1. Spirit Fanfics >
  2. Xícaras de Sangue >
  3. Segundo

História Xícaras de Sangue - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Aqui estou eu mais um dia , sob o olhar sanguinário do vigia , kkkkk

Finalmente não ?
Não me xinguem por favor

O cap é meio grande , espero que não se importem

Espero que gostem

Capítulo 3 - Segundo


                      ~ Seul (Coréia do Sul)                                                  *17/02----07:15*                                                            [Cafeteria]


Alguns dias aviam de passado desda primeira visitá do rapaz de pele pálida , agora todos da pequena cafeteria esperavam a visita do rapaz que passou a visitar diariamente o recinto

Seonghwa mas uma vez chegará ao local de trabalho

- Seong - começou Wooyoung se sentando em uma das cadeiras do balcão - eu 'tava pensando , qual o nome do carinha que todo dia vem aqui ?

- Qual dos ? - perguntou enquanto secava uma xícara

- Aquele pálido lá

- Não faço a mínima ideia

- Por que você não pergunta pra ele ? - disse fazendo Seonghwa se virar rapidamente com os olhos arregalados

- Por que eu teria que perguntar ? - disse se apoiando no balcão

- Por que é sempre você que atende ele , então ele já deve 'ta familiarizado com a sua cara - deu de ombros

O moreno soltou um longo suspiro . De fato também estava curioso para saber o nome do rapaz , ainda mais por parecer ser tão familiar

Foi tirado de seus pensamentos quando ouviu o sininho tocar , desviou sua atenção para a porta e logo se pos de pé ao ver o homem que falavam adentrando o local

Logo foi atender , na mesma mesa de sempre

- Olá , Bem Vindo a cafete...

- Não precisa dessa formalidade toda , quero o de sempre

- D-Desculpe , só um momento - disse já dando as costas , mas foi impedido por uma uma mão segurando seu pulso

- Tudo bem , eu sei que é seu trabalho , mas qual seu nome ? - perguntou pegando Seonghwa de surpresa - É que eu venho aqui todo dia e nunca soube , ainda mais que é você que sempre me atende - disse coçando a nuca com um sorrisinho

- Ah s-sim , m-meu nome é Park Seonghwa , e o senhor ?

- Sem essa de senhor por favor , pareço velho - os dois riram - meu nome é Kim Hongjoong

Esse nome é extremamente familiar

- É um prazer conhece-lo Hongjoong , já volto com seu pedido

- Obrigado

Assim que Seonghwa chegou no balcão foi abordado por Wooyoung e Mingi

- E ai , descobriu o nome dele ? - disse Wooyoung cochichando

- Sim , é Kim Hongjoong - disse no mesmo tom

- Ele é estranhos vocês não acham ? - disse Mingi o mais baixo que pode - Sei lá , o jeitão dele

- Bom , ele parece ser alguém reservado que gosta de livros e café sem açúcar , ou seja , provavelmente um escritor que não sai de casa a uns oitenta e quatro anos , ou um vampiro que gosta de café - disse Wooyoung fazendo Seonghwa revirar os olhos

- Eu voto na segunda , de fato esse cara parece não ver a luz do sol a séculos - Mingi entregou o pedido a Seonghwa

Logo após essa conversa , Seonghwa voltou para a mesa do rapaz entregando a torta de limão e o café

- Aqui está , faça bom proveito - já estava pronto para se retirar mas mais uma vez foi segurado pelo pulso

- Pode ficar aqui um pouco ? Quero conversar com você

Olhou em volta e realmente não aviam muitos clientes naquele horário , não faria mal ele se sentar ali um pouco . E assim fez

- A quanto tempo trabalha aqui ?

- Vai fazer dois anos mais ou menos , você é de onde ?

- Eu me mudei de Busan 'pra cá , pra falar a verdade nem lembro qual é minha cidade natal - tomou um gole de café dando de ombros logo em seguida

- Nossa - disse realmente impressionado , mas alguma coisa o dizia que conhecia aquele homem

- Quantos anos você tem ? - perguntou enquanto deu uma garrafa em sua torta

- Vou fazer vinte e dois em abril

- Nossa , você é mais velho por alguns meses

- Sim , meus amigos me zoam por causa disso , em sou o mais velho do grupinho então sempre acabo sendo tachado como velho - revirou o olhos fazendo uma careta

- Estamos no mesmo barco então , sou o mais velho do meu grupo de amigos também

- Você trabalha com o que ?

- Sou escritor

- Faz muito tempo desde que eu peguei um livro , a última vez eu acho que foi a dois anos

- Não sou lá muito conhecido , na verdade estou apenas começando minha carreira - mais uma vez deu de ombros

- Entendo

Depois de muito conversar sobre a vida Hongjoong terminou sua torta e café , pediu a conta e se despediu de Seonghwa

- E então ? - perguntou Wooyoung para Seonghwa assim que ele se aproximou do balcão

- Ele é escritor , já viveu em várias cidades e tem alguns amigos , nada demais , de fato era a primeira opção

- Que bosta mano , pensei que ele seria um demônio que 'tava tentando seduzir o Seong pra depois se alimentar da sua alma - cruzou os braços com um biquinho nos lábios

- Não viaja Mingi - deu um peteleco na testa do mesmo - mas tem uma coisa

- O que ?

- Eu cinto que conheço ele de algum lugar , mas isso é praticamente impossível , já que vocês foram as únicas pessoas que eu fiz amizade desde que né mudei pra Seul

- Você nunca nos disse de onde você era - comentou Wooyoung

- Eu vim de Jinju no interior

- Você deve ter conhecido ele lá , você não disse que ele já morou em várias cidades ? - disse Mingi arqueando uma das sobrancelhas

- Mas o que ele iria fazer em Jinju ? Não tem nada que interesse alguém por lá

- Olha eu não sei , mas vamos parar de conversa e vamos trabalhar , se não o patrão vai come' nossos rins

Depois dessa pequena conversa os amigos voltaram a trabalhar normalmente .


               •Quebra de tempo•                                                     26/02----18:37*


Alguns dias se passaram desda primeira conversa de Seonghwa e Hongjoong , algumas vezes o mais novo ficava até o final do expediente do moreno e iam juntos para a casa do mesmo , conversando como se fossem amigos de anos . Seonghwa continuava com a sensação de conhecer o azulado , mas não tinha coragem para perguntar

Hoje a cafeteira ficou aberta até mais tarde . Seonghwa estava fechando a porta do local e se preparando para ir para casa

Estava caminhando para sua casa quando começou a se sentir observado , se virou rapidamente mas não viu nada , decidiu ignorar essa sensação por hora . Mas novamente sentiu estar sendo seguido , aumentou a velocidade de seus passos e percebeu que alguma coisa o seguia , quando percebeu estava correndo

Depois de muito correr se escondeu em um beco , se encolheu em um canto . Pensou estar a salvo , mas começou a ouvir passos se aproximando ; fechou os olhos com força rezando para todas as divindades poxiveis para não ser encontrado

- Oi




Continua....


Notas Finais


Quem será ?

Espero que tenham gostado

Desculpe-me qualquer erro

Qualquer crítica podem colocar nos comentários

Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...