História Winter in hell - Jikook - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Namjin, Yaoi
Visualizações 150
Palavras 1.338
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heyy, desculpa a demora e não desiste de mim hehehe
Prometo não demorar tanto, próximo capítulo é o ultimo e eu já to aqui com o kore doendo TT
Boa leitura!

Capítulo 25 - Lago azul (18)


Algumas semanas depois...

Omelas nas últimas semanas estava diferente do que fora em anos, o pequeno príncipe que agora já era o novo rei, trouxe todo o calor que aquela cidade necessitava, até mesmo os mais ignorantes perante aquela situação se derreteram pela doçura do jovem, ele visitou todas as casas da região, uma a uma, levou conforto, comida e agasalhos achados no castelo. Mesmo as vezes fadigado no fim do dia ele permanecia a aquecer a cidade, todos os moradores dela, e a grande recompensa era o sorriso no rosto de cada habitante dali. Jungkook o ajudou em tudo, desde levar cobertas até as coisas mais cotidianas como ajuda-lo a descansar apropriadamente. Yoongi e Hobi estavam mais próximos, o platinado ainda relutava uma grande aproximação, mas o avermelhado respeitava seu espaço, e tentava um pouco todos os dias, e mesmo sem se dar conta isso deixava o menor cada dia mais apegado a ele.

O rosado planejava um grande feito naquela noite, juntou algumas mantas e comida e se dirigiu para o quarto que os dois amantes compartilhavam no grande palácio. Acordou o moreno, explicando parcialmente o que planejava fazer.

- kookie-ah acorde precisamos ir até o lago – Sussurrou fazendo um leve carinho em suas madeixas.

- O que está aprontando? Meu rei – Brincou sonolento.

- Saberá quando chegarmos lá – Falou recebendo um resmungo do mais alto que acatou o pedido levantando e seguindo-o.

- Vai mesmo deixar eles na nossa casa sozinhos, e se eles se matarem? – Debochou se referindo aos amigos que também moravam no castelo.

- A fase de fingirem que se odeiam já passou amor, só estou esperando o Yoongi me dá carta branca para eu poder fazer um bolo de noivado – Disse fazendo Jeon rir um pouco alto.

Seguiram caminho até o grande lago que estava frio e congelado, deixaram as coisas próximo a um galho seco, e sentaram em silencio, o moreno olhava para a face focada do seu namorado, tentando entender o que ele estava pensando, parecia tão concentrado e perdido em seu próprio mundo, que ele se conteve para não atrapalhar seu momento contemplativo, em vez disso apenas observava o quão belo ele ficava naquela meia lua, nunca se cansaria de admira-lo.

- Eu pensei muito se iria fazer isso nesses últimos dias, mesmo após algumas conquistas, mesmo tendo que diariamente segurar a cidade inteira com minhas duas mãos, eu ainda me sentia inseguro de fazer isso sozinho, queria que o Tae pudesse me ajudar, mas percebi que é algo que eu preciso fazer sem ele – Proferiu causando dúvida em Jungkook.

- Do que está falando exatamente? – Indagou – O que pretende fazer? – Perguntou transparecendo um pouco de preocupação.

- Olhe para sua frente – Pediu levantando-se sendo seguido pelo outro. E o rapaz finalmente entendeu.

- O lago? – Arriscou e viu o outro confirmar – Quer descongelar ele – Falou em um suspiro silencioso - Tem certeza que a melhor noite é essa? Está cansado? – Questionou, não pretendia desestimulá-lo, mas ele sabia que não seria uma tarefa fácil, aquelas águas estavam a anos congeladas, Jimin era forte, mas até mesmo seu corpo possuía limites em um certo ponto.

- Sim essa é a noite, Omelas precisa dessa fonte. Mas eu sei que não será fácil, por isso preciso mais uma vez da sua ajuda – Proclamou.

- Minha ajuda? Mas como eu poderia ajuda-lo nisso, você sabe que eu não tenho poderes – Lamentou mesmo sendo obvio.

- Não quero isso de você, quero que aqueça meu corpo – Falou sem pudor – Preciso que me faça ficar quente, quando você me toca me sinto mais forte, desperta um lado meu que eu ainda não alcanço.

- Então quer dizer que... – Disse um pouco sem jeito pelo pedido inesperado, mas logo sentiu desejo pela situação – Quer que eu faça amor com você? – Perguntou apenas para ouvir a resposta do outro, quase como um jogo de sedução.

