1. Spirit Fanfics >
  2. Why I Love you? - Imagine Suho >
  3. Capítulo 20 - Passado

História Why I Love you? - Imagine Suho - Capítulo 20


Escrita por: Kamis1103

Notas do Autor


Boa leitura~~~~

Capítulo 20 - Capítulo 20 - Passado


Como havia combinado com meus irmãos de ir para Seul, acordei bem cedo para arrumar minha mochila, esperei até a hora do almoço para sair de casa e ir até a rodoviária para comprar minha passagem. Aproveitei para comer em um restaurante próximo da estação que o ônibus iria sair. 

Durante a viagem aproveitei para atualizar as minhas redes sociais e ler um livro que havia começado, mas não consegui continuar lendo por muito tempo. Após chegar no local, peguei um táxi e fui até o hospital em que Chen estava internado.

- Olá, boa tarde. Eu vim visitar o paciente Kim Jong Dae – falei para a recepcionista

- Qual o seu nome? E qual seu grau de parentesco com ele – a mulher perguntou-me sem tirar sua atenção do computador 

- Meu nome é S/n e não tenho nenhum parentesco com ele, ele é apenas meu amigo. Foi um pedido da mãe dele que eu viesse aqui – ela me olhou brevemente e, logo após voltou sua atenção para o computador

- No momento há uma pessoa com ele, você pode entrar, porém coloque as máscaras descartáveis que estão na frente de seu quarto, entendido? – concordei – aqui está sua identificação para colocar na roupa – ela colocou no balcão e a peguei logo em seguida 

- Obrigada!

Fui em direção ao quarto e antes de entrar vesti a máscara – toc toc – abri a porta e vi Chen deitado na cama, Dahee estava ao seu lado, suas mãos estavam entrelaçadas – acho que estou atrapalhando o casal… – fingi que ia sair 

- Que isso, pode entrar – disse Dahee – você não atrapalha em nada!

- Oi, S/n. Que bom te ver! – disse Chen com uma voz rouca – eu estava com saudades.

- Você que me deu um susto – meus olhos lacrimejavam – não faz mais isso. Vê se presta atenção quando for atravessar a rua – me virei de costa para eles e sequei algumas lágrimas que deslizavam sobre meu rosto.

- Está vendo o que você fez com a gente? – me virei para eles e comecei a rir – quase vimos a S/n chorar pela terceira vez na nossa vida.

- Também não é para tanto assim – me sentei do outro lado de Chen – como você está? Fiquei muito preocupada com você, de verdade! – segurei em sua mão.

- Eu estou bem, mas de vez em quando ainda tenho dores de cabeça. Eu não me lembro muito do que aconteceu no acidente, tudo o que eu me lembro era estar indo ver uma casa para morar junto com a Dahee e nossos filhos – ele olhou para ela.

- Não precisava ter saído a noite pra ver, aguardava ficar de manhã – ela se levantou – eu gosto muito de você, não consigo imaginar...

- Minha vida sem você – disse a cortando – você é tão clichê, Dahee – ela se aproximou de mim – brincadeira, eu estou brincando – comecei a rir, pois ela andava com certa dificuldade em minha direção – Chen! Cuidado que a grávida está com raiva – fiquei do lado do meu amigo.

- Sai do lado dele, eu posso sem querer bater no Chen – me abracei ainda mais – você é muito chata, eu hein! 

- Não pode falar alto, estamos em um hospital – a mulher se aproximou de mim e me deu um tapa no ombro – aí! Isso doeu, Dahee. 

- Bem feito, ninguém mandou você falar tais absurdos para mim – ela voltou ao seu lugar – Chen, você está com fome? Eu posso pedir para enfermeira trazer sua comida logo.

- Não precisa, eu não estou com fome – ela ficou olhando para ele – Dahee, você não me falou sobre qual dia irá nascer o nossos filhos.

- Não tem uma data específica ainda, mas provavelmente mês que vem. E outra coisa, eu já sei o resultado, se vão ser meninos, meninas ou um casal. 

- E qual é? Você não falou isso para nós ficarmos curiosos, não é? 

- É uma menina e um menino – eu e Chen ficamos surpresos – não vão me dar parabéns? 

- Estou, espera.. – ela olhou para o celular e arregalou os olhos – Licença preciso atender – ela gaguejava – oi, pai – ela atendeu o telefone enquanto saia do quarto.

- Isso parece um pesadelo. Eu só quero receber alta logo e morar junto com a Dahee na casa que comprei – ele respirou fundo, eu o encarei.

- Como assim? Tem alguma coisa acontecendo que eu não sei? – ele me olhou brevemente, logo após baixou a cabeça – o que foi que aconteceu, Chen?

- Desde que Dahee falou sobre a sua gravidez para os seus pais, eles vêm tratando ela muito mal. Isso foi dito pela minha mãe quando ela estava me visitando – ele me olhou – e, toda a vez que vejo ela, me sinto culpado de ter feito a vida dela pior de certo modo, pois o bebê não foi só uma irresponsabilidade dela, mas minha também – Chen parecia triste. 

- Então quer dizer que ela está escondendo isso tanto de mim quanto de você? – ele concordou – eu não acredito nisso. Ela mentiu para mim todo esse tempo, dizia que estava bem com a família e até tirava foto com eles e me mandava – me sentei no sofá e passei minha mão no cabelo, tentando assimilar a real situação que as coisas se encontravam. 

- Sim, ela está escondendo os sentimentos dela para a gente. Nós não podemos fazer absolutamente nada, só podemos esperar que eu saia do hospital para ficar junto dela e dos nossos filhos, é tudo o que eu mais desejo no momento.

- O senhor Lee me paga – olhei para o Chen que estava encarando a parede em sua frente – Desculpa não estar com vocês nesses tempos tão complicados, se estivesse aqui teria feito de tudo para que a situação tivesse sido um pouco menos complicada...

- Só que não podemos fazer nada, pois se fizermos pode ser que Dahee seja punida com a raiva dele pela gente. Você sabe o quanto ele é vingativo com as pessoas que fazem mal para ele, então não podemos deixar isso acontecer de jeito nenhum.

- Voltei, eu vou ter que ir embora. Preciso ver algumas coisas dos bebês – ela se aproximou de Chen e lhe deu um beijo – amanhã vejo você – fui até a direção dela para que não andasse muito – eu te vejo qualquer dia.

- Cuidado com você, está bem? – ela concordou – não quero ver você triste, por favor! – ela me abraçou 

- Pode deixar que eu não vou – ela foi embora 

 

 

 

(...)


Notas Finais


espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...