História Yahari Oreno Seichun Love Comedy wa Machigatteiru LightNovel - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anime, Comedia, Ficção, Ficção Adolescente, Mangá, Original
Visualizações 2
Palavras 3.409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shounen

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Sempre, Yukinoshita Yukino é persistente. (parte 2)


Assim que chegamos ao prédio especial, como ela não parecia mais se preocupar com uma eventual fuga então, a Sensei me soltou. Mesmo assim, não parava de olhar para mim quando me largou lá. Não expressava nenhum sentimento de relutância ou gentileza, porém apenas uma intenção assassina como se dissesse 「Você sabe o que vai acontecer se você tentar escapar, certo?」

Eu sorri ironicamente enquanto caminhava pelo corredor.

Houve um silêncio em um dos lados do prédio especial e a atmosfera estava fluindo friamente.

Deveriam haver muitos clubes em atividade no momento, mas até aqui ainda não havia nenhum barulho que indicasse isso. Eu não sabia se era porque esse é o edifício especial ou se era por causa dela, Yukinoshita Yukino que emanava uma aura estranha.

Coloquei minha mão na porta para abri-la. Honestamente, eu estava deprimido, mas o pensamento de fugir me irritava.

Se eu tomasse cuidado com as palavras malignas dela estaria tudo bem. Não deveria pensar que nós dois estamos ali, mas que eu estou sozinho aqui e ela está sozinha lá. Acho que se não houvesse nenhuma relação entre nós, eu não teria que me sentir estranho ou desconfortável.

E então, hoje começa, a primeira contramedida para não ter medo de ficar sozinho é 「Se você vê um estranho, pense nele como sendo um estranho」. Aliás, não existe uma segunda.

Em poucas palavras, acho que a sensação de estranheza vem de ideias obsessivas como 「Eu tenho que dizer alguma coisa」「Se eu não tentar me dar bem com ela」 que nascem na mente.

Isso é o mesmo que alguém que não pensa 「Droga! Estamos completamente sozinhos! Isso é tão estranho!」 quando outra pessoa senta do seu lado no trem.

Se pensar dessa forma, eu consigo aceitar. Seria bom se ela ficasse quieta lendo um livro.

Quando abri a porta da sala do clube, Yukinoshita estava lendo um livro exatamente da mesma forma que ontem.

「......」

Foi uma coisa boa eu ter aberto a porta, mas não sabia se seria bom dizer alguma coisa. De qualquer forma, eu apenas acenei com a cabeça e passei por ela.

Yukinoshita me olhou por um instante, e no próximo instante seus olhos voltaram para o seu livro de bolso.

「Esta distância, você está se isolando nesta sala......?」

Ela me ignorou tanto que, por um instante, achei que eu tivesse desaparecido no ar. É quase da mesma forma que eu me sinto o tempo inteiro na sala de aula.

「Esse foi um cumprimento estranho. De que tribo ele é originado?」

「...... KONNICHIWA!」

Para igualar com suas palavras sarcásticas, eu respondi com a saudação que aprendi no jardim de infância e Yukinoshita sorriu em resposta.

Provavelmente, era a primeira vez que Yukinoshita Yukino me mostrava o seu sorriso. Quando ela sorriu, eu notei que não tinha covinhas e nem um dente saltando para fora.

「Boa tarde. Achei que você não viria mais.」

Realmente, aquele sorriso era uma jogada suja. Uma jogada suja no mesmo nível que a Mão de Deus do Maradona. Em outras palavras, era algo que eu não poderia a aceitar de maneira alguma.

「Ta-tanto faz! Eu perderia se fugisse e só por isso eu vim! Na-não tenha a ideia errada!」

Essa conversa foi um pouco como a das comédias românticas. Entretanto, era como se os papéis de garoto e garota estivessem invertidos. Como eu pensei, isso não dá certo.

Eu não senti que Yukinoshita tenha ficado ofendida com minha observação. Isso significa que, na verdade, ela continuou a conversa sem se importar nem um pouco com minha resposta.

「Quando alguém ouve palavras duras como aquelas, acho que normalmente ela não volta...... Você é masoquista?」

「Claro que não......」

「Então é um stalker?」

「Isso também não. Ei, porque você está supondo que eu sinto algo por você?」

「E não sente?」

Essa puta teve a coragem de calmamente inclinar a cabeça fazendo uma expressão de perplexidade! Era um pouco meigo, mas eu não estava comprando nada daquilo!

