História Would you be my passion-Stray Kids(Bang Chan) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Iz One (IZ*ONE / IZONE), Red Velvet, Stray Kids, TWICE
Personagens Bang Chan, Chaewon, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Irene, Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Lee Felix, Lee Min-ho, Mina, Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais, Seo Chang-bin, Tzuyu, Yang Jeong-in
Tags Bang Chanxyou, Stray Kids
Visualizações 101
Palavras 1.357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Caraca!! Obrigado pelos 104 favoritas:3❤️ Seriozao. AAAAAAAAAAAAAA.
Trouxe mas outro capítulo, tá meio ruim mas é o máximo que eu consegui fazer.
Desculpa qualquer erro amores.
Tenham uma boa leitura!✨

Capítulo 32 - Chapter Thirty-Two.


Fanfic / Fanfiction Would you be my passion-Stray Kids(Bang Chan) - Capítulo 32 - Chapter Thirty-Two.

- Se você der mas um piu aí, eu vou te taca minha banana ouviu S/N?- Hyunjin me encarou seria.

- Banana? Amas agora eu falo.- Encarei Hyunjin soltando uma risada baixinha.- Chega lá em casa pra você ver.

- Vocês dois!! PAREM DE SER TARADOS!- Agatha olhou assustado para Hyunjin.

- Corrigindo, você é a tarada aqui. Estávamos falando de fruta, não foi eu nem S/N falando errado, apenas falei dessa banana…

- Que agora pouco estava inteira porém você comeu.- Minho respondeu encarado o amigo.- Você tem uma garganta e tanto em.

- E depois eu, é quem sou a mas safada.- Respondi cruzando os braços.- Mas aí, rolou algo amas quando eu estava fora?

- NÃO!- Jisung e Duda disseram juntos.

- Suspeito…- Sussurrei.

- Teve sim…- Hyunjin sorriu.

- Hwang, cale os dedos.- Jisung falou baixinho.

- Nem adiantar esconder.- Hyunjin riu.

- Tá!- Jisung fez bico.


Flashback on.

Pov's Matsumoto Eduarda.

- Para onde vão assim escondidos?- Felix saiu da cozinha com um pedaço de carne na boca.

- Eu e a Duda?- Jisung sorriu.

- Há mas alguém aqui, além de nós três nessa sala?- Felix arqueou as sobrancelhas.

- Não... Nós vamos na frente.- Respondi.

- Tudo bem! Mas estejam na praça logo.- O loiro apontou para nós dois, dando as costas subindo as escadas.

- Ele anda muito de mal humor esses dias. É sempre assim?- Pergunto para Jisung.

- Felix só está assim, por causa de S/A…- Abriu a porta, dando espaço para que eu pudesse passar.- Por mas que S/N, tenha lá seus 18 anos, ele a vê como uma criança.

- E as vezes age como uma.- Neguei rindo.

- Por exemplo, perto da Agatha e S/A.- Rimos.

•••

- Jagiya…- Jisung voltou de uma das barracas sorrindo.- Aqui, pra você.- Estendeu um colar com um pingente azul.

- E esse é pra você!- Estendi uma pulseira.- Pode ser meio clichê… Mas você me entende...- Abaixei o olhar sorrindo.

- Você fica linda com vergonha.- Apertou minha bochecha rindo.

- Tira a mão da minha bochecha esquilo.- Fingi está brava.

- Tá, desculpa.- Tirou as mãos de minha bochecha virando para o outro lado.

- Ah Jisung!- Abracei o mas velho assustando.- Sabe que isso é drama da minha parte hm? Você sabe que eu te amo mas que tudo. Mesmo nos conhecendo de modo desastrado.

- Olha o que você fez? Eu quase infartei! Pode correr.- Exclamou brincalhão.- Três...

- Jisung nem vem.- Afastei rindo.

- DOIS, UM!!- Correu em minha direção.

- MISERICÓRDIA MENINO NÃO FAZ ISSO!- Dei um pulo, correndo em direção oposta.

- PEGUEI!!- gritou pulando em cima de mim.- Eu te amo Jagiya.

- Eu também te amo Han Jisung.- Sorri puxando para um beijo calmo.

- Achei vocês!

•••

- EU SEMPRE SOUBE QUE ELES ERAM CASAL FOFINHO.- Gritei de novo.

- S/N!!!- Gritaram irritados.

- VOLTA AQUI S/N.- Hyunjin levantou correndo atrás de mim.

- Não mesmo.- Comecei a rir.- Seu tarado por banana.- Travei no lugar e o mesmo passou direto.- ZUUMMM!!!- Voltei a correr quase tropeçando.

- Te peguei!- Hyunjin me abraçou de lado colocando o dedo na boca.

- Hwang seja lá o que for fazer, não...

- DEDO MOLHADO NO OUVIDO!- gritou colocando seu dedo babado na minha orelha e correu.

- HWANG HYUNJIN!!! FILHO DE UMA...- Limpei meu ouvido.- DE UMA MÃE LINDA.

- E que você queria tê-la como sogra.- Piscou sentando.

