História Wonderwall - Second Season. - Capítulo 88


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Haphie, Harry Styles, Londres, One Direction, Romance, Second Season, Segunda Temporada, Sophie Marshall, Wonderwall, Zayn Malik
Visualizações 250
Palavras 3.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá Wonders!!
como estão?
Precisando de ar Sophie? Vai conversar com quem então?
Capitulo de hoje vai mudar a impressão de vocês sobre alguém! hahahahaha

Vou postar Tsides na sequência! O link está nas notas finais.

Sejam bem vindas leitoras novas!
Obrigada a toooodas vcs por serem essas lindas comigo!
E não esqueçam de me contar o que estão achando aqui ou nas minhas redes sociais!

Twitter: jaque_lobo
Instagram: @jaquelobo
Snapchat: jaque.lobo

Espero que vcs gostem do capítulo de hojeeee!
Bora lá?

Boa leitura!

Capítulo 88 - Need Some Air.


Fanfic / Fanfiction Wonderwall - Second Season. - Capítulo 88 - Need Some Air.

Pagamos a conta e saímos dali. Entramos no carro, Liam e Emma discutiam algo sobre a briga e nitidamente não concordavam, mas eu não me atentei sobre o que eles estavam falando. Peguei meu celular e olhei para ele... Era sábado, na verdade domingo pelo horário... E tudo que eu queria era me afastar. Me enfiar em uma cama e ficar sozinha.

Liam dirigia por LA e eu nem se quer sabia para onde estávamos indo, mas naquele momento eu precisava conversar com alguém de fora de tudo aquilo e em LA uma única pessoa me veio na cabeça.

 

Sophie Marshall

Phill, em qual hotel você está?

 

Phill Wayland

Me impressiona que você ainda esteja acordada. Ops... Esqueci que teve aniversário de um dos amigos do Sr. Perfeitinho.

 

Sophie Marshall

Phillip, é sério. Preciso conversar... Pode me dizer onde está?

 

Phill Wayland

Estou no Four Seasons em Beverly Hills. Fica na S Doheny Dr. Vou deixar seu nome na recepção.

 

Sophie Marshall

Estou indo.

 

— Liam. – O chamei e ele me olhou pelo retrovisor.

— Oi.

— Para onde estamos indo?

— Estou indo te deixar na casa do Harry para poder ir para a casa do Louis, porque?

— Pode me deixar no Four Seasons em Beverly Hills? Você sabe onde fica?

— Four Seasons? – Emma me perguntou. – O hotel?

— Isso. – Respondi.

— Você sabe onde fica? Qual rua? – Ele perguntou e eu assenti.

— S Doheny Dr.

— Você tem certeza? – Emma me perguntou. – Não quer ficar no Louis?

— Não. Me deixem lá, por favor.

— Tudo bem. – Ele disse.

 

Liam colocou no GPS e logo o mesmo deu a rota para que ele seguisse, percebi que ele disse a Emma para que ela não me contrariasse. Em menos de 5 minutos chegamos em frente ao Four Seasons.

 

— Obrigada. – Agradeci. – Por favor, não digam a Harry que eu estou aqui. Vou mandar uma mensagem dizendo que estou bem. – Disse os avisando antes de pegar minha bolsa e abrir a porta do carro.

— Sophie, por favor, se cuide e avise Harry, ou ele vai ficar em parafuso. – Emma disse.

— Eu vou avisar, só não quero ter que falar com ele hoje. – Eu disse e eles assentiram.

— Você está com seu cartão para pagar a diária né? – Liam perguntou e eu assenti.

— Obrigada gente. Nos falamos depois. – Pulei do carro e entrei no hotel, apenas quando eu estava na porta que Liam saiu com o carro. Entrei e fui até a recepção.

— Boa noite Senhorita, seja bem vinda ao Four Seasons. Em que posso lhe ajudar?

— Boa noite. Um amigo meu, Phillip James Wayland, está hospedado aqui e disse que deixaria meu nome da recepção. Sou Sophie Marshall.

— Sim senhorita Marshall. O Sr. Wayland nos informou que está a sua espera no bar. – Ela olhou para um dos rapazes que estava ali e ele se aproximou. Eu não fazia ideia de onde o bar ficava. – Ben, poderia acompanhar a Srta. Marshall até o bar? O Sr. Wayland a está esperando.