「Errado! Esse seu comportamento excessivamente confiante é demais até pra mim.」

「Então, eu achei que você aparentemente gostava de mim.」

Yukinoshita disse isso sem estar particularmente surpresa. Em vez disso, ela usava sua imutável expressão fria de costume.

É claro que a Yukinoshita tinha um rosto belo. A tal ponto que, um solitário sem amigos como eu, soubesse de sua existência. Sem dúvidas ela era uma das garotas mais bonitas da escola.

Entretanto, seu comportamento excessivamente confiante era anormal.

「Ei você, como criaram você pra pensar de forma tão idiota? Todo dia era seu aniversário por acaso? Ou você era amante Papai Noel?」

Se esse não fosse o caso, a mente dela não estaria presa nessa desilusão de felicidade.

Se ela continuasse nesse ritmo, certamente, isso não seria nada diferente de passar por uma situação dolorosa. Seria melhor se ela mudasse sua atitude antes de chegar a um ponto em que não haja mais volta. Parece que um pouco de compaixão veio a tona das profundezas de minha alma.

Decidi escolher cuidadosamente minhas palavras e transmitir a mensagem de forma indireta.

「Yukinoshita você é anormal. Uma completa maluca. Devia fazer tipo uma lobotomia ou algo do gênero.」

「Isso é você sendo franco para o meu próprio bem?」

Yukinoshita sorriu e olhou em minha direção, mas seus olhos não passavam alegria e sim medo.

Mas bem, eu não disse que ela era um lixo ou que não tinha valor nem nada assim, então ela poderia ao menos ter me elogiado por isso. Francamente, se o rosto dela não fosse bonito, tenho certeza que teria batido nela.

「Bom, considerando a baixa posição social sua, Hikigaya-kun, deve ser natural me ver como uma anormal. No entanto, é apenas natural que eu venha a pensar dessa forma. É algo baseado na experiência.」

"Huhun" Yukinoshita riu e estufou o peito com orgulho. O curioso era que até mesmo esse tipo de gesto ficava tão bem na Yukinoshita.

「Baseado na experiência, certo......?」

Ela devia estar falando de experiências do tipo românticas. É óbvio se você considerar a aparência dela.

「Você está falando da sua super divertida vida escolar.」

Eu murmurei com um suspiro e a Yukinoshita respondeu imediatamente.

「Sim, sim. Isso mesmo. Na realidade, no momento, estou vivendo uma vida escolar pacífica.」

Ao dizer isso, por alguma razão, Yukinoshita tinha um olhar distante e seus olhos afastaram-se da minha direção. Graças a isso, eu me peguei pensando que a curva entre seu queixo e seu pescoço era linda, só que é um pedaço de informação tão inútil que eu fiquei com raiva.

Ao vê-la, eu percebi uma coisa, mas acho que se eu tivesse apenas mantido a calma eu teria notado de imediato. Essa autoconfiança que naturalmente a coloca em um pedestal, impossibilitaria que ela mantivesse relações com pessoas normais e portanto, não havia como ela ter algo como uma vida escolar pacífica.

Talvez eu devesse perguntar......

「Ei, sabe, você tem amigos?」

Assim que eu disse isso, Yukinoshita evitou me olhar.

「...... Bem, primeiramente eu gostaria de perguntar onde começa e onde termina a definição do termo amigo.」

「Ah, já basta. Esse tipo de fala é algo que só quem não tem amigos diria.」

Fonte: eu.

Bem, falando seriamente, eu não tenho ideia de onde começa e onde termina a definição do termo amigo. Eu gostaria que alguém me explicasse a diferença entre um amigo e um conhecido.

Se você vê alguém apenas uma vez seria um amigo e se você vê todos os dias seria um irmão? Mi dó fá dó ré si sol lá o? Por que apenas o último 'o' não é parte da escala? Isso me incomoda até hoje.

Para começar, existe uma linha tênue entre a definição de amigo e de conhecido. Isso é especialmente evidente entre as garotas. Mesmo as pessoas da mesma classe podem ser classificadas como colegas de classe, amigos ou melhores amigos. Nesse caso, isso é sobre como surgem essas diferenças.

Agora vamos retornar ao que estávamos falando.