- Ain eu queria.- Sorri.

- Viadagem vocês dois.- MinHo me olhou com cara de vômito.

- Também te amo Lino.- Fiz um coração para o mas velho.- Tá, e a Feh e Woojin... O Binnie e a Carol? No que deu?

- Bom, Woojin e Feh é aquele... No silêncio é mas gostoso.- Disse Seungmin.

- Tá pedindo pra morrer ele.- Feh e Seungmin trocaram olhares.

- E Changbin... Até alguns dias atrás tentava te ligar para contar que pediu Carol em namoro... Mas nem as mensagens dele você visualizou.

- Binnie!- Corri até o mesmo abraçando.- Desculpa, não foi minha intenção, eu fiquei ocupada lá.

- Não tem por que pedir desculpa Dongsaeng, foi você quem me incentivou a pedir ela em namoro.- Sorriu.

- Aww, Changbin todo fofinho.- Mexi na sua bochecha rindo.

- Não abusa tampinha.- Bateu em minhas mãos.

- Tampinha é sua irmã pinguço.- Bate no seu braço.

- Me respeita.- Agatha me encarou rindo.

- O que vamos fazer, já que eu estraguei os contos de vocês...- Ri.

- Que tal praia?- Jeongin sorriu.

- Já fomos a praia várias vezes Jeongin.- Ana olhou para namorado.- Vamo mudar a rota.

- Filme também não vai ser muito bom.

- É, vamos para praia.- Respondi levantando.

𖦰𖡱𖧹⌲ 

Na praia.


- Chris?- Chamei pelo loiro, que desde o colégio, não falou nada.

- Hm?- Olhou para mim sorrindo.

- Você anda calado, desde o colégio, eu fiz algo?

- Por que faria?- Riu.- Eu só estava pensando aqui... Quando você ficou fora, fez muita falta. Mesmo depois de eu ter feito mil e uma merda.- Bateu em sua cabeça, seus olhinhos logo se encheram de lágrimas.- Eu senti sua falta S/N, e por isso eu sai. Foi doloroso não ver seu sorriso aqui...

- Aishi Bang Chan.- Sentei no seu colo limpando os vestígios de lágrimas e sua bochecha.- Eu precisei de um tempo, eu estava confusa vendo você e Mina se beijando, mesmo depois sabendo que foi forçado, mas esqueça isso... Mesmo que pra mim seja difícil.- Disse a última parte baixinho.- Agora eu estou aqui!

- Eu sei... Mas é que, você não estava aqui pra mim te morder.- Riu me abraçando.

- Se agarrando na praia, é isso mesmo?- Ana gritava de longe.

- E você na piscina com o Jeongin? Seus fogosos.- Levantei correndo atrás da mesma.- Vem aqui Ana.

- Não! Seu fogo é contagioso.- Riu.

- Me respeita!- Gritei correndo em sua direção.

- S/N!!!!!- Felix gritou.

- Aí agressivo! O que foi?

- Me dá um abraço, você quase não me dá atenção.- Fez bico.

- Claro, você passa vinte e quatro horas abraço na Agatha, tirando os momentos das aulas.- Reviro os olhos cruzando os braços.

- Você sabe, como eu fiquei quando você saiu?- O loiro me abraçou sorrindo.

- Era patada atrás de patada...- Disse Jisung.- Você dava um "a" e ele socava a patada.

- Nossa Felix.- Ri, retribuindo o abraço.- O loirinho ficou com saudades de mim.- Abracei forte.

- Ou, puff de sala.- Changbin ficou do meu lado, fechei os olhos irritada, deixando um tapa em sua nuca.

- Pingunço abusado!- Tentei correr, mas Bang Chan grudou em minha cintura me levantando.- Me solta! Deixa eu mostar pro Seo ali, quem é o puff de sala.

- Você é gordinha e fofinha.- Jeongin sorriu.

- GORDINHA É O CARAMBA!!- gritei.- ANA VOCÊ SEGURA SEU NAMORADO, EU VOU VOAR NA CARA DELE.

- Deixa meu bebê, Unnie.- Abraçou de lado.

- De bebê, ele só tem a cara.- Olhei para Jeongin que piscou.

- FELIX ME DEVOLVE A TANGA- Olhamos para Agatha que corria atrás do namorado.- Eu tenho uma sandália e eu vou te bater.

- Um relacionamento baseado em, um cara fofinho e uma baixinha pedreira.- Rimos.

- O que vocês estão fazendo aí parados!? Me ajudem!!- Agatha gritava.

- Aquele velho ditado... Briga de marido e mulher... Ninguém mete a colher.- Ri.

- Aí já não é uma colher... É o garfo a faca a mini colher e casa inteira.- Ana falou baixinho.

- Você me respeita sua safada!- Agatha jogou a camisa de Felix no rosto de Ana.

- Não! Agora é guerra!- Saiu correndo.

- Crianças...- Woojin riu.



Notas Finais


Até o próximo capítulo xuxus.
Desculpem qualquer erro:3❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...