História Wrong Paths - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Minyoongi
Visualizações 32
Palavras 5.700
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yoongi já esta pirando

Capítulo 14 - Surpresa


Fanfic / Fanfiction Wrong Paths - Capítulo 14 - Surpresa

P.O.V Min Yoongi

18:12 PM

Jeon estava no apê comigo, Namjoon e Jin. Eles falavam sobre alguma coisa que não dei muita importância. O fato de (s/n) me deixava chateado, mas ela só me via como amigo. Quando que deixei as coisas fugirem do controle desse jeito? Por deus onde eu havia errado? Eu fui legal com ela, a tratei bem, e sempre estive ao seu lado, mas ela escolheu Jeon. Eu não conseguia aceitar.
Ouvimos um barulho e era (s/n) saindo do corredor que ia para o banheiro. Ela estava com um pijama simples, mas mesmo assim estava linda. Eu não me entendia, as vezes a queria e as vezes não. Não saberia dizer se realmente gostava dela, ela me deixava confuso de mais, como ninguém nunca tinha feito e no começo ela entrava em meus jogos psicológicos, mas parece que até isso eu tinha perdido. Não conseguia a ver com Jeon, isso me causava euforia. O que eu acabava descontado em bebidas e transas com pessoas aleatórias.


(S/n) acompanhou Jeon até a saída. Saindo junto dele.


Ela já havia saido tinha cerca de dez minutos então fui ver se ela ainda estava por ali, abri a porta e desci as escadas. Queria ir até Jeon e o quebrar no meio. Ela estava sentada em seu colo, parecia que iam se fundir.
A passos rápidos a puxei de Jeon. Eles ficaram me olhando sério
Eu: Anda, vamos entrar -encarei Jeon-
Jk: É sério isso?
(S/n): Que isso Yoongi?
Jk: Ciúmes? -riu-
Babaca, ele ia pisar na bola e ela ia vir direto para mim. Mas porque eu pensava assim? Se ao menos sabia o que ela sentia.
Eu: Nada só não façam essas coisas aqui, não aqui no corredor eu quis dizer!
Nunca contei uma mentira tão esfarrapada e que fizesse tanto sentido. Os dois assentiram e então Jeon se foi
Eu: Você é mais que isso (s/n)
Ela me encarou
(S/n): O que quer dizer Min Yoongi?
Eu: Nada, só não confio no Jeon!
(S/n): Mas vocês são amigos, porque diz isso? -indagou-
Eu: Porque eu o conheço, e sei que ele vai acabar te machucando. -falei seco-
(S/n): Está blefando, Jungkook gosta de mim, e quer saber? Eu gosto dele. -sorriu-
Isso tinha me atingido de um jeito que só deus sabe. Mas não demonstrei
Eu: Ta, ta bom então. Me desculpe por se preocupar com você sua ingrata!
Sai andando em sua frente, ela pegou em minha mão e me parou
(S/n): Porque esta fazendo isso comigo?
Eu: Isso o que? -indaguei-
(S/n): Eu juro que não te entendo Min Yoongi. Você não quer ficar comigo, não quer que eu fique com o Jungkook e quando me aproximo de alguém você está lá para me dizer que tenho um dedo podre, queria te entender, mas não consigo. -encarou o chão-
Talvez eu estivesse sendo egoísta com ela, e comigo mesmo por estar fazendo isso. Eu estava enlouquecendo, eu não sabia mais o que fazer. Já tinha dado todos os sinais que de fato eu a queria, mesmo eu a querendo parecia não ser o suficiente. E também, como ela iria ficar comigo se ao menos sabia do que eu sentia, e se é que sentia.
Eu: Eu também não entendo (s/n).
E era verdade, eu também não me entendia. Eu estava uma bagunça e ela era a causadora disso tudo. Maldita hora em que decidi que queria transar com ela. Se soubesse que seria assim já teria desistido no primeiro não. Aff, seu idiota.
Ela não falou nada passou por mim e foi para dentro do apartamento, eu fiz o mesmo. Jungkook provavelmente não sabia que nós iríamos dormir juntos, isso me favorecia.
Ela estava ao lado dos Kim assistindo algum programa que eu na verdade não estava prestando atenção. Eu me joguei na poltrona e ali fiquei

