1. Spirit Fanfics >
  2. Wrong - HalBarry >
  3. 5 - Ele vai precisar de um cobertor

História Wrong - HalBarry - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - 5 - Ele vai precisar de um cobertor


* Flash on *

- Consegue pensar em alguma solução? - Dick me perguntou enquanto olhávamos Clark apagado em uma das camas da enfermaria improvisada.

- Temos que pensar em alguma forma de "filtrar" o sangue dele, podemos pedir ajuda da Kara.

- Talvez ela saiba de alguma forma já que eles são da mesma espécie.

- Exato.

- Do mesmo jeito vou dar uma olhada nos arquivos do Batman, ele tem informação sobre Clark de sobra.

- Isso chega a ser estranho.

- Não posso negar - Dick disse com um sorriso.

- SAI DA FRENTE! - ouvir uma voz familiar gritar e de repente Oliver entra com tudo dentro da enfermaria segurando alguém nos braços.

- Hal?

- O que aconteceu com ele? - Dick correu em direção a eles ajudando Oliver a coloca-lo em uma cama.

- Isso - ele pegou com cuidado o braço de Hal mostrando um buraco - vamos tirar esse anel.

- NÃO! - exclamei correndo até ele e puxando o braço de Oliver pra longe - você vai mata-lo! Com o anel ele tem a força dos Lanternas isso ajuda a se curar.

- Não sabia disso... - Oliver respondeu um pouco arrependido.

- Então não deveria ter tentado - soltei irritado.

Se ele trouxe Hal, provavelmente foi porque ambos estavam em batalha e ele é inteligente demais para deixar que algo assim o acertasse, a probabilidade foi que tenha sido erro de alguém.

- Barry... - Dick me chamou a atenção.

- O que aconteceu com ele? - insisti.

- Eu não sei, quando ele voltou com Diana já estava assim.

Ok, pense Barry... o que você pode fazer por Hal nesse momento?

- Já sei! - corri de volta pro quarto dele - onde está? - assim que olho para o pequeno móvel ao lado da cama a encontro - aqui! - corro de volta a enfermaria e coloco a lanterna ao lado de sua cama.

- Como que ele usa isso? - Oliver pergunta entendendo minha ideia.

- Não sei... 

- Vocês estão juntos a 4 anos, Barry. Como você não se lembra disso?

- Qual a parte do voltei no tempo e não me lembro que vocês não entendem...

- O que está fazendo? - perguntei a Hal, ele me olhava com um sorriso.

- Recarregando - ele falou de modo simples enquanto encostava o anel no símbolo da lanterna.

- Ah, então quer dizer que Hal Jordan já se cansou mas, assim tão fácil? - eu o provoquei, deixando o lençol de lado e me ajoelhando na cama ficando a pouco centimetros do seu rosto.

- Eu disse isso? - senti sua mão descer por minhas costas, parando na minha bunda e a apertando.

- É o que parece - o provoquei mais uma vez e ele me beijou, suas mãos puxaram minhas pernas me fazendo cair de costas na cama com ele por cima de mim.

- Então vamos ver até onde eu consigo ir, Barry Allen.

A memória me acerta sem aviso e me estou divido em me preocupar com esse choque dentro da minha mente ou gostar do que vi.

Pera... eu gostei do que vi?

- Barry, por que você está vermelho? - Oliver me olhou preocupado - você está bem?

- Sim, estou bem - me aproximo de Hal e pego sua mão, praticamente colando o anel no símbolo da lanterna - ele vai precisar de um cobertor - falei sem mais nem menos, nem eu mesmo sei o porque eu falei isso.

- Ok - Dick pegou um em um armário perto sem questionar e Oliver me encarava com estranheza.

O anel e a Lanterna brilharam na mesma intensidade e rapidamente coloquei o cobertor sobre ele,  a mesma luz verde envolveu o corpo de Hal e o uniforme sumiu dando lugar a uma espécie de capa protetora verde. Nessa hora Oliver me olhou com um sorriso.

