1. Spirit Fanfics >
  2. Worry >
  3. Capítulo Único

História Worry - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi. Só queria dizer que a quarentena me fez postar essa oneshot baunilha de taekook escrita há séculos. O tédio está me pegando tão rápido. Mas independente disso, fiquem em casa e tomem cuidado. Lavem as mãos, por favor, é sério!
Fiquem bem!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Tic tac. Tic tac. Tic tac.

Jeongguk mirou o relógio novamente, notando que não havia se passado nem mesmo dois minutos desde a última vez que o olhou. Isso o fez suspirar, não porque estava demorando para passar, mas porque estava ficando cada vez mais tarde e ele já encontrava dificuldades em se manter acordado.

Se remexeu no sofá, seu pescoço por se apoiar no encosto desconfortável dele. Mas permaneceu, só tentando mudar a posição para uma mais agradável.

Tic tac. Tic tac. Tic tac.

Aquele relógio estava lhe dando nos nervos.

Jeongguk podia sentir subir a raiva pelo tiquetaquear incessante que ecoava no apartamento silêncio, por já ser quase três da manhã. Com a exceção dele, Yoongi e Taehyung, todos já estavam na cama. Confessava a si mesmo que também queria estar, dormindo em sono profundo com um corpo quente ao seu lado, mas a realidade era outra. Tudo porque Taehyung tinha uma gravação pra um programa de variedades qualquer.

Pegou o celular que estava no estofado, destravando. A tela que apareceu foi das suas chamadas, mostradas em ordem cronológica, e a mais recente foi a umas duas horas antes para seu namorado, num momento que já não aguentava mais espera-lo sem saber quando exatamente estava voltando.

Não seria estranho isso, né? Entretanto, era para ele. Ultimamente Jeongguk estava com problemas para dormir sem estar com Taehyung por perto, já tinha se tornado um costume depois de todas aquelas noites passadas juntos. Quando estavam longe, acordava diversas vezes, sentia falta do calor corporal e do corpo que sempre rodeava o seu não importando o que.

Um grande contraste em vista de antes.

Antes o Jeon não se importava com nada, só caia na cama e dormia. As vezes até ficaria irritado com aquela coisa que Taehyung fazia toda noite, abraçando-o, apertando e sempre querendo toques, mas não mais. Agora ele se pegava ansiando por aquilo.

Vícios.

Seu celular apitou em uma mensagem e um sorriso brotou em seu rosto quando viu quem era.

“Tá acordado?” 

Estou, vc tá voltando já, hyung? 

“Sim, as gravações finalmente terminaram. Estou no caminho. Manager hyung perguntou se quero alguma coisa pra comer, já comeu? Quer que eu pegue algo pra você antes de chegar aí, Gguk?”

Jeongguk sentiu o sorriso aumentando mais.

Estou bem. Só quero vc, hyung.

Ok, o Jeon não soube de onde isso viera. A coragem que o impulsionou a falar algo tão brega, em sua visão, daquele jeito. Achava que era porque estavam por mensagem de texto, afinal, por vídeo ou cara a cara seria quase impossível com sua timidez.

Ele ficou lá por um momento, esperando a resposta depois da confissão e notando como o status de Taehyung continuava a mostrar que ele escrevia. Finalmente a mensagem chegou e ele sentiu um pouco de constrangimento com a Clara provocação:

“Meu bebê está sentindo falta de mim?”

Ah, fique quieto.

Emojis rindo foram sua resposta e Jeongguk quase bufou. Estava sendo sério e Taehyung brincava consigo! Vê se pode!?

Fez uma nota mental para uma vingança quando ele chegasse, pensando no que poderia fazer pra encher a paciência do Kim tanto como sentia a sua se perdendo. No entanto, tudo foi por água baixo quando leu as mensagens seguintes:

“Fofo.”

“Já tô quase na nossa rua, falta pouco. Você vai cuidar de mim quando chegar, Gguk? Estou tãoooo cansado.”

Se preocupe em chegar, em primeiro lugar. Até lá vou pensar no seu caso, hyung.

Taehyung mandou Ryan saltitante de volta, finalizando aquela conversa por enquanto. O Jeon se remexeu no sofá de novo, virando de posição pra mirar a porta da frente, uma ansiedade consumindo seu interior quanto mais os minutos se passavam e nada do Kim aparecer.

Tic tac.

Tic tac.

Tic tac.

Finalmente um barulho na maçaneta o despertou dos devaneios, fazendo-o pular com o susto. Seus olhos buscaram a forma do Kim, quando a porta se abriu pouco a pouco, quase com medo de acordar alguém com o barulho, e Jeongguk se agitou quando viu seu namorado finalmente.

Taehyung lhe sorriu curto, fechou a porta e caminhou com um pouco de dificuldade em sua direção.

— Você está mancando? O que aconteceu? — Jeongguk disse antes de qualquer coisa, uma sobrancelha franzindo enquanto observava a maneira de caminhar de Taehyung. A maneira como ele se apoiava em um pé mais do que no outro era muito difícil de ser ignorada.

Um sorriso sem graça lhe deu a resposta para a primeira pergunta, Taehyung se sentando ao seu lado e tirando a mochila que tinha levado, das costas.

Um suspiro baixinho saiu dos seus lábios, se deixando afundar na maciez do par de sofás novos que compraram recentemente.

— Eu meio que caí e bati o joelho no chão. — Respondeu o mais velho alguns segundos mais tarde, ainda de olhos fechados. Seu corpo parecia pesado demais, cansaço recaindo agora que tinha chegado. — Não é nada demais, amanhã fica melhor.

