1. Spirit Fanfics >
  2. Without Me - Yoonmin >
  3. 56

História Without Me - Yoonmin - Capítulo 58


Escrita por:


Notas do Autor


Oii minhas pequenas Butterflies 🦋✨
Esse é o último capítulo da fanfic, escrevi com muito amor💜💜

Capítulo 58 - 56


Fanfic / Fanfiction Without Me - Yoonmin - Capítulo 58 - 56

•⊰ Autora ⊱•

Um ano avia se passado, a carreira de músico de Jimin avia decolado, por enquanto, todos os shows eram apenas na Coréia. E em todas as viagens para outras cidades, Yoongi o acompanhava dando apóio e é claro, muito amor.

Yoongi também cresceu como músico, ele lançou sua primeira mixtape e foi um sucesso, muitas pessoas se encantam com a voz do Min.

Yoongi estava fazendo seu primeiro álbum, e por coincidência Yoon consegui entrar na mesma empresa que Jimin.

Tudo estava perfeito para os garotos, eles estavam economizando dinheiro para comprarem uma casa para eles e finalmente morarem juntos.

Suas mães até perguntaram se não era muito cedo para eles morarem juntos, afinal eles só estão juntos oficialmente a um ano. Mas os garotos afirmaram que estavam decididos de sua escolha e que seria bom para eles.

Senhorita Eunmi ficou apreensiva, afinal seu filho único estava prestes a sair de casa, construindo sua vida ao lado de seu amado. Mas Yoongi a garantiu que estava bem com tudo e que ela não precisava se preocupar.

Yoongi finalmente se sente bem por completo. Ele se sentia finalmente livre de seu passado, coisa que não é muito fácil de se esquecer ou "livrar", mas ele tinha sua mãe, Soyi e seu amado ao seu lado para o apoiar e o ajudar em qualquer dificuldade.

Yoongi saiu mais cedo do trabalho para poder fazer uma surpresa para o Park, tudo estava sendo planejado com cuidado a um tempo para tudo sair perfeitamente.

Yoongi foi até a casa de sua mãe para trocar de roupa. E pegar sua mala.

•••

Estava tudo pronto, Yoongi falou que levaria Jimin para um lugar lindo, Yoon não deu muitas informações sobre, e pediu para o Park o esperar em sua casa.

Yoongi entrou no seu carro e dirigiu até o apartamento dos Park's pela segunda vez naquela dia. Ao chegar na frente do não tão grande edifício, o Min mandou uma mensagem para o Park o avisando que já estava na frente do edifício.

Jimin pegou seu casaco e desceu as pressas.

Não demorou muito Jimin já tinha avistado o carro do amado. Jimin foi até o mesmo e entrou no carro.

- saiu mais cedo hoje - disse o Park logo selando seus lábios nos de Yoongi - aconteceu algo?

- eu tinha que fazer umas coisas, então sai mais cedo - disse sem dar muitos detalhes.

- então, vai me contar onde vamos?

- bom - Yoon riu - isso você só vai saber quando chegarmos.

- Ah Yoon, sabe que eu fico curioso com isso... - o Park disse cruzando os braços.

- vamos demorar um pouquinho para chegarmos - Yoon deu a partida no carro e dirigiu até a rodoviária.

Os minutos foram passando e Jimin estava quase dormindo no banco do passageiro.

- está me levando para outra cidade é? - Jimin perguntou rindo - vai demorar muito ainda?

- estamos quase chegando - Yoongi disse, ele entrou em uma estrada de chão.

- está me levando para o meio do nada? - Jimin perguntou novamente.

- você faz muitas perguntas - Yoongi pegou a mão de Jimin e a beijou. Yoongi tirou de seu bolso uma bandana e entregou para Jimin - cubra seus olhos com ela.

- ah Yoon... Mais suspense?

- tenha calma, Querido - Yoongi riu - eu tenho certeza que você vai gostar!

Então Jimin pegou a bandana e cobriu seus olhos, fazendo que ele não vesse absulutamente nada.

- não vale olhar! - Yoongi falou.

- eu não vou - Jimin segurou na mão de Yoongi as entrelaçando.

Se passaram mais alguns minutinhos e Yoon estacionou o carro.

- chegamos - Yoongi falou - não tire a bandana de seus olhos.

Yoongi saiu do carro e deu a volta no mesmo, ele abriu a porta do passageiro e pegou na mão de Jimin.

