História WWE Miraculous Chespirito - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Chapolin Colorado, Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug), Ronda Rousey, WWE
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Big Show, Bray Wyatt, Brock Lesnar, Chloé Bourgeois, Fergal Devitt "Finn Bálor", Gabriel Agreste, Hawk Moth, John Cena, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mercedes Kaestner-Varnado "Sasha Banks", Mestre Fu, Nathalie Sancoeur, Nino, Nooroo, Pamela "Bayley" Martinez, Personagens Originais, Plagg, Roman Reigns, Ronda Rousey, Sabine Cheng, Seth Rollins, Stephanie McMahon, The Undertaker, Tikki, Tom Dupain, Triple H (Hunter Hearst Helmsley), Vince McMahon, Wayzz
Visualizações 26
Palavras 1.175
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - A chegada de Tripa Seca e seu bando


Fanfic / Fanfiction WWE Miraculous Chespirito - Capítulo 30 - A chegada de Tripa Seca e seu bando

Em outros pontos da cidade, o Homem da Capa Preta e o Polegar Vermelho enfrentavam os bandidos, e conseguiam derrotar todos os que apareciam, entregando-os vivos à polícia.  O Homem da Capa Preta preferia matar todos, mas o Polegar o convenceu a entregá-los vivos, sob alegação que nada justifica matar uma pessoa, mesmo em se tratando de um terrível criminoso.  No Hotel Le Grand Paris, em seu quarto, Beth, acompanhada de Ronda e Natalya, assistia aos noticiários, que mostravam a prisão de vários membros da gangue que vinha aterrorizando Paris.

 

RONDA:  Nossa, que desgraçados esses bandidos...  mas ainda bem que estão sendo todos capturados.

NATALYA:  E tudo graças ao Chapolin Colorado e esse misterioso Homem da Capa Preta.

BETH:  Homem da Capa Preta...  interessante... – diz, de forma discreta.

 

Será que o Polegar Vermelho e seu novo aliado conseguirão recuperar os Miraculous de Ladybug, Cat Noir e Rena Rouge, e tirar de circulação esses criminosos que infernizam Paris?

 

No dia seguinte, algumas coisas aconteciam num subúrbio de Paris, uma das regiões onde os bandidos tocam o terror.  Três homens misteriosos, de terno e chapéu, chegavam a um prédio num carro.  Espere!  Sim...  são ELES!  O trio de bandidos que tanto inferniza a vida do Polegar Vermelho; o terrível Tripa Seca e seus carcamanos, Tonhão e Nenê.  Mas como eles conseguiram sair do México e ir à França?  Será que eles estão de conluio com os bandidos que vêm promovendo ataques em Paris?  E será que podem estar de conluio também com Hawk Moth?

 

TRIPA:  Muito bem, chegamos, homens – diz o chefe da gangue.

TONHÃO:  Espero que a pessoa que nos chamou saiba como pegar o Chapolin Colorado.

NENÊ:  E espero que possamos também dar um excelente golpe aqui.

TRIPA:  Tudo no seu tempo certo, Nenê.  Tudo no seu tempo.

 

Os bandidos estavam confiantes demais.  E agora, será que o bravo e intrépido Polegar Vermelho conseguirá frustrar seus novos planos?

 

Enquanto isso, algumas coisas se passavam na Mansão Agreste.  Adrien já tinha saído para a faculdade.  Seu pai, Gabriel, decide dar uma saída. 

 

GABRIEL:  Bem, preciso dar uma saída, tratar uns assuntos de trabalho.

NATALIE:  Senhor, será seguro sair de casa, ainda mais levando em conta o atual estado de calamidade que vive Paris? 

GABRIEL:  É rapidinho, Natalie, logo estarei de volta, e vou agora, enquanto é dia, para não me arriscar muito.

 

O patriarca da família entra em seu carro, mas, em vez de o Gorila estar ali para dirigir, é ele quem vai dirigindo.  Para onde será que vai, e com quem pretende se encontrar?

 

Enquanto isso, Hulk Hogan, que havia ajudado Marco Benito a recuperar a memória, estava a fazer uma “patrulha”, já que estava, mais que nunca, envolvido naquela luta para desmascarar Hawk Moth e retirar de circulação a tal gangue que havia tomado conta de Paris, uma vez que Ladybug, Cat Noir e Rena Rouge saíram de ação, após perder seus Miraculous. 

 

HULK:  Preciso descobrir quem se esconde por trás desse tal de Hawk Moth, e onde se escondem os bandidos.  Todo cuidado é pouco.

 

Mas eis que, enquanto passava pelo bairro pobre, onde os bandidos costumam se esconder e tramar planos, ele vê um carro de luxo parar por ali.  Um contraste e tanto para um lugar tão paupérrimo como aquele.