- Pra alguém que não se lembra de nada, você tá até bem informado sobre o quê o Jordan usa por debaixo do uniforme*.

Como eu sabia que Hal Jordan não usa nada por debaixo do uniforme?

- Algum resultado? - Bruce perguntou entrando da sala e indo em direção a Clark.

- Infelizmente, não - Dick respondeu um tanto triste.

- Contactou Kara?

- Estava indo fazer isso agora - ele apenas assentiu, tirando as luvas e segurando a mão de Clark e fazendo um pouco de carinho - peço que mantenha isso entre nós, Dick.

- Não se preocupe, sei como o resto da família ficaria se soubesse disso.

- Já fizeram os exames? - ele perguntava pra mim.

- Não, farei agora mesmo - peguei um kit para tirar sangue e fiquei ao lado de Bruce.

- Como ele está? - ele me perguntou baixinho - Diana me falou que atravessou.

- Sim mas, já estou cuidando disso.

- Quero conversar com você mais tarde, vai dormir por aqui? - assenti tirando sangue de Clark e pegando algumas amostras.

Depois de recolher as amostras a coloquei em uma maquina de processamento, onde Bruce a adaptou para quantificar a porcentagem de kriptonita, em questão de poucos minutos

os resultados apareceram na tela.

- Vamos lá Barry, de acordo com as estatísticas se o Superman está mal o quanto você está fodido?

- Não sei, Barry acho que 3.

- E se ele for o namorado do Batman?

- Eu acho melhor nós fugirmos, Barry ou vamos acabar mortos em uma vala de Gotham.

- Você ainda fala sozinho? - Oliver apareceu atrás de mim gargalhando.

- Só enquanto trabalho.

- Os resultados saíram, Barry? - Bruce apareceu ao meu lado me fazendo pular de susto.

- S-Sim - ele continuou me olhando.

- Estou esperando...

- Ah, sim... então tem uma boa e uma má notícia, qual prefere?

- Barry... - sua voz saiu impaciente, aquele cara da medo.

- Ok - limpo a garganta me preparando - Clark vai sobreviver, só que devido a quantidade de kriptonita...

- Ele não vai ter mais os poderes - Bruce completou.

- Infelizmente, sim.

- Quanto?

- Bruce isso não vai... - Oliver se intrometeu.

- Quantos por cento? - Bruce insistiu.

- 70.

- Tem que haver algum jeito.

- Bruce, não se force quanto a isso, pelo menos ele está vivo - Oliver o reconfortou.

- Na verdade tem - Bruce me olhou com esperança nos olhos, eu nunca o vi daquele jeito - podemos tentar filtrar o sangue dele porém, a quantidade de kriptonita é muita e talvez seja preciso 3/4 seções para que talvez ele fique limpo, sem falar que precisaríamos de Kara e não sei se o sangue dela é compatível com o dele, mesmo que sejam da mesma espécie talvez os kriptonianos também tenham um tipo sanguíneo.

- Vamos tentar - Bruce decidiu sem nem mesmo pensar direito.

- Ele pode acabar morrendo, Bruce - informei tentando faze-lo pensar mais um pouco.

- Já disse que vamos tentar.

- Bruce...

- VAMOS TENTAR, JÁ FALEI! - ele gritou comigo me fazendo recuar um pouco.

- Por que está gritando com eles, querido? - a voz de Clark foi ouvida mesmo que tenha saído fraca e baixa.

- Por nada - Bruce respondeu se aproximando de Clark.

- Nós protega dele, Clark, você apaga por algumas horas e ele está sendo mandão de novo - brinco com eles e Bruce me olha com raiva, a cena toda faz Oliver e Clark rirem.

- Hal, está bem? - Superman perguntou notando ele na cama ainda dormindo.

- Sim, ele está se curando.

Pelo menos é o que eu espero.

.-.-.-.

* = não sei se vocês sabem mas, os lanternas podem escolher as roupas que usam por baixo do uniforme já que, a qualquer momento eles podem precisar se transformarem, ou o contrario.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...