História Would you be my passion-Stray Kids(Bang Chan) - Capítulo 57


Escrita por:

Postado
Categorias ATEEZ, DAY6, EXO, Iz One (IZ*ONE / IZONE), K.A.R.D, Red Velvet, Stray Kids, TWICE, Victon, X1
Personagens B.M, Bang Chan, Chaewon, Dowoon, Han Ji-sung, Han Seungwoo, Hongjoong, Hwang Hyun-jin, Irene, J.Seph, Jongho, Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Kim Wooseok, Kim Yohan, Lee Felix, Lee Hangyul, Lee Min-ho, Mina, Mingi, Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Personagens Originais, San, Seo Chang-bin, Seonghwa, Subin, Tzuyu, Wooyoung, Yang Jeong-in, Yeosang
Tags Bang Chanxyou, Stray Kids
Visualizações 72
Palavras 3.878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha quem chegou com o novo capítulo hehehe.
Demorei? Talvez, mas não me matem foi por uma boa causa, não estava me sentindo bem, como também eu não ia postar um cap tão simples pra vocês hehe.
Então espero que tenham uma boa leitura.
(Capítulo não revisado)
Desculpa pelos erros também.
❤️❤️

Capítulo 57 - 057


Fanfic / Fanfiction Would you be my passion-Stray Kids(Bang Chan) - Capítulo 57 - 057

– S/N?- Seus olhos se encheram de lágrimas.

– Isabelle?!- Levantei me segurando na mesa, a mas velha soltou a bandeja, e me abraçou forte, como eu sentia falta daquele abraço.

– Oh céus! Como você cresceu!- Isabelle se afastou fazendo carinho em meu rosto. Minha mente vagava nós momentos em que brincávamos em meu quarto, das guerras de travesseiro que fazíamos quando a mamãe e o papai saiam.

– Eu senti sua falta Isa...- As lágrimas tomaram conta do meu rosto e mas uma vez Isabelle me confortou em um abraço.

– Me desculpe não ter vindo antes meu anjo e nem manter contato...- A mesma beijou o topo da minha cabeça.– Vamos sentar.- Assenti fazendo o que pediu.– Onde está o Felix? Ele está bem?

– Sim! Continua me tirando do sério com suas palhaçadas mas bem... Ele está em casa com meus amigos.- Sorri.– Onde esteve depois que nós mudamos?

– Me mudei para Estados Unidos e lá eu conheci o pai da Victória.- Sorriu, encarei a menina que se deliciava do bolo de chocolate.

– Ela se parece bastante com você Unnie, mas aonde pretende ficar?

– Vou ficar na casa da sua tia.- Arregalei os olhos.– Ela me pediu para passar alguns dias aqui, e também, ela queria conhecer a Vic.

– Mamãe! Eu já terminei!- Colocou a copo de suco na mesa sorrindo.– Ela é minha titia agora?

– Tia...?- Olhei confusa para Isabelle.

– Desde que eu mostrei suas fotos e do Felix, então, ela sempre chamou você de tia.- Riu.

– Ah... Licença, Jagiya... Nós precisamos ir.- Seungwoo se aproximou tirando o avental.

– Isabelle! Esse é meu namorado, Han Seungwoo. Seungwoo essa é a Isabelle, ela cuidou de mim desde de pequena.- Levantei segurando a mão do mesmo sorrindo.

– Prazer em conhecê-lo Seungwoo!- Deram um aperto de mãos.– Quando eu estiver na casa da sua tia, vou te ligar tá bom?

– Não quer que o Seungwoo deixe vocês duas lá?- tirei o avental e a proteção de cabelo.

– Não precisa, Jhonny está por aqui.- Levantou colocando a bolsa na mesa.– Antes que você pergunte, ele é meu marido.

– Yá! Eu não sou tão lenta como antes!- Retruquei fazendo bico.

– Continua fazendo birra.- Cutucou meu nariz.

