História Wish you are gay. (Sycaro) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Carlos Ycaro "Ycro" Gabryel, Rodrigo "Saiko" Ximenes
Personagens Carlos Ycaro "Ycro" Gabryel, Rodrigo "Saiko" Ximenes
Tags @tawan, Ingrid, Isa, Meiaum, Orochi, Sycaro, Tawum
Visualizações 120
Palavras 419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi gatxs

Capítulo 3 - Irreconhecível


Fanfic / Fanfiction Wish you are gay. (Sycaro) - Capítulo 3 - Irreconhecível

Era ele, tinha toda certeza disso, estranhou pelo fato do garoto estar acompanhado com uma garota e de mãos dadas, mas tentou ignorar.

Ycaro se aproximou do balcão e fez o pedido com Rodrigo, pediu dois cafés expressos, ele estava esperando ele reconhece-lo, mas não aconteceu.

— Ele deve tá de brincadeira comigo - Pensou consigo mesmo enquanto entregava a folha com os pedidos anotados para Isa.

Não tinha como não ser ele, Rodrigo não estava enganado, era Ycaro ali, na sua frente, em carne e osso.

— Onde quer sentar, amor? - Diz Ycaro encarando a garota de madeixas coloridas.

"Amor"? Não pode ser... É a namorada de Ycaro. Não sabia o que estava sentindo naquele momento, só queria poder abraçar o garoto e nunca mais soltar, mas não podia ou iria ser chamado de louco.

O tempo que Ycaro estava ali conversando e dando risadas com sua companheira, Rodrigo o observava, em nenhum momento tirou seus olhos dele.

Às vezes até se pegava sorrindo feito um bobo olhando pro outro fazendo brincadeiras com a garota ao seu lado, estava se sentindo um idiota, mas confessa que estava com um pouco de raiva pelo fato de não ser reconhecido pelo outro.

— Oi? - Foi afastado de seus pensamentos por Ycaro lhe chamando.

— Ah, uh? Sim? - Responde nervoso, ele estava tão perto, estava bem ali, na sua frente, mas Saiko não podia fazer nada, não por enquanto. 

— Quanto que deu aqui? 

— O total é de vinte reais - Sua voz estava trêmula e estava pálido.

— Cara, você 'tá bem? Parece que vai é morrer - Diz Ycaro sorrindo, aquele sorriso, não mudou nada.

— Estou bem sim, obrigado pela preocupação - Rodrigo diz cabisbaixo mas logo o olhou de novo ao receber o dinheiro — Obrigado, volte sempre - Aquele volte sempre foi sincero, queria o ver de novo.

— Toma uma água, 'véi, é sério - Ele parecia tão preocupado, estava na cara. 

Foi de volta a mesa onde estava sua namorada e saíram juntos de mãos dadas. Ele estava feliz e isso que importava.

Rodrigo sentia um vazio enorme no seu peito, era uma mistura de sentimentos que não dava pra explicar em palavras, ele só queria ter Ycaro de volta pra si, queria poder passar noites em claro jogando jogos aleatórios online, queria poder desenhar bobagens que significavam muito pra eles, queria poder chutar os portões da escola e estragar namoros como antigamente.

Ele só queria o Ycaro de volta.


Notas Finais


ta pequeno mas o próximo pov é do Ycaro ok? só pra avisar aq kk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...