História X Sexiest X By: Taehyung Kim and Jungkook Jeon - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 59
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então mais um capítulo, espero que gostem!
Comentem tá galera, não seja um fantasma,hrum!

Capítulo 11 - Kimmy, você é uma vadia morta!(11)


(...)

Depois que ela bebeu a água e se acalmou um pouco e olhou para mim, seu olhar dizia tudo, ela estava magoada e triste, eu só queria saber o que tinha acontecido.

-Sook...-uma lagrima escorreu pelo seu rosto, mas a mesma limpou rapidamente erguendo a cabeça voltando a me olhar.

-Não quero entrar em detalhes, mas aconteceu ontem, o Yoongi chegou aqui completamente louco, o estranho foi que não senti cheiro de bebida, seus olhos estavam vermelhos, suspeito. Rapidamente eu o levei para a sala, mas ele me empurrou na parede e ficou me encarando até começar a me xingar de várias coisas, como "Vadia", "Sua puta", na hora eu não chorei, somente o empurrei para fora de casa e tranquei a porta, fui dormi ouvindo o mesmo me xingando do lado de fora, depois disso eu não me lembro de nada, e quer saber...Ele nunca me mereceu, ele é um idiota!

-Amiga, eu não sei o que dizer.-comecei a chorar.-Ele estava drogado.-ela me olhou confusa.-Eu tentei te contar, mas ele disse que para não fazer isso, se eu soubesse que isso iria acontecer eu já teria te alertado a tempo...Me desculpa...-ela se levantou e me abraçou fortemente e sorriu fechado.

-Tudo bem Lin, eu te desculpo, mas só se me contar tudo o que aconteceu com você nessa semana.-ela disse curiosa.-Vamos! Eu quero detalhes.-se jogou no sofá.

Eu me lembrei do que tinha acontecido hoje e corei fortemente, ela fez uma cara maliciosa, eu claro que tive que contar tudo, mas não em muitos detalhes, senão, morria ali mesmo. Ainda eram duas horas e estávamos no tédio, sem nada pra comer, porque essa criatura linda não tinha feito compras, então eu fui no supermercado com ela já que estava com um pouco de dinheiro.

-Olha, eu tenho 80 reais, dá pra comprar bastante coisas.-ela me ignorou e pegou uma cesta e começou a colocar o que queria.

Comecei a rir e fui para o outro corredor ver as bebidas já que ela só estava pegando os doces. Estava tão distraída vendo as estantes de bebidas e refrigerantes que acabei esbarrando em uma pessoa a fazendo cair, arregalei meus olhos e fui ajudar a mulher.

-Nossa, me desculpa, eu estava tão distraída!-a ajudei se levantar.-Sinto muito.-me curvei, quando levantei minha cabeça eu vi a mulher que vestia roupas elegantes e usava um óculos escuro, bem chique, pronto, esbarrei numa rica, se quebrei algo dela vou ter que pagar. 

-Tudo bem!-ela sorriu amigavelmente, ufa, ela não é uma mesquinha.- Eu acho que já te vi em algum lugar.-a olhei confusa.-Foi no Brasil eu acho, eu estava de férias e fui para o Rio.

-É muito lindo, né?-ela assentiu.-Eu sou mestiça, e morava uns anos atrás lá e vim para a Coreia tentar algo novo.

-Ah, desculpa a falta de educação, me chamo Kimmy.-ela apertou minha mão.-E você...?

-Me chamo Yulin.

-Nome muito bonito, assim como você.-senti minhas bochechas se esquentarem, eu não estava acostumada a receber elogios.

Ouvi alguém chamar meu nome e quando me virei pra trás vi Sook com uma expressão de raiva e veio rapidamente ao meu encontro...

-Quem é ela, Noona?-faz tempo que ela não me chama assim.

-Prazer, me chamo Kimmy....-sorriu.-Foi um prazer te conhecer Yulin, mas eu tenho que ir, acabei de chegar de viagem sabe.-ela se curvou e saiu.

-Que mulher elegante, mas sei lá, não gostei dela não.-revirei os olhos, Sook era muito desconfiada com as pessoas, Yoongi não era um deles por que antes mesmo de ficarem eles eram muito amigos.-Vamos?

-Vamos sua boba.-rimos e fomos em direção ao caixa.

Senti meu celular apita, era uma mensagem do Taehyung.

"Onde você está?"

"Eu to tirando esse tempo livre para ficar com uma amiga minha, ela não tá bem por causa de um babaca"

"Ah sim, vai voltar quantas horas?"

"Umas cinco horas, pode ser?"

"Claro, vou liga para o Jungkook, se ele chegar e não te ver vai surtar"

"Kjsksj, até mais"

"Até"

-Era quem amiga?

-Meu daddy.

-O Taehyung ou o Jungkook?

-O Taehyung.

-Ai, eu ainda não acredito que aceitou ser baby deles, meu sonho.-ri.-Então, vamos assistir o que?

-Homem de ferro.-ela revirou os olhos.

-Não, sempre é esse filme,eu quero,humm...A meia noite da morte.(Filme fictício).

-Aff, tanto faz.-cruzei os braços e a ouvi rir e colocou em seguida o filme.

Passamos o resto da tarde assistindo aquele filme que até não era tão ruim...

Jungkook Pov 

Estava analisando alguns papéis quando Taehyung me manda uma mensagem falando que a Yulin chegaria um pouco tarde, pois estava ajudando a amiga, eu tão ocupado não liguei muito, mas depois recebi outra mensagem, revirei os olhos e deixei de lado, Taehyung quer me irritar, só pode.

-Pode entrar!-mandei e Namjoon entrou trazendo um buque flores e duas caixas, estranhei.-Isso é pra mim?

-Não sei, um homem mandou entregar para o chefe, mas não tem nome.

-E você trás?-bufei.-Vai que é uma bomba?-negativei.-Mas pode deixar ai, depois eu vejo isso.-ele deixou as duas caixas sobre a mesa e saiu.

Depois duas horas, já eram 5 horas, eu tinha terminado de analisar aquelas merdas e mandei tudo para minha secretária. Eu me virei para o lado e vi as duas caixas e o buque de flores, aquilo estava me cheirando muito mal. Novamente meu celular apitou, dessa vez o peguei e vi um numero desconhecido....

"Viu, tão linda, tão minha!"

Olhei para a mensagem do "Anonimo" e lá estava a foto da Yulin no mercado com sua amiga, logo fiquei irritado, mais e mais fotos foram enviadas dela andando na rua. Desliguei meu celular e comecei a abrir a caixa rapidamente, a primeira estava cheia de agulhas e a segunda tinha dois bonecos, um loiro e um parecido comigo...Pera! Aquelas rosas me lembravam algo, cheguei mais perto das mesmas e senti seu cheiro estranho, um perfume Frances...

-Não isso não pode está acontecendo!!-novamente meu celular vibrou.

"Ah Jungkook, sua baby é tão bonita, você sabe como sou, não vou aguenta, tenho que te-la para mim"

Novamente mais fotos da Yulin com o uniforme da faculdade, no refeitório, nas ruas, com o Taehyung, eu não acredito! Depois de tanto tempo sem essa demônio em minha vida ela conseguiu voltar, ela está muito enganada se vai conseguir ter a Yulin.

-Kimmy, você é uma vadia morta! 


Notas Finais


Tchau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...