– Eu não faço birra.- Rimos.– Preciso ir Isabelle, amanhã tenho uma apresentação enorme para fazer.- Nos abraçamos.– Até qualquer dia Victória.- Peguei a menor no colo, lhe dando uma abraço bem apertado.

– Promete ir me ver titia?- A garotinha cujo possuía cabelo levemente avermelhado como os de Isabelle, com mini sardas por toda bochecha, sorriu a espera de uma resposta.

– Que tal você passar a tarde comigo amanhã? Hm? O tio Seungwoo e eu, vamos preparar um aniversário surpresa para nossa amiga.- Sorri.

– Eu posso ir mamãe?

– Claro meu amor.- Victória deixou um beijo estalado em minha bochecha e riu.

– Eu posso dar um abraço no tio Seungwoo?- A menor fez bico. Virei para Seungwoo que logo a pegou no colo envolvendo a menor em um abraço fazendo os dois rir.– Tia...- Victória encostou em meu ouvido e sussurrou.– Eu gostei dele!

Quebra de tempo.

Manhã seguinte.

– Uou! Pra que disse que ia ser só uma apresentação virou um mini projeto.- Entramos no colégio que já se encontrava toda decorada, o chão do corredor estava cheio de confetes e balões por todos os cantos.

– Eu nem ia pra aula mesmo se tivesse, não trouxe os materiais necessário para prova.- Agatha tinha a cabeça abaixada enquanto chutava os balões.

– Ih, algo aconteceu com os dois.- Ana sussurrou.

– Aconteceu?!- Changbin se enfiou entre eu e Ana, quase nós derrubando.– Ana você está usando algum tipo de fone? Não escutou nada? Nadinha?

– A-Ah... Então.- Ana saiu correndo na frente.

– Espera... Ana? EI! VOLTA AQUI!- Binnie saiu atrás da menor.

– O que foi?- Cutuquei o braço de Agatha.

– Ah Unnie, sabe que meu aniversário está chegando certo?- Assenti.– Omma e Appa, estão pensando em ir visitar meu avós como presente.- Suspirou meio desanimada.– Tudo bem que eu não os vejo a dois anos, mas matemos contato por ligações, mas é que... Vai ser meu primeiro aniversário junto com Felix e vocês.

– Conversou com eles?

– Como? Meu Appa é cabeça dura como Changbin e a Omma não liga pra nossa opinião as vezes eu penso que foi adotada.- Riu.– Quem sabe eu não consigo deixar pra nós irmos outro dia.

– Certo!- Eu tenho que conversar isso com o pessoal, talvez Felix consiga convencer eles.– Vamos pra quadra, não tô vendo mais ninguém aqui!- Segurei a bolsa com força e saímos correndo pelo corredor até chegar na quadra, o que já estava bem lotada.– Como vamos encontrar os meninos?

– EI MENINAS!!- Felix acenava para nós duas.- VENHAM!!- Empurrei Agatha até o outro lado da grade onde os outros meninos se encontravam.– Onde estavam?

– Corredor…? Eu não estava nem um pouco afim de chegar aqui rápido.- Dei de ombros.

– Vamos nos sentar, por que o Sehun já está na quadra.- Apontou para o moreno, que ajeitava a camisa social que lhe caia bem, nos sentamos e o professor começou a falar.

– Bom dia alunos!- Gritou assustando a diretora que lhe olhou feio.

– Bom dia!!- Dissemos juntos.

– Então, hoje era para ter aula normal... Mas resolvi mudar as coisas, vamos fazer um pequeno projeto, para ajudar aqueles alunos que possuem notas insuficiente na minha matéria e em outras! Iremos dar início as apresentações!- Vibraram animado. Já eu não estava tão animada assim, apenas fingindo.

– Onde estão os outros meninos?

– Eles estão vindo ali...- Ana apontou para um grupo que se aproximava atraindo atenção das garotas.

