História "xxDepression is a drugxx" - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ajuda, Amigos, Amor, Concelhos, Depressão, Falsidade, Família, Felicidade, Irmão, Lamina, Morte, Mutilação, socorro, Suícidio, Tristeza
Visualizações 15
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Seinen, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 30 - Labirinto


Fanfic / Fanfiction "xxDepression is a drugxx" - Capítulo 30 - Labirinto

Estamos tentando nos reeguer, nos levantar desse lugar mofado 

Ninguém disse que ia ser fácil, mas não esperavamos que fosse tão doloroso assim ter que me levantar da cama 

Requer muita energia e muita força de vontade, e nós nos questionamos o tempo todo  se a temos ainda

As vezes parece tão melhor só ficar aqui, deitada embaixo do cobertor, protegida do resto do mundo e das pessoas 

Mas se tem uma coisa que eu estou aprendendo é que muitas vezes o inimigo está na cama junto com a gente, está na nossa pele

Quando ficamos sozinhos com nossos pensamentos, é a pior hora do dia, é a hora mais escura

Estamos protegidos do resto do mundo, mas não estamos  protegidos do pior monstro: nossos pensamentos

Ou, eu diria, nós mesmos

Temos andado por vias tortuosas ultimamente

Vias mal iluminadas e desconhecidas, vias que eu não sabemos o caminho de volta

Não sabemos direito como viemos parar aqui

É tipo um labirinto sabe?

Já não sabemos qual caminho pegamos para chegar onde estamos e não sabemos qual tomar para sair

Não é um labirinto agradável, verde, florido

Ele é denso, repleto de arbustos altos e de folhagens escuras

As vezes faz frio, as vezes as nuvens escurecem ainda mais o nosso caminho

Muitas vezes não temos mais força para continuar andando e para continuar tentando encontrar a saída

É nessas horas que só queremos deitar sabe? 

Nos agachar e esperar que tudo isso acabe

Como se fechar os olhos e apertá-los com força nos fizessem acordar desse pesadelo

Mas eu tenho visto que não adianta 

Quanto mais tempo passamos aqui dentro, mais frio, mais cinza tudo fica e menos ar tem 

Parece que não conseguimos respirar direito, a glote fecha, dói o peito

Sentar e esperar que passe, orar para que passe, não vai me tirar daqui e nem vai tirar vocês 

Nós temos que ficar de pé e enviar o comando para que as nossas pernas se movam

Precisamos seguir o caminho, mesmo que dê em um beco sem saída, mesmo que nos faça voltar para onde estavamos

Mover é melhor que ficar parado não? 

Mapeando por onde já andamos, tentando memorizar as vias já percorridas, e tentando não entrar nelas novamente

Precisamos continuar caminhando porque só nossas pernas vão nos levar para a saída

Não tem um helicóptero sobrevoando o labirinto e pronto para jogar uma corda

Um super-herói não vai voar pelas barreiras de plantas e cair na nossa frente para nos resgatar

Não tem poção mágica ou fada-madrinha ou gênio da lâmpada para nos conceder 3 desejos

Tem eu, você 

Eu me tenho, você se tem

Tenho minhas pernas e minha cabeça para me ajudar a racionar e a me tirar daqui e você TAMBÉM tem

Deveriamos ser suficientes, não? Mas na maioria das vezes nós nos sentimos  insuficientes, abaixo do esperado, incompetentes, inúteis, pensamos que é impossível sair dessa e então nos sintimos sem ar, as paredes parecem que se fecham em torno de nós e nem um raio de luz consegue ultrapassar

Mas temos que continuar seguindo

Se não a gente..... quem vai?  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...