— Claro. Poderia me acompanhar, por favor, senhorita? – Ele perguntou e eu assenti. Entramos no elevador e eu nem olhei em que andar descemos, mas tinham pouquíssimas pessoas ali, quatro além de Phill, na verdade. Assim que ele nos viu ergueu a mão e eu segui até ele deixando o tal Ben voltando ao elevador.

— Eu devo dizer um boa noite? – Ele perguntou ficando de pé, sorrindo e divertido quando eu fiz que não com a cabeça e ele abriu os braços. O abracei deixando que o choro finalmente vazasse pelos meus olhos. Eu me contive, mas Phill se manteve abraçado a mim, me apertando em seus braços e acariciando meus cabelos. – Eu preciso que você se acalme Sophie. De verdade. – Respirei fundo me afastando dele e limpando o rosto com as mãos quando ele me ofereceu um lenço.

 

Ele estava vestido com calça de moletom cinza, camiseta preta e tênis. Não era um look tendência, mas ele ficava ainda mais bonito assim. Seu cabelo loiro estava levemente bagunçado e ele o puxou para trás passando os dedos por entre ele e me puxou para que eu me sentasse ao seu lado em um sofá que tinha ali.

O garçom se aproximou de nós, ele pediu uma cerveja e perguntou se eu queria algo, eu pedi uma cerveja também e logo o garçom as trouxe e nos serviu. Puxei meu celular e fiz o que prometi a Liam, mandei uma mensagem a Harry dizendo que eu estava bem e que voltaria para casa assim que possível, mas desliguei o celular em seguida. Eu não queria que ele me ligasse fazendo perguntas. Eu não queria atender e menos ainda falar com ele naquele momento.

 

— Está tudo bem? – Ele me olhou bebendo um gole de sua cerveja e passando o lenço em meu rosto. – Achei realmente estranho que você ainda estivesse acordada essa hora, mas aí lembrei das notícias que vi sobre o aniversário de Malik.

— Não está tudo bem, mas porque raios você viu noticias sobre o Malik? – Perguntei e ele riu.

— Eu vi no TMZ, na TV estava passando.

— E você estava acordado ainda porque?

— Fuso horário para mim é uma merda. Eu não me acostumo com eles rapidamente, estou de Jet Lag ainda.

— Entendi.

— A que devo a honra da visita no meio da madrugada Soph?

— Eu não sei nem por onde começar... Aliás...

— Pelo começo. – Ele disse e eu ri dando um gole na minha cerveja, estava boa... Muito gelada e desceu rasgando pela minha garganta.

— Engraçadinho. – Revirei os olhos. – Eu sei por onde começar, me desculpe por te chamar a essa hora.

— Sophie, você sabe que somos amigos... Independente de trabalho ou qualquer coisa. Eu posso brincar com você, mas você sabe que pode contar comigo e... Com a minha experiência em relacionamentos. – Ele disse sorrindo e dando um soquinho leve em meu queixo. – Vamos lá, o que Styles fez?

— É complicado...

— Fala Sophie, do começo.

 

Contei exatamente tudo a Phill, cada um dos detalhes do que aconteceu naquele aniversário e ele me ouviu atentamente sem opinar, apenas escutando meu desabafo como um bom amigo faria. Eu chorava e ele se incumbia de limpar minhas lágrimas, acariciar meu braço e assentir me dando forças para continuar.

 

— E então, ele não fez nada Phill. Ele apenas me disse para parar, não falou absolutamente nada sobre os insultos que ela deferiu a mim! Ele deixou que ela praticamente me chamasse de vagabunda para quem quisesse ver e não me defendeu! – Disse passando a mão pelo rosto, nessa hora minha maquiagem provavelmente estava destruída, mas eu não me importei.

— Sophie, eu compreendo. De verdade. – Ele segurou em minha mão e coçou a nuca com a outra. – Você quer a minha opinião ou prefere que eu apenas não diga nada e te escute?

— Eu vim até aqui porque precisava conversar Phill. Precisava ouvir a opinião e conselho de alguém que fosse de fora disso tudo. – Ele assentiu.

— Eu já fui novo como Harry, Soph. Eu já errei muito com Isabella, inclusive em algumas coisas parecidas com o que aconteceu com você hoje... – Isabella era a ex esposa dele. – E, por isso, eu consigo compreender o que Harry passou. Não estou falando que ele está certo, porque sabemos que não está, mas ele é um garoto e eu não o estou criticando agora. Estou apenas relatando um fato que ambos sabemos ser verdade. Eu sei que a maioria das vezes eu brinco com isso dizendo que ele é seu bebê e tudo mais, mas a verdade é que ele é novo, assim como eu era, e deixa algumas coisas passar pela sua idade. Harry ainda muitas vezes fica sem reação diante de algumas situações ou não lida bem com outras porque, por mais que ele tenha melhorado como você já me disse, ele ainda é imaturo Soph.