– Vamos começar pelos alunos do primeiro ano.- Balançou a prancheta rindo, logo um dupla foi até o meio da quadra e começou a tocar Rum away do TXT, fazendo todos gritarem.

– Oi meninas!- Jongho foi primeiro a chegar, dando um abraçando em todos se sentando do meu lado.

– Vão desculpando por eles não responderem vocês meninos... Todos estão nervosos.- Era visível já que Minho estava quase mordendo um dos dedos de Hyunjin.

– E você não?- Seonghwa me encarou meio desafiador.

– Um pouco.- Dei de ombros.– Ao menos me esforcei.

– Se esqueceu de mim hm?- Jongho que estava do meu lado, ao ouvir o sussurro, deu um pulo me abraçando.

– Yohan te fez cheirar algo antes de vim para o colégio Wooseok? O garoto quase pulou no meu colo.- Resmunguei ouvindo a risada do mesmo atrás de mim.

– Foi por uma boa causa, você nem procurou por mim.- Fez bico.

– Só para calar essa linda boquinha.- Virei o celular em sua direção onde mostrava uma chamada feita para Wooseok com um emoji de gatinho no final.

– Sobre isso.- Riu nervoso.– Meu celular está na vibração.

– E depois vem me matar de susto.- Riu.– Onde está Seungwoo?

– Do outro lado da quadra, já se preparando para apresentar.- Olhei em volta, avistando o mesmo encostado em uma das caixas de som, ajeitando as mangas da camisa social e do seu lado Anne, tentando ter sua total atenção.– Aquela garota é bem atiradinha.- Disse Wooseok rindo.– Mas do jeito que o Hyung está sem paciência hoje... Tenho certeza que ele vai empurrar de um prédio.- Rimos.

– Atenção alunos! Vamos agora para os alunos do terceiro ano! Seungwoo e Anne.- Ambos foram para quadra, dando início a música que seria Boss do NCT U.

– Seu namorado é bem ágil.- Jongho cutucou minha cintura.

– Yá! Presta atenção.- Riu.– Espera ágil?- Olhei confusa para Jongho.

– "Presta atenção."-Imitou minha voz.- A música acabou e todos nós batemos palmas.

– Felix e Agatha!- Os dois entraram na quadra já vestidos com roupas adequadas para a apresentação, recebendo alguns gritos que a parte nós assustou. Se posicionaram dando início as batidas da música, fazendo MinGi e os outros gritarem, Jongho e eu trocamos careta e logo acompanhamos os gritos.

– Eita!!- Ana gritou, chamando nossa atenção, quando olhei para quadra, Felix deslizava uma das mãos acima do seios da menor enquanto se encaravam.

– Eco!- Jongho tampou meu rosto enquanto ria.– Por favor diz que eu não vi isso.

– Infelizmente sim Dongsaeng.- Disse Jongho ainda rindo.– E cheguei a conclusão que você é a mas inocente aqui.

– Obrigado.- Rimos.– Mas eu quero ver como a reação do Woojin.- Tirei sua mão de meu rosto encontrando o mesmo de braços cruzando tendo um semblante sério.– 3, 2, 1…- Woojin levantou de seu lugar e desceu as escadas reverenciando alguns alunos e quando Agatha e Felix se aproximou, o moreno puxou a orelha dos dois de modo que ninguém percebesse e os arrastaram até seus lugares.

– O que eu disse para os dois?

– Aigoo hyung, era parte da dança! Não vamos fazer mas isso.- Resmungou o loiro.

– Vocês arrasaram na apresentação!- Forcei um sorriso, mas no fundo animada, sempre soube que os dois possuíam um fogo que nem instintos podia apagar.– Mas tenho que concordar com Woojin… Só faltou um beijo no final…

– Yá! Até você S/N!- Esbravejou Woojin.

– Mas eu nem disse para eles fazerem isso… Será que ninguém esperar eu explicar?- Espalmei minhas mãos na coxa de Hyunjin e Jongho, que soltaram um mini grito pelo susto.– Desculpa meninos.- Logo um telão foi exposto na parede da quadra mostrando os próximos a apresentar.– Hyunjin e Minho - Sussurrei para mim mesma.– Sinto que minha morte está próxima.