(S/n) já tinha ido se deitar. Quando eu estava indo, Jin me parou no caminho
Jin: Você gosta dela, não é?
Eu: Do que esta falando? -o encarei-
Jin: você sabe, não se faça!
Eu: Certo, o que quer saber?
Jin: Se você gosta dela, porque é isso o que parece -sorriu-
Eu: Na verdade eu não sei, as vezes acho que sim. As vezes não, eu estou ficando louco e não sei o que fazer -fui sincero-
Jin: Eu acho que você deveria contar a ela. Talvez ela entenda.
Eu: Não sei Jin, ela esta com Jeon. E parece feliz, ela me disse que gosta dele e eu não quero atrapalhar.
Jin: Você e Jungkook não valem nada, mas desde que ela chegou eu notei melhoria em vocês -riu-
Eu: De qualquer forma, eu vou esperar Jeon pisar na bola. Como sempre faz -ri-
Jin: Não sei. Ouvi dizer que no colegial todos sabem que eles estão juntos. E você aparecer com ela depois disso seria estranho.
Eu: Desde quando ligamos pra isso?
Jin: Olha, só não faça merda. Boa noite!
Eu: Claro, boa noite! -suspirei-
Jin foi para seu quarto com Namjoon e eu fui para o meu, (s/n) já estava deitada. Parecia estar dormindo, lentamente me deitei ao seu lado, pelo menos eu ia ter ela do meu lado por um mês. Com Jungkook presente ou ausente, -sorri- lhe dei um beijo em sua testa e abracei sua cintura fechando os olhos esperando que o sono viesse.


P.O.V (s/n) Park

06:45 AM

Eu Namjoon e Jin estávamos esperando Yoongi sair do banheiro para irmos a nossos destinos. Faculdade, e escola. Yoongi enfim saiu do banheiro e fomos em direção ao carro de Namjoon para me levar a escola.
Chegando na escola me despedi dos meninos e entrei. Semana que vem seria aniversário de Yoongi, eu queria fazer uma surpresa a ele. Nossa amizade tinha melhorado bastante, apesar de ele continuar se metendo em minhas coisas. O aniversário dele seria no domingo e eu queria fazer a surpresa no sábado. Todos iam ter tempo para me ajudar e Suga merecia. Avistei Jeon falando com Jimin. Os outros provavelmente foram se pegar, e Hoseok? Hum, não sei. Enfim andei na direção deles e os cumprimentei.
Ficamos sentados no chão, falando coisas aleatórias
Eu: E Hoseok?
Jk: Ele não quis vir hoje
Eu: Ah
Jimin: Minha primeira aula é de educação física. Vou ir me arrumar, beijinho! -sorriu-
Eu: Beijo bebê
Jk: Até mais tarde!
Jimin saiu andando de encontro aos corredores. Eu e Jeon ficamos deitados, trocando carícias e beijos, eu gostava disso, a sensação era boa.
Jk: Sabe, eu gosto de estar com você.
Eu: Ah Jeon, eu também -sorri-
Ele ficou me olhando e passou sua mão em meu rosto o acariciando.
Jk: Sabe que eu achei essa aposta sua e de Suga hyung uma droga né? -riu-
Eu: Ah, somos amigos. Vocês são amigos!
Jk: É eu sei, mas sei lá!
Eu: Certo, vamos mudar de assunto?
Jk: Claro, como você foi na prova de matemática? Eu esqueci de pedir isso. Já que não tivemos as mesmas aulas desde semana passada.
Eu: Ah, bem, eu tirei um B, acho que isso já é alguma coisa. -sorri-
Jk: Que bom, minha ajuda valeu alguma coisa.
-assenti-
Jeon selou nossos labios e o sinal foi tocado. Senti raiva, pois queria ficar ali com ele.

A aula já havia começado, minha aula era com Lauren. Estávamos só nós duas de nosso grupinho. Mas eu adorava estar em sua companhia.
Eu: Quero fazer uma surpresa para o Yoongi -falei baixinho-
Lau: Eu estava pensando nisso, deveriamos falar com os meninos.
Estávamos cochichando.
Eu: Sim, mas Yoongi faz parte de fraternidades. Queria convidar alguns amigos dele sabe? Pra ser mais divertido.
Lau: Ah, claro. Podemos ver isso, Namjoon e Jin devem conhecer os amigos dele de faculdade.
Eu: Então ainda essa semana falamos com eles -sorri-
Lau: Claro -sorriu-
Ajeitei minha postura na cadeira e fiquei prestando atenção na aula de biologia. Sempre gostei da área de humanas, talvez fosse por isso eu não me saia bem em exatas -ri- de meu pensamento.


