História Wicked Games - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Luke Hemmings, Personagens Originais
Tags Luke Hemmings
Visualizações 35
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A fanfic contém centenas de insinuações de sexo, linguagem imprópria, álcool e drogas. Trata-se da história de um homem famoso que se encontra com uma mulher comum, mais nova. A questão é, ele já está em um relacionamento sério. A diferença de idade não é tudo isso, ele tem 24 anos e ela tem 18.

Devon Malone é uma personagem totalmente criada por mim, toda a sua personalidade é minha e eu não aceito qualquer tipo de cópia. Ela é interpretada pela Cindy Kimberly;
Luke Hemmings não é meu, apesar de que sua personalidade em WG foi criada por mim. Meu intuito não é denegrir a imagem dele como celebridade. Lembre-se de que é tudo fictício. Nenhuma das situações encontradas no decorrer da história refletem a realidade.

Tenha uma boa leitura e até logo.

Capítulo 1 - I. Introduction


WICKED GAMES

i. introduction 

Alguns minutos após o anoitecer, os bares de toda a vila lotaram, dando vida só centro. A música alta vinha de todos os lados, impossibilitando qualquer um de ouvir seus próprios pensamentos. Crystal fez questão de me puxar para o xx, adentrando somente depois de cumprimentar os dois seguranças. Ela não ficou ao meu lado por muito tempo, bastou apenas algumas trocas de olhares com um homem de aparência bem mais velha para ela se despedir de mim com um beijo na bochecha.

Eu suspirei e, puxando a barra de meu vestido preto para baixo, segui até o balcão mais próximo. Após fazer meu pedido, algumas bebidas misturadas, passei a observar ao redor do estabelecimento, notando todas as mesmas pessoas de sempre. Jesse, o bartender da noite, empurrou o copo em minha direção com um de seus típicos sorrisos maliciosos em seus lábios ao murmurar é por conta da casa. O primeiro gole queimou, senti o álcool me aquecer por dentro causando a sensação que eu queria desde mais cedo. Pouco tempo depois, quando a bebida estava já no final, a presença de alguém me chamou a atenção. 

Por Angelsville ser uma cidade pequena, não é difícil notar novas pessoas. Mordi meu lábio inferior, reparando no homem mais velho ao meu lado; sua barba parecia não ser aparada há dias e seu cabelo precisava de um corte, notei, também, a camisa branca com botões desabotoados por baixo do sobretudo preto. Ele havia pedido uísque puro e bebia rapidamente. Quando seu olhar encontrou-se com o meu, não houve tempo para desviar. Era como se seus olhos azuis frios enxergassem a minha alma. Ele não se deu ao trabalho de desviar, também. Colocou toda a sua atenção em mim, passando lentamente a língua sobre seus lábios molhados pelo álcool. Eu nunca tinha o visto. Ele era como um anjo, mas acho que também podia ser o diabo. 

Eu respirei fundo, notando minhas mãos tremerem de leve. Tomei o último gole da minha bebida, apenas desviando meu olhar do dele para andar em direção da pista de dança. Conhecia claramente a música, chamada High For This, de um dos meus cantores favoritos. Fechei meus olhos, balançando meus quadris enquanto passava minhas mãos por minha pele desnuda, tendo uma breve noção de que o estranho ainda mantinha sua atenção vidrada em mim. Open your hand, take a glass. Don’t be scared, I’m right here. Eu virei, abrindo meus olhos e tendo a visão perfeita dele, seu corpo de costas para o balcão, seus olhos presos nos meus. Mordi meu lábio, ainda sussurrando a letra da música, o assisti levantar e andar calmamente até a mim. 

Sua mão direita foi de encontro com a minha nuca, puxando-me para perto de seu rosto, enquanto a outra mão apertou forte a minha cintura. Senti o cheiro de seu perfume misturado com tabaco e álcool. “Baby girl,” ele sussurrou em meu ouvido, “Acha que vai sair impune depois de me provocar assim?”

Eu sorri, sentindo sua mão descer até a minha bunda coberta pelo tecido fino do vestido. “Te provocando?” perguntei, “Eu? Tem certeza? Desculpe-me, senhor, mas eu nem te conheço.” o homem manteve-se em silêncio, colando seus lábios em meu maxilar, fazendo-me soltar uma risada trêmula. 

“Talvez eu possa te pagar uma bebida,” murmurou, “Uma bebida de verdade, não aquela merda que você estava tomando– E ai, se quiser, pode me conhecer.”

“Ok,” assenti. Ele me guiou até o balcão e puxou um banco para mim, chamou o bartender e pediu algo que eu não me dei ao trabalho de prestar atenção.

“Isso,” ele apontou para o copo posto à minha frente, “É álcool de verdade. Tome.”

Assenti novamente, pegando o copo e tomando um gole grande. Senti minha garganta queimar e ignorei a imensa vontade de fazer uma careta. Ele riu, tomando do copo dele como se não fosse nada. “Álcool de verdade,” repetiu.

“Tudo bem,” murmurei, “Devo te chamar de especialista em bebidas alcoólicas, ou você tem um nome?”

Um sorriso sarcástico formou-se em seus lábios, “Luke Hemmings, e você, angel? Ou devo continuar com os apelidos?”

Seu rosto tornou-se familiar para mim em questão de segundos após saber seu nome. Estampado em cada pôster do quarto da minha prima mais nova, lá está ele— Luke Hemmings, integrante de uma banda famosa. “Devon Malone, mas os apelidos são bons também.” o respondi.

“Devon,” ele pronunciou lentamente e eu pude, enfim, notar seu sotaque diferente. “Talvez pudéssemos sair daqui, posso te levar até o hotel onde estou hospedado. Tenho certeza que meu quarto é muito mais calmo que aqui.”


Notas Finais


[capítulo não revisado]

follow me on:
twitter: goodysluke
wattpad: girlsinsuburbs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...