– Concordo com você.- Agatha riu.

– Dongsaeng?- Senti Minho cutucar minha perna.– Pode gravar nós dois apresentando por favor?- Assenti.– Vem, só vamos trocar de camisa.- Sorriu estendendo a mão para que eu pudesse descer com cuidado, já que havia muito aluno ali. Depois de ter quase caído em cima de um dos alunos, conseguimos atravessar a quadra para sair.

– Minho! Espera.- Acelerei os passos e sem perceber topei em alguém deixando seu celular cair.– Oh! Me desculpa, eu não estava prestando atenção.- Agachei pegando o aparelho no chão.– Aqui seu celular.- Levantei compressa encarando o desconhecido que parecia nervosa, mas eu não podia ver perfeitamente seu rosto, tendo a máscara o óculos e o boné impedindo que eu reconhece-se.– É… Preciso ir.- Lhe entreguei o celular correndo em direção à saída, mas algo me dizia que eu o conhecia de algum lugar.– Vocês viram aquele cara?

– O que tocou em você? Sim, nós vimos… Mas deve ser amigo de um dos alunos daqui do colégio, então não tem porque se preocupar.- Respondeu Hyunjin tirando a camisa. Além de boa amiga eu tenho o privilégio de ver meus amigos sem camisa, E se alguém me perguntasse se era bonito, eu diria que seria o próprio mal caminho.

– Terra chamando S/N!- Minho bateu em minha testa.– Vamos.

– Ah! Sim, vamos!- Acompanhe os dois até a quadra. ( Gente vai ser aquela coreografia entre Felix Hyunjin e Minho, tirando o burguês, sim eu dei esse apelido ao lix). Enquanto os dois apresentavam, meus pensamentos vagavam quando toquei no garoto de boné, Mesmo não podendo ver perfeitamente seu rosto me parecia tão familiar, como também queria entender o porquê de estar tão nervoso perto de mim. Quando dei por mim a música já havia acabada como também todos os alunos aplaudiam de pé. Devolvi o celular a Minho e voltei até onde o pessoal estava.

– O que deu em?- Felix agarrou meu pulso, impedindo que eu pudesse me sentar.

– Uh?- Levei meu antebraço até sua mão tirando dali.– Não foi nada Felix, Eu só não estou animada o suficiente para essa apresentação, estou pensando em cancelar uma uma das músicas e estudar para a prova, não será tão complicado assim.

– O que?!- Ana me encarou séria.– Não S/N para de brincadeira, os meninos estão aqui por você.- Apontou para os oito garotos sorrindo para mim.

– Eu te odeio Kim Ana...- Revirei os olhos ouvindo sua risada

– Eu sei o quanto você me ama.- Fez o coração com as mãos e eu fingi cortar.

– Se não percebe, você e Jeongin são os próximos.- Apontei para o telão, a menor arregalou os olhos e e imediatamente puxou Jeongin consigo para que pudesse se trocar, quando voltaram colocar uma música que seria Senõrita de Camila Cabello.

– Finalmente algo mais calma.- Hyunjin jogo as mãos para o alto.– Só teve apresentações de stripes aqui.

– Ainda não vimos Jisung e a Duda, o Woojin hyung e nossa Saeng.- Alertou Felix.– Não podemos esquecer de S/N e os meninos que aliás soube que vai ser sensual.

– Como você consegue ser bocudo tão rápido Felix?- Indaguei cruzando os braços.

– Fighting.- Gritou Agatha nos assustando.– O que foi?

– Você gritou tão alto, que nos quase grudamos nós pessoal de cima, além do mas você está chamando atenção demais Jagiya.- Disse Felix. Agatha fez menção de gritar mas o loiro tampou sua boca rindo.– Desculpa gente, ela bebeu um dos chás gelado de Hyunjin.

