História Wow, Fantastic Baby! - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chen, Sehun, Xiumin
Tags Chenmin, Exo, Hunbaek, Sebaek, Xiuchen
Visualizações 40
Palavras 752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - 15


Baek estava em casa e alguém tocou à campainha.

- 'Tô indo! - estava secando o seu cabelo enquanto estava com uma toalha à cintura e abriu a porta.

- Isso tudo é para mim, Baek? - ele riu e o mais baixo corou.

- Claro que não 'né SeHun. - ele revirou os olhos ainda com o rosto ruborizado. - O que fazes aqui?

- Dae vai dar uma festa e queria saber se tu querias vir. - o mais velho assente.

- Quero, mas antes vou terminar de me vestir, entra. - o mais alto entrou e sentou-se no sofá, enquanto Baek foi se vestir.

Exatamente 15 minutos depois, o mais baixo desceu e estava fabuloso na visão de SeHun.

- Já estou, vamos embora. - foi até à porta com as chaves e o telemóvel na mão, e enquanto caminhava balançava um pouco os quadris só para provocar.

[...]

Chegaram à festa e SeHun abriu a porta para o outro, que agradeceu e andou até à porta.

- Byunnie! - uma doce voz aproximou-se a correr de Baek que abriu os braços.

- Minnie! - sorriram um para o outro e entraram. SeHun foi atrás deles e agarrou o Baek pela cintura. Puxou-o para um canto e sussurrou ao ouvido do mais velho.

- Podes divertir-te com o Seok, mas se eu te vir com alguém, estás fodido. - apertou o membro alheio e recebeu um gemido em resposta. - Literalmente. Ouviste?

- U-Uhum.

- Ótimo. - SeHun largou o mais velho e foi para o sofá da sala de JongDae. BaekHyun sorriu de lado, negando com a cabeça e voltou para a sala, onde estava a pista de dança.

- Minnie! Vamos dançar! - puxou o mais velho e foram ambos dançar. Sentiram vários olhares de ambos os sexos, mas só se importaram de provocar os seus homens, que estavam juntos e a olhar para eles.

O mais novo puxou um homem qualquer e começou a esfregar-se nele, enquanto Seok fez o mesmo. Era visível os ciúmes de Dae e SeHun até a quilómetros dali. Os dois aproximaram-se dos mais velhos e puxaram-nos para fora da pista. Eles mantiveram-se com um sorriso, mas eles queriam rir da expressão dos outros. JongDae puxou o MinSeok para a casa de banho enquanto Byun era puxado para a cozinha.

- O que é que eu disse, Baek? - virou Byun de costas para si e bateu no traseiro do mais velho.

- Não sei, SeHun. Esqueci-me. - deu de ombros deixando o mais novo com raiva.

- Ai não? - Byun negou e recebeu outra palmada no mesmo local, agora mais forte. - E agora? - continuou a negar e ficava cada vez mais com as nádegas a arder.

- Ai SeHunnie... Foi só uma brincadeirinha... - ficou cara a cara com o mais novo e mordeu o lábio inferior, passando os braços pelo pescoço do mais alto. - Sabes que eu gosto de te provocar. - riu baixinho e SeHun estava sem expressão - ou melhor, continuava com ciúmes -. Saíram do cómodo e foram-se divertir com Seok e Dae. JongDae apagou a luz da sala, deixando apenas as luzes néon e colocou uma música sensual.

Os mais velhos sorriram maliciosos e sentaram os mais novos no sofá. Byun ficou de costas para o SeHun e Seok ficou de frente para Dae com uma perna de cada lado do seu corpo.

Byun rebolou lentamente no colo do mais alto que gemia rouco e apertava a sua cintura. Isso era o que o mais baixo gostava de ouvir. Seok gemia ao ouvido do mais novo e dizia que o queria, enquanto recebia apertos necessitados no seu traseiro e beijos, chupões e mordidas no pescoço.

Eles continuaram a provocar os mais novos até a música parar. Sentiram-nos duros e olharam um para o outro, a sorrir cúmplices. Levantaram-se e obviamente que iam ser puxados para o quarto, mas os mais velhos negaram.

- Hoje não. - disseram em uníssono, mandaram um beijo com os dedos para os outros e saíram para o quintal onde se riram e se divertiram pelo resto da noite, até adormeceram na relva.

De manhã, foram acordados pelo canto dos pássaros e entraram em casa de Dae. Viram que já se tinham todos ido embora, menos eles os 4.

Byun sugeriu irem ao cinema e foram, não antes de trocarem de roupa. Durante todo o filme, os mais novos foram provocados pelos outros que só se riam divertidos.


Notas Finais


Mais um ou dois capítulos e a fanfic acaba. Obrigado a quem acompanhou.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...