「Bem, você realmente não tem amigos como eu imaginei, mas está tudo bem.」

「Eu não disse que não tinha amigos, não é? Embora, mesmo que eu não tivesse amigos, isso não seria desvantajoso de forma alguma.」

「Ah sim, isso mesmo, sim sim」

Eu disse rapidamente, esquivando-me das palavras da Yukinoshita enquanto ela me olhava com desprezo.

「Quero dizer, por que você, que é do tipo que as pessoas tendem a gostar, não tem amigos?」

Eu perguntei e a Yukinoshita pareceu um pouco ofendida. Depois disso, ela com desgosto olhou para o lado de fora e falou.

「...... Alguém como você jamais entenderia.」

Yukinoshita estufou um pouco as bochechas e desviou o olhar.

Bem, isso é porque Yukinoshita e eu somos pessoas completamente diferentes e eu nunca sei nem mesmo um pouco o que ela está pensando. Eu acho difícil escutar e entender o que ela diz. Não importa o quão duro tentemos, no fim nós nunca poderíamos nos entender.

Embora a única coisa que eu entendia sobre Yukinoshita é sua solidão.

「Bem, não é como se eu não entendesse o que você está tentando dizer. Ficar sozinho significa que você pode passar um ótimo tempo consigo mesmo. Na verdade poderia até mesmo dizer que a os valores que dizem que não se deve ficar sozinho são asquerosos.

「......」

Yukinoshita olhou para mim , mas imediatamente voltou o rosto para frente e fechou seus olhos. Devido a esse gesto, eu poderia dizer que ela estava pensando em algo.

「Mesmo que você goste de ficar sozinha, ter alguém apenas derramando simpatia sobre você é irritante. Eu entendo completamente.」

「Queria saber porque você está agindo como se estivéssemos no mesmo nível...... Isso é algo extraordinariamente irritante.」

Yukinoshita disse isso e então, como se para encobrir sua irritação, jogou o cabelo para trás.

「Bem, apesar de você e eu sermos de níveis diferentes, eu suponho que compartilhamos um pouco do mesmo tipo de pensamento sobre sermos sozinhos, mas isso é um pouco ofensivo.」

Após dizer que era ofensivo, Yukinoshita abriu um suave sorriso autodepreciativo. De algum modo seu sorriso parecia sombrio, apesar de calmo.

「O que eu quero dizer quando afirmo que estamos em níveis diferentes...... Eu tenho minha própria opinião sobre a solidão. Você poderia muito bem me chamar de mestre dos solitários. Na real, chamar alguém do seu nível de solitária não é um absurdo?」

「Me pergunto o que é isso...... Esse sentimento de confiança corajoso, porém patético......」

Yukinoshita pareceu chocada e olhou para mim com uma expressão repleta de espanto. Então, satisfeito com a expressão dela eu disse de forma triunfante.

「Você é do tipo que as pessoas tendem a gostar e se autodenomina solitária. Você envergonha as pessoas solitárias de todo o mundo.」

Entretanto, Yukinoshita estupidamente sorriu com uma expressão corrompida.

「Essa é uma forma simplista de se pensar. Me pergunto se você consegue viver apenas de reflexos espinhais. O que você entende sobre ser alguém que as pessoas costumam gostar? — Ah, é mesmo, você nunca experimentou isso antes, não é. Isso foi falta de consideração de minha parte. Me desculpe!」

「Se está tentando ter consideração, então tenha consideração até o fim......」

Você chamaria isso de ser superficialmente educada? Como eu pensei, ela é desagradável.

「Então, qual o problema das pessoas gostarem de você?」

Eu a questionei e Yukinoshita fechou seus olhos como se estivesse pensando um pouco sobre o assunto. Ela tossiu um pouco e abriu a boca.

「Para alguém como você que ninguém gosta, isso pode ser um pouco desagradável.」

「Não se preocupe porque eu já tive o suficiente.」

Eu respondi e a Yukinoshita respirou fundo em resposta.

Eu não podia me sentir de forma ainda mais desagradável. Apenas o que recebi agora pouco era como se eu tivesse acabado de comer uma quantidade infinita de lamen.

「Como eu desde antigamente era bonita, os garotos se aproximavam de mim porque tinham sentimentos por mim.」

Desisto.

Era como se ela tivesse acrescentado mais duas porções de legumes e mais uma porção de carne ao meu lamen.

Mas, embora eu tentasse me pôr a frente e agir de modo totalmente confiante, eu não podia apenas sair agora. Eu me preparei e esperei pacientemente ela continuar a falar.

