História Witch and Vampire School - ( Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Drama, Revelaçoes, Romance, Sobrenatural
Visualizações 75
Palavras 1.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Orange, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura🔥 aguardo a opinião de vocês.

Capítulo 10 - We formed a beautiful team


Fanfic / Fanfiction Witch and Vampire School - ( Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 10 - We formed a beautiful team

S.N

Eu não acredito que conseguimos, a maluca loira foi embora, estou tão energizada pelo momento, mas a ficha ainda não caiu. Cheryl deu um leve pulo de alegria e me abraçou, eu retribui o abraço mas ao perceber o que estava fazendo ela me soltou meio sem jeito, acho que é costume de abraçar a Penélope.

- Ainda bem que deu tudo certo. - Jungkook diz.

- Não graças a você. - digo revirando os olhos. Ainda estou irritada pelo que ele fez com meu pescoço, ele parece perceber pois se cala. - Isso foi incrível Cheryl.

- Eu sei, sou a melhor bruxa desse lugar. - diz se gabando. - Se contar a alguém o que aconteceu eu te mato. - diz para mim, mas acho que está falando sobre o abraço.

- Tudo bem.

- Estão bem meninas? - Dominic diz nos abraçando. - Estou orgulhoso de vocês, aquilo foi incrível. Você está bem Penélope?

- Sim. - ela abraça Cheryl. - Isso foi mesmo incrível, formamos um ótimo time.

- Com certeza. - Jeon diz sorrindo nos fazendo sorrir também.

O momento seguinte foi de descontração, apesar de eu ainda não entender nada, gostei de tudo que aconteceu, os alunos aos poucos saem de sala, mais calmos aparentemente, Dominic diz a eles que não aconteceu nada, que foi só um imprevisto rotineiro para aliviar um pouco a tensão. Jeon, Cheryl, Penélope, Dominic e eu fomos direto para a cozinha, acho que depois desse dia cansativo merecemos comer. Dominic coloca sobre a mesa uma torta de frango e um refrigerante. Cheryl escolhe pegar um suco para ela na geladeira. Os momentos seguintes são bem legais, Dominic e Jeon começam a nós contar momentos engraçados ali, e por pequeno instante me sinto em casa, em meio as risadas até esqueço que a algum tempo eu era a odiada que colocou fogo em Cheryl, que para minha surpresa até esta rindo das coisas que eu contava sobre minha antiga escola. Não sinto falta de nada que esteja fora daqueles portões, por mim posso ficar aqui para sempre, algo que Dominic me garantiu que eu posso fazer. Aqui não é bem uma escola, mas sim uma casa, onde há uma enorme família, e nesses últimos minutos eu me senti em casa, e fico feliz de estar aqui, mesmo não entendendo nada. Me apego a pequena esperança de um dia conhecer meu pai, e saber os segredos reais que me cercam.

- Hora de dormir crianças. Amanhã às aulas voltam ao normal.

- O que vamos estudar? - pergunto a Dominic meio confusa.

- O que sempre estudamos aqui. - Penélope diz. - Aperfeiçoar nossos poderes. Vai gostar.

Eu sorrio para ela, não sei bem o que eu sou mais a ideia de Aperfeiçoar o que Cheryl e eu fizemos hoje me alegra e muito.

- Dominic? - um garoto loiro surge na porta, acho que é o Jake. - Está tudo bem?

- Está sim. - ele garante a Jake. - Leve a s.n de volta para sala.

- Eu levo. - interrompe Jeon. - Tenho que falar com ela.

Dominic não se opõem, acho que ele sabe o que Jungkook vai falar. Jake parece frustado mais concorda. Ele olha para Jungkook e posso sentir que há algo estranho com os dois, mas eu não sei bem o que é. Cheryl nos olha com desconfiança enquanto Penélope nos olha preocupada. Eu sorrio para Penélope como se dissesse que tudo vai ficar bem, ela faz um aceno concordando.