– Yá!- Resmungou o mas velho.– Eles são gostosos tá?- A música terminou e os meninos levantaram gritando e aplaudindo acompanhado por mim.

– Ao menos alguém me dá orgulho.- Woojin sorriu animado.

– Hyung fica quieto.- Felix olhou torto para o mesmo fazendo todos rirem.

– S/N é sua vez.- Woojin apontou para tela.- Você e Yohan.

– Aí droga.- Sussurrei.

– S/N…- Levantei meu rosto encontrando Wooseok me encarando – Boa sorte Dongsaeng.- Depositou um beijo em minha testa.

– Obrigado Woo.- Sorri.– Pode me dar a bolsa que está aí atrás?- O mesmo assentiu me entregando.

– Tome cuidado e não se esforce demais hm?- Concordei, e logo corri saindo da quadra, coloquei a roupa, indo em direção a Yohan que já me esperava.(link nas notas finais).

– Preparada?- Disse o moreno sorrindo para mim, usava quase a mesma roupa tirando a saia que eu usava.

– Não muito mas… Vamos logo!- Olhei em direção a parte que a poucas horas eu estava e os meninos mantinham a atenção em mim e Yohan, assim Seungwoo e Hangyul que estava lá. E ambos gritaram um "Fighting". Nós posicionamos dando início a música. Yohan entrou na frente e gritou 2jeol oneora, fazendo geral gritar. Quando terminamos todos aplaudiram e fomos no sentar.

– Eu achei que a S/N tinha caído de propósito.- MinGi sorriu nervoso.– E só aí percebi que fazia parte da coreografia.- Rimos.– Woojin e Fehh vocês são os próximos.

– Obrigada por avisar Mingi.- O mesmo levantou acompanhado de Fehh.

– Alguém precisa gravar isso.- Digo baixinho.

– Eu faço isso.- Hyunjin levantou correndo.

– Como conseguem ser tão perfeitos na dança.- Ana praticamente babava.

– Tem que ter muita sincronia para essa música.- Hongjoong me encarou sorrindo.– Na minha opinião.- Rimos.

– Alguém viu Jisung e Duda?

– Já está do outro lado da quadra.- Indicou a direção onde os dois brincavam rindo.– Depois que você e Yohan terminaram de apresentar, saíram correndo. Quando quando a música acabou nós levantamos gritando, e eu por estar muito concentrada hein aplaude meus amigos pela bela apresentação, senti alguém me abraçar e depositar um beijo em meu pescoço.

– Oi Jagiya.- A voz de Seungwoo saiu baixinha parecia está um pouco cansado.

– Aí Seungwoo!! Você quase me faz ter um ataque do coração.- Respirei fundo sua risada abafada.– Como foi a apresentação com a Anne?

– Não vamos falar daquela garota.- Seungwoo mordiscou meu pescoço, fazendo com que eu desse um mini gritinho.– Eu queria muito jogar aquela garota de um prédio.- Bufou apertando mas os braços em volta de minha cintura.– Ela não parava de falar "Oppa, o que aquela garota é sua?" E como eu sou uma pessoa de bom humor foi bem direto…. "Minha namorada."

– Ahh! Foi por isso que eu vi ela fazer uma cara feia… Eu te avisei S/N.- Wooseok deu aquele típico sorriso safado.

– Avisou o que?- Seungwoo olhou para mim e Wooseok confuso.

– Estava na cara, que você queria jogar ela de algum lugar.- Respondi rindo.

– Gente presta atenção, Jisung e Duda vão apresentar agora.- Apontou para quadra onde a música iniciava.– Ahhh!! Foi a música que eu indiquei a eles.- Ana balançava Jeongin de um lado para outro.

– Que música é essa mesmo?- Agatha agora encarava a amiga curiosa.

– What You Waiting For, da R.Tee e Anda.- Respondeu batendo palmas.

