História Will you be my best choice?! - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Casal, Drama, Festa, Hot, Katherine, Lemon, Romance
Visualizações 3
Palavras 1.187
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heyyyy Pessoinhas Lindas...🍫😸
Turu bom com vcs?!
Intaumm desculpa pela demora para postar o capítulo, eu já tinha feito ele, masss acabei esquecendo de postar, sim eu fiz isso...(╥﹏╥)
Porém, aqui está o capítulo novuuu!!!

Boa leitura genti!!!(◕ᴗ◕✿)

*JACOB NA CAPA*

Capítulo 3 - Gift to deliver.


Fanfic / Fanfiction Will you be my best choice?! - Capítulo 3 - Gift to deliver.

— E como foi o seu encontro com os seus pretendentes ontem? — Pergunta curiosa.

— Eles são bonitos mas eu não quero me envolver com nenhum deles. — Respondo e ela suspira.

— Kathy você só está focada na empresa precisa “viver” um pouco... — Diz ela fazendo aspas com as mãos.

— Hoje eu me encontrei com dois dos meus pretendentes... — Falo naturalmente. — Um deles me chamou para um encontro. — Acrescento e vejo os olhos de Clarisse brilharem.

— Irei ajudar na escolha da roupa, posso? — Ela Pergunta sorridente e eu dou risada concordando.

Terminamos o nosso almoço e voltamos para empresa, pegamos o elevador e ela parou no terceiro andar, enquanto eu continuei no elevador para ir no quinto andar, mas o elevador para e as portas são abertas revelando Christopher. Dou um passo para o lado esquerdo e ele entra, ficando no meu lado direito,e ficamos em silêncio, mas, por algum motivo aquilo estava me incomodando e eu resolvi quebrar o silêncio.

— Christopher, certo? — Pergunto sorrindo timidamente.

— S-Sim... — Ele diz gaguejando e um pouco envergonhado por gaguejar.

— Tudo bem com você? — Pergunto olhando para ele e ele balança a cabeça concordando. — Que bom. — Acrescento.

— E você Katherine? — Pergunta tentando manter o contato visual.

— Estou bem. — Respondo e o elevador para no quinto andar, as portas se abrirão e eu, no momento em que eu ia sair, sou parada por Christopher que segura o meu braço.

— A senho... — Ele começa a falar mas para do nada. — Você gostaria de sair comigo algum dia desses? — Ele pergunta soltando o meu braço.

— Claro... — Digo e saio rapidamente do elevador.

              · · • • • ✤ • • • · ·

Enfim em casa.” Penso e me deito no sofá, pego o controle que estava na mesinha de centro da sala e ligo a televisão, que está  passando o jornal da noite.

— Amanhã será um dia chuvoso. — Falo para mim mesma ao ver a moça dizendo sobre o clima. Sinto o meu celular vibrar e pego ele, a Clarisse me mandou uma mensagem falando que está vindo aqui em casa, rapidamente me levanto e vou para o banheiro tomar banho.

Fiquei um tempo tomando banho, pois a água estava quente e relaxante, terminei de me secar na toalha quando escuto alguém tocar a campainha, “Deve ser a Clarisse, o porteiro já conhece ela mesmo.” penso.

   ◈ ━━━━━━━ ⸙ ━━━━━━━ ◈

                 Jacob A.C.

   ◈ ━━━━━━━ ⸙ ━━━━━━━ ◈

— Eu sei Steven... — Digo irritado. Steven e eu estamos ainda na empresa arrumando alguns documentos nas pastas do computador e conversando sobre o meu suposto casamento.

Steven é meu amigo de infância que trabalha meio período na empresa do meu pai e na empresa onde eu trabalho. Eu decidi que iria conseguir por conta própria o meu dinheiro, sem precisar do meu pai, no começo ele não gostou muito, mas deixou eu fazer a minha vontade.

Anteontem o meu pai me chamou para conversar e me falou sobre eu me casar com uma mulher que eu não conheço, eu não gostei dessa idéia inesperada e não quero me casar, não no momento, o meu pai tentou me fazer mudar de idéia, mas mesmo assim não adiantou, ele fez isso junto com o seu amigo: Robert, eu o conheço porém não sabia que ele tinha uma filha, ele também é dono de uma empresa e ele, infelizmente, está ruim de saúde.

— Cara, você vai se casar com a filha do nosso chefe... — Steven repete o que tinha acabado de falar há dois minutos, enquanto digita no computador. — Você tem sorte. — Acrescenta e eu reviro os olhos, ele sabe que eu não quero me casar com ela, eu nem a conheço.

— Hoje o meu pai disse para eu visitar o nosso chefe no hospital para saber como ele está, o meu pai parece que está ocupado com a sua empresa. — Digo e me levanto da cadeira para pegar o documento que está em cima da mesa ao lado.

— Entendi. — Steven fala prestando atenção no papel que está na sua mão.

              · · • • • ✤ • • • · ·

— Pronto, terminei aqui. — Falo me espreguiçando.— E você? — Pergunto.

— Só falta esse documento aqui. — Ele diz mostrando o papel que está em cima da sua mesa. — Você poderia me dar uma carona até a minha casa? — Pergunta tirando o foco do computador e olhando para mim.

— Tá, você mora perto do hospital mesmo. — Digo desligando o computador que eu estava usando.

Minutos depois, Steven termina o que estava fazendo e pega as suas coisas para ir embora, saímos da empresa e fomos até o estacionamento, onde estava o meu carro, e entramos nele.

Deixei o Steven na frente da sua casa e depois, fui para o hospital, chegando lá falei com a moça da recepção e ela disse que ele estava acordado assistindo televisão.

— Licença... — Digo abrindo a porta do quarto do senhor Robert.

— Jacob, que bom que está aqui, me conte, como está a Katherine? — O Senhor Robert parecia estar feliz por me ver e claro, para saber de sua filha.

— Ela está bem, sim senhor, só cansada, provavelmente. — Falo me sentando na poltrona ao lado de sua cama. — Hoje o dia foi cansativo para todos. — Explico.

— A sim, e como você está? — Pergunta olhando para mim.

— Estou bem e o senhor está se sentindo melhor? — Pergunto arqueando a sobrancelha e ele balança a cabeça concordando.

— Estou, só estou com saudades da correria da empresa, não estou acostumado a ficar numa cama assistindo televisão o dia todo. — Responde.

— Descanse um pouco senhor, sua filha está cuidando da empresa, então está em ótimas mãos. — Falo e ele sorri.

Continuamos conversando, até o senhor Robert me pedir para entregar um presente que tinham comprado para Katherine antes de ficar mau de saúde, o presente estava em sua casa então tenho que ir lá para pegar o presente e depois, ir aonde ela mora, o mesmo disse que tem uma chave reserva perto da plantas do seu mini jardim no lado de fora da casa. Fiz o que o senhor Robert me pediu e agora estou indo para o apartamento que Katherine mora.

— É aqui. — Digo para mim mesmo estacionando o carro em frente do apartamento, pego o presente e vou até a entrada do lugar, havia um moço arrumando as chaves que provavelmente deve ser dos moradores.

— Olá, eu gostaria de ir no apê quatrocentos e dois, que é o da Katherine. — Falo sorrindo para o porteiro, esperando ele pegar o seu telefone e falar com a dona sobre a minha presença.

— É no terceiro andar, você terá que ir de escada, porquê o elevador quebrou hoje cedo. — Ele diz e volta a arrumar as chaves.


Notas Finais


Espero que tenha gostado^^

Continua??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...