Yoongi segurou na mão de Jimin e na cintura do mesmo, o ajudando a andar, impedindo que ele tropece e caia.

- pronto? - Jimin concordou. Yoongi tirou a bandana dos olhos de Jimin o mostrando uma casa rústica com várias árvores em sua volta.

- Yoon... - Jimin sussurou maravilhado.

- eu aluguei para nós passarmos o fim de semana aqui, gostou?

- eu amei! - Jimin virou para o mais velho e o abraçou - mas e nossas roupas?

- não se preocupe, eu pensei em tudo - Yoon riu - sua mãe me ajudou a escolher suas roupas.

- vamos entrar então? - Jimin perguntou animado.

- vamos sim - Yoongi riu com a animação do namorado.

Yoongi entregou a chave para o Park, que sorriu animado, ele subiu os degraus da casa e foi até a porta destrancando a mesma.

Ao entrarem no hall eles acenderam a luz e puderem ver uma janela bem grande com vista as árvores e um estradinha pequena para caminhadas. Tinha um tapete em frente para o sofá e atrás um espelho redondo.

- para uma casa rústica é bem bonita - Jimin comentou.

- eu vou pegar as malas no porta malas do carro, conheça a casa - Yoongi beijou os lábios de Jimin e foi até o carro.

Jimin continuou seu Tour pela casa, ele andou e deu de cara com a sala de estar, as paredes eram de madeira dando um charme para a sala, as cortinas eram brancas, o sofá tomava conta de toda a parede e na parede de frente para o sofá tinha uma grande tv e prateleiras ao seu lado com plantas dando o toque final.

Jimin olhou o resto da casa e ficou impressionado com tamanha beleza da casa.

Jimin subiu as escadas e entrou em um no quarto, ele viu Yoongi colando as malas no colchão.

- Yoon isso é tudo muito lindo!! - exclamou Jimin animado olhando o quarto.

- que bom que gostou meu amor - Yoongi respondeu com um sorriso no rosto.

Jimin foi até o Min e o abraçou, o Park deixou um beijo demorado nos lábios do mais velho.

- eu vou preparar o nosso jantar - Yoon soltou o Park e foi para cozinha, Jimin andou atrás do mais velho.

- eu o ajudo - Jimin foi até a pia para lavar suas mãos para poder pegar nos alimentos.

- nem pensar! - Yoon empurrou Jimin para fora da cozinha - eu irei preparar o jantar e você não vai chegar nem perto da cozinha!

- mas-

- sem "mas" - Yoon o interrompeu - vai procurar algo para fazer - o Min beijou os lábios do loiro e fechou a porta que tinha na cozinha.

- hum! - Jimin resmungou e foi para outro lugar para procurar algo para fazer.

A casa não era muito grande e nem muito pequena. Jimin subiu as escadas para ver o segundo andar novamente, ele andou pelos outros cômodos, haviam três quartos e o mais grande estavam as malas, era ali que eles ficaram.

Jimin foi até sua mala e pegou sua toalha e foi para o banheiro que avia no quarto, ele era transparente dando para ver o quarto. O Park tirou suas roupas e entrou no banheiro tomando um banho rápido.

Quando o Park saiu ele vestiu sua camiseta branca e sua calça de moletom cinza.

O Park começou a explorar o andar de  cima, já que ele apenas viu os quartos.

Jimin entrou em uma sala, era parecida com a sala de estar no andar de baixo, mas era maior e tinha uma varanda. O Park foi até a varanda rústica e admirou a vista, dava para ver um campo de lírios logo mais adiante da casa, o céu estrelado enfeitava aquele lindo lugar.

Jimin ficou tanto tempo admirando aquele vista que nem percebeu seu namorado entrar na varanda. O Park levou leve susto ao sentir os braços do seu amado rodear sua cintura.

- o jantar está pronto, meu amor - Yoongi beijou o ombro do Park.

- você está tão romântico - Jimin se virou ficando de frente para Yoon - eu amo isso - o Park selou seus lábios nos do Min um beijo lento.

- vamos antes que a comida esfrie - Yoongi pegou na mão de Jimin e o levou até o andar de baixo.

Yoongi levou Jimin até o jardim dos fundos, onde avia uma mesa de madeira com uma toalha branca, a mesa estava farta de comidas das mais diversas. Avia diversas flores ao redor do Jardim deixando o local mais romântico.