— Eu sei Phill, mas nesse caso eu esperei que ele tomasse uma atitude e eu não digo que ele brigasse com ela ou a xingasse... Não. Eu esperei que ele pelo menos a dissesse que ela estava errada, que não era isso, que eu não era essa vagabunda que ela pintou! – Disse soluçando e ele respirou fundo. – Poderia ser da forma respeitosa e calma que ele sempre fala, eu não ligaria!

— Eu sei Soph, mas ele não estava preparado para esse embate entre vocês e menos ainda para estar nele. – Ele disse me olhando sério. – Ele não esperava que você fosse se mostrar tão ciumenta e possessiva assim, como você aparentemente nunca foi, menos ainda que Taylor fosse falar as barbaridades que falou para você. Ele foi pego de surpresa e obviamente não conseguiu reagir. Compreendo sua chateação, mas sei que isso é coisa da idade... Essa falta de reação às vezes.

— Phill, eu me senti uma vagabunda real. – Eu disse o olhando. – Ainda me sinto assim... Ele nem se quer a contrariou, ou mandou que ela pelo menos parasse de falar aquilo. Eu já me culpo todos os dias pelo que eu tive com Malik, não há um dia que eu não me arrependa disso ou me sinta culpada por ter estragado a amizade deles, por ter feito o que eu fiz.

— Não se sinta assim Soph, essas coisas acontecem e os dois sabem que você não tem culpa. A gente nunca sabe o que vai acontecer ou por quem vamos nos apaixonar e não podemos nos culpar pelas escolhas que fizemos em épocas passadas. Nós tivemos motivos e não se arrependa, elas fazem com que você seja quem é hoje. – Ele disse e eu assenti. – Fizeram com que você aprendesse muitas coisas que não saberia se tivesse passado por tudo o que passou.

— Eu sei que você tem razão Phill, mas se eu não tivesse aparecido na vida deles e causado toda essa confusão, obviamente eles ainda seriam amigos e não teríamos metade dos problemas que todos temos hoje.

— Soph, a gente nunca sabe os motivos reais das coisas pelas quais temos que passar. Eu chamo isso de destino e cada um tem o seu. Você tinha que estar aqui comigo nesse momento, porque precisava passar por isso. Nossas escolhas nos levam ao nosso destino.

— Eu sei disso Phill e concordo com você porque penso da mesma forma, mas ela tem razão. – Eu disse e ele me encarou. – Eu realmente fui uma vadia no que fiz. Eu fiquei com ambos, eles sendo quase irmãos e destruí a amizade deles.

— Baby, não se julgue tão mal. Você jamais poderia imaginar que viria a ficar com Harry depois de ficar com Zayn. Olha, eu nem preciso saber da história completa para saber que você lutou demais contra isso. A propósito se tem uma vaca nessa história, é ela e todos sabem bem disso. – Eu ri e o olhei.

— Phill, obrigada. Mas por mais que eu tenha lutado, deixei acontecer. Deixei um para ficar com outro porque não consegui controlar minhas próprias vontades e sentimentos... Eu também não sou essa santa.

— E quem disse que você precisa controlar Sophie? Ninguém manda na sua vida além de você e eu não disse que você é santa... Apenas tinha que passar por isso. Você e eles, são escolhas... Eles também escolheram isso. Harry sabia que estava escolhendo passar por coisas assim quando escolheu ficar com a garota que o melhor amigo dele ficou... E ele não mudou de opinião.

— Eu entendo seu ponto... Mas ela falando tudo aquilo... Eu me senti um lixo. A pior pessoa da vida, porque ela jogou tudo pelo que eu mais sinto culpa no ventilador... Espalhando tudo de uma vez.

— Sophie, entenda, você é uma mulher incrível! Styles não imagina a sorte que tem em te ter ao lado dele, porém, eu podia te dizer muitas coisas ruins a respeito dessa reação que você esperava e ele não teve, mas a verdade é que eu tenho ciência que ele não fez por mal... Foi apenas inexperiência e claro, ele não gosta de chamar a atenção, ele não soube lidar com duas mulheres brigando por ele. Eu te digo, com toda a certeza desse mundo, ele não pensa nada disso sobre você. – Eu chorava e ele me abraçou.

