História Wrong Number - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Desapaixone, Michaeng, Twice
Visualizações 111
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção Adolescente, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tô aqui dnv! :)
Bem, não prometo trazer logo porque voltei a estudar e tals
Vai ser difícil postar agora ent, dêem ideias, o que passam pela cabeça de vocês, isso ajuda muito :)
Tradução do título: Bebê Tigre, meu Bebê Tigre.

Capítulo 4 - Chapter Four: Baby Tiger, my Baby Tiger.


Fanfic / Fanfiction Wrong Number - Capítulo 4 - Chapter Four: Baby Tiger, my Baby Tiger.

Mina

Estávamos tão próximas... Eu não havia percebido o quanto ela era linda, sua pintinha debaixo de seus lábios é tão linda, seus lábios tão convidativos... Eu não iria resistir e consegui, resisti e não fiz nada. Cortei o silêncio e percebi que o chão estava frio, é, eu joguei um "está um pouco frio aqui" para quebrar o clima.

A menor saiu de cima de mim e me ajudou a levantar, agradeci e logo me sentei na cama.

— Chaeng... Obrigada pelo café, qualquer coisa que precisar pode vir aqui no quarto, tudo bem? 

— Ok.

— Ah... Eu não quero que a gente fique se odiando então, podemos tentar ser amigas?

— Claro! 

Eu sorri e ganhei um abraço bem apertado da menor, eu não queria soltar ela nunca mais de tão bom que aquele abraço estava.

— Bem, preciso ir tomar um banho, quer almoçar fora?

— Pode ser, vou tomar um banho também. Está se sentindo melhor?

— Tô sim! Obrigada mesmo por ontem.

— Agora vai lá, as 12:20 PM saímos, ok?

— Tá bom.

Chaeyoung saiu do quarto e eu fui ao banheiro, tomei um banho demorado, fiquei perdida em meus pensamentos pelo o que aconteceu mais cedo, iríamos nos beijar? Eu queria isso? Eu não sei, estou confusa, acho que até demais. Termino meu banho e saio do banheiro, indo em direção ao meu closet e escolho uma roupa bem confortável, visto um short jeans não tão curto, uma blusa branca e meu tênis favorito, preto com listras brancas da Nike. Saio do quarto e vou até a sala, vejo que a menor está me esperando e, caralho, ela está tão linda, vestida com uma calça preta rasgada no joelho, uma blusa preta com estampa de planetas e um tênis preto com listras em rosa e pra finalizar, um boné de Hogwarts vermelho.

— Vamos?

A menor me olha de cima a baixo e cora, eu fiquei querendo morde-la nesse momento, apenas sorri.

— V-vamos, você tá l-linda.

— Você também, Chaeng.

Ela sorriu e corou mais uma vez, como uma garota pode ser tão fofa? Aish.

Não andamos muito e logo chegamos em um restaurante perto de casa, entramos no mesmo e sentamos em uma mesa próxima a janela.

— O que vão querer? — uma atendente chega até nós e pergunta.

— Eu quero um bibimbap.

— Eu quero um kimchi

— Tudo bem, um kimchi e um bibimbap, alguma bebida?

— Coca-Cola.

A garçonete anotou os pedidos e saiu, nos deixando sozinhas novamente.

— A comida daqui é ótima, Chaeng.

— Sério? Nunca vim aqui, se não for, você me deve algo. — ela fala e dá um sorriso travesso, eu sorri meio sem graça e logo ri.

— O que você iria querer?

— Um beijo.

— O-O que? — Corei violentamente com seu pedido.

— Eu tô brincando, besta. Não iria querer nada.

Suspirei aliviada e ri, Chaeyoung é uma amiga ótima, nunca imaginei que ela seria assim.


Chaeyoung


Ficamos conversando por um tempo até que a garçonete chega com nossos pedidos, peguei meu hashi e comi um pouco de meu kimchi, e, uau, estava delicioso! Nunca havia comido algo melhor que isso na vida.

— Mina... Isso tá divino! Você tinha razão, é ótima a comida daqui.

— Quer provar do meu bibimbap?

— Quero.

Mina coloca um pouco de sua comida em minha boca, eu mastigo e logo saboreio, estava divino também, uau.

— Chaeng, tá sujo aqui.

A mesma risonha direciona seu olhar para meus lábios e eu coro, não sabia o que ela iria fazer. Mina se aproxima de mim e seus lábios ficam a milímetros de distância dos meus, eu queria beija-la, isso é muito estranho. Ela limpa com um de seus dedos e logo os limpa com sua língua, e isso foi tão... Sexy, puta merda, eu poderia ter um orgasmo só com o olhar e a ação dela.

— S-seu bibimbap é ótimo, Mina. Quer um pouco do meu?

— Quero sim.


E assim foi, ela experimentou do meu e adorou. Ela insistiu por pagar a conta e eu — depois de resmungar muito — aceitei. Fomos para casa, rindo de várias piadas que ela fazia e nos jogamos no sofá, cansadas.

— Hey Mina, quer fazer algo?

— Preguiça, Chaeng. 

— Vamos assistir um filme, por favor!

— Okay, okay. Que filme?

— Não sei, você escolhe. Eu vou fazer a pipoca.

Sai da sala e fui em direção a cozinha, pegando os ingredientes e colocando na panela, preparando a pipoca. Sou surpreendida por mensagens da minha "Mommy".

Mommy: Olá sumida, por onde andou o dia todo?

Não recebi nenhuma mensagem sua, estranhei.

you: tive que sair, mas tô de volta.

Eu preciso de saber pelo menos algo seu, apelido ou algo assim.

Mommy: como estou de bom humor

Irei dizer meu apelido e meu primeiro nome

Meu apelido é Pinguim, e meu primeiro nome é Myoui.

Satisfeita?

you: agora sim! 

Para que não fique injusto, eu vou falar meu apelido.

Tigre rs

Mommy: QUE APELIDO MAIS FOFO AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH

SURTEI

ok, voltei.

you: tá né, tudo pom

Mommy: você agora é um bebê tigre, meu bebê tigre.






Notas Finais


🤷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...