História WWE Miraculous Chespirito - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Chapolin Colorado, Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug), Ronda Rousey, WWE
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Big Show, Bray Wyatt, Brock Lesnar, Chloé Bourgeois, Fergal Devitt "Finn Bálor", Gabriel Agreste, Hawk Moth, John Cena, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mercedes Kaestner-Varnado "Sasha Banks", Mestre Fu, Nathalie Sancoeur, Nino, Nooroo, Pamela "Bayley" Martinez, Personagens Originais, Plagg, Roman Reigns, Ronda Rousey, Sabine Cheng, Seth Rollins, Stephanie McMahon, The Undertaker, Tikki, Tom Dupain, Triple H (Hunter Hearst Helmsley), Vince McMahon, Wayzz
Visualizações 46
Palavras 1.026
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O mão-leve


Fanfic / Fanfiction WWE Miraculous Chespirito - Capítulo 5 - O mão-leve

Eis que o campeão brasileiro pega o elevador e desce para tomar um pouco de ar puro.  Do outro lado, na recepção, estavam Chloe Bourgeois, filha do atual senador André Bourgeois e sua amiga Sabrina Raincomprix, a quem sempre costuma tratar como se fosse uma empregada, apesar de ter apreço por ela.

 

SABRINA:  Olhe, Chloe, é um dos lutadores da comitiva da WWE...   espere!  É o Benito, o brasileiro.

CHLOE:  Brasileiro?  Eca!  Se é brasileiro, não vale nada, é totalmente inferior, e sem dúvida, sairá do ringue diretamente para a UTI.

 

Marco ouve aquilo.

 

MARCO:  Como o que...  quem são vocês?  Afinal, vocês são famosas ou alguma coisa, para falar assim?

CHLOE:  Sou Chloe Bourgeios, filha de André Bourgeois, proprietário deste hotel e líder no Senado.  Isso basta para você?

MARCO:  Claro que não!  Se não é do show business, nem atleta que nem eu, tudo que disseres não tem valor nenhum, é irrelevante.

CHLOE:  Como você ousa falar assim comigo, seu petulante? – ameaça.

MARCO:  Eu, petulante?  Quem foi que começou a falar mal da ascendência do outro? – devolve.

 

Sem que eles se dêem conta, Hawk Moth observava tudo de seu esconderijo, pronto para liberar mais um akuma.

 

HAWK:  Ora, o que nós estamos vendo?  Uma forte energia  negativa a se manifestar, e o duelo sequer começou...  perfeito!

 

Entretanto, resolve esperar mais um pouco, antes de criar outro akuma.  Na recepção do hotel, o bate-boca continuava.

 

MARCO:  Posso ser brasileiro, ter vindo de uma família humilde, mas venci por méritos próprios, e se hoje estou aqui, disputando um importante torneio, não foi a toa. 

CHLOE:  Pode até ser, mas não pense que vencerá este torneio, torço para que o John Cena quebre você ao meio.

MARCO:  Que vença o melhor!  E aliás, pra começo de conversa, por  que estou perdendo meu tempo com  vocês duas?  É ridículo alimentar trolls.  Au revoir!

 

E se retira. 

 

HAWK:  Não!  Os sentimentos negativos estão diminuindo... – reclama.

 

Sorte do nosso amigo, assim, foi salvo de virar mais um vilão a serviço de Hawk Moth.  No hotel, Chloe praguejava.

 

CHLOE:  Como pode um mequetrefe desses dizer uma coisa tão abjeta para mim?  GRRRRRRRRR

 

Com 18 anos, e ainda agia como uma criança mimada.  Que falta faz uma boa de uma surra dos pais, numa hora dessas...

 

Marco andava pelas ruas de Paris, procurando conhecer a Cidade-Luz, além de relaxar a mente. 

 

MARCO  (pensando):  Calma, homem, é só uma menina mimada...

 

Enquanto andava, vinha uma senhora com uma bolsa pendurada no ombro, e de repente, um meliante a empurrava, fazendo-a cair, levando consigo sua bolsa.

 

SENHORA:  Ladrão!  Me roubaram...

MARCO:  Volte aqui, sua peste!

 

E se dana a correr atrás do mão-leve, que ria o tempo todo enquanto corria.  Do outro lado, Marinette observa tudo.

 

MARINETTE:  Tikki, vamos ter que agir, outro bandido está agindo.

TIKKI:  Diga as palavras...

MARINETTE:  TIKKI TRANSFORMAR!!!!

 

Ditas essas palavras, Marinette se transforma na heroína que protege Paris.  Ladybug ação! 

