História Wires Of Destiny - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Akai Ito, Bangtan Boys, Bruxas, Bts, Drama, Hentai, Hoseok, J-hope, Jin, K-pop, Romance, Seokjin, Sobrenatural, Suga, Vampiros, Yoongi
Visualizações 35
Palavras 1.920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oláá, estou de volta com mais um capítulo!! Gostaria de avisar que durante a semana não poderei postar capítulo novo porque não terei tempo para escrever. ;-; Mas final de semana vou tentar trazer mais dois! Então esperem ansiosos. 💖

Boa leitura! ^^

Capítulo 14 - Nenhum lugar é seguro


Fanfic / Fanfiction Wires Of Destiny - Capítulo 14 - Nenhum lugar é seguro

Não consegui dormir a noite inteira, a preocupação estava me consumindo. Será que Hobi está bem? Será que está ferido? Será que descobriu algo? Quando ele vai voltar? Essas e muitas outras perguntas martelavam na minha cabeça, e não iriam parar até que Hoseok aparecesse ileso na minha frente. Já de manhã, eu esperava encontrá-lo no desjejum, mas seu lugar na mesa estava vazio. Isso só aumentou minha preocupação e eu não era a única a me sentir assim.

-Jin, teve alguma notícia? - perguntei esperando ouvir coisas boas.

-Não, o celular dele está desligado... Agora só podemos esperar que ele nos contate - ele respondeu sem ânimo.

-O que vocês dois tinham na cabeça pra sair sem avisar ninguém? - Yoongi perguntou irritado.

-N-nós só queríam-

-Hoseok tinha me pedido - Jin me interrompeu e suspirou. -Eu deixei porque pensei que ela estaria segura se estivesse com ele...

-Mas pensou errado! - Yoongi disse exaltado -Nós quase perdemos ela de novo e agora nem sabemos se nosso irmão está vivo!! - ele jogou o guardanapo na mesa e se retirou, nos dando as costas.

-Yoongi, fique calmo... Volte aqui - Jin o chamou.

-Como você consegue ficar calmo?? - Yoongi retrucou e se virou para Jin.

-Olha, não adianta nada perder a cabeça por causa disso - Jin começou aumentar o tom de voz e se levantou, batendo a mão na mesa. -Você acha que não fiquei desesperado quando Hoseok me ligou e disse que aqueles caras estavam atrás deles? Você acha que não estou preocupado com meu irmão? Acha que não tentei impedi-lo? - Jin fechou os olhos e suspirou, depois voltou a se sentar. -A questão é que agora só nós dois podemos protegê-la e eu já não sei mais se é seguro deixar que ela vá para a faculdade.

-O que?! - disse indignada e me levantei. -Como assim não é mais seguro? Eu vou sim para a faculdade!

-Então você prefere colocar sua vida em risco? - Jin perguntou irritado.

Eles me encaravam, e eu podia ver um misto de raiva e preocupação em suas expressões. Não consegui responder. Apenas me sentei e abaixei a cabeça. Era visível que eles estavam tão preocupados comigo quanto estavam com Hobi. E tudo o que eu sabia fazer era pensar em mim mesma. Que egoísta da minha parte.

-Vamos fazer assim: hoje eu vou sozinho para a faculdade e vejo se eles estão rondando o local, enquanto isso Yoongi fica aqui com você - Jin sugeriu e nós assentimos. -Não a deixe sozinha por muito tempo, estou com medo de que nem mesmo esta casa seja segura.

Yoongi concordou e depois se retirou. Jin foi logo em seguida, deixando um beijo em minha testa. Não consegui terminar de comer meu café da manhã, havia perdido o apetite depois daquilo, e para passar o tempo resolvi ajudar as empregadas lavando a louça. Quando terminei, comecei pensar em coisas para fazer que me ajudariam distrair minha cabeça, mas nada parecia bom o suficiente. Lembrei de quando Jin falou que sempre ia até a estátua no labirinto quando precisava refletir sobre seus problemas, então decidi ir até lá.

