1. Spirit Fanfics >
  2. Yami no tenshi >
  3. Senhorita fada

História Yami no tenshi - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Senhorita fada


Fanfic / Fanfiction Yami no tenshi - Capítulo 1 - Senhorita fada



Luffy pulava de árvore em árvore indo em direção ao pasto, pegaria emprestado Elon sem permissão obviamente, ele não poderia pedir isso as pessoas que estão atrás dele.

Porquê tem pessoas atrás de um garoto de 6 anos você pergunta e eu respondo, esse garoto é muito importante e forte.

Monkey D. Luffy príncipe dos Nekomatas, atualmente uma raça quase extinta tento menos de 100 nekos no mundo inteiro. 

Foi pura ingenuidade do pequeno que descobriram sobre ele. O mesmo quando se apresentou ao reino durante a guerra ele cometeu dois erros.

Primeiro usar seu sobrenome materno A'Kurozu o nome da família real o que já tinha o entregado e segundo pra demonstrar ainda mais ele mostrou suas caudas negras e orelhas de neko a pedido de um general dos Inu ー youkais cachorro.

Como ele não sabia nada daquele mundo ele acabou aceitando ir pro reino Inu. Lá ele aprendeu a lutar com espadas tanto que o melhor ferreiro do reino fez uma pra si, aprendeu sobre a sua raça e entrou no exercício.

Em 2 anos lutou em uma guerra contra um reino humano por território, matou, se machucou, despertou um poder da sua raça, a "vitória" foi dos Inu. Se arrependeu de matar aquelas centenas de pessoas, tinha certeza que dava pra resolver conversando, pediu pra sair do exército e o Rei deixou com a condição de que se casaria com sua filha aos dezoito anos coisa que ele não aceitou.

Tipo ele tem 7 anos não tem idade pra aprender a lutar, pra matar ou participar de uma guerra e tudo isso ele fez a mando do Rei e outros que ele chama de amigos, mas agora casar já é algo que ele não vai só aceitar como mais uma ordem.

Com a recusa do pedido/ordem ele teve que fugir do castelo e logo do reino por insobordinação, por ter sido rápido deu pra passar em casa e pegar algumas roupas e ouro que tinha no caso as jóias de ouro, prata com pedras preciosas nem foi todas mas o bastante tendo isso não saiu correndo em direção aos estábulos, ele está sempre com sua espada não precisaria a pegar.

Bem como tudo está explicado vamos voltar ao momento atual.

Luffy durante a correria liberou suas caudas e orelhas de gato e começou a correr de um modo animal e bem mais rápido.

Logo não demorou a chegar ao estábulo, como não sentiu cheiro de ninguém entrou no local correndo.

Foi andando pelo estábulo procurando o seu Pegasus Egon o achando rapidamente, Egon é branquinho e pequeno tendo nascido a alguns meses.

Luffy: Yo Egon - falou sorrindo - você pode me levar a um lugar? 

O Pegasus relinchou como um confirmação pro pequeno que o soltou e montou nele.

Egon saiu correndo do local onde ao pisar fora abriu suas asas saiu do chão e indo aos céus e justo nesse momento os Inu chegaram.

Agora já não podiam o seguir graças ao seu poder de ilução.


***


Tinha se passado alguns dias desde que ele fugiu do Reino Inu e infelizmente já tinham colocado recompensa pela sua cabeça e diga-se de passagem era muito grande.

120 milhões era absurdo, tipo ele tem 7 míseros anos e tem 120 mi. pela sua cabeça, nunca imaginou isso quando era menor. Ele parecia aqueles piratas do seu mundo, riu triste seu avô nunca deixaria ele ser um deles mesmo que ele implorasse.

Sentia falta do mesmo, não gostava dos socos ou das chatices que ele falava sobre a Marinha preferia as histórias dele com piratas da era do Rei dos piratas Gold Roger mas de verdade queria o ver novamente.

O que ele vai falar pra si depois destes quase 3 anos desaparecido ele estaria preocupado com sigo? A Laki vai chorar quando brotar novamente? E o Haru vai o estrangula enquanto o afoga no mar de lágrimas dele?

Sentia tanta falta de uma vida normal, queria brincar e agir como uma criança normal mas tinha muitas responsabilidades e tinha que se dedicar ao reino. Era triste ninguém entender que ele só tem 7 anos, é uma criança não uma máquina de guerra mesmo que aparentasse algumas vezes.


Estava no vilarejo Dume, onde só tem humanos podia se passar por um facilmente já que nunca soube dos seus poderes até os 5 anos, bem nunca é uma palavra muito forte sua mãe tinha o falado antes de morrer de uma doença aos seus 4 anos depois disso ele tinha ido morar com seu avô Monkey D. Garp um vice-almirante da Marinha.

Foi um ano maravilhoso e divertido o último ano em que ele pode ser uma criança de verdade.

Iria comer em algum restaurante e voltar pra estrada iria demorar um bocado pra chegar ao lago em que ele chegou alí.

O lago de entrada e saída desse mundo fantasioso e incrível.


***


Na entrada de uma floresta estava um garoto sentado lendo um jornal.

???: Luffy-sama aumentaram sua recompensa de novo - falou a pequenina verde que estava em cima do seu cartaz junto ao seu castor de pelúcia.

Luffy olhou prós dois e deu um sorriso divertido.

Luffy: Sério?! Eu sou incrível - falou convencido fazendo a tonttata rir.

Dois meses aviam se passado e nesse tempo encontrou uma tonttata fofinha e gentil Nana que está sempre com um castorzinho de pelúcia em tons de verde muito fofo Luty.

Tinha a ajudado a fugir de humanos que queriam a matar, depois acabou que ela se juntou ao mesmo e vai junto a si pro seu mundo.

Estavam a algumas semanas naquela floresta a tão incrível floresta das fadas, nela vivia centenas de fadas muito fortes e muito animada e gentis.

Ficava triste por essa ser provavelmente a última vez que estará naquele mundo, hoje o portal do lago se abriu pela primeira vez no mês e última, se não entrasse hoje só poderia voltar no próximo mês.

Nana estava muito animada pra conhecer o mundo do seu irmãozão e não parava de sorrir.

Luffy estava ansioso, a beira de um colapso nervoso por não saber como vai só achar seu avô em algum lugar do mundo e falar "Yo vovô desculpa ter sumido por dois anos eu sem querer fui pra outro mundo e só pude voltar agora por ter muitas obrigações durante a guerra" tá de sacanagem que ele vai falar isso. Claro também tem a questão de aonde ele vai sair no mundo.

"Aff tudo é muito complicado"


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...