- achei que um jantar em um jardim, a luz de velas, com as estrelas enfeitando o céu seria um belo jantar romântico. Você Gostou?

- gostar não é a palavra certa para isso - Jimin sorriu - eu amei!

- vem, vamos comer - Yoongi e Jimin foram até a mesa.

- você fez tudo isso sozinho? - perguntou Jimin admirando a variedade de comidas.

- uhm - Yoon concordou.

Os dois se deliciaram da comida feita por Yoongi. Mas Jimin percebeu que algo estava incomodando o Min.

- Yoon, está tudo bem? Você parece tenso...

Yoongi respirou fundo e se levantou, ele ficou ao lado de Jimin.

- eu consigo - Yoon sussurrou para si mesmo - Meu amor, há tanta coisa que eu gostaria de te dizer... Tanta coisa novas estão acontecendo em nossas vidas, tanta coisa está nos guiando nesses últimos tempos, não é mesmo? - Yoongi olhou para as órbitas castanhos dos olhos do Park - Mas eu só posso dizer que você é o meu grande amor e que enfrentar a vida fica mais fácil quando estamos ao lado um do outro. Passamos por tanta coisa juntos, muitas pessoas desistiram de mim, mas você sempre esteve comigo, nos meus surtos, nos meus momentos tristes e nos momentos felizes. Você foi o único que esteve ao meu lado mesmo sabendo do meu passado, mesmo sabendo que eu não sou puro, que eu sou difícil de entender - Jimin pegou na mão de Yoongi - você me fez acreditar que no mundo ainda existem pessoas amáveis.

Jimin estava emocionado com a sinceridade do Min. Yoon sempre esteve sozinho antes do Park. O loiro mudou a vida de Yoongi.

- Se eu vivo, meu bem, é porque tenho você... - Yoon concluiu - A verdade é que eu só consigo imaginar a minha vida ao seu lado, imagino nós dois ficando velhinhos lado a lado, imagino a gente enfrentando juntos todos os problemas. Imagino que seremos muito mais felizes quando juntos. Então eu te pergunto: O que você acha de passar a vida ao meu lado e me chamar de marido? - Yoongi se ajoelhou e abriu a caixa vermelha de veludo revelando duas alianças douradas.

- Yoon... - Jimin se levantou e colocou suas mãos na boca desacreditado no que estava acontecendo. Seus olhos começaram a lacrimejar.

Jimin não sabia como responder o pedido de Yoongi, Jimin estava sem palavras para o pedido tão bonito.

Jimin se ajoelhou na grama de frente para Yoongi e o abraçou forte.

- e-eu quero - Jimin destruiu beijos no rosto do Min - eu te amo mais que tudo - segurei seu rosto - eu quero passar a eternidade ao seu lado.

Jimin se aproximou do mais velho e deixou um selar demorado em seus lábios as mãos de Yoongi foram ao encontro da cintura de Jimin, o puxando para mais perto de seu corpo aprofundando o beijo, sua lingua entra na minha cavidade bucal e começa a "dançar" num ritmo sincronizado com a de Jimin. Quando o ar se fez ausente Jimin se separou e  juntou suas testas.

Yoon segurou a mão de Jimin e colocou a aliança logo levou a pequena mão até seus lábios deixando um beijo singelo.

- eu te amo, te amo até o infinito! - Yoongi falou olhando para os olhos do Park.

- eu te amo muito Yoon - Jimin colocou sua cabeça no ombro de Yoongi.

•••

Alguns meses se passaram, o dia do casamento chegou. Yoongi estava junto a Hoseok, Xiumin e sua mãe.

- e aí como estou? - Yoongi perguntou para seus amigos e sua mãe.

- filho, Você está perfeito! - Eunmi disse abraçando o filho - você está parecendo seu pai quando era mais jovem... - a mulher secou suas lágrimas.

- a senhora também está linda mamãe...

- acho que vou chorar também... - disse Xiumin se apoiando no Hoseok.

- bobo - disse Yoongi e secou as lágrimas que caíram.

- sei bem como se sente, Yoon - Hoseok disse - essa emoções, o frio na barriga... Foi exatamente assim comigo, vai por mim, você ainda vai chorar lá no altar - Hoseok riu.

- vamos Yoon, você entra antes - disse Eunmi levando seu filho até a cerimônia.

- Xiumin, vai chamar Jimin - disse Hoseok indo junto com Yoongi.

