História Wolves Vs Vampires-NCT2018 - Capítulo 4


Escrita por: e anac59631

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Doil, Jaeyong, Johnten, Kunsung, Lobos, Luwoo, Markchan, Nct 2018, Nct Dream, Nct Ot18, Nct U, Nct127, Nomin, Renle, Romance, Vampiros, Yaoi, Yuwin
Visualizações 45
Palavras 1.348
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry a demora HAHA
Mais não demora tanto assim ^^ (Acho)
Só que todo autor tem sua vida, estudos né
Complicado
Queria que vocês leitores fantasmas, não fossem mais fantasmas, se comuniquem com nós please Sz

Fiquem com mais um cap quentinho :3

Capítulo 4 - The Beginning Part.4


Fanfic / Fanfiction Wolves Vs Vampires-NCT2018 - Capítulo 4 - The Beginning Part.4

E assim foi, nasci na Tailândia, depois de um tempo, fui para Coreia, junto com a minha família, e a alcatéia, tínhamos ido por causa de um certo caçador na região, e o alfa não queria que acontecesse nada com todos nós, fomos quando eu era criança, não posso falar quando era pequeno por que isso não mudou muito. 

Eu era um lobo, muito inocente, é um pouco medroso, por causa de meu tamanho, quando eu vi os outros lobos de nossa alcatéia eu sempre ficava de lado, pois eles eram todos grandes e fortes, até o mais novo, sempre era o excluído, nunca queria participar de nada, por que sabia que sempre iria perde. 

Um certo dia, quando estava acontecendo um tipo de jogos, para ver quais das crianças seriam capazes de ter sua própria alcatéia, ou seria um alfa um dia. 

Eu realmente não queria participar, falei para meus pais que iria, mais não fui, caminhei para na floresta, encontrando um rio, fiquei sentado em uma pedra úmida que ficava na beira.

tinha ido muito longe, assim ninguém poderia me encontrar e me deixariam em paz, até que ouvi uma voz, de um menino, nunca tinha ouvido ela antes, resolvi ir ver, e ouvir mais, era uma criança, igual a mim, quase da mesma idade, só que maior, óbvio, fiquei observando ele, observando a beleza, o sorriso, tudo naquele menino.

Depois daquele dia, eu fiquei indo todos os dias observa-lo, mais...o que eu não esperava, era que ele era um vampiro, sim, nossos inimigos, mais isso não me impedia.

Dias se passaram, semanas, o menino me viu, fiquei com medo, pois não sabia ao certo o que ele podia fazer, ele me chamou, viu que eu era um lobo, não ligou também, começamos uma bela amizade, que poderia acabar mal, mais não pensávamos nisso, o que importa era que agora eu tinha um amigo, brincávamos todos os dias escondidos de nossos pais.

Não esperava que, comecei a gostar dele, só que não era gostar só na amizade, era um sentimento sem palavras, não sabia se ele sentia o mesmo por mim, só sei que queria ele ao meu lado sempre.

Quando voltei para casa, meus pais estavam com o alfa, e o filho do alfa, fiquei na dúvida, e o por que eles estariam ali.

Mãe- Filho, me fala que é mentira.

Ten- O que houve mãe? 

Pai- Você está se encontrando com um vampiro, ainda pior, brincando com ele!? 

Ten- Mais pai... 

Pai- Mais nada. 

Olhei para o filho do alfa, estava com uma cara de sinico, e falso, sim, foi ele que dedurou, ele viu, tinha começado a me seguir uns dias atrás, e foi logo correndo falar para o seu pai 

Ten- Me desculpe, não vai acontecer de novo. 

Alfa- E não vai mesmo, por que você não faz mais parte dessa alcateia.

Ten- Mãe, pai, vocês não vão fazer nada? 

Mãe- Me desculpe filho, mais as regras são assim. 

Alfa- Amanhã de manhã quero você fora daqui, e não adianta ir para aquele seu amiguinho, talvez até hoje de noite ele não vai estar mais lá. 

Entrei em desespero, comecei a chorar, o que seria de mim agora? Para onde devia ir? Nunca mais veria meu amigo de novo? 

Quando tentei fugir, meus pais me seguraram e me perderam no meu quarto, seria solto logo de manhã, mais será tarde demais.

Tentei dormir, mais não consegui, fiquei acordado a noite inteira, quando abriram para mim, minhas coisas já estavam arrumadas, e teria que ir naquele momento por que se não coisas terríveis aconteceriam comigo, é claro que fui direto para casa do meu amigo, da única pessoa que me apaixonei de verdade, não tinha ninguém mais, estava tudo destruído, novamente cai em lágrimas, e sai daquele lugar imediatamente.

Cresci sozinho naquela floresta, tive que aprender as coisas sozinho, tudo. 