O sinal tocou avisando que já era intervalo. Eu não quis sair da sala, fiquei debruçada sobre a mesa, poderia chamar de cochilo isso.
Não queria falar com ninguém, do nada me dava umas bipolaridades do caralho. E eu queria ficar sozinha, depois aquela manada de animais que eu chamo de colegas chegariam.
Ouvi um barulho na porta, nem cochilar posso. Olhei e vi Jeon vindo em minha direção.
Jk: Você ta bem? Lauren disse que não quis sair da sala.
Eu: To bem sim, só queria ficar aqui -sorri-
Jk: Ah, tudo bem. Quer que eu saia?
Eu: Não, fica aqui -sorri-
Jeon puxou uma mesa colando na minha, me deu um selinho e ficou olhando em meus olhos.
Eu: O que? -indaguei-
Jk: Nada -sorriu-
Me virei para Jeon e puxei seu colarinho o beijando, ele cedeu, e me puxou para sentar em seu colo onde sentei sobre seu membro. Jeon ergueu minha saia e apertou fortemente minhas nádegas me fazendo arfar, eu estava dançando com minha língua em sua boca, dei uma leve mordida na mesma, e ele sorriu entre o beijo, levei meus beijos ao pé de seu ouvido onde mordisquei. Depois desci meus bejos pelo seu maxilar os trilhando até seu pescoço onde dei leves chupões e algumas mordidas. Por sua vez Jungkook levou sua mão direita até minha cintura e apertou ali, enquanto isso eu rebolava em seu membro, já podia sentir sua ereção sorri entre o beijo e Jeon desceu seus beijos pelo meu pescoço onde mordiscou e deu fortes chupões, eu arfei porque senti uma leve ardência mas estava satisfeita com isso, ele tentou descer os beijos para meus seios, mas por causa do uniforme não dava ele riu em negação e voltou a me beijar, se levantou e me colcou sentada na mesa ficando entre minhas pernas, as coisas que estavam em cima da mesa voaram pro chão. Jeon apertava forte minhas coxas, nosso beijo estava quente, já estavamos ofegantes e foi ai que Jeon começou a desabotoar minha camisa e quando faltava apenas um botão o sinal tocou, fazendo Jungkook dar alguns passos para trás por conta do susto.
Ele me olhou sério e começamos a rir. Eu sai da mesa arrumando minha camisa e peguei as coisas que tinham caido no chão, colocando tudo em seu devido lugar.
Os alunos já estavam entrando na sala, minha aula seria só com Jimin. Como estávamos eu e Jeon sozinhos na sala e com as bocas certamente inchadas os alunos começaram a cochichar baixinho que saco -nem to ouvindo- pensei
Jk: Eu... Eu já viu -sorriu tímido-
O que? Jeon Jungkook tímido? Ata -ri-
Eu: Até Jeon -sorri-
Jimin: Hummm -sorriu malicioso-
Eu: Até você? -ri-
Jimin: Eu sabia, vocês não estavam no intervalo, e você esta ai com marcas roxas no pescoço isso indica tudo!
Levei minha mão direita rapidamente ao meu pescoço por onde Jungkook havia dado os chupões e passei de leve meus dedos
Eu: Ta  aparecendo muito? -indaguei-
Jimin: Na verdade está, todo mundo sabe o que vocês estavam fazendo -riu-
Eu me sentei e juntei minha mesa junto com a de Jimin. Se eu estava com vergonha por isso? Talvez sim, mas eu e Jeon estávamos juntos não tinha o porque de me envergonhar disso.

Já tinha me despedido de Lauren, taehyung. fui com Jimin e Jungkook até o apê deles. Paramos em frente e nos despedimos de Jimin
Eu: Tchau jiminie -sorri-
Deu um abraço no mesmo que retribuiu e me deu um beijo na bochecha
Jimin: Tchau baixinha -sorriu-
Me virei para Jeon e me enganchei em seu braço esquerdo.
Eu: Vai me levar até em casa? -sorri-
Jk: É o que estou fazendo -riu-
Eu: Você vai ficar?
Jk: Não princesa, só vou te levar mesmo!
Eu: Ta bem -sorri-