— Eu não quero falar com ele agora. Eu estou magoada e sei que as coisas sairiam do controle se conversássemos.

— Você não precisa ir para a casa dele agora Soph, não precisa falar com ele neste momento. Pode ficar no meu quarto comigo, eu posso dormir no sofá...

— Não quero te atrapalhar Phill.

— Você não me atrapalha Soph. Vem, vamos subir e você aproveita para descansar um pouco.

 

Ele disse se levantando e me dando a mão. Phill poderia ser o que fosse, mas naquele momento ele se mostrou mais meu amigo do que qualquer outra coisa. Ele não fez uma piada, ele não deu em cima de mim e mesmo tendo a oportunidade para destruir Harry, ele não o fez. Ele foi extremamente sensato, me fazendo ver as coisas por outro lado.

Era tarde e eu estava exausta. Insisti até que Phill me deixasse ficar no sofá, mas foi inútil, ele disse que ficaria no sofá que era grande e confortável e eu ficaria na cama. Ele me emprestou uma camiseta e um shorts para dormir e eu me deitei na cama enquanto ele ficou no sofá da antessala. Eu fiquei acordada por um tempo ainda, mas consegui pegar no sono depois devido ao cansaço que sentia.

 

Acordei ainda cedo, ainda eram sete da manhã e eu devia ter dormido apenas por umas duas horas, mas eu estava sem sono e naquele momento, eu precisava voltar para a casa de Harry, que eu não fazia ideia de onde ficava. Me levantei e me troquei, Phill ainda estava apagado na sala... Sorri e escrevi um bilhete a ele deixando avisado que eu estava indo e claro, agradecendo pelos seus conselhos e tempo desperdiçado comigo.

Desci para o saguão do hotel e liguei meu celular fazendo com que inúmeras notificações de Harry, Julia e Niall pulassem na tela. Niall talvez pudesse me ajudar, então liguei para ele, afinal eu jamais pediria para que Harry me buscasse ali, isso geraria uma quantidade de perguntas desnecessárias que eu não estava afim de responder. O celular chamou duas vezes apenas e Niall atendeu.

 

— Onde caralhos você se meteu Marshall? – Niall perguntou quase que em sussurro.

— Desculpa Nialler, mas eu precisava espairecer, eu precisava pensar e... Desabafar com alguém. – Ele suspirou parecendo aliviado do outro lado da linha.

— Harry está tendo um colapso nervoso, ele queria chamar a policia, mas eu e Julia não deixamos. Liam e Emma não atendem a merda do celular, mas você não está na casa de Louis... Onde raios você está então? Precisava desabafar com quem?

— Perguntas demais Nialler. Você consegue vir me buscar ou eu posso ir para casa de taxi? Na verdade, eu apenas não peguei o taxi ainda porque não sei o endereço da casa do Harry.

— Você se importa que ele saiba que eu vou te buscar? Se sim, é melhor você pegar um taxi.

— Me fala o endereço. – Ele falou e eu anotei no celular. – Obrigada Niall, já estou indo. Aguente mais um pouco por favor.

 

Peguei um taxi que passou em frente ao hotel e dei a ele o endereço. Obviamente ele não me deixaria dentro da casa de Harry, mas eu conseguiria falar com os seguranças na porta. O caminho não foi longo e em menos de 10 minutos, devido a ser domingo e quase não ter transito pelo horário, paguei e desci do carro na frente da mansão de Harry.

Assim que coloquei os pés para fora do carro vi que Robert saiu correndo de lá de dentro e veio ao meu encontro. Ele estava lá então... Quando será que ele havia chegado?

 

— Sophie! – Ele disse e se aproximou segurando em meus braços. – Você está bem? – Ele me olhou procurando por qualquer tipo de machucado e eu assenti.

— Estou bem Robert. Apenas cansada... Quero só tomar um banho e descansar. – Ele assentiu e me deu seu paletó, pelo frio que fazia e eu estava sem blusa.

— Vamos. – Robert andou comigo até a entrada da casa, eu lhe devolvi seu paletó e ouvi a voz de Harry gritar alguma coisa, ele chorava e meu coração estava despedaçado por fazer com que ele ficasse mal daquela forma, mas naquele momento... Eu ainda não queria conversar com ele.

— Ela vai chegar Harry. Está tudo bem. – Ouvi a voz de Niall.

— Como caralhos você pode saber Horan? Ela está sumida! Eu vou ligar para a polícia.

— Eu apenas sei Harry. – Niall disse.