Um dia, estava andando, e encontrei um tipo de colégio, ou uma casa, decidi tocar aquela campainha velha, e foi assim que encontrei meu novo lar.

Esse sou eu Ten Chittapon de 22 anos, nasci no dia 27 de fevereiro, sou uma pessoa tímida e medrosa que foi expulso de sua alcateia, e que sua alcateia talvez tivesse matado de melhor amigo, encontrei aquela colégio, para mim morar e aprender algumas coisas a mais, nunca via os vampiros, pois estamos separados, e também, nunca saia do meu quarto direito, era da aula do quarto, pro quarto pura aula e de vez em quando refeitório

#....#....#....#

Ódio, isso que eu sinto por lobos, aqueles cachorros fedidos, poluição para nosso mundo. 

Eu Lucas sinto isso a muito tempo, antes mesmo de me entender por gente, não sei o por que mas odeio com todas as minhas forças eles, queria elimina-los de toda a face da Terra para sempre. 

Por isso entrei para uma organização que pretende eliminar todos os lobos sem um pouco de dó. A organização se chama Wicked Vampires, todos nós tínhamos os mesmos ideais, meus pais e mais ninguém sabia que tinha me aliado a eles, pois se soubessem tentariam me impedir, eles nunca entenderam meu ódio, diziam que eu não deveria ter aquele ódio, que só me traria mal, mas eu não dava a mínima. 

[...] 

Estava no nosso QG pode se dizer, iríamos dar o primeiro passo para fazer o que queríamos. Nós iríamos em uma alcateia, que não ficava tão longe da onde estávamos, mataríamos todos a sangue frio. Nosso líder havia de começar a falar. 

Líder- Hoje vamos começar um progresso, o que vai limpar toda a Terra, aniquilar todos esse lobos de uma vez por toda, sem dó e piedade. VAMOS WICKEDVAMPIRES!!!! 

Todos- VAMOS!!!! 

Todos nós estávamos indo para a alcateia, alguns tinha ido antes para obés ervar se o caminho estava limpo para que passemos sem ninguém nos ver. 

Quando estávamos perto escutamos um uivo, ficamos assustados, e nos escondemos, mas não adiantou quando percebi havia lobos por toda aparate, o dobro de vampiros, eram grandes e ferozes, matavam sem dó, o que fez eu odiar cada vez mais. 

Serpente um deles me viu e veio em minha direção correndo muito rápido, era o que eu queria que um deles vissem atrás de mim, para que matasse eles com muito gosto, mas quando ele estava chegando perto de mim alguém o empurrou, não vi direito mas quando consegui vi que era meu pai, mas como ele soube que eu estava ali? 

Ele veio em minha direção me pegou pelo braço e foi me lavando para fora de lá, com toda força que ele podia, eu havia de ser muito bem castigado. Então ele para e direciona o olhar para mim 

Pai- O que você está fazendo aqui Lucas? Você está louco? Esse seu ódio só vai te tornar umas pessoas horrível, um dia você vai se arrepender de tudo 

Lucas- Estou eliminado esses malditos, pelo contrário estou no meu juízo perfeito, jamais irei me arrepender, e não é você que vai me fazer me arrepender - quando vi ele tinha dado um tapa em minha cara, então olhei sarcástico e ri para ele - pode bater mais não vai mudar nada 

Pai- Lucas você passou dos limites garoto, sabe para onde você vai? Para o colégio interno, para aprender a ser alguém 

Lucas- Para aquele lugar com aqueles fedidos? Nunca 

Pai- A mas você vai, não adianta tentar qualquer coisa você vai e pronto 

Lucas- Tá bom então, depois não reclame - da umsorriso sarcástico 

[...] 

Depois de um tempo soube que a organização tinha perdido, mais da metade havia morrido, se eu tivesse ficado lá poderia ser eu, mas iria matar muito mais do que eles. Eu haveria de fazer tudo para me vingar de todos esse cachorros, e estudar naquele lugar tornaria tudo muito mais fácil, me vingar seria muito mais prazeroso lá


Esse sou eu, Wong Yuk Hei, de 19 anos de 1,86 de altura,nasci no dia 25 de janeiro,e sou de Hong Kong,Sim,sou um chinês,um pouco irritante,me acho,sim,me acho mesmo,sempre tenho que ser melhor que os outros,tenho um ódio dos lobos que não sei explicar,e estando nesse colégio,vai ser muito fácil pra mim acabar com eles

Notas Finais


E aí, gostaram?
Cada vez que escrevo (NCTzen Bia) fico mais alegre, não sei por que, eu mesma to adorando
Aninha também HEHEHE

Mais, Por favor, leitores fantasmas,apareçam aa

Bjos pessoal @-@


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...