- sobrou para mim... - Xiumin saiu da casa dos Min's e entrou no seu carro indo em direção a casa dos Park's.

•••

Jimin estava nervoso e não parava de se olhar no espelho. Taehyung estava junto com o Park.

- Tae eu estou muito nervoso! - disse Jimin se olhando no espelho vendo se sua maquiagem estava boa - Seyoon, você acha que eu estou bonito?

A pequeno garoto de apenas dois aninhos apenas abriu os bracinhos para que Jimin a pega-se no colo.

Kim Seyoon é filho de Taehyung e Hoseok. O garoto se acostumou muito com os novos pais, o garoto tinha tantas características do Kim quanto do Jung. Eles contrataram uma barriga de aluguel para que o pequeno Kim nascesse.

- pelos céus, vocês estão tão lindos, vou pegar vocês dois e vou colocar em um potinho e a guardar dentro de um cofre para proteger vocês de todo o mal - disse Taehyung. Logo a bebê estendeu os bracinhos para Tae a pegar no colo e o mesmo a pegou - como está se sentindo? Aliás, Você está maravilhoso - disse sorrindo sincero.

- Tae eu estou nervoso...

- meu bem, você esta ótimo - disse a senhora Soyi sorrindo - meu filhinho cresceu tão rápido - ela disse secando as lágrimas que insistiam em cair.

- mamãe não chore... - o Park se levantou e foi até a mais velha a abraçando - assim eu também vou chorar...

- Seyoon não mexa ai! - o Kim foi até o pequeno garoto que estava mexendo nas coisas da maquiadora. Jimin e a senhora Park riram.

- e Yoongi? Ele esta bonito? Ele esta animado para o nosso casamento?? - disse o mais novo curioso - eu não o vejo desde ontem a tarde.

- meu querido, seu noivo esta mais que lindo, esta divo! - Taehyung falou - ele está muito ansioso, ele até queria ver você agora. Mais daí eu falei que não pode, que só pode te ver na hora da cerimônia.

- estão prontos? - disse Xiumin entrando - Jimin do céu, você está maravilhoso. Você vai é casar comigo! - o amigo de Yoon riu junto aos outros que estavam presentes - e vocês estão muito bonitos também - disse se referindo ao Taehyung e seu filho e a mãe do Park.

Xiumin começou a ser um grande amigo não só do Min mas de Jimin também.

- vem está na hora - disse Taehyung entrando junto com seu filho.

Jimin estava nervoso, a festa era apenas para os amigos e familiares mais próximos.

O Park mais novo enganchou seu braço em sua mãe e foram até a cerimônia onde Yoongi ja estava a esperar.

Jimin insistiu em fazer uma cerimônia e não apenas a festa, eles assinariam os papéis ali mesmo.

A brisa estava ótima, a música no violino estava maravilhosa os enfeites estavam tudo no lugar. Mas nada superava Jimin no terno branco, os cabelos agora rosas bagunçados por conta da brisa.

Soyi entregou o mais novo para Yoongi e foi para seu lugar. O casamenteiro falou varias coisas, até que chegou a hora mais fofa do casamento, Kim Taehyung segurando a mãozinha do pequeno Seyoon enquanto o pequeno segurava uma almofadinha com as alianças em cima. O garotinho dava passos curtos.

Jimin insistiu para que Taehyung deixasse seu filho trazer as alianças e como melhor amigo, Taehyung não negou.

Todos olhavam para aquela cena maravilhosa, Jimin estava emocionado vendo seu "sobrinho" trazer as alianças. Jimin considerava Taehyung como parte de sua família e o pequeno Seyoon não ficava de fora, o garoto era mimado pelo Park e por Yoongi. E é claro que Jung não ficava de fora, Jimin considerava Hoseok como seu cunhado.

- Min Yoongi - disse o casamenteiro - você aceita Park Jimin como seu legítimo esposo, na saúde na doença, na alegria na tristeza, na riqueza e na pobreza?

- aceito - o mais velho pegou a aliança dourada e colocou no dedo do Park.

- Park Jimin, você  aceita Min Yoongi como seu legítimo esposo, na saúde na doença, na alegria na tristeza, na riqueza na pobreza?

- eu aceito - o de cabelos rosas pegou a aliança e colocou no dedo do amado - para todo o sempre - sorriu.

- pode beijar o noivo - Jimin não esperou nem um minuto e beijou seu marido e todos aplaudiram.