– Tenho que concordar que… Combinou com eles não? Olha como a Duda sorri para o Jisung.- Apontei para dois que sorriam um para o outro.– Isso é que é relacionamento.

– Não mesmo! Relacionamento é o nosso.- Ana apontou para si mesma.– A gente briga mas no final da grudado um no outro.

– Corrigindo, vocês são como cães e gatos.- Agatha olhou para Ana negando.

– Vamos para por aqui pessoas.- Interrompi a discussão dos três.– O foco agora é torcer por nossos amigos.

(Gente eu vou pular as apresentações)

•••

Depois de todos apresentarem, decidimos sair para aproveitar o tempo.

– O mas engraçado foi a cara de Seonghwa.- Andávamos um do lado do outro.– Ele fazia umas caras... Que era de matar.

– Ah... Sobre isso, ele me ajudou nos ensaios, eu não queria atrapalhar vocês muito menos o Seung - Dei de ombros.– Então por favor não venham pensar merda.

– Até aí tudo bem mas você tinha que ver a cara do Seungwoo e os outros, até Felix ficou assustado… No início da da música que você tirava a camisa e ficava de joelhos…- Agatha respirou fundo e deu um pulo nos assustando.- Foi a morte do Seungwoo, ele não piscou se quer um segundo.

– Yá! Eu… S-Só gostei… Digo.- Abaixou a cabeça envergonhado.

– Aliás, eu gravei você dançando Nonna.- Jeongin balançou o celular rindo.

– Droga!- Parei no meio do corredor batendo as mãos no bolso da calça.

– Aconteceu alguma coisa?- Jeongin que havia parado um pouco a frente voltou até onde estávamos.

– Eu deixei meu celular no armário do banheiro feminino, mês esperem lá fora, não demoro!- Comecei a correr de volta para quadra, assim que abri o portão encontrei alguns faxineiros do colégio e cinco alunos acompanhado de seus prováveis amigos. Entrei no banheiro feminino que dividia o vestiário e os armários.- 365…- Olhei em volta até então encontrá-la.- Te achei!- Joguei a bolsa no chão, colocando a senha no armário, peguei o celular vendo a tela acender mostrando algumas mensagens e em baixo do aparelho um papel.– Eu não acredito que ia esquecer a lista.- Abaixei para guarda as coisas.– Você só não esquece a cabeça por que grudada no pescoço em S/N.

– S/N…- Sabe quando você tá no seu momento de paz? Se xingando mentalmente e uma alma sarapantoza aparece? Pois bem foi assim. O susto foi grande que ao me levantar, acabei batendo a cabeça na porta do armário, voltando para o chão.

– Anya! Não sabe bater não?- Xinguei mentalmente a pessoa que resolveu me assusta de várias línguas nas quais eu sabia.– Voce? Digo… B-Bang Chan?- Pisquei diversas vezes só para ter certeza de que era apenas imaginação vindo da minha cabeça.– O q-que faz aqui? Não para está…

– Em Hongdae?- Bang Chan tirou a máscara e o boné, deixando seu cabelo agora de outra cor a mostra.– Sim eu estava lá, mas quando soube que ia haver uma apresentação, não pensei duas vezes em vim para cá.

– Que bom… Gostou de reencontra suas amiguinhas?- Respirei fundo fechando a porta do armário.

– Vai começar?- Cruzou os braços revirando os olhos.– Nos dois.- Apontou para mim.– Precisamos conversa.

– Eu não tenho nada que conversa com você Bang Chan.- Coloquei a bolsa nas costas.

– S/N… Você sabe que eu fiz isso para te proteger.

– Esse foi seu erro, se tivesse deixado que eu me resolvesse…- Fechei os olhos caminhando em direção a saída.– Com Mina, ainda podia ter chance de estarmos juntos.- Quando eu já estava prestes a sair, senti sua mão agarrar meu pulso.

– Você vai voltar a ser minha!

– Continue sonhando assim e você vai longe.- Puxei meu braço de volta.– Espero não te ver mas Bang Chan.- Dei as costas para o moreno.

