História Why Do People Hate Me? - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Drama, Lemon, Romance, Suga, Taegi, Taehyung, Taehyung!bottom, Yaoi, Yoongi, Yoongi!top
Visualizações 61
Palavras 1.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quarto capítulo|Repostado!

Sei que demorei, me perdoem! ;-;
Bom... Eu acho que nos próximos dias, eu vou demorar mais que o normal pra publicar o próximo capítulo... ;;-;;
Motivo? Bom... Eu tenho que atualizar minha outra FanFic e ela também tá muito parada, mas eu já estou preparando o quinto capítulo! :3
Tenho que terminar ela também e tenho que encaixar as ideias que eu pensei para o próximo capítulo pra essa Fic (TaeGi). Tenho que preparar três One Shot, uma Three Shot e mais uma Fic que estou precisando, então... Sim, eu tenho muitas coisas pra atualizar! ;;;-;;;

Espero que não desistam dessa história, mesmo que eu demore... Eu não vou desistir de escrever!

Então está aí, espero que gostem~ ♥️😊

Me desculpem se tiver algum erro que eu não tenha visto!

Boa leitura~

Capítulo 4 - Chapter Four


Mais um dia de escola... Taehyung não queria mais colocar seus pés dentro daquele lugar, se sentia muito cansado de ser desprezado toda vez que entrava na sala e só servia como um brinquedo de pancadas.


O garoto se arrumou, e seguidamente desceu as degraus para o andar de baixo para que encontrasse sua mãe sentada no sofá, aos beijos e carícias com um homem na qual o rosto não lhe era familiar, seu coração gelou ao ver aquela cena.

A mulher acabou percebendo a presença de seu jovem descendente, com o olhar do homem em direção as escadas.

- O que foi? - Indagou de modo consideravelmente enraivecido a mais velha para a sua inibida criança.

- N-nada, o-omma... E-eu só e-estou indo p-para a e-escola e...

- Suma logo daqui. - A mulher interrompe sua frase, colérica, com suas sobrancelhas franzidas.

Não demorou para que o pequeno sentisse que seus olhos estavam a encher-se de lágrimas, mal sabia o que tinha feito de errado para que fosse tratado daquele jeito pela própria genetriz.

Taehyung prontamente seguiu em direção a porta de entrada do lugar e saiu de sua casa. Foi caminhando até o ponto de ônibus, assim que chegou no local, sentou-se naquele banco de cor azul, observando a vista e levantando um pouco o rosto ao perceber que as lágrimas desceriam de seus olhos mais uma vez ; os minutos se passavam lentamente para o garoto com um pequeno e abnóxio coração. Quando o ônibus finalmente chega, ele rapidamente entra e aquele transporte sem demora deu a partida.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Chegando a escola, esbarrou com Jungkook e Jimin no corredor, e para que se encontrasse em um súbito abalo também havia visto Yoongi, junto com Hoseok e Namjoon, um arrepio percorre como um raio por seu corpo e dolorosamente por sua espinha, sentiu-se fraco, com sua cabeça a rodar, a vista a escurecer, estava diminutamente lúcido para que soubesse o que acontecia naquele momento. Então, sentiu seu tênue corpo perder o equilíbrio e cair no chão.

- TAEHYUNG!!! - Exclamou Jimin, correndo até o mais novo caído.

O mesmo se abaixou e Jungkook seguiu seu amigo para que pudesse ajudar o pequeno, Taehyung começou a chorar convulsivamente, apenas esperava que uma coisa acontecesse naquele momento; Que ele morresse !


- TaeTae... Por favor... Abra os olhos... Por favor... Tae! - Implorou Kook, desesperado enquanto chacoalhava o corpo do menor.

- E-eu s-sou um erro... - Murmurou o garoto no chão pouco desperto, chorando sem parar.

Jungkook e Jimin não aguentaram ver Taehyung daquele jeito, então ajudaram o mesmo a se levantar do chão, o levando para o banheiro.

Olhares eram voltados para aquela cena, principalmente de Yoongi e seus amigos, os mesmos - fora Yoongi - riam do baixinho, um dos anseios do loiro sair dali e ajudá-lo, porém, não foi, simplesmente optou por continuar em seu canto do que ajudar alguém que estava com problemas de verdade.

