História "Why I love you?" - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Got7, Imagine, Kpop, Romance
Visualizações 30
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo bolinhos !
Cá estou para mais um capítulo s2
Espero que gostem s2

Capítulo 26 - Im here...


Fanfic / Fanfiction "Why I love you?" - Capítulo 26 - Im here...

x Flashback Jungkook off x

Eu não sabia se ficava paralisada, saia gritando de desespero ou saia correndo dali. Não sabia se Jungkook tinha a capacidade de mentir sobre isso. Ainda mais envolvendo a minha vida, que pelo o que parecia era o que ele mais amava.

S/n- m-mas... o q-q eu faço agora...- perguntei eufórica e e a ponto de entrar em desespero.

Jk- calma, olha para mim.- ele falou segurando meu queixo e fazendo eu olhar para ele.- enquanto eu estiver aqui, aquele desgraçado não encosta um sequer dedo em você.- falou sorrindo meigo e com seus olhos puxados sorrindo.

Nos encaramos por aproximadamente uns cinco minutos até que alguém me tirou de minha brisa. E que brisa...

Taichi- S/n!

Olhei para trás e avistei um garoto de cabelos alaranjados gritando o meu nome e acenando para mim. Obviamente eu sorri. E Jungkook não gostou nada disso. Pelo menos ele voltou a ser o Jungkook que eu conhecia, porque cá estre nós, Jungkook versão carinhoso não cai bem nele não.

Taichi veio andando em minha direção com estilo bad boy, se mostrando a todos que o encaravam e seduzindo a todas que estavam com o queixo no chão.

Taichi- S/n, meu amor...- falou sorrindo e Jungkook do meu lado apenas observando.

Taichi- que tal darmos uma caminhada na praia hoje ao por do Sol?- perguntou inclinando a cabeça um pouco para o lado fazendo com que ele ficasse mais fofo.

Olhei para Jungkook, que por sinal já estava quase metendo um soco na cara do menino, e falei:

S/n- claro!- no mesmo minuto Jungkooknse virou para mim com um olhar de assustado e ao mesmo tempo furioso. 

Jk- com licença Taichi, vou dar uma palavrinha rápida com S/n...- falou me puxando para um canto só nós dois.

Jk- S/n onde você tá com a cabeça de sair com uma pessoa que acaba de conhecer? E logo depois de descobrir que JB está te procurando? Tem merda na cabeça ao invés de um cérebro que preste?

S/n- Jungkook, primeiro que eu conheço o Taichi sim, e segundo que quem está com merda na cabeça aqui é você de ter essa crise de ciúmes por alguém que nem é sua. E outra, mesmo se JB está atrás de mim, eu irei sair, não me trancarei em casa por causa do meu ex psicopata que está atrás de mim, não vou perder meu tempo preocupada de ser sequestrada pelo meu EX. 

Jk- okay... só que quando ele te achar, não espere que eu vá correndo para te salvar então...- falou sério e com desgosto, saiu batendo os pés e foi em direção ao portão da escola.

Fiquei observando o mesmo sair da escola e refletindo o por que de toda essa preocupação comigo.

Taichi- vamos! Vou te levar para casa.- falou entrelaçando minha mão a sua e me levando em direção a saída.

S/n- a-ah então, hoje eu não vou direto para casa.- ele inclinou a cabeça com um ponto de interrogação em sua cara.- vou visitar o meu namo... amigo que está no h-hospital.- que porras eu tava pensando em chamar Mark de meu namorado?

Taichi- ah, eu te levo do mesmo jeito.- falou piscando para mim.

x Quebra de tempo x

Assim que chegamos ao grande edifício, meu coração a apertou só de saber que Mark, que sempre me proteje, está ali por minha causa.

Fui na recepção, que estranhamente estava vazia, e perguntei a uma moça que parecia ser enfermeira.

S/n- com licença, eu vim visitar Mark Tuan do quarto 232.

A enfermeira continuou de costas fingindo não estar ouvindo. Fiquei esperando ela se virar até que impacientemente Taichi vira a enfermeira a força e fala:

Taichi- tá surda é meu anjo? Sugiro um médico para você.- falou soltando a mesma com força, e claramente me assustei com tanta agressividade vinda do Taichi que parecia um bebê.

Enfermeira- está falando comigo?- falou arqueando uma sombrancelha.

Taichi- por um acaso tem mais alguém aqui na minha frente?

A enfermeira nos olhou com assustada e seca falou:

Enfermeira- segundo andar. Primeira porta à direita.- falou fazendo cara de desgosto e voltando a virar de costas para nós.

Saimos e falei para Taichi:

S/n- calma jovem, para que tanto estresse.

Taichi- parece surda credo, tá aqui pra atender a gente, não para fazer cara de cu para nós, se for para ser assim o que ela tá fazendo aqui?- falou irritado.

S/n- calma...- falei colocando minha mão em seu ombro.

Assim que chegamos na frente da porta do quarto de Mark, um aperto tão grande veio em meu coração que parecia está sendo esmagado.

Taichi- vou ficar aqui para te dar privacidade princesa.- olhei para ele com um ponto de interrogação... a única pessoa que me chama de princesa era, o JB...

Taichi- vai lá. Eu vou estar aqui.- ele me empurrou em direção a porta e abriu a mesma, e comigo dentro do quarto fechou a porta. Balancei a cabeça confusa.

Fui me aproximando lentamente da figura que estava deitada dormindo profundamente na cama, com mil aparelhos ligados à si. Meus olhos encheram-se de lágrimas e meu coração podia parar a qualquer minuto. 

Havia uma cama ao lado da de Mark, então juntei as camas como se fosse uma só, e me deitei ao lado dele, o abraçando pela cintura e com lágrimas escorrendo por todo meu rosto.

Os médicos falaram que ele não irá acordar tão cedo por conta das fortes pancadas e lesões internas, mas que ele ficará bem. O estado dele era estável, mas mesmo assim tenho medo de lhe acontecer algo enquanto eu não estiver aqui, principalmente depois da ameaça que eu recebi de JB...

Passei mais ou menos vinte minutos abraçada a Mark, com a esperança de que o mesmo acordasse, mas não aconteceu. Sentia meu rosto inchado de tanto chorar.

Limpei minhas lágrimas, organizei o quarto igual a antes, e antes de ir embora, segurei a mão de Mark e beijei sua boca lentamente. Igual ao nosso primeiro beijo. 

Quando estava prestes a soltar sua mão, Mark mexe um dedo. Me assustei mas fiquei extremamente alegre por algum sinal vindo dele. Sorri boba e depositei mais um beijo em sua bochecha.

S/n- estou aqui Mark... sempre vou estar aqui.- falei me virando para ir embora. Então me lembrei que Taichi ainda estava lá fora. Me apressei para sair, e quando estava prestes a abrir a porta, consegui ouvir uma voz familiar, conversando com alguém na frente da porta. Decido abrir a porta lentamente e vejo algo que me desesperou a ponto de querer me matar ali mesmo...

 

Continua...

 

 


Notas Finais


Bom my mochis é isso s2
Um beijo para quem quiser.
Até mais !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...