História Wrong Choice - Shawn Mendes - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Shawn Mendes
Tags Ação, Amor, Camila Cabello, Romance, Saga, Shawmila, Shawn Mendes, Shawnmila, Suspense
Visualizações 118
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Peço perdão por todo esse tempo off. Passei por altos e baixos e não conseguia pensar em fanfics, mas quem é vivo sempre aparece. Nunca irei deixar vocês sem me despedir, i'm back.

Capítulo 16 - Amor falso?


Fanfic / Fanfiction Wrong Choice - Shawn Mendes - Capítulo 16 - Amor falso?

Pov. CC. 

Acordei com Shawn em cima de mim, ri baixo pela situação, tento virar pro outro lado e ele de mexe. Sua mão vai parar acidentalmente em minha intimidade e eu coro,  ainda bem que ele esta dormindo,  iria rir da minha cara com certeza. Respiro fundo e fico observando seu rosto, sua pele perfeita, seus cabelos castanhos enrolados e lembro que antes de dormir ele sussurrou que me amava. Disse que me amava muito... Tenho certeza que não sonhei, ouvi sua voz rouca dizer essas palavras, com certeza não estou louca. Ando pensando muito nessa questão de amor, sentimentos, talvez eu devesse pensar menos nisso e aproveitar o momento que talvez seja passageiro. Eu tenho um nome, tenho dinheiro, sou respeitada mundialmente, tenho uma carreira de grande responsabilidade e fui seduzida pela maior barreira do caso penal, se desconfiarem ele está fodido, eu estou fodida e tudo vai ser uma grande tragédia, nunca serei perdoada, meu deus!

Saio de minhas paranoias quando Shawn acorda, olho para seus olhos e nossos olhares se encontram de uma maneira única  e incrivelmente surpreendente, é como se eu enxergasse sua alma, seu coração e todo o lado escuro que precisa de uma luz ali dentro. Ficamos paralisados por um bom momento até que eu quebro esse contato, parecia que ele estava me consumindo, tentando me puxar pra dentro dele. Ele precisa de mim. 

— Foi incrível, você é perfeita. Bom dia. -diz-

Sua voz grossa me deixa louca, suspiro e começo a acariciar seus cabelos. 

— Bom dia. Foi como um conhecimento geral essa troca de olhares, mágico. -sorrio-

— Magia... -ri- Talvez. -sorri- Espera, minha mão, céus!  

Ele enfia um dedo dentro de mim sem avisar e eu solto um gritinho, meu deus. 

— Agora sim é um bom dia. -diz ele sorrindo malicioso e tira seu dedo de mim-

O beijo e fico por cima dele, o lençol deixa meu corpo e fico totalmente exposta. 

— Agora sim é. -sorrimos- 

— Poderia acordar com essa vista a minha vida inteira, seria horrível acordar com o sol nascendo quadrado. -ele ri de sua piada infeliz-

Eu ri junto mas não deixaria isso acontecer, ele não pode ficar longe de mim... 

— Eu sou uma boa advogada, você nunca vai ver o sol nascendo quadradro, eu não deixaria. 

Ele sorriu de lado e começou a passar a mão pelo meu corpo, estava me analisando por completo esperando vir algo em mente pra falar. 

— Camila, o destino é justo, o karma vem pra todos e um dia eu vou me foder muito. -deu uma pausa- E eu não quero que você tente me defender se um dia descobrirem quem eu sou. Mas enquanto eu estiver com você isso é indiferente, foda-se. 

— Não diga isso, eu não consigo pensar nisso, seria doloroso de mais perder você, eu te defenderia sim. E sobre o destino, acho que podemos quebrar algumas regras e fugir dele. -sorrimos-

— Com certeza poderíamos fugir dele, já estamos fazendo isso e agora, você não é mais uma advogada,  é só Camila. Minha Camila. -destacou a última frase em um tom sombrio com um toque de melancolia-

— Shawn, você se arrepende de ter feito aquilo comigo? 

Remexer em casos passados é ruim mas eu preciso de respostas. 

— Todo dia eu me arrependo mas... Se não fosse isso não estaríamos aqui, fora que você me deu liberdade, eu sabia que estava fodido ali mesmo. -riu- Você é surreal Karla. 

— É... Ontem, você disse que me amava -suspiro- muito. 

Ele parou de me acariciar e levantou meu queixo, olhou no fundo dos meus olhos e ficou me observando, analisando, buscando as palavras certas. Não tinha como esconder, eu vi! Ele precisa de mim, ele me ama. 

— Camila, é complicado. Você quer entrar mas é difícil pra eu me acostumar com tudo isso, seu amor é intenso, verdadeiro e você... Você me perdoou, você me entendeu, me ouviu, voltou e continuou aqui. Você me ensinou tantas coisas em pouco tempo, eu acho que você merece isso. -suspirou- Sim, eu te amo e é extremamente difícil pra mim aguentar isso. 

— Como assim? O que é difícil? 

—  Tenho medo de machucar você e afogar você em um vazio sem sentido. -diz com toda melancolia de sua alma-

Ali eu pude ter certeza que seus sentimentos por mim eram reais, eram verdadeiros suficiente. Ele as vezes o descreve com palavras, queria muito descobrir como ele chegou até aqui, como ele começou a fazer essas coisas, qual era seu maior segredo trancado na parte escura da sua alma. Eu vou descobrir e vou tirar ele disso, vou iluminar sua vida e o proteger do destino. 

— Entendo mas você tem que se dar uma chance, me dar uma chance. Eu posso te ajudar, posso acabar com sua parte sombria, cobrir seu passado, ser sua amada. Me dê uma chance e deixa eu te mostrar todo meu sentimento. 

Seus olhos se enchem de água por poucos segundos e ele deita minha cabeça no seu peito, começa a mexer em meus cabelos e sua outra mão faz carícias em minhas costas. 

— Eu te dou uma chance Camila, te dou duas até mas tem que me prometer que vai se afastar se um dia eu mandar. 

— Prometo mas você tem que me contar tudo, tem que me deixar entrar. -passo minhas mão por seu braço musculoso- 

— Tudo bem, aos poucos eu vou me apresentando do jeito que sou para você, mas tenho medo de você fugir. 

— Shawn, existe uma pessoa boa aí dentro,  existe um cara que um dia amou e está aprendendo a amar de novo, prometo que não vou fugir. Você não é aquele cara horrível, e você sabe,  só precisa enxergar. 

— Me mostre Camila, eu não consigo ver a luz aqui dentro, só consigo enxergar você... E você é minha salvação, meu socorro que eu precisava. Me perdoe por tudo. 

— Não, não peça desculpas, naquele olhar eu vi tanta coisa que você não imagona. Eu te amo Shawn e nada vai mudar isso, barreiras existem mas se eu precisar quebrar as suas eu quebro. 

— Você é surreal Karla, vamos sair? 

— Sim, vamos ao Starbucks? Queria comprar um frapuccino e também muffins. 

— Muffins? Muffins não me lembram coisas boas... 

— Ei, vamos dar um novo significado aos muffins,  o que acha?  -sorrio-

— Fechado.  -riu- 

Nos levantamos, tomamos um banho e nos arrumamos. Saímos da casa e fomos direto para o centro no Starbucks, o primeiro de todos, o lugar onde nasceu minha lanchonete/restaurante preferido. Incrível... 


                                                   Continua... 



Notas Finais


Não desistam de mim e sempre comentem, deêm uma olhada nas minhas outras fics creio que vão gostar. Amo vocês! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...