História Yandere - Imagine Toga - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Personagens Originais, Toga Himiko
Tags Imagine
Visualizações 58
Palavras 1.234
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Notas iniciais: A fanfic sera em primeira pessoa, por que eu acho um tanto ridículo esse negócio de "você" nos imagines, por que ne, se voce entrar numa fanfic imagine você sabe exatamente que é você ali e tem que se sentir que realmente é você.

Tera sangue, violência, e muita coisa errada nessa fanfic ^-^ se divirtam



Capítulo 1 - O Beijo



Eu acordei cedo como sempre, indo tomar uma banho frio para acorda totalmente ja que fui aos tropeços para o banho, me despi ja dobrando meu pijama e deixando em cima da pia, antes conferindo se estava seca. Entrei e fiquei em baixo do chuveiro, o ligando meio acanhada, assim que as gotas geladas eu comecei a da alguns pulinhos no boxe, meu corpo inteiro ficou arrepiado ja que a água parecia gelo.


- S/N! Você vai se atrasar para o café da manhã - Disse uma voz feminina que pertencia a minha mãe no meu quarto, do lado da porta do banheiro onde eu tomava banho, suspirei pesado.


Minha mãe era perfeccionista demais, tudo tinha um horário, uma programação específica, as vezes me perguntava como conseguia fazer tudo e ainda conseguia conversa com minhas amigas, Kendo, Jane e ate mesmo a Toga-Chan, uma das alunas mais tímida e fofa que eu conheci recentemente, na verdade eu sempre a via, porem sempre que eu tentava conversa com ela a mesma ficava muda.


- Não