 

HULK:  Um carro de luxo...  num lugar desses? – indaga.

 

E ele vê uma figura muito bem vestida descer dele, e entrar no tal prédio.  Resolve segui-lo, às escondidas, mas com muito cuidado, o mínimo descuido poderia custar-lhe a vida. 

 

HULK (pensando):  Mas esse homem é...  não é possível!

 

Quem é tal homem, que ele reconheceu, e não acredita estar ali?

 

Segue o tipo estranho cuidadosamente, afim de saber quem ele é, se tem ligação com os criminosos, ou se é chefe deles.  Andava o tempo todo oculto nas sombras.  Mais pra frente, eis que o tipo estranho resolve parar por uns instantes.

 

???:  Muito bem, acho que aqui está bom...  NOOROO ASAS NEGRAS CRESÇAM!!!!

 

Que horror!  Era HAWK MOTH!  Sim...  o vilão finalmente resolveu sair de sua zona de conforto e ver o mundo exterior pessoalmente.

 

HULK (pensando):  O que...  então...  É ELE!!!

 

Hogan descobrira quem é Hawk Moth.  Cuidadosamente, continua a segui-lo, até que o vilão entra por uma porta.  Resolve entrar por outra, entrando  num apartamento vazio, cheio de teias de aranha e fedendo a mofo, típico de um local fechado e abandonado há anos.  Lá dentro, havia um pequeno buraco na parede, por onde ele vê o que se passa no apartamento ao lado.  Lá estava Hawk Moth, e não estava sozinho.  Estava com ninguém menos que...  Tripa Seca, Tonhão e Nenê.  Sim!  Os inimigos do Chapolin Colorado estavam lá, naquele lugar, escondidos, tramando mais um golpe para pegar o herói mexicano.

 

TRIPA:  Você é o vilão misterioso que nos contatou, sim? – indaga.

HAWK:  Isso mesmo, me chamo Hawk Moth.  Chamei vocês porque um velho inimigo seu, o Polegar Vermelho, está aqui.

TONHÃO:  O Chapolin...  aquele maldito...  aqui? – indaga, furioso.

HAWK:  Isso mesmo!  E ele está em companhia de um outro herói misterioso, o Homem da Capa Preta, um estranho vestido de preto e mascarado, que age como atirador de facas.

NENÊ:  E por que você não os deteve antes, Hawk Moth?

HAWK:  Porque isso é algo que foge à minha alçada, uma vez que vocês são inimigos diretos dele, e querem, mais que nunca, vingança.  Eu já venci meus inimigos do passado, os Guerreiros Miraculous, agora vocês têm a sua chance de livrar-se do Polegar Vermelho e do Homem da Capa Preta.  Mas tenho algo muito interessante a vocês, que pode ajudá-los em sua empreitada.  WWE...

TRIPA:  O torneio de luta livre norte-americana?  O que tem isso a ver com nossa vingança contra o Chapolin?

HAWK:  Vocês podem usar o torneio a seu favor, é o seguinte...

 

E os bandidos vão traçando seus planos.  Hogan, escondido, observa e ouve tudo.  Após um tempo, Hawk Moth resolve se retirar. 

 

HAWK:  Muito bem, é hora d’eu me retirar.  Mas não ousem seguir-me! – adverte.

 

Já perto da saída, desfaz sua transformação, voltando à sua identidade civil.  E agora, quem será ele, afinal de contas?  Já destransformado, o vilão vai até seu carro e se retira dali.  Enquanto isso, os bandidos mexicanos sentiam algo estranho no ar.

                                          

TRIPA:  Não sei por quê, mas sinto que estamos sendo observados.  Tem alguém no apartamento ao lado.  Muito bem...

 

Os bandidos sacam seus revólveres, decididos a eliminar o intruso que os viu e ouviu secretamente.  Hogan sente que era hora de vazar.

 

HULK:  E agora, eles estão armados.  Muito bem...

 

Pula pela janela.  Ainda  bem que não estava num apartamento mais alto.  Os bandidos abrem a porta, apontando suas armas.

 

TRIPA:  Não tem ninguém...  mas eu tinha certeza de haver alguém aqui.

NENÊ:  A janela, vamos observar.

 

Ao olhar pela janela, não avista ninguém. 

 

NENÊ:  Não tem ninguém lá fora, Tripa Seca.

TRIPA:  Talvez tenha sido impressão minha.  Em todo caso, vamos começar os preparativos do nosso próximo golpe.

 

Que golpe será esse?  Qual será o ardil que os bandidos estão a planejar?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...