Me levanto e sigo Jeon, tenho que praticamente correr para conseguir acompanha-lo. Quando chegamos ao quarto eu simplesmente entro sem dizer nada, na quero quebrar o silêncio.

- Desculpa. - ele diz com a voz baixa.

- Pelo quê?

- Você sabe.

Na verdade não sei não. Não sei se está pedindo desculpas pelo beijo ou pelo meu pescoço.

- Não sei não.

- Eu beijei você e te machuquei.

- Você não machucou só a mim, Cheryl é sua namorada, ela confia em você. Deve pedir perdão a ela também. Ela é uma garota incrível, não merece ser traída por você.

- Eu sei. Isso não vai mais acontecer.

Por um lado fico feliz, mas meu peito fica apertado com aquelas palavras, e eu nem sei bem o motivo.

- Ótimo. - digo olhando em seus olhos.

- Eu já vou indo. Espero que você fique bem.

Ela sai sem dizer mais nada, eu me deito na cama e fico olhando para o teto, não sei o que pensar pois estou completamente perdida, é coisa demais para assimilar. Minha mãe que sempre mentiu para mim, uma família de hereges que quer me matar, meu pai que está vivo porém não faço a menor ideia de quem seja, Jeon que me beijou, os poderes que eu descobri que tenho, é muita coisa mesmo. Será que um dia vou conseguir encontrar meu pai? Ele pode responder todas as minhas perguntas, as dúvidas que durante muito tempo eu carreguei. Posso até descobrir porque minha mãe me odeia tanto.

- Não acredito que disse isso. - a voz de Cheryl interrompe meus pensamentos.

Será que ela ouviu minha conversa com Jungkook?

- Do que está falando?

- Ouvi sua conversa com ele, eu estava no corredor.

- Desculpa, isso foi algo que não deveria ter acontecido. Não vai mais acontecer eu juro. - eu a encaro, mas não parece irritada mas sim..… surpresa.

- Acha mesmo que eu sou uma pessoa incrível? - ela pergunta enquanto senta na cama ao meu lado. - Porque? Eu sempre te tratei mal.

- Mas isso não significa que você merece ser traída, sei que fez tudo por ciúmes.

- Sim, mas não dele. - nesse momento ela faz uma pausa, e eu me sinto confusa. - Eu sempre soube que o Jungkook me traia, o que temos não é sério, é um relacionamento aberto, estava com ciúmes da minha irmã.

- Porque?!

- Desde de que você apareceu ela começou a andar com você, quase não falava comigo porque estava irritada com a forma como eu agia com você, nem me ajudou a me arrumar para ir a festa, isso me fez detestar ainda mais você.

- Não era isso que eu queria. Eu…

- Eu sei. - diz interrompendo. - Você agiu de uma forma tão diferente hoje, me fez sentir culpada, eu espero que possamos ser amigas.

- Talvez. - digo. - Mas só se me ajudar a comprar umas roupas novas.

- Pode deixar. - diz me abraçando.

Talvez eu a tenha julgado mal, Cheryl parece mesmo ser muito dependente da irmã, e realmente nesses últimos dias ela só andou comigo, as duas até discutiram um pouco por minha causa, e não é isso que eu quero, separa-las.

Cheryl começa a me falar sobre ela, metade das coisas Penélope já havia me contado, mas eu ouço mesmo assim pois ela está bem empolgada. Ela também conta das coisas que as bruxas fazem, de como o relacionamento com Jungkook lhe trouxe benefícios e sobre Jake, o cara que ela está gostando, eu jamais imaginei que ela fosse olhar para um cara como ele, ele é muito bonito sim mas, não faz nem um pouco o tipo dela. Por fim ela acaba ficando com sono e eu também, falamos boa noite uma a outra e finalmente vamos dormir. Depois desse dia longo só quero descansar.


Notas Finais


Será que temos uma nova amizade?🔥 Espero vocês no próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...