coisas não são como antes. Depois do ocorrido eu fui na cozinha pedir para as empregadas prepararem meu café da manhã.

Já aproveitando meu café da manhã sem a companhia de ninguém, estava pensando na mensagem de Oskar e no que deveria fazer. Por um lado eu queria enfrentar ele, mas tinha medo de ele dizer para minha mãe o que fiz, ou pior, ele poderia machucar alguém próximo.

Star: Não sei o que fazer! -Disse para mim mesma- Talvez o correta seria eu contar a verdade pra minha mãe, assim Oskar não teria mais como me ameaçar, provavelmente eles iriam me dar um castigo daqueles.. mas pelo menos eu iria tirar um peso das minhas costas.

Enquanto isso com Marco:

- Depois de 2 longas horas de trabalho, o moreno decidiu descansar.

Marco: Tudo bem... acho que não vai ter problema se eu parar por aqui.. mais tarde eu continuo, e ainda limpo a piscina. -Tira o celular do bolso- Vou ligar para Jackie e chamar ela pra ir em algum lugar.

- O garoto tentou chamar sua namorada, mas ela não atendia suas ligações. Marco estranhou a situação, já que Jackie sempre atendia suas ligações. Ele tentou novamente e ela continuava sem atender.

Marco: Ela deve estar muito ocupada ou o celular tá descarregado.. Vou chamar ela mais tarde, ou então amanhã.

Com Star:

- A loira estava no quarto escrevendo em seu diário. Logo depois ela se deitou em sua cama pensativa, já que depois ela teria que ver Oskar, ela estava muito nervosa.

Star: Talvez seja melhor eu me distrair, depois eu vou conseguir pensar com mais calma no que eu vou fazer.

- (Star) Me levantei da cama e saí do meu quarto. Enquanto eu descia, vi Marco indo para sala.

Marco: Oi Star! Eu sei que tô um pouco sujo, mas isso é normal quando se mexe com o jardim -Disse rindo de leve- Por isso vou tomar um banho.

Star: Sim sim.. Entendi.

- (Star) Fui até a cozinha e percebi que no armário quase não tinha mais comida. E nessa hora surgiu a ideia de ir ao supermercado comprar coisas pro armário, e se der... pergunto se o Marco quer vir comigo. Eu falo com ele depois que ele sair do banho.
Subi de novo e esperei Marco sair do quarto, eu fiquei apoiada na parede por alguns minutos e a porta se abriu.

Marco: Oi Star? O que você tá fazendo aí?

Star: Ai sim! -Se levantando- É que.. Eu vou ir pro supermercado comprar umas coisas que tão faltando aqui em casa, e queria saber se você pode vir junto também.

- Ir com a Star no Supermercado? -Pensou- Talvez não seja uma má ideia, a Jackie não atendeu as minhas chamadas e eu não tenho o que fazer.. e  talvez depois do que aconteceu ontem, isso possa fazer ela se sentir melhor.

Marco: Sim não tem problema, eu vou com você.

Star: Perfeito!! Me espera lá em baixo!

- (Star) Depois disso entrei no meu quarto pra pegar minha bolsa de estrela e passar meu perfume. Agora eu só tinha que ir atrás do Marco.

Star: Marco? Eu demorei muito? -Perguntei enquanto olhava as horas no celular.

Marco: Não claro que não, eu tô só fazem 2 minutos... brincadeira, não precisa se preocupar com isso. Mesmo se você fosse demorar anos eu não iria ficar bravo com você.

Star: Boom, já que você diz... -Disse ruborizada dando um sorriso de lado-

- Os dois foram até a limusine que estava os esperando na saída da mansão, mas.. a loira estava tão distraída que nem percebeu que logo depois de olhar as horas, deixou seu celular na sala.

Enquanto isso:

Oskar: Já tá quase na hora dela chegar, só vou enviar uma última mensagem pra ter certeza de que ela vai aparecer. -Enviando mensagem- Tenho certeza que ela vai ler.

- Espero que a Star tome a decisão correta, se não ela vai se arrepender e muito.

Com Marco e Star:

- (Star) Eu me sentia muito feliz, só tinha eu e Marco sem nenhuma ameaça, ou alguém provocando. Eu peguei um dos carrinhos do supermercado e começamos a encher o carrinho. Eu já tinha falado pro Marco tudo que precisava, e por sorte ele fez uma lista enquanto estávamos na limusine.

Marco: E  segundo a lista, vamos ter muitas coisas pra comprar, talvez o melhor seria nos dividir e assim vamos terminar bem mais rápido.

Star: Eu não gosto muito dessa ideia de nos dividirmos, é melhor ficarmos juntos, somos uma dupla, duplas não se separam. -Disse com inocência enquanto sorria para o mesmo- E não precisamos ter pressa. Nós dois não temos nada pra fazer.

- O moreno estava preocupado Por que pensava que em qualquer momento sua namorada poderia ligar. E o que ele menos queria era que sua namorada pensasse que ele ainda gosta da Star.

Marco: É você tem razão.. não precisamos ter pressa. -Disse sorrindo.

Star: Então vamos!

- Logo depois de uma hora andando pelo mercado e pegando as coisas que precisavam, ainda tinham só metade dos produtos, isso por que Star gostava de andar ao lado do moreno, o mais lento possível.

Marco: Agora precisamos de macarrão.

Star: Eles ficam no outro corredor -Disse levando ele até o outro corredor- Pronto, já peguei eles bebê.

Marco: ...Bebê?

- (Star) Juro que o que menos queria que acontecesse era que eu dissesse algo errado, e eu disse "bebê". Dessa vez não tem como eu dar desculpas, eu vou ter que admitir o que disse.

Star: Ehh.. eu...

Marco: Ah não, perdão, eu pensei errado... acho que eu escutei esse casal do outro lado dizer isso. Desculpa Star.

- (Star) E era verdade mesmo, do outro lado do corredor tinha um casal de adultos fazendo compras, e a moça chamou o suposto marido de "bebê". Dessa vez eu tive sorte, graças a esse casal eu me salvei de um possível fim de amizade com Marco, e isso era o que eu menos queria. Eu tenho que ser mais cuidadosa com o que digo.

Star: Não Marco, não tem problema! Isso poderia acontecer com qualquer pessoa. Nós dois não somos namorados... somos só amigos -Disse com um sorriso triste-.

Marco: Eu sei Star, não precisa me lembrar. Vamos, é melhor terminamos essas compras.

Star: Era isso que eu ia dizer agorinha!

Enquanto isso:

Oskar: Ora ora ora, era pra Star já estar aqui, já passaram mais de 30 minutos. Parece que ela não entendeu bem o que escrevi, então se ela não quer por bem... vai ser por mal.

- Caminhei até minha cama e peguei embaixo dela uma caixa com uma senha códificada, coloquei a senha é peguei o objeto que tava dentro.

Oskar: Olá velha amiga, faz tanto tempo que não nos víamos. Vamos fazer uma nova brincadeira, daremos um "susto" no estúpido do Marco para a Star entender que quando eu der um aviso... é por que eu vou cumprir com o que disse.


Notas Finais


O outro capítulo sai ainda hoje de madrugada, ou amanhã mesmo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...