•••

A festa foi maravilhosa, todos os convidados se divertiram dançaram, cantam, pularam. Tudo estava maravilhoso na festa.

- nossos filhos ficam tão belos juntos - disse Soyi vendo seu filho e Yoongi juntinhos com uma taça de vinho conversando com seus amigos.

- eles ficam sim - Eunmi sorriu - oh, olha é a hora da valsa.

Jimin e Yoongi ficando no meio do salão, e assim que a música começou a tocar, eles começaram a valsar.

- está nervoso - Jimin falou ao colocar suas mãos no ombro do marido e sentir que o Min estava mais "rígido".

- tem muitas pessoas aqui - Yoon olhou envolta enquanto dançava com o Park.

- ei - Jimin o chamou fazendo que o Min o olhasse - esqueça eles, somos apenas eu e você - Jimin colou mais seus corpos.

Yoongi respirou fundo e relaxou, ele olhou apenas para aqueles olhos castanhos e aquele sorriso angelical. Yoon se perdeu naquelas órbitas castanhas se esquecendo de tudo a sua volta.

- você é perfeito! - Yoongi sussurou.

- você é Maravilhoso! - Jimin sorriu.

E assim eles valsaram até a música parar, logo os convidados foram para o meio do salão e dançaram junto aos noivos.

•••

Eles entraram em sua própria casa pela primeira vez, e era exatamente como eles queriam. A casa já estava com todos os móveis em seus devidos lugares. Apenas as roupas e objetos pequenos como porta retratos, tapetes, roupas e etc, estavam na casa de suas mães e outra quantia empacotada deixada no cantinho da sala.

- é do jeitinho que imaginei - Jimin disse olhando para a cada nova - esse é o nosso lar, finalmente nossa própria casa!

Yoongi foi até o Park e o abraçou por trás.

- nossa casa, onde viveremos felizes! - Yoon beijou o pescoço do Min.

Jimin aproveitou os selares em seu pescoço, mas logo se virou ficando de frente para Yoongi.

Jimin selou seus lábios nos de Yoongi, um beijo calmo e intenso deixando claro todo o desejo que Jimin tinha.

O de cabelos azuis segurou a cintura de Jimin com força e o puxou para mais perto do seu corpo, fazendo o Park soltar um arfar entre o beijo.

Jimin rodeou o pescoço do Min com seus braços e cruzou suas pernas na cintura do Min.

- vamos para o quarto - Jimin falou  - quero que nossa primeira noite de casados seja romântica... - Jimin se aproximou do ouvido do Min e sussurou: - mas as próximas eu quero fazer em cada cômodo da casa - Jimin mordeu o lóbulo da orelha do Min o fazendo arrepiar.

Yoongi juntou seus lábios nos de Jimin em um beijo quente e lento.

- você parece um pervertido falando assim - Yoon disse indo até as escadas de sua casa, subindo cada degrau devagar para não derrubar o Park.

- o pervertido que você ama - Jimin deixava chupões pelo pescoço do Min.

Ao entrar no quarto Yoongi encostou Jimin na parede, ainda com o rosado no colo. Jimin sem exitar juntou os lábios no do mais velho em um beijo afoito. Quando o ar se fez necessário os dois quebraram o ósculo. Yoongi foi beijando até o pescoço do Park, maltratando o mesmo, deixando beijos molhados e chupões que ficariam marcas no dia seguinte.

Yoongi desceu suas mãos para o bumbum de Jimin o apertando, o Park soltava arfares e gemidos.

Jimin desceu do colo de Yoongi, mas o Min continuou a deixar o Park encurralado na parede do quarto.

- ahmm - Jimin gemeu ao sentir a perna do mais velho rossar em seu membro.

- gosta disso?- o mais velho pressionou mais ouvindo mais um gemido.

Jimin começou outro beijo segurando a nuca do Min e puxando os fios de cabelo do mesmo. Yoongi pegou o marido em seu colo, sem quebrar o ósculo, e deitou o corpo do mais novo na cama. O Park estava sedento as toques do Min, estava sensível aos toques do mais velho.

- eu preciso de você, Yoonie - disse Jimin completamente sedento e necessitado.

Yoongi tirou o terno que Jimin e sua boxer o deixando totalmente exposto para si. O Min tirou sua própria roupa, se deixando totalmente exposto para o pequeno que estava em baixo de si.