「Eu acredito que começou durante os meus anos finais do Ensino Primário. Desde então......」

Após dizer isso a expressão da Yukinoshita estava diferente de antes. Estava um pouco melancólica.

Agora já faz cerca de cinco anos. O que diabos se sente quando se é constantemente exposto ao sentimento amoroso do sexo oposto.

Francamente, após ter sido exposto aos sentimentos de ódio e repulsa por parte do sexo oposto ao longo de 16 anos, eu nunca poderia entender isso. Não tendo recebido chocolate de Dia dos Namorados nem mesmo de minha própria mãe, aquele era um mundo que eu não poderia entender. Apenas parece que ela é uma daquelas pessoas que ficam felizes só de estarem vencendo na vida. Ela não está apenas me fazendo ouvir enquanto se gaba de sua vida terrível?

— Mas é só isso, certo?

Somos tão diferentes quanto um vetor positivo é de um vetor negativo, mas seria difícil atingi-la com meus verdadeiros sentimentos.

Seria como estar nu em meio a uma tempestade furiosa. Acho que seria tão difícil quanto criticar severamente alguém durante uma discussão em sala de aula.

E eu ainda fui deixado em pé sozinho na frente do quadro negro, enquanto o resto da turma ficava em volta cantando 「des~culpe, des~culpe!」 em voz alta, enquanto batiam palmas. Foi um cenário semelhante ao inferno.

...... Aquilo foi realmente difícil. Foi a única vez na vida em que eu chorei na escola.

Só que eu estou bem agora.

「Bom, ser amada deve ser melhor do que ser odiado não é. Você é mimada. Muito mimada.」

Eu disse isso depois que a desagradável memória me veio à mente. A Yukinoshita deu um curto suspiro. Parecia muito que ela estava sorrindo, mas sua expressão ainda era muito diferente.

「Particularmente, eu não acho que sou alguém que os outros tendem a gostar」

Ela afirmou e ainda acrescentou mais algumas palavras.

「Pelo contrário, se as pessoas realmente gostassem de mim, isso provavelmente seria algo bom.」

「Ahn?」

Eu inconscientemente pedi a ela que repetisse o que acabara de dizer após ouvir seu murmúrio e a Yukinoshita virou-se de frente para mim com uma expressão séria.

「O que você pensaria se um amigo seu fosse popular com as garotas?」

「Essa é uma pergunta estúpida. Eu não tenho amigos, então eu não teria que me preocupar com esse tipo de coisa.」

Eu dei uma resposta extremamente forte, como um homem faria.

Mesmo que eu mesmo tenha dito isso, fiquei surpreso em como eu rapidamente a cortei com uma resposta, antes mesmo que ela terminasse de falar. Pareceu que Yukinoshita estava surpresa. Ela estava sem palavras e com a boca aberta.

「...... Por um segundo, eu cometi o engano de pensar que você diria algo legal.」

Yukinoshita gentilmente pôs a mão sobre a têmpora, como se estivesse com dor de cabeça, e baixou a cabeça.

「Pense nisso hipoteticamente e me dê uma resposta.」

「Eu iria matá-lo.」

Eu não sabia se minha resposta rápida havia a satisfazido ou não, mas Yukinoshita assentiu com a cabeça.

「Percebe, você não iria tentar eliminar essa pessoa? Assim como a uma fera irracional. Não, ele seria inferior aos pássaros e animais...... A escola que frequentei tinha muitas pessoas assim. Mas eu acredito que eles eram existências miseráveis que só poderiam confirmar sua existência dessa maneira.」

Yukinoshita subitamente gargalhou.

Garotas que são odiadas por outras garotas. Uma categoria assim definitivamente existe. Eu não tenho ido a escola por dez anos por nada. Não é como se eu estivesse no meio disso, mas é algo que você pode sacar apenas olhando de fora. Não, é porque eu estava olhando de fora que eu era capaz de compreender.

Yukinoshita certamente sempre foi o centro de tudo e, como resultado, ela foi, sem dúvidas, cercada de inimigos por todos os lados.

Para alguém que viveu assim, eu posso imaginar que tipo de coisas ela experimentou.