 

Ali perto, Adrien também parece ter observado a ação criminosa do bandido que ri ao fugir.

 

ADRIEN:  Plagg, o Risada voltou a agir.

PLAGG:  E você vai atrás dele? – indaga.

ADRIEN:  Sem perda de tempo!  PLAGG MOSTRAR AS GARRAS!!!!

 

E com o poder de seu Miraculous, Adrien se transforma.  Cat Noir ação!

 

Marco continuava a correr atrás do bandido conhecido como Risada, que foge em meio às gargalhadas.  Ria o quanto pode, vagabundo, pois cedo ou tarde, vai rir na cadeia, ou no cemitério!

 

MARCO:  Esse cara é rápido mesmo, mas eu vou pegá-lo.

???:  Precisa de uma ajuda, querido? – diz uma voz feminina.

 

A moça, que tinha  cabelos coloridos, e estava a comer banana, arremessa a casca da fruta nos pés do ladrão, que escorrega e cai. 

 

MARCO:  Alexa...  você aqui? – reconhece-a como sua colega de WWE.

ALEXA:  Sim, meu querido, agora vamos pra cima dele!

 

E ambos se jogam em cima do bandido, antes que este se levante e volte a fugir.  Ladybug e Cat Noir, ao chegar, ficam pasmos com tudo aquilo.

      

LADYBUG:  Inacreditável!  Chegaram na nossa frente.

CAT:  Verdade...  espere!  Aqueles dois...  eles são da WWE!  Que legal!

 

Eis que chega uma viatura da polícia, dirigida pelo Tenente Roger Raincomprix, o pai de Sabrina.

 

ROGER:  Incrível, vocês conseguiram capturar o Risada!  Parabéns, Ladybug e Cat Noir!

LADYBUG:  Eh...  na verdade, foram eles dois, se não me engano, eles são da WWE. 

ROGER:  WWE...  sim!  O evento de luta livre que será realizado aqui, próximo fim de semana.  Parabéns, jovens!

 

A moça que teve sua bolsa roubada aparece para recuperar seus pertences, enquanto o ladrão é algemado, metido no carro e levado preso.  Será que ele ficará atrás das grades, ou logo estará de novo solto?

 

CAT:  Obrigado por terem capturado o Risada, amigos – ao olhar para a jovem de cabelos coloridos...  – Nossa!  Você...  você é Alexa Bliss, uma das divas da WWE?

ALEXA:  Sim, eu mesma, rapaz com roupa de gato...

CAT:  Cat Noir, esse é meu nome – diz, beijando-lhe a mão, de forma cavalheiresca. 

 

Com o canto do olho, Ladybug olha com um certo ar de ciúme.  Será que ela estava finalmente a gostar dele, após tê-lo desprezado por todos esses anos?

 

LADYBUG:  Você, pelo seu sotaque, é latino, sim? – diz para Marco.

MARCO:  Sou Marco Benito, e venho do Brasil – e também toma e beija a mão de Ladybug, como cavalheirismo. 

LADYBUG:  Obrigada, Marco, você é gentil – agradece.

 

Nisso, puxa seu companheiro pelo braço.

 

LADYBUG:  Bem, hora de irmos, não é, gatinho?

CAT:  Mas... – Ladybug o olha duro com o canto do olho – bem, nos  vamos, amigos, mas, qualquer coisa que pintar, estamos por perto.

 

E os  heróis saltam entre os prédios.

 

MARCO:  São formidáveis mesmo, é bom saber que aqui tem vigilantes para proteger esta cidade.

ALEXA:  Verdade.  Mas por que resolveu sair do hotel, assim?

MARCO:  Vim passear um pouco pela rua, e também esfriar a minha cabeça, após ser insultado pela filha do dono do hotel onde nos alojamos.

ALEXA:  Insultado pela filha do dono do hotel...  mas por quê? 

MARCO:  Nem vale a pena comentar, Alexa.  Bem, eu vou voltar, depois dessa, acabei me cansando de tanto correr atrás daquele meliante.  Espero que nunca mais saia da cadeia.

 


Notas Finais


A foto capa desse capítulo é o bandido conhecido como "Risadinha", do filme "Desejo de Matar 3" (1985), estrelado pelo eterno Charles Bronson (1931-2003), que era conhecido por tal vulgo por ter o hábito de rir ao fugir, após roubar suas vítimas. Cai morto quando o personagem de Bronson o alveja nas costas com uma Wildey Magnum 475. Resolvi colocar um pouco de policial nessa história, criando uma gangue de rua inspirada na quadrilha do filme referido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...