Jimin levou suas mãozinhas delicadas até o rosto do marido, as descendo por todo o corpo até parar na cintura do mesmo. O mais velho apenas fechou os olhos e jogou sua cabeça para trás, sentindo as mãos delicadas escorregarem por seu corpo, o deixando mais quente, como se estivesse em chamas. Jimin levou uma de suas mãos até o membro do Min, deixando sua mão ir da glândula até o talo, fazendo movimentos lentos e tortuosos. Jimin foi aumentando a velocidade, Yoon fez o mesmo com Jimin, os dois estavam perto do seu ápice quando se desfizeram um na mão do outro com gemidos altos.

- podemos tentar uma posição nova? - Jimin perguntou rente ao ouvido do amado.

- claro que podemos, qual vai ser? - Yoon perguntou curioso.

Jimin engatinhou até a borda da cama e ficou de quatro olhando para o grande espelho que ficava de frente para cama.

- entendi - Yoongi sorriu e foi até o Park. Yoongi deixou selares pelas costas de Jimin deixando o Park arrepiado.

O Min lubrificou a entrada do marido para não o machucar tanto. Ele posicionou seu membro na entrada do Park. Ele começou a entrar no mais novo, Jimin sentia aquela dor em sua intimidade, cada vez que o Min se enterrava mais, Jimin mordia seus lábios, se impedindo de gritar, as lágrimas cortava suas bochechas rosadas. Quando Yoon se pôs totalmente dentro de Jimin, ele deu um tempo para o pequeno se acostumar. Depois de um tempinho o maior começou a se movimentar dentro do pequeno, Jimin começou a sentir aquela sensação maravilhosa, na opinião do Park, quando o Yoon percebeu que o seu amado ja estava confortável e não sentia mais dor, o Yoon começou a ir mais fundo e rápido.

- awm Y-yoon - Jimin gemeu.

A cama de casal batia na parede no ritmo das estocadas, seus corpos se chocavam fazendo barulhos obscenos e excitantes.

Jimin olhava pelo espelho vendo seu marido entrar e sair dentro de si, Yoongi estava de olhos fechados apenas sentindo o prazer de estar dentro do mais novo.

O Min pegou o membro do marido que estava esquecido e começou uma masturbação no ritmo das estocadas. Fazendo o mais novo delirar de prazer.

Jimin sentiu seu clímax em um jato sujando a mão do marido. O Min continuou a estocar até sentir seu clímax em um jato dentro do marido.

- o que acha... De tomarmos um banho? - o Yoon disse com a respiração ofegante.

- mas... Eu também quero ser o ativo! - Yoongi saiu de dentro do Park causando um gemido arrastado dos dois.

Jimin empurrou o Min e se sentou encima do membro de Yoon.

- nós não iremos dormir tão cedo hoje, querido - disse Jimin colocando seus dedos na intimidade de Yoongi.

- a-awm Jiminie... - Yoon gemeu assin que Jimin começou a movimentar os seus dedos no seu interior.

- estou ficando excitado só com os seus gemidos... - Jimin falou ao ver seu membro ereto.

Yoon empurrou Jimin na cama para que o mais novo deitasse. Yoongi encaixou o membro de Jimin sobre sua entrada e foi descendo mordendo os lábios evitando um gemido de dor.

As mãos de Jimin foram até a cintura de Yoon a segurando com força. Yoongi começou a de movimentar encima de Jimin subindo e descendo rápido. As mãos de Yoongi estavam sobre o peito de Jimin. O rosado estava com seus lábios entre abertos soltando gemidos roucos, seus cabelos estavam grudados em sua testa e o suor saia de seu corpo.

Yoongi não estava diferente, os cabelos azuis grudados em sua testa, seus lábios abertos sem se importar de soltar seus gemidos.

- J-jimin awm... - Yoongi jogou sua cabeça para trás ao sentir uma onda de prazer o consumir.

Jimin segurou a cintura e o derrubou na cama, Jimin ficou por cima e começou a estocar lentamente naquele pontinho em específico.

Yoongi e Jimin chegaram ao ápice juntos, Jimin estocou lentamente em Yoon proporcionando um prazer inexplicável.

- Jiminie - Yoon gemeu ao sentir um beijo em sua clavicula.

- está tão... sensível... - Jimin deitou ao seu lado.

- você... é carinhoso - Yoongi disse ofegante.

- e você é mais... Selvagem na cama - Jimin riu.

- vamos tomar um banho?

- sabe... Sempre quis transar em uma banheira - disse Jimin rindo.