Jeongguk avaliou-o por longo tempo e mesmo com a clara tentativa de amenizar o que tinha acontecido, algo lhe dizia que deveria olhar para o local que foi batido.

Suas mãos foram gentilmente para a calça de Taehyung. Felizmente ele estava com uma calça de malha, muito mais fácil para manusear do que jeans. Taehyung olhou para ele, mas não comentou nada ou se opôs enquanto seu namorado subia sua calça até o joelho esquerdo, onde a batida tinha sido mais forte. Ele nem tinha dado uma olhada direito, mas confessava para si mesmo que estava dolorido. A dor parecia pior agora que as filmagens foram finalizadas e ele chegara no dormitório.

Jeongguk tomou uma respiração mais profunda, contemplando o inchaço que recobria toda aquela parte. Era bem grande e ele não pode impedir de se preocupar.

Cutucou-o com um dedo, olhando a reação alheia, não se surpreendendo em tudo ao ver Taehyung morder os lábios em desconforto.

— Deveria ter ido verificar isso, está bem roxo e inchado, hyung. Porque não passou no hospital?

— Gguk, vamos conversar sobre isso depois?! Só quero tomar um banho e deitar, com você do lado de preferência.

— Eu só estou preocupado, Taehyung.

— Eu sei, Gguk. — Taehyung murmurou, olhos nos olhos, suplicante para o mais novo ceder.

Jeongguk respirou fundo depois de um tempo avaliando, balançando a cabeça em um movimento curto.

— Certo. Vai tomar um banho pra deitar. Precisa de ajuda com algo?

— Pra me lavar seria bom. — o Kim sorriu brincalhão, tentando amenizar a situação, Jeongguk bufou.

— Para de brincar, hyung. Estou falando sério, se estiver com muita dor ou dificuldade pra andar e ficar de pé, posso ajudar. — respondeu emburrado.

— Amor, eu tô bem, já disse. Está se importando demais atoa. — Taehyung respondeu, se levantando do sofá. Uma careta de desconforto apareceu apenas por um momento, antes de ele se estabilizar na perna boa. Jeongguk balançou a cabeça, vendo Taehyung sair para o corredor sem mais nenhuma palavra de ambos.

 

 

 

 

 

O banho foi rápido. Taehyung estava com sono e não demorou muito ao sair, vendo Jeongguk já na cama, mexendo no celular.

Ele terminou de secar o cabelo, jogando a toalha de qualquer jeito e subiu na cama. Jeongguk se ajeitou, dando mais espaço pro mais velho e esperou que ele deitasse, antes de pegar uma vasilha na mesa de cabeceira.

— O que é isso? — questionou Taehyung, levantando uma sobrancelha.

— Gelo.

— Jeongguk, não precisa.

— Precisa sim, fica quieto Taehyung.

Apesar da ordem clara, o Kim acabou rindo.

Era engraçado ver Jeongguk agindo todo mandão e preocupado consigo. No entanto, ele se retraiu um pouco quando a bolsa de gelo pousou em seu machucado, a sensação fria se espalhando pelo local, mas não disse nada sobre isso enquanto se acostumava, olhando atentamente para o Jeon, tão concentrado.

Sua mão foi para sua cintura e Jeongguk subiu as orbes castanhas até fitar Taehyung de volta, uma expressão mais relaxada quando viu o sorriso bonito no rosto dele.

— Está satisfeito? — Indagou o Kim, diversão brilhando em seus olhos.

— Não até que você fique melhor... — Respondeu rapidamente, completando em seguida: — e não diga que está bem de novo, acha que não te conheço?

O mais velho balançou a cabeça concordando.

— Ok, não vou dizer, amor. — Bom mesmo, Taehyung.

Um minuto de silêncio, Jeongguk olhou de volta para o joelho machucado antes de suspirar. Esperava que aquilo ajudasse um pouco até conseguir ir ao hospital verificar. Sendo cantores com uma carreira decolando, não podiam se dar ao luxo de machucar seriamente e não só isso, ele amava Taehyung e não queria vê-lo sentindo dor ou desconforto. Queria fazê-lo se sentir melhor, queria vê-lo sorrindo.

Quando saiu de seus devaneios, olhou para cima, encontrando Taehyung o encarando de volta e piscando meio devagar já. Estava sonolento. Jeongguk não conseguiu esconder o sorriso, as vezes seu namorado conseguia ser fofo em situações tão aleatórias e sem forçar nada.

— Gguk? — A voz grossa e sussurrada surgiu em meio o silêncio do quarto.

— Hum?

— Vem deitar aqui comigo, vem? — Bocejou, o Jeon se viu copiando a mesma ação logo após em um reflexo incontrolável. — Vamos dormir.

Rindo fraquinho, Jeongguk concordou. Seu próprio sono estava chegando aos poucos também, fruto de um dia inteiro de correria.

Ele se deitou nos braços do mais velho, compartilhando o conforto que eles lhe proporcionavam, apagando as luzes com o controle. O breu tomou conta, a única fonte de luz era o relógio digital marcando altas horas madrugada adentro. Bocejou mais uma vez e Taehyung apertou-o mais contra si, os corpos se moldando como todas as noites.

Com um suspiro satisfeito, Jeongguk deixou as preocupações de lado e adormeceu junto a Taehyung.


Notas Finais


Obrigada a quem chegou até aqui~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...