Saí da mansão e passei por todo o jardim sem ver Yoongi, parecia que ele estava tentando manter distância de mim. Entrei no labirinto de roseiras e fui até o centro. Me sentei em um dos bancos e fechei os olhos, respirando fundo. Eu estava tão cansada de tudo. Desde que meus pais morreram minha vida havia virado de cabeça para baixo. Fui afastada a força de ChungHo e meus amigos. Três caras entraram na minha vida e bagunçaram meus sentimentos. Não posso mais frequentar a faculdade ou lugares públicos sem correr risco de vida. E tudo isso sem eu saber o porquê, tudo isso sem eu ter feito alguma coisa.

Aquela mansão era como uma bolha, me isolando de tudo e todos. Mas apesar disso, eu não podia reclamar. Eu estava viva e tinha pessoas que estariam dispostas a arriscar suas vidas para que eu continuasse vivendo. Eu deveria estar grata, mas ficava pensando apenas nas coisas ruins. Suspirei e abri os olhos. Fui até o chafariz e me sentei na borda, observando meu reflexo na água e em seguida o da estátua. Uma brisa suave fez alguns fios de cabelo caírem no meu olho, me fazendo lacrimejar. Limpei a vista e quando olhei novamente para a água, pude ver o reflexo de outra pessoa ao meu lado. Ergui a cabeça e olhei em todas as direções, mas não havia ninguém ali.

-S/N!! Onde você está?? - ouvi Yoongi gritando longe dali e me assustei.

Imediatamente me levantei para sair do labirinto. Porém, conforme eu andava, sentia que estava perdida. Era como se o caminho tivesse mudado. Comecei me sentir sufocada naquele lugar e as paredes pareciam crescer ao meu redor. Corri sem rumo, sem saber para qual direção ir, estava desesperada para sair daquele lugar. A voz de Yoongi parecia cada vez mais distante de mim e de repente um medo  enorme começou me consumir. Eu não conseguia gritar por ajuda e não conseguia mais correr. Explodi em lágrimas e desabei na grama gelada. Uma voz sinistra surgiu em minha cabeça dando risada. Coloquei as mãos nos ouvidos e comprimi os olhos, me encolhendo no chão. Quanto mais aquela risada aumentava, mais vontade de chorar eu tinha. Era como se me causasse dor, mas eu não sentia dor nenhuma.

Senti algo nas minhas costas e imediatamente abri os olhos, tentando me esquivar. Era apenas a mão de Yoongi. Assim que o vi, senti um alívio enorme e a voz sumiu, como se nunca tivesse existido. Eu estava no meio do jardim, do lado oposto ao labirinto, não fazia ideia de como eu tinha ido parar lá. O garoto na minha frente me encarava assustado, esperando que eu dissesse algo. Eu comecei chorar de alívio e o abracei forte. Ele retribuiu o abraço e acariciou minha costas, tentando me acalmar.

-S/N, o que aconteceu? - ele perguntou preocupado.

Eu não consegui responder, apenas continuei chorando em seu ombro.

-Tudo bem, vamos entrar e depois você me conta - Yoongi disse e me ajudou levantar.

Assim que levantei, senti uma ardência em minhas pernas e braços. Olhei para baixo e eu estava cheia de cortes e arranhões, sangrando, certamente por causa dos espinhos das roseiras. Yoongi me levou até meu quarto e esperou lá, enquanto eu tomava banho. Demorei um tempo na banheira, encarando meus braços machucados e me perguntando o que havia acontecido. Nada fazia sentido. Yoongi bateu na porta pra ver se estava tudo bem, respondi que sim e então resolvi terminar meu banho. Depois que saí do banheiro, ele foi buscar o kit de primeiros socorros para me ajudar a cuidar dos ferimentos. Sentei na cama e quando ele voltou, sentou-se na minha frente. Ele pegou um pedaço de algodão e pingou um pouco de álcool, em seguida segurou meu braço esquerdo e começou passar com cuidado sobre os ferimentos. A dor me fez lacrimejar.

-Você sumiu por uma hora e meia - ele disse enquanto assoprava os ferimentos para não me causar tanta dor. -Mandei todos os funcionários te procurarem, eu estava desesperado. Pensei que tinha te perdido... - ele disse a última frase mais baixo e fungou. Só então percebi que ele estava com lágrimas nos olhos. - É melhor nunca mais me assustar assim - ele completou e me olhou sorrindo.

Eu não retribuí o sorriso, deixei algumas lágrimas caírem. Ainda estava atordoada com a recente e horrível experiência que tive. O sorriso dele sumiu e ele enxugou meu rosto com as costas da mão.