- vejo que você não se cansa tão fácil...

- é nossa noite de núpcias - Jimin ficou por cima de Yoon - temos que comemorar ao máximo.

Os dois foram para o banheiro, ao encher a banheira Jimin fez questão de se exibir para o Min quando se sentava sobre seu colo.

- já esta excitado? - Jimin riu.

- você me deixou assim! - Yoon puxou Jimin para mais um beijo.

•⊰ Park Jimin ⊱•

Os anos passaram, para ser  bem específico, se passaram quatro anos.

Eu e Yoon estamos felizes, minha carreira como cantor bombou, sou muito conhecido, e Yoongi também cresceu como profissional. Ele virou produtor, mas ainda faz algumas músicas.

Eu estou no jardim sentado na grama refletindo sobre esses anos todos ao lado de Yoongi.

- Querido? - Yoon me chamou se deitando ao meu lado na grama - no que tanto pensa?

- Yoonie - sorri - só estava refletindo sobre esses últimos anos junto com você.

- espero que seja pensamentos bons - ele riu, eu me deitei na grama também e ficamos admirando a beleza do céu.

- esses anos ao seu lado foram os melhores de toda minha vida! - disse e ele riu baixinho.

- também acho que foram os melhores!

- Appa's - o pequeno Min Yunho que tem seus quatro aninhos nós chamou - Yunho está sozinho!

Yoon me soltou e se sentou na grama e pegou o pequeno garoto no colo.

Eu e Yoon decidimos aumentar nossa família e contratamos uma barriga de aluguel, assim com Taehyung fez, e então nasceu o pequeno Yunho. Ele tem traços tanto meus quanto de Yoongi.

- vamos fazer companhia para Yunho então - disse Yoongi - e então Yunho, o que você acha de brincarmos?

- está escuro, Yunho não gosta da noite!

- mas para isso existem as estrelas e a lua meu pequeno - ri - as estrelas iluminam o nosso caminho.

Yunho ficou entre a mim e Yoongi, o pequeno Min segurou nossas mãos e se deitou no gramado.

- appa, vamos dormir aqui fora? - o pequeno perguntou - só nós três?

Eu acariciei os cabelos longos de Yunho, ele odiava cortar o cabelo.

- é uma boa idéia acampamos no jardim! - eu falei e Yoongi concordou.

- Sério appa?? - ele perguntou animado e eu concordei - vocês são os melhores appa's do mundo!!!

- acho que nós temos uma barraca lá encima do guarda-roupa - Yoon falou - Yunho ajuda o appa?

O garoto se levantou animado e concordou.

- Yunho não pode esquecer o kumamon! - ele falou - eu amo vocês, Appa's - o pequeno esticou seus bracinhos e me abraçou junto a Yoongi.

- amamos você também, pequeno Mochi - falei beijando a testa do pequeno garoto.

- eu amo vocês dois -  Yoon beijou a testa de Yunho e aos lábios meu lábios em um rápido selinho.

•⊰ Autora ⊱•

E assim essa história acaba, Min Yoongi superou a escuridão que um dia não deixava ele viver.

Yoongi e Jimin construíram uma família feliz, o pequeno Yunho cresceu cercado de amor de seus pais e virou melhor amigo do filho de Taehyung, Seyoon. Os garotos eram inseparáveis e seus pais achavam essa amizade maravilhosa.

Soyi e Eunmi eram melhores amigas, sempre tomavam chá uma na casa da outra como grandes amigas.

Jaewoo voltou para Gimhae para sua namorada e para seu futuro filho. O Jung se desculpou com todos que avia machucado no passado, claro, nem todos o desculparam, mas ele estava se sentindo mais leve, um novo homem por ter se desculpado com todos.

Todos os momentos ruins foram esquecidos, dando espaço para os momentos bons. Yoon deixou seu passado no esquecimento e deu espaço para momentos felizes com seu Amado marido e seu pequeno filho.

Minha pequena butterfly, Somente em você há uma força gigantesca para vencer.

Existe uma constelação aí dentro, uma constelação composta de dores, amores, derrotas e vitórias. Busque o que há de melhor dentro de você e viva intensamente, sem se importar com opiniões alheias. 

Voe para dentro de si, procure seu dom, procure seu eu verdadeiro. Para todos os lugares que você for, que haja forças para continuar. 

Fim...


Notas Finais


Infelizmente o fim...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...