- Sim, aqui e agora – Exclamou firme. Fazendo o moreno não esperar mais tempo e se aproximar do pequeno, o guiou até o pano que estava estendido no chão, deitando o corpo do rosado sobre ele, não era de longe a primeira vez que faziam aquilo, mas todas as vezes que se tocavam daquela forma tão intima sempre passava a imagem de estarem se amando do início.

Entretanto diferente das outras vezes Jimin o queria de outra forma, sempre faziam aquilo de forma lenta e pode-se dizer romântica, como o casal clichê de apaixonados, mas ele pretendia comandar a situação, surpreendendo Jungkook ao inverter as posições e subir em seu colo, o mesmo apreciou a vista do jovem a cima de si, com um olhar predador, como se necessita-se daquele toque mais que tudo no mundo, não teve tempo de aprecia-lo por muito tempo pois logo seus lábios foram atacados seguindo um padrão delicioso entre disputa por espaço e sucções nos beiços de vez em quando. Park arriscou fazer fricções com suas nadégas no membro já ereto do moreno, sendo correspondido por gemidos roucos que o incentivaram a aumentar o ritmo.

Desceu do colo após suas sessões de reboladas, satisfeito por conseguir deixar seu companheiro necessitado pelas suas caricias, desabotoou a calça de tecido grosso, retirando-a do corpo do mais alto, podendo ver a grande ereção marcando o pano, retirou sem cerimônia, brincando com o entorno sensível sem dar atenção para o órgão principal, fazendo Jeon quase enlouquecer com suas provocações.

- Achei que era pra eu te deixar quente – Disse em meio a respiração falha, comentando a respeito da troca de papeis, já que ele se sentia em êxtase enquanto o menor fazia todo o trabalho.

- Não imagina o quanto meu corpo está queimando nesse momento – Falou de forma sensual abocanhado com maestria o membro do maior, dando inicio a uma serie de gemidos por parte dele. Havia ganhado bastante experiencias nas noites em que fizeram amor, e não tinha nenhum tipo de timidez em fazer tais atos.

Vendo que o rapaz estava chegando ao seu limite, largou seu trabalho sem dar atenção para os gemidos um pouco frustrados de Jeon, e retirou sua roupa que já estava um pouco molhada pelo suor que emanava da sua pele. O mais alto fez menção a ajuda-lo, mas ele apenas recusou terminado de tirar a roupa, empurrando- o para voltar a se deitar. Subiu novamente por cima dele, agora ambos estavam nus, sentindo o contato direto das peles roçando, beijou-o intensamente mais uma vez, posicionando o membro do namorado em sua entrada, sentindo a famosa ardência inicial, mas ignorou descendo aos poucos, fazendo os dois gemerem entre o beijo, Jungkook segurou em sua cintura apenas para dar um apoio em seu corpo, e assim foi ate ele está completamente dentro dele, não fechou os olhos nem por um segundo, não queria perder a magnifica cena de Jimin literalmente dançando em cima de si, enquanto se deleitava de prazer, usou as mãos apenas para apertar suas coxas fartas, queria deixa-lo comandar por inteiro, e estava amando seu ritmo. Quando estava próximo do ápice levantou sentando com o menor no colo, indo mais fundo ainda enquanto urrava de prazer, beijando-o em seguida.

Cansado depois de uma noite tão intensa quanto aquela Jeon rendeu-se ao sono, com o Park sobre seu peito, dormiram apenas com um fino pano, seus corpos estavam tão aquecidos que inverno algum era capaz de esfria-los. Após uma noite de descanso ao lado do amado, finalmente despertou dando por falta do corpo do rosado, levantou em um solavanco buscando quaisquer sinais do mesmo, parando ao se deparando com águas cristalinas, tão azuis quanto o céu, seu coração disparava de alegria pelo que via diante de si, de fato era um lugar grandioso, varreu seu olhar pelas águas encontrando um movimento entre elas se aproximando, logo revelando um garoto sorridente que estava nadando no lago, lhe lançou um grande sorriso e se abaixou até está com o rosto bem próximo dele.

- Você conseguiu – Falou com orgulho do amado. Recebendo uma expressão de negação do mesmo.

- Nós conseguimos -


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Como eu disse esse é o ultimo capítuloTT . Talvez mais pra frente saia um bônus, se vcs quiserem...
~ BJUU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...