•••

– Só podia ser preguiça do meu irmão.- Resmunguei de olho no celular. O corredor do colégio agora estava mas silenciosa que antes, não possuía mas os mini confetes e balões da apresentação, nem mesmo os alunos de antes estava ali, parece que eu fiquei uma eternidade naquele banheiro. Quando eu estava quase saindo, vi uma cena um tanto quanto estranha, MinGi estava no chão e Agatha estava em seu colo.– Que pouca vergonha é essa?

– A-Ah… S/N.- Agatha levantou apressada.– Não conta para Felix!

– Já parou pra pensar de todas as vezes que eu escondi coisas do Felix em relação a você?- Cruzei os braços encarando-a.

– Não me lembro de fazer tanta coisa assim…

– Deixa me ver… Escondi do meu irmão que você estava de conversinha com Xiumin mesmo depois daquele acontecimento, aquele papo todo que você estava com o garoto bonitinho da sala…- Contava tudo nos dedos e sua feição ia mudando a cada vez que eu dizia.– Contanto com esse quase beijo que vocês dois iam dar.

– Tudo bem! Eu já entendi… Mas não conta para ele… Por favor S/N.- Agatha me encarava triste.

– É S/N… Realmente não era o que você pensava.- MinGi levantou ajeitando o casaco.– Íamos atrás de você, mas alguns alunos passaram pelo corredor, quase nós atropelando e a Agatha acabou desequilibrando e pra não machucar, eu segurei ela.

– Tudo bem... Vamos logo.- Passei pelos dois massageando o lugar onde bati, após sair do colégio encontrei o resto do pessoal do outro lado da rua.– Aigoo…

– Até parece que viu um demônio no corredor.- Disse Minho.

– Cala boca idiota minha cabeça tá doendo.- Alterei a voz ouvindo seus resmungos baixo.– Wooseok podemos ir numa loja de conveniência no shopping? As coisas lá são melhores.

– Espera loja de conveniência?- Felix fez careta.– Mas a gente ia…- O mesmo ia dar continuidade na sua fala, mas Ana foi um pouco mas rápido e pisou no pé do loiro.– YÁ!! Por que fez isso?

– Você é lento em Felix...- Ana revirou os olhos.– Esqueceu que S/N trabalha e precisa comprar ingredientes para fazer as coisas? O você acha que ela vai dar uma de mágica e fazer tudo aparecer?

– Deveria parar de debochar assim tão na cara.- Felix cruzou os braços.

– Vou fingir que não vi isso... Enfim vou indo, Seungwoo quando poder vai pra lá ta?

– Pode deixar Jagiya.- O mas velho e eu nós beijamos e saímos para ir ao shopping.

•••

– Por que as coisas aqui tem ser tão alta.- Fiquei na ponta dos pés, tentando alcançar um pote de chocolate pronto.– E pra piorar Wooseok não estava aqui, mas do que vai adiantar, aquele ser é baixinho. 

– Tô cuidado, assim você vai derrubar tudo.- Virei meu rosto encontrando um cara alto e o cabelo tingido de rosa (ou lilás eu sou daltônica gente socorro).– Aqui.- Estendeu o pote para mim.

– Ahh… Obrigado…

– Pode me chamar de Youngk.- Sorriu.– E o seu?

– S/N.- Respondi me curvando.

– L-Lee S/N?- Arregalou os olhos


Notas Finais


Link da roupa de apresentação da S/N: https://pin.it/rin2uojw6pmgy5

Link da Isabella e Victória: https://pin.it/qasqf2ytmotee6 https://pin.it/qasqf2ytmotee6 (vocês tem duas escolha sobre a pequena Victória belê?)
Segundo link: https://pin.it/axdhkzr2xrgefb

Gente desculpa nao responder vocês no capítulo anterior, sériozao eu morro de vergonha de responder vocês, diculpa🥺❤️.
E até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...