— Ela te disse que estava bem Harry. – Aquela parecia a voz de Ed. – Sophie apenas não queria brigar com você e por isso provavelmente não veio para casa.

— Então para onde caralho ela foi? – Ele gritou e eu entrei pela porta. Eles estavam na sala, Harry estava no meio dela, de pé e completamente descabelado. Niall bateu os olhos em mim respirando fundo, tendo a mesma reação que Ed e Julia que estavam sentados. – Porra! – Harry soltou e olhou para o céu agradecendo. Ele veio até mim e me abraçou, mas eu não devolvi seu abraço. – Onde você estava Marshall? – Ele disse se afastando e seus olhos estavam vermelhos. Eu olhei para a mesa de centro e vi o copo de Whisky vazio, ele havia bebido ainda mais do que no bar.

— Eu precisava de um tempo para mim.

— E porque não me avisou? Porque não me disse onde estava? – Ele perguntou e vi que Julia, Niall e Ed se aproximavam.

— Eu disse que estava tudo bem.

— Sei que não é a hora e nem o momento... – Julia começou e sorriu para mim. – Que bom que você está bem amiga. – Ela me abraçou e eu retribui seu abraço. – Nós vamos para a casa do Ed, qualquer coisa, nos avise. Ok?

— Sim. Tudo bem. Obrigada. – Eu disse e eles se despediram de Harry que agradeceu por eles terem ficado até aquela hora. Assim que ele fechou a porta e me olhou eu me virei e comecei a subir as escadas para o quarto.

— Sophie! Onde você vai?

— Harry, eu não vou discutir com você agora. – Eu disse o olhando quando ele se colocou a minha frente na escada fazendo com que eu parasse de subir.

— Você some e acha que não deve falar comigo?

— Você está bêbado e eu não sei onde essa conversa iria parar. Tome um banho e vá dormir, eu estou em casa. Descanse que depois que você acordar nós conversamos. – Disse passando por ele que me seguiu.

— Você acha que vai chegar em casa e não vai me falar absolutamente nada como se nem me devesse satisfações? Onde você esteve?

— Você não é meu pai Styles e eu não quero discutir com você. – Disse entrando no quarto e pegando algumas roupas na minha mala.

— Que? Sophie, eu exijo que você me diga onde esteve. – Respirei fundo e o olhei.

— Não vou considerar o que você está falando porque você está bêbado e nossa ultima experiência de uma briga com você bêbado... Você sabe onde fomos parar. – Eu disse e ele se afastou com os olhos sérios e arregalados. – Eu não vou conversar com você agora. Tome um banho e descanse, nós conversamos depois. Eu não vou fugir. Com licença. – Disse passando por ele e saindo para ir a um dos quartos de hospedes. Entrei ali e me tranquei caindo em um choro forte e sentido... Eu estava destruída e precisava me recuperar.

 

Corri para o banho... Eu melhoraria e dormiria, quando acordasse eu estaria melhor e poderia conversar com Harry, mas não naquele momento.

Não daquela forma.

“Amanhã” seria outro dia.


Notas Finais


Olhaaaaa o Phill ajudando a Sophie e o Harry!
E Harry estragando tudo! hahahahaha.
Quem aii esperava por isso?

O que acharam?? me contem!

Já vou responder os comentários do capítulo anterior!
PS: não me matem. =X
Seguem as indicações:
Two Sides of a Dual Life - Por JackieStyles & Palomitcha (com Harry Styles e Jack Gilinsky) - Em andamento
https://www.spiritfanfiction.com/historia/two-sides-of-a-dual-life-12126945

Like I'm Gonna Lose You - Por JackieStyles (com Louis / Liam e Zayn) - Em andamento
https://spiritfanfics.com/historia/fanfiction-one-direction-like-im-gonna-lose-you-4877101

Wrong - Por JackieStyles (Com Zayn Malik) - Finalizada
https://spiritfanfics.com/historia/wrong-7168804

Voicemail - Primeira Temporada - Por _palomitcha (Com Harry Styles) - Finalizada
https://spiritfanfics.com/historia/voicemail--harry-styles-fanfic-5051345

Voicemail - SegundaTemporada - Por _palomitcha (Com Harry Styles) - Em andamento
https://spiritfanfics.com/historia/voicemail--harry-styles-fanfic--segunda-temporada-5116661

Still Into You (Shortfic) - Por _palomitcha (Com Harry Styles) - Finalizada
https://spiritfanfics.com/historia/still-into-you-5662826

Comentem e obrigada minhas lindas!

Mil beijos.
J .x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...