1. Spirit Fanfics >
  2. Wild >
  3. Capítulo 47

História Wild - Capítulo 47


Escrita por:


Capítulo 47 - Capítulo 47


Território Canídeo

Hendrik e Zachary estavam desaparecidos por uma semana, mas os pais de ambos sabiam com quem cada um estava, só não sabiam aonde. Zach enviou uma mensagem para o pai pelo celular de Hendrik dizendo que estava tudo bem.

Os dois ficavam a maioria do tempo dentro do esconderijo, porém tinha tudo lá, Hendrik até levara alguns livros para distrair a cabeça caso estivessem enjoados um da cara do outro, mas isso não estava acontecendo. A maioria do tempo eles estavam se beijando, mas não passava disso já que Zachary não dava nenhuma brecha. Estava mais assustado que o normal, pois agora eles tinham praticamente todo o tempo do mundo.

Quando não estavam beijando ficavam conversando para saberem mais um do outro. Hendrik acabou confessando que no dia em que beijou Zach pela primeira vez ficou tão frustrado que acabou transando com a babá, o felino ficou tão irritado que não quis olhar na cara do canídeo, ficaram sem se falar por uma hora e meia, até Zachary se tocar e ver que estava sendo infantil demais.

— Mas você não precisava falar isso pra mim! - disse Zach.

— Me desculpa, escapou! Mas você não pode falar muita coisa já que você beijou o Havec! - disse Hendrik.

— É Havoc e eu não o beijei, ele que me beijou, mas você quis fazer isso com ela, eu já não!

— A gente nem estava junto, você brigou comigo por te beijar, então eu fiquei irritado e queria distrair a cabeça!

— A gente está junto agora? - perguntou Zachary.

Hendrik ficou em silêncio por alguns segundos pensando no que falar.

— Não sei, estamos? - rebateu o lobo.

— Me diz você.

— Como vai ser de agora em diante? - perguntou Hendrik caindo em si lembrando o fato de que estão desaparecidos a mais de uma semana, vão ficar nessa pra sempre? Vão morar no esconderijo pra sempre?

— Eu não sei o que faremos, e mesmo se quiséssemos fugir não teria para aonde - disse o leão se sentado no colchonete e apoiando a cabeça nas mãos.

Hendrik sentou-se do lado do mais novo e o puxou para um abraço.

— Eu gostaria de saber o que podíamos fazer.

— Eu também.

Zachary olhou para Hendrik e o beijou, o mais novo estava fazendo muito isso ultimamente, o que deixava Hendrik satisfeito, porém eles nunca avançavam.

Houve uma vez no segundo dia que estavam juntos e estavam prestes a ir dormir, Zachary pulou em cima de Hendrik e começou a beija-lo intensamente, o maior pensou que aquilo era um sinal, porém quando tentou tirar a camiseta do leão, o mesmo parou imediatamente e voltou a deitar-se deixando o lobo sem entender nada.

— Eu vou tomar um banho - disse o mais novo parando o beijo e levantando para pegar uma toalha.

— Zachary, eu preciso falar com você - disse Hendrik levantando também, o mais novo olhou para ele com um olhar de que podia prosseguir — você sabe... nós vamos avançar, tipo... nós vamos fazer sexo? - o lobo estava envergonhado, parecia que o assunto sexo com Zachary era algo totalmente diferente que com outras garotas, porque com elas ele já chegava e elas queriam, agora com o leão é diferente, ele quer, mas não deixa avançar.

Zachary fica encarando Hendrik até digerir o que o mesmo falou, até que instantaneamente as bochechas do menor começam a queimar, e então desviou o olhar.

— Eu não sei... eu não sei muito bem como homens fazem isso, na verdade eu sei... mas não sei - disse o mais novo sem conseguir olhar nos olhos do lobo.

— Eu pesquisei - disse Hendrik correndo até o armário — tem uns procedimentos e... - o canídeo entrega um pacote de lenços umedecidos, algum tipo de água com cheiro e um recipiente que parecia uma ducha higiênica, Zach fica o encarando sem entender — você tem que... - o lobo aponta para a bunda do mais novo e o mesmo finalmente entende o que ele queria dizer.

— Espera ai, por que sou eu quem tem que dar a bunda? - perguntou Zachary agora com o rosto vermelho de raiva.

— Por que...

— Por que não pode ser você?

— Eu não vou dar a minha bunda! - disse Hendrik.

— Se você não vai, então eu também não vou!

— Se você não fizer isso então não...

— Então não vai rolar! - disse Zach ainda mais irritado.

— Zachary, por favor...

— Por favor nada, se você quer que isso role você vai ter que ser o passivo.

— Eu não vou ser o passivo!

— Por que você acha que eu posso ser o passivo e você não?

— Por que... - Hendrik começou a gesticular com a mão, mas não sabia o que responder.

— Se você quer namorar homens vai ter que abrir mão de umas pregas - disse Zachary ainda com raiva.

— Isso vale pra você também! - Hendrik respira fundo — é que toda vez que eu imaginei isso, foi com você por baixo.

Zachary olha indignado para o mais velho.

— Por que eu seria o passivo? - pergunta o mais novo novamente.

— Porque você é menor, mais novo e tem uma bunda maior.

O garoto leão agora estava vermelho de raiva e vergonha.

— Minha bunda não é maior! E se você gosta de mim, porque não me prova isso sendo o passivo?!

Hendrik fica pensativo, começa a andar em círculos, como se estivesse tomando a decisão dá sua vida.

— Tudo bem, eu serei o passivo! - disse o lobo e Zach ficou surpreso.

— Sério?

— Sim, isso não importa na verdade, eu só quero ficar conectado com você!

A respiração de Zachary falha e o coração do mesmo acelera, o garoto engole a seco e diz:

— Vamos fazer isso de um jeito mais justo.

— Como?

— Vamos ver no ímpar ou par, quem perder é o passivo, pode ser? - Hendrik apenas assente que sim — vamos lá então... eu sou par e você é ímpar... ímpar ou par!?

Ambos esticaram a mão mostrando uma quantidade de dedos cada um, Zachary mostrou quatro dedos e Hendrik mostrou três somando um total de sete dedos o que significa que o lobo ganhou. Zachary ficou encarando os dedos sem acreditar que acabara de perder.

— Ganhei! - disse Hendrik encarando o felino que estava desacreditado.

— Isso...

— Não adianta, você deu a ideia, eu mostrei três e você mostrou quatro, deu sete, sete é ímpar, ganhei! - disse o lobo sorrindo.

— Para de sorrir desse jeito, parecendo uma criança que ganhou a melhor coisa da sua vida - esbravejou Zach irritado, pois além de odiar perder teria de dar sua virgindade para o canídeo, o que pensando bem não é uma coisa tão ruim, afinal, o lobo é a pessoa que ele ama no momento.

— Mas eu acabei de ganhar a melhor coisa da minha vida mesmo - disse Hendrik com a voz rouca bem no pé do ouvido de Zachary que se arrepiou todo. Agarrou o menor por trás e lhe deu uma lambida no pescoço fazendo o garoto fraquejar, mas conseguir se soltar.

— Sai! Eu vou tomar banho - disse Zach pegando a escada e colocando-a na porta do esconderijo.

— Não esquece o lenço - brincou o lobo.

— Isso não vai acontecer hoje! Preciso me preparar psicologicamente! - respondeu o leão saindo do esconderijo.

Hendrik ficou rindo sozinho, como se acabara de ganhar um prêmio.

Eles tomavam banho na mata, atrás dá árvore grande que tinha próxima ao esconderijo, eles levavam uma quantia de água, um sabonete e uma toalha.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...