Parei Jungkook e fiquei em sua frente, selei nossos labios num beijo demorado.
Estavamos entrando no apartamento e já pude ver Jin subindo as escadas
Eu: JIN, ESPERA -gritei-
Jin: Claro -sorriu-
Me virei para Jeon
Jk: Oi hyung
Jin: Olá Jungkook -sorriu-
Atrás de Jungkook estava vindo Namjoon e Yoongi.
Eu: Até Jeon -selei nossos lábios-
Jeon me abraçou fortemente e saiu. Eu me virei e pude ver nos olhos de Yoongi que ele estava com raiva, ou talvez estressado.
Eu: Que foi Yoongi?
Suga: Nada! -falou seco-
Nam: Ih, vai começar
Jin: Yoongi já falamos sobre isso!
Eu: Sobre o que?
Todos ficaram em silêncio.
Jin: Nada, estamos falando do humor de Min Yoongi.
Eu: Ah, entendi.
Se eu desconfiava? Claro que sim, desde quando o humor de Min Yoongi era novidade.
Mas não dei importância.
Adentramos no apartamento e eu me joguei no sofá
Nam: Como foi a aula (s/n)?
Eu: Ah, foi a mesma coisa de sempre. Jeon ficou comigo no intervalo porque não sai da sala.
Jin: Tão fofos -sorriu-
Vaguei meus olhos por todos os lados atrás de Yoongi, mas ele não estava. Provavelmente estava no quarto. Mas logo ele apareceu rindo sem humor
Suga: Ta explicado essas marcas lindas, típico de adolescentes.
Eu: É são lindas mesmo. E feitas por um adolescente muito legal na minha opinião.
Ele me encarava sério, mas ue. Como se fosse algum crime beijar alguém na escola.
Eu: Gente to com fome!
Nam: Podemos pedir pizza hm? -sorriu-
Jin: Acho uma boa ideia!
Eu: Meus amores tem uma mulher nessa casa, não vamos pedir pizza. Vamos cozinhar -arqueei a sombrancelha-
Jin: Tudo bem, não queime a cozinha! -riu-
Eu: Você sabe que sou boa na cozinha!
Suga: Verdade jin, ela é -riu-
Jin: Shiu, sabemos -riu-
Nam: Você quer ajuda?
Eu: Sim, dessa vez sim -sorri-
Namjoon se levantou e andou comigo até a cozinha enquanto Yoongi e Jin ficaram assistindo.


Sábado 17:25 PM

Estava quase na hora da surpresa do Yoongi, ele provavelmente não sabia de nada. Não podiamos o encher de coisas para fazer porque ele é muito esperto, e talvez notasse. Então Namjoon e Jin fingiram um pneu furado para o tirar de casa por um tempo. Pelo menos por tempo suficiente, a festa seria na casa de Lauren, eu já tinha mandado mensagem a Yoongi que quando chegasse viesse direto para cá com Jin e Namjoon. Estava tudo pronto, balões, bebidas muitas bebidas, e comidas claro. E eu ainda tinha uma hora para me arrumar.

18:31 PM

Ouvimos o barulho do carro de Jin, e uns cochichos do pessoal que estava na casa para apagarem as luzes. Então os meninos tocaram a campainha e Lauren foi atender, estava escuro eles não nos veriam. Quando Yoongi entrou Hoseok acendeu a luz e todos gritaram em uníssono "SURPRESA" e bateram palmas. Yoongi parecia ter sido pego de surpresa por sua reação, sem esperar corri em sua direção e pulei em seu colo, ele me abraçou fortemente. Ele falou baixinho em meu ouvido.
Suga: Obrigado, sabia que estava aprontando.
Me soltei e olhei em seus olhos.
Eu: Feliz aniversário Min Yoongi -sorri-
Yoongi agradeceu mais uma vez e foi cumprimentar as pessoas.
A música alta começou a tocar, as pessoas começaram a dançar e beber, fazendo até competição de quem virava mais. Estava ficando divertido. E melhor, estava apenas começando.

P.O.V Min Yoongi

22:17 PM

Eu não esperava por uma surpresa, até porque meu aniversário era só no dia seguinte. Mas estava agradecido. A festa estava realmente divertida, a não ser por Jeon e (s/n) ficando a cada cinco minutos. Todos ali provavelmente estavam bêbados e os que não estavam tinham o brilho do álcool em seus organismos. E eu fazia parte dos que estavam só com o brilho do álcool. Fizeram uma das muitas rodinhas para virar bebida (s/n) já tinha ganhado de muitos ali, deveria estar até inconsciente pelo tanto que bebeu, mas lá estava ela, sendo desafiada e fazendo seu desafio. Isso mesmo estava competindo com Hoseok dessa vez, mas hobi nunca foi bom com bebidas alcoólicas então ele desistiu e (s/n) continuou bebendo até acabar com os três copos que continham tequila com mais alguma coisa. Nunca tinha a visto beber tanto, nem nas vezes que íamos pro jinsblue ela bebia assim.

A festa estava realmente boa, som alto, comidas, as pessoas se pegando, talvez fazendo até mais coisas que uma simples ficada. Nas vezes que dancei com (s/n) minha vontade era de beijá-lá ali mesmo, talvez Jungkook ficasse puto comigo, ou talvez ela ficasse chateada. Ver ela dançando de uma forma sensual abalava com todo o meu psicológico. Jeon estava se esfregando nela, o que eu tinha era inveja dele nesses momentos, mas eu poderia estar em algum canto da festa, bebendo e fodendo alguém como eu sempre fazia. Mas nem isso eu tinha mais vontade. Mas Jungkook era esperto, ele não estava totalmente bêbado, Jin e taehyung também não estavam. Mas Hoseok e Namjoon não conseguiam mais andar. Provavelmente era por isso que estavam sentados fazia um tempo.