「Quando eu estava no Primário, eu tive meus uwabakis escondidos cerca de 60 vezes, mas em 50 das vezes eles foram escondidos por garotas da minha classe.」

「Estou curioso sobre as outras 10 vezes.」

「3 vezes foram garotos. Outras 2 vezes foram quando o professor os comprou de mim. Nas outras 5 vezes, um cachorro os roubou.」

「A porcentagem de vezes em que isso foi feito por um cachorro é bem alta.」

Algo assim ia além da minha imaginação.

「Mas acho que isso não é o ponto mais chocante.」

「Eu estou dando o meu melhor para te ignorar!」

「Graças a isso, eu passei a ter que levar os meus uwabakis para casa todos os dias e até mesmo a minha flauta.」

Yukinoshita disse isso com uma expressão cansada. Após ver sua expressão, involuntariamente eu senti alguma simpatia por ela.

Não é por causa disso? O fato de que é parecido com o que eu vivenciei. O fato de que, no Primário, eu me sentia culpado porque estava a uma hora na sala de aula e ninguém sequer se aproximava, então eu apenas tentei mudar o porta-voz das minhas lições? Eu estava genuinamente me sentindo mal por Yukinoshita. É verdade, verdade. HACHIMAN, NÃO DIGA MENTIRAS.

「Deve ter sido difícil.」

「Sim, foi difícil. Só porque sou bonita.」

Ao ver Yukinoshita sorrir em autodepreciação eu acabei não me irritando dessa vez.

「Mas não dá para fazer nada. Ninguém é perfeito. Eles são fracos, têm sentimentos horríveis e ficam facilmente com ciúmes e tentam humilhar os outros. Curiosamente, as pessoas excelentes são as que mais sofrem nesse mundo. Isso não tem graça. É por isso que eu vou mudar este mundo e todas as pessoas nele.」

Os olhos de Yukinoshita estavam com um sentimento brilhante como o sol, tanto que parecia que poderia queimar um pouco até gelo seco.

「O seu objetivo não é um pouco ambicioso demais......」

「Talvez. Mas acho que é melhor do que o seu plano de secar e murchar até morrer...... A parte em você que se vangloria das suas falhas é algo odioso.」

Yukinoshita disse e desviou o olhar para fora da janela.

Yukinoshita Yukino, uma garota bonita. Uma verdade absoluta que, até mesmo eu, fui forçado a aceitar, com o mais profundo pesar. Do lado de fora, ela parecia ser irrepreensível, com suas excelentes e impecáveis notas. No entanto, sua personalidade naturalmente difícil, era uma ferida fatal em seu caráter. Essas falhas não eram fofas em nada.

Mas, existe uma razão para que ela tenha sofrido essa ferida fatal.

Eu não acredito cegamente em tudo o que a Hiratsuka-sensei diz mas, por ser alguém que tem muito, Yukinoshita tinha seus próprios sofrimentos.

Certamente, não seria difícil esconder isso e continuar a enganar a si mesma e a todos ao seu redor. Isso é o que a maioria das pessoas no mundo fazem. Assim como as pessoas que são boas nos estudos, mas depois de irem bem no teste dizem que foi apenas um palpite de sorte.

Assim como as garotas bonitas que apenas olhando, ficam com ciúmes das outras e dizem que o nível de feiúra delas é determinado pela quantidade de gordura que possuem.

Mas a Yukinoshita não faria isso.

Ela nunca iria mentir para si mesma.

Não é como se eu não fosse, ao menos, elogiar a atitude dela.Porque nós somos iguais nesse sentido.

Como resultado do fim da nossa conversa, Yukinoshita voltou para seu livro de bolso.

Enquanto eu a assistia, um estranho sentimento veio até mim.

— De alguma forma, ela e eu certamente somos parecidos. Eu acabei pensando nisso, apesar de ser eu mesmo.

— O silêncio naquele momento era, de alguma forma, agradável.

— Senti meu coração bater um pouco mais rápido. Era como se meu coração dissesse que queria bater mais depressa que o ponteiro do segundo do relógio e ir além.

— Poderia ser então......

— Poderia ser então que ela e eu......

「Sabe, Yukinoshita...... Poderia ser que, eu me tornasse seu ami—」

「Me desculpe. Isso é impossível.」

「Quê? Mas eu ainda nem terminei de falar!」

Yukinoshita foi em frente e plenamente de rejeitou. E ainda por cima, ela tinha esse olhar de quem está enojado em seu rosto.

Sim, essa garota não era nada fofa. Coisas como comédias românticas deveriam explodir.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...