- Tae... Se acalme, por favor. - Pediu Jimin com o tom de voz preocupado, abraçando o baixinho com força.

- E-eu s-sou u-um e-erro, h-hyung... - Falava Taehyung, lastimoso.

- Pelo amor de Deus, Taehyung. Você não é um erro. - Respondeu Jungkook a aquelas palavras ruins que saíam da boca do Kim, segurando seu rosto.

- Yoongi... H-hyung... - Pranteou Taehyung.

- O que disse, Tae? - Questionou Jeon Jungkook, deveras confuso.

- Sinto falta dele... - Respondeu agora o sensível Tae, amargurado e com seus olhos já vermelhos por conta de estar chorando.

- Taehyung... Ele agride você. - Park justificou com o cenho franzido, confuso com toda aquela situação.

- M-mas... Quando e-estamos s-sozinhos... E-ele se t-torna uma p-pessoa d-diferente... - Explicou o mais novo, com suas mãos começando a tremer de nervoso.

- Como assim "uma pessoa diferente", Taehyung? - Jungkook continuou a perguntar, já se estressando com aquilo que estava acontecendo.

O Kim respirou fundo e fechou os olhos com força antes de contar toda a história.

- E-ele m-me b-beijou... M-mas e-eu n-não s-sei p-por que e-ele f-fez i-isso... - Respirou fundo para que pudesse continuar. - E-ele se comporta de m-modo d-diferente quando eestá c-com os amigos e quando está sozinho c-comigo. - Dessa vez, se esforçou para que não gaguejasse.

- FILHO DA PUTA! - Esbravejou o moreno, socando a parede. - Taehyung, não percebe que aquele desgraçado está querendo brincar com seus sentimentos ?! Aquele filho da puta só quer entrar dentro da suas calças !

Taehyung se assustou e as lágrimas em seus olhos só aumentavam, Jungkook sempre havia se mostrado um garoto calmo, agindo daquele jeito realmente espantou o pequeno, Jeon estava parecendo uma bomba prestes a explodir.

- Jungkook... Se acalma... - A voz apreensiva de Jimin pareceu apenas piorar com a repentina perda de calma de Jeon.

- Me acalmar de que forma, Jimin? Aquele miserável passou dos limites, ele tá querendo brincar com os sentimentos do nosso amigo, agora aquele filho da puta vai ver o que é bom !

Dito isso, o mesmo saiu do banheiro a impetuosos passos, deixando os dois ali, sozinhos.

Park rapidamente puxou Taehyung para que ele pudesse acompanhá-lo ao ir atrás de Jungkook.

- O-olha... Kookie reagiu assim porque gosta muito de você, não precisa ficar com medo, as vezes ele é assim mesmo. - Disse, de forma mansa em uma tentativa de acalmar o baixinho.

Kim forçou um sorriso fraco para o mais velho e continuou a andar.

No corredor da escola, e seus olhos se arregalam quando assistiram a cena de Jungkook indo pra cima de Yoongi.

- Você sabe o que você está fazendo, caralho?! - Perguntou Jungkook, segurando a gola da camisa de Yoongi e o encostando na parede com certa fúria.

Os amigos de Yoongi apenas observavam a cena, rindo daquilo como fuas hienas. Yoongi apenas ficava calado, forçando suas sobrancelhas a franzir, ele não sabia nem ao menos o que falar...Não conseguia mais responder algo que fosse contra Kim Taehyung.


- Você não sabe com quem está mexendo, Yoongi. Se você e esses bando de arrombandos chegarem perto dele, considere-se um homem morto.

Assim se fez, Jungkook o soltou e saiu de lá. Aquilo tinha chamado a atenção da escola inteira, Jeon recebia olhares surpresos voltados para si, contudo, isso tudo não importava para ele.

Jungkook passou reto por Taehyung e Jimin. O garotinho observou Yoongi com o seu rosto choroso, e o loiro olhava o menor possuindo o olhar carregado e as feições afundadas pela amarga culpa.