Avistei Jungkook vindo em minha direção

Jk: Yoongi hyung?

Eu: Sim?
Jk: Minha mãe ligou, ta precisando de ajuda, então eu já vou indo
Eu: Ah, tudo bem -sorri-
Jk: Feliz Aniversário hyung -sorriu-

Eu: obrigada mais uma vez Jungkook.

-ele assentiu-

  Jk: Amanhã eu vejo vocês -riu-

-assenti-
Jungkook foi até (s/n) e a levou junto consigo para fora da casa. Fiquei com ódio mas não podia fazer nada, todos ali agora sabiam que Jeon e (s/n) estavam oficialmente juntos. Depois de uma meia hora lá fora ela entrou arrumando seu vestido.
Não acredito no que meus olhos vêem. Que inferno.


Depois de Jungkook ter ido a festa já estava morrendo. Eu já tinha perdido as contas de quantos copos (s/n) virou depois que Jungkook tinha ido embora. Caminhei até ela
Eu: Vou te levar pra casa.
(S/n): E-eu quero ficar Yoongi!
Ela já estava atropelando as palavras. Ótimo, só o que faltava. Procurei por Namjoon e Jin que estavam sentados no sofá
Eu: Eu já vou ir, vou levar (s/n) ela está muito bêbada!
Jin: Já estamos indo também!
Tae: Ah, Lauren também resolveu que queria dar pt -riu-
Eu: Cuide direito de minha loirinha!
Tae: Claro, ela esta realmente bêbada! Cuide bem de (s/n)
-assenti-

Hobi: Eu já me sinto melhor pra beber mais, -riu-

Eu: Do jeito que perdeu para (s/n) acho difícil hein. -ri-

Hobi: Aish foi só dessa vez

Tae: Claro, só dessa vez -riu-

Eu: Enfim, boa noite e obrigado!

-Eles assentiram-

Namjoon disse que iria ao banheiro e já voltava para nós irmos embora.
Fui até (s/n) que estava de olhos fechados mas estava rindo. Coloquei ela em meus braços e a carreguei para fora da casa de Lauren.
Eu podia sentir o cheiro de seu perfume misturado com o cheiro do álcool. Sua respiração estava pesada, ela estava apoiada em meu peito, seu rosto próximo ao meu, se quisesse podia beija-la. Mas eu não podia, talvez ela não  se lembrasse. Deixei ela no banco de trás do carro de Jin e esperei do lado de fora até que eles chegassem. Avistei eles e entrei no carro, Namjoon e Jin tomaram os seus lugares e fomos para o nosso apartamento.
Ela estava me abraçando forte, e dizendo coisas sem sentido. Do tipo "Porque você brinca comigo" "Eu não te entendo Yoongi" "onde eu to?" "que bagunça eu sou uma bagunça"  

Mas não dei muita atenção, afinal ela estava bêbada. Mas ainda assim era tão linda.


Assim que saímos do carro (s/n) começou a vomitar na calçada. Namjoon também estava passando mal.
Esperei que ela parasse de vomitar para poder a pegar em meu colo. Foi o que fiz, subi as escadas correndo com ela em meus braços, ela estava de olhos fechados, mas parecia estar atenta a tudo. Corri com ela pro banheiro.


Ela começou a vomitar mais e eu a apoiei na privada, de forma que ela ficasse confortável e pudesse tirar os resíduos de álcool de seu organismo. Peguei meu celular para olhar a hora e caramba já eram quase uma da manhã. (S/n) parecia estar realmente mal.
Eu: Não vou deixar você beber de novo!
(S/n): Aah Yoongi-ssi
Ela falou de uma forma manhosa, ela não estava em sua consciência. Precisava vomitar mais. E assim acabou minha noite, com (s/n) no banheiro vomitando, sentado no chão frio. Mas não estava reclamando ficar perto dela nem que fosse nessas circunstâncias me fazia bem. Eu estava passando meu aniversário em um banheiro com (s/n) passando mal, icônico isso.