-Quer que eu traga algo para você comer? - ele perguntou e acariciou meu rosto.

Assenti com a cabeça. Eu não estava afim de sair da minha cama pelo resto do dia. Depois que ele terminou de limpar e enfaixar meus ferimentos, desceu para pegar minha refeição e logo voltou. Fiquei encarando a comida e dei algumas garfadas, sem muita vontade.

-Depois de lavar a louça, eu resolvi ir ao labirinto. Eu pretendia te avisar, mas não te encontrei - comecei a falar e olhei para ele.

-Lavar a louça? Mas você não lavou a louça, S/N - Yoongi disse, parecendo estar confuso.

-Como não? Eu terminei meu café da manhã e fui para a cozinha lavar a louça - respondi, mais confusa que ele.

-S/N, quando eu saí da mesa, apenas fui no meu quarto trocar de roupa e voltei para a sala de jantar, mas você não estava mais lá. Então eu perguntei para uma empregada que estava recolhendo as coisas do café, se ela tinha te visto. Ela disse que viu você passando pela cozinha e saindo pela porta dos fundos, em seguida indo para o jardim - ele fez uma pausa e suspirou. -Eu fui até o jardim e você já havia sumido. Depois de uma hora e meia te procurando, eu estava a ponto de ligar para o Jin. Mas então eu ouvi gritos vindos do lado de fora da casa. Eu corri até o jardim e te encontrei. Você estava toda machucada e encolhida no chão, gritando e chorando. O que aconteceu de verdade?

-Eu... Eu não sei - suspirei e afundei o rosto em minhas mãos. -Minha cabeça 'tá muito confusa. Agora que você disse isso, eu não sei mais o que é verdade e o que não é.

-Esqueça o que eu disse então - ele pegou a bandeja de comida do meu colo e colocou para o lado, em seguida se aproximando e segurando minhas mãos. -Vamos supor que você tenha mesmo lavado a louça e depois ido para o labirinto. O que aconteceu depois? Me conte tudo.

Respirei fundo e assenti, começando lhe contar tudo que eu lembrava. O chafariz, a brisa, o reflexo de alguém, ele me chamando, eu correndo, a voz na minha cabeça. Tudo. Ele suspirou e acariciou minhas mãos, estava com uma expressão preocupada.

-Você consegue me dizer como era a pessoa que você viu no reflexo? - ele perguntou.

-Não tenho certeza, foi muito rápido e a pessoa estava com um capuz preto. Não consegui ver seu rosto...

-Tudo bem, não tem problema - ele sorriu fraco. -Agora vou te deixar descansar um pouco, tente não pensar muito nisso - ele disse e se levantou.

-Espera - eu disse e segurei sua mão. -Fica aqui, por favor...

Ele assentiu e tirou a bandeja de cima da cama, em seguida se deitando ao meu lado. Me aconcheguei perto dele e ele me envolveu em seus braços. Fechei os olhos e respirei fundo, sentindo seu perfume. O único cheiro que consegui identificar foi de eucalipto. Era muito bom. Me fez esquecer a dor e logo eu adormeci. Quando acordei, já estava quase escurecendo. Yoongi estava sentado na poltrona perto da janela, ele sorriu quando percebeu que eu havia acordado. Ele veio até a cama e sentou-se ao meu lado, acariciando meu rosto.

-Cansou de ficar aqui? - perguntei sonolenta.

-Eu tive que sair quando Jin chegou e depois achei que fosse te acordar se voltasse a me deitar - ele sorriu aberto. -Ele disse que eles estiveram na faculdade, não é seguro ir pra lá. E também - ele fez uma pausa e suspirou - eu contei a ele o que aconteceu com você hoje.

-Tudo bem - eu suspirei e me sentei.

-S/N... - ele me olhou com certa tristeza no olhar. -Você vai ter que ir embora.


Notas Finais


É isso!! Espero que tenham gostado e não esqueçam de comentar o que estão achando da fanfic! Críticas construtivas são bem-vindas e nos vemos no próximo capítulo. 💖

P.S: não esqueçam também de dar uma conferida na minha outra fanfic 💖: https://spiritfanfiction.com/historia/just-a-consolation-7440761


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...