Park puxou Taehyung junto a ele e o abraçou, mas o miúdo garoto estava completamente paralizado, mal conseguiu retribuir seu abraço. O mais velho tirou-o dali ao perceber que toda aquela tensão que se encontrava em um nível sufocante não iria melhorar a situação do pequeno. Ao saírem dali, foram para o pátio e avistaram Jungkook sentado em um banco com a cabeça baixa.

A dupla acabou por decidir ir até o mesmo, o moreno acabou percebendo a presença dos dois garotos ali, sem dizer nada ao se levantar, puxando o baixinho para um abraço em seguida.

- Não se entregue para aquele idiota, Tae. - Jungkook quebrou o silêncio que se formava, acariciando a cabeça do mais novo, passando seus dedos pelos fios de cabelo do mesmo.

O pequeno correspondeu o abraço, mas não poderia esconder que estava com coração a mil pelo o que tinha acabado de acontecer.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Taehyung pediu para que seu professor o deixasse ir ao banheiro, o mesmo deixou ele sair. Chegando lá, se encostou em uma das paredes de mármore, permitindo que suas costas deslizassem pela mesma, até que acabasse por se sentar no chão, o rapaz queria apenas ficar sozinho e chorar até que seus olhos ardessem.


Acabara sobressaltado com alguém que havia entrado no banheiro, e quando levantou o rosto para ver quem era... Seu coração acelerou, sua respiração falhou, e a sensação de que não conseguia se mexer se fez presente ali.

Yoongi era quem tinha entrado. Seus olhos castanhos correram por Taehyung sentado no chão, com seus olhos já lacrimejados, Min jogou mil pragas em si mesmo por ter concordado que o pequeno ficasse daquele jeito. O mais velho se aproximou dele e cruzou seus joelhos, se abaixando em sua frente e fitando os olhos cobertos por lamentações.

Esse mesmo ato fez com que as bochechas de Taehyung esquentassem, formando leves e adoráveis manchas rosadas no mesmo lugar.

- É... Não tem jeito, baixinho. - Soltou um riso soprado. - Você vai ter que ficar longe de mim de qualquer jeito, isso é bom, não é ? - O coração de Kim foi despedaçado ao ouvir aquelas palavras, e as lágrimas começaram a se encher em seus olhos, na qual Yoongi passou devagar seu polegar por suas bochechas e limpou as pequenas gotas que haviam ousado fugir e sair de seus olhos, correndo por suas maçãs do rosto. - Não chora, pirralho. Pelo menos, não vai se apegar à um idiota que só te bate.

- E-eu... H-hyung... E-eu... - As lágrimas pareciam ter tirado as suas falas. Não queria aquilo. Não ligava se fosse agredido, já estava acostumado. Seu coração carregava um peso enorme, ele mal estava conseguindo raciocinar tudo aquilo.

O valentão com um coração falho e apaixonado olhou profundamente em seus olhos, se aproximando vagarosamente do rosto do mais novo, e Taehyung acabou fechando os seus olhos por impulso. Quando os lábios dos dois quase quebraram a mínima distância que existia entre eles, o loiro parou.

- Se cuide, pequeno.

Yoongi se afastou e em seguida se levantou. O mesmo saiu sem olhar para trás, entretanto, a forte dor do lado esquerdo de seu peito havia permanecido. Kim estava com o coração partido em dois, sacrificaria de tudo para que as coisas se tornarem diferentes, mas... Infelizmente, não podia fazer nada.


Notas Finais


Se você chegou até aqui, quero agradecer por ter lido. Espero que tenha gostado. Deixe nos comentários sua opinião é também diga o que achou, sou bem curiosa para saber a opinião do leitor. Rsrsrs... Se quiser deixar críticas positivas eu vou agradecer muito, isso só irá me ajudar e incentivar a melhorar.

Dêem uma olhadinha nessas outras Fic's também:

Minha outra Fic (Hétero com Jungkook):
https://www.spiritfanfiction.com/historia/dark-moon-12885572

Minha JiKook (Parceria):
https://www.spiritfanfiction.com/historia/dark-home-jikook-12082849

JiKook (Híbrido) da Kimy:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/the-little-hybrid-11873585

Outra JiKook da Kimy:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/singularity-13005395

Annyeong~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...