Quando notei que (s/n) já havia parado de vomitar a empurrei para debaixo do chuveiro e o liguei no gelado ela sem sombras de dúvida que ficou reclamando.
(S/n): Eu não sinto minhas pernas!
Eu: Você bebeu muito, não sei como não entrou em coma alcoólico.
Ela apenas riu e assentiu, eu a ajudei a tirar o vestido. Deixando ela apenas de roupas íntimas, eu estava a desejando. Mas queria ajuda-lá nesse momento, então enquanto ela estava embaixo da agua fria corri até o quarto onde peguei uma calcinha a ela e minha camisa que ela já tinha o costume de vestir para dormir.
Ela já parecia um pouco melhor, nós tínhamos passado muito tempo no banheiro. Alcancei a toalha a ela
(S/n): Sabe que tem que se virar né?
Eu: Sim, claro. Você consegue se vestir sozinha?
(S/n): Acho que sim -sorriu-
Eu: Ta bom!
(S/n): Só quero que tire meu sutiã.
Ela se virou de costas para mim, por deus o que ela estava fazendo comigo? Eu levei minha mãos ao fecho do sutiã e o abri, ela o deixou deslizar por seus braços e eu me virei de costas, para que ela pudesse se vestir. Senti suas mãos tocar meus ombros e me virei para ela, ela ainda não tinha vestido a blusa. Ela me puxou e me beijou, eu cedi rapidamente, foi um beijo um tanto quente em ambas as partes. Ela se voltou para trás e me encarou

(S/n): Feliz aniversário Yoongi.

Eu não consegui dizer nada, apenas assento e esperei que ela vestisse a blusa  e assim ela fez.
(S/n): Eu to com tanto sono!
 Pude ver seus mamilos marcando a minha camisa, eu achei isso fofo de algum jeito. Escovei meus dentes e esperei que ela escovasse os delas. Depois disso a guiei até meu quarto, ela se deitou de imediato, e eu tirei minha roupa, ficando apenas de box para dormir. Antes de me deitar dei mais uma olhada em meu celular, estava perto de ser seis da manhã. Mesmo tendo que cuidar de (s/n) bêbada tinha sido um dos melhores aniversários, pois eu estava perto dela, mesmo que ela estivesse alcoolizada.
Me deitei e a abracei, fechei meus olhos, senti ela se virando para mim
(S/n): Gosto de estar assim com você Yoongi -susurrou-
Eu: Eu também -susurrei-
Ela se aconchegou em meu peito, e eu esperei pelo sono.


Sentia minha cabeça doer, talvez por não ter dormido tempo suficiente ou por ter bebido. Minha porta foi aberta brutalmente e eu olhei em direção a mesma e vi Jungkook, ele parecia não acreditar no que via.
Eu apertei a cintura de (s/n) forte. Jeon me fuzilou e saiu sem dizer uma palavra. Pude ouvir a porta da entrada se fechando como um estouro. Mas apenas fechei meus olhos e voltei a dormir.

Abri meus olhos com uma luz invadindo meu quarto.
(S/n): Eu to com uma dor horrível e to morrendo de fome -choramingou-
Eu: Ah, já está acordada.
(S/n): São passada das três da tarde Yoongi. Levanta!
Eu: Okay, okay!
Levantei e fui para o banheiro com (s/n) para fazer nossa higiene, a casa parecia silenciosa. Fui até a sala e não tinha ninguém, (s/n) se jogou no sofá.
Eu: Vou fazer alguma coisa pra nós comer, e vou ver um remédio pra você.
Ela assentiu e eu sai até a cozinha.
Voltei com um copo de água e um remédio em mãos.
(S/n): Obrigada Yoongi. Não queria te dar trabalho, desculpe.
Eu: Olha, tudo bem! Contanto que não faça isso de novo -ri-
(S/n): Qual é? Você é dos que bebem muito! -indagou-

Eu: É, mas não bebi ontem 

(S/n): Pois deveria -riu-

Eu: Quem ia cuidar de você hum?

(S/n): Provavelmente o Jeon -riu-

Eu: Mas ele saiu cedo ontem!

(S/n): Sim, ele teria me levado junto, eu não quis ir. A festa era pra você e eu queria estar perto de ti -sorriu- 
Eu assenti e ela riu, então me voltei pra cozinha estava morrendo de fome. Ouvi a voz de Jin vindo da sala e corri de volta para lá
Jin: Jungkook parecia irritado, aconteceu alguma coisa?
(S/n): Não vimos Jeon hoje.
Aff, que droga. Tinha que ser agora? Sera que fiz mal? Quer dizer, se eu estivesse ficando com alguém e visse esse alguém na cama de outra pessoa é claro que eu iria desconfiar.
Eu: Na verdade ele passou aqui, e nos viu juntos. E saiu bravo -cocei a nuca-
(S/n): Porque não me contou? Preciso explicar pra ele.
Jin: E essa é minha deixa.
Jin foi pro seu quarto, talvez Namjoon estivesse dormindo ainda.
Eu: Achei que ia ficaria brava comigo se eu contasse que ele saiu daqui por minha causa.
(S/n): Jeon não teria motivos pra desconfiar. Eu já disse a ele que o que temos só amizade.

Ótimo, só amizade. Era tudo o que eu precisava ouvir. Foi como levar um tapa na cara
Eu: Não esta chateada?
(S/n): Não..? Ah, esquece. Vamos comer! Amanhã na escola eu falo com ele.
Eu assenti e ela se levantou indo para a cozinha. Isso estava me matando, ela era como uma droga e eu precisava dela. Precisava muito, sera que ela não percebia???


Segunda feira 12:07

Jin e eu estávamos assistindo um programa americano, Namjoon tinha ido ver seus pais e (s/n) não tinha chegado da escola.
Jin: Eu tenho umas coisas para fazer, já volto. Peçam pizza pro almoço.
Eu: Claro! 


Eu já estava no tédio, quando ouvi o barulho da porta e vi (s/n) passando por ela. Ela estava com os labios inchados, com a roupa mais amarrotada que o normal e tinha marcas roxas em seu pescoço, e estavam mais visíveis do que da outra vez que eu tinha visto. Sei o nome disso, Jeon Jungkook.
Eu: o que estava fazendo?
(S/n): Hã?
Eu: Eu não acredito que você fez isso!
Eu estava com raiva, como ela podia ter se entregado a ele desse jeito? Eu estava com raiva, mas não gritei com ela, só queria saber o porque. Sera que gostava tanto assim dele? Mas que saco.
(S/n): Eu não fiz nada Yoongi. Nem sei do que você esta falando. Porque está quase gritando comigo?
-Ignorei sua pergunta-
Eu: Nada? Você e Jeon não fizeram nada, é sério isso? Olhe o seu estado menina!
(S/n): Ah, eu não acredito que você está pensando isso de mim!
Eu: então me diz que é mentira!
(S/n): Você nunca brincou com ninguém Yoongi? Sem deixar as coisas passarem dos limites? Eu que não acredito.
Ela jogou a mochila no chão, parecia brava.
Eu: Seu estado diz outra coisa! -indaguei-
(S/n): como pode Yoongi? Eu nunca... Eu não... Eu..Eu.. Esqueça, esqueça isso!
Eu: Você o que?
(S/n): Nada, só esqueça. -suspirou-
Eu: Vamos, diga
(S/n): Eu nunca transei Yoongi, sim eu sou virgem. Era isso que queria ouvir? Satisfeito??
Ela estava de fato chateada, eu deveria ter esperado alguma explicação. Não devia ter a atacado desse jeito. Que droga, eu só estragava as coisas.
Eu: Me desculpe (s/n). Eu... eu não pensei direito.
(S/n): Eu sei Yoongi. Mas veja, eu to cumprindo minha parte de nossa aposta, mas minha vida pessoal não lhe diz respeito.
Ela saiu pisando fundo, e deixou sua mochila para trás.

Fui até o quarto atrás dela, ela estava sentada na cama olhando pro chão.

Eu: Se você quiser eu te libero da aposta.

Me escorei na porta

(S/n): Yoongi, eu estou cumprindo minha parte do desafio. Era um mês, não deu um mês. Mas se você quiser eu vou embora.

Eu: Não, não quero que vá. Desculpe

Ela ficou me olhando, não disse nada. Então eu apenas sai do quarto. Talvez ela precisasse pensar.
Talvez eu estivesse sendo um completo babaca, isso já estava virando obsessão, eu desconfiava de tudo. Minhas noitadas já haviam parado desde antes de nossa aposta e eu não conseguia me concentrar em nada, se eu fechava os olhos era ela quem me vinha na mente. Eu acho que estou enlouquecendo, não aguento mais, e eu não posso falar nada porque tem Jeon no caminho. Mas onde que eu fui me meter meu deus? Sera que é tarde de mais para cancelar os sentimentos?


19:48 PM

Eu estava deitado na cama, (s/n) havia saido com Jungkook.
Essa semana tinha sido um pesadelo. A faculdade estava me exigindo concentração e foco. Tudo o que eu não tinha, por estar ocupado de mais com uma menina que me via apenas como amigo. Isso me deixava chateado, irritado, e confuso. Porque eu não conseguia a entender eu estava sempre dando sinais de que a queria para mim. Mas ela dificultava as coisas. Eu tinha só mais uma semana com ela, na próxima semana ela estaria se mudando para a casa de Lauren novamente. Me parece que a amiga Yasmim dela também iria vir para cá nos próximos dois meses, ela estava feliz quanto a isso, porque quando veio me contar estava toda animada.


A porta de meu quarto foi aberta por Namjoon, ele veio até a minha cama e se sentou na ponta da mesma.
Nam: Precisamos conversar -falou sério-
Eu arrumei minha postura na cama e o encarei
Eu: Certo, fale
Nam: Eu não estou gostando do rumo que as coisas estão tomando.
Eu: Fala de que? -indaguei-
Nam: De você. Você precisa contar a ela!
Eu: Mas eu não sei se o que sinto é verdadeiro, eu nunca estive apaixonado por ninguém antes.
Nam: Por favor, não minta para sí mesmo, no fundo você sabe que está!
Eu: É tudo novo pra mim, isso me deixa confuso. Mas eu a quero tanto que não sei o que fazer, eu..eu acho que estou realmente gostando dela.
Nam: Você precisa dizer a ela. Essas suas indecisões só mostram o quanto você gosta dela a ponto de dela te deixar assim. Você esta mal, esta estampado em seu rosto que a deseja.
Eu: Porque todos notam? Menos ela?
Nam: Bem, talvez ela tenha levado o pedido de amizade a sério, ou ainda pense que você quer transar com ela.
Eu: Maldita hora que abri a boca sobre transar.
Nam: Eu não quero te ver mal, mas também não quero Jungkook mal. E provavelmente (s/n) sairia machucada dessa história. Espero que tome cuidado com o que faz Yoongi. Mas conte a ela.
Eu: Eu sei, Jeon complica as coisas pra mim, e ela se chateia sobre isso. Eu nem sei o que fazer para não magoar ninguém. Estava esperando Jeon pisar na bola, mas até agora esta indo tudo muito bem!
Nam: Esta vendo, isso é porque ela não sabe de seus sentimentos. Você deveria contar, independente de ela ficar com Jungkook ou com você.
Eu: Eu vou, vou tentar -sorri-
E eu de fato tentaria, mas e se ela me rejeitasse? Porque tinha que ser tão complicado. Ver eles juntos me deixava frustrado, mas Namjoon tinha razão Jungkook ainda era meu irmãozinho mais novo, e menina alguma destruiria isso, mas dessa vez eu estava deixando isso ir longe de mais, eu não estava com o controle da situação. Eu não podia ser tão egoísta assim, com (s/n) e muito menos com Jungkook. Mas eu não tinha escolhido isso, simplesmente aconteceu. se eu pudesse voltar no tempo.
Nam: Daqui a pouco ela esta de volta. Não de uma de amigo protetor, isso sempre acaba em brigas.
Eu: Mas ela ainda esta aqui, não esta?
Nam: Você só vai afastá-la assim
Droga, porque Namjoon tinha que ter razão? E ser tão bom com as palavras. Eu o invejava, ele era tão cauteloso e sabia muito bem que decisão tomar diante de qualquer situação.
Eu: Ta, você tem razão Jonnie. Obrigada por falar comigo e deixar eu desabafar
Nam: Sempre que quiser! -sorriu-
Namjoon se retirou do quarto e eu fiquei deitado. Como um cão abandonado. Irônico, não? Se fosse antes provavelmente estaria fodendo alguém desconhecido e estaria muito bêbado. Nem com Irene eu ficava mais. Já tinha cerca de um mês que não transava, isso era culpa dela. Que ódio. Porque tudo tinha que se voltar a ela? Eu odiava ter sentimentos por ela. Se soubesse que eu ia sofrer com isso teria me afastado, ou teria me perdido mais na putaria.
Mas eu a queria para mim, a queria perto de mim, tudo sobre ela me encantava, e ela? Só me via como o amigo babão protetor.
E agora isso, uma semana. Tudo o que eu ainda tenho com ela. Farei de tudo para ser a melhor semana.

 Amanhã a tarde eu tinha hora marcada para pintar meus cabelos, eu sentia falta do preto. E era dessa cor que eu pintaria.
Estava pronto para dormir quando a porta foi aberta por (s/n), permaneci de olhos fechados. Ela veio pé por pé até a cama. Provavelmente para não fazer barulho, tirou a calça que usava e se virou de costas indo até meu guarda roupas, claro que estava atrás de minha camisa. Por fim, ainda de costas ela tirou o sutiã e vestiu a blusa. Uma pena ter essa visão e não poder a sentir -suspirei-
Ela veio e se deitou a meu lado, eu ainda estava de olhos fechados.
(S/n): Lindo, nem parece que brinca com a minha cabeça -riu baixinho-
Do que ela está falando? Senti ela se aproximar e selar minha testa. Deus como era bom a sentir perto de mim.
(S/n): Boa noite Min Yoongi! -susurrou-
Ela se virou pro outro lado, e eu a abracei. Talvez já estivesse tarde. Não tinha mexido no celular depois que ela saiu, prefiri ficar com minhas crises de existências.
Logo adormeci.

(S/n) tinha adorado meu cabelo, eu até disse a ela que pintasse o dela também de alguma cor que gostasse. Mas ela recusou, disse que preferia a cor natural e que não iria mexer em seus cabelos. E nem precisaria eu achava seus cabelos lindos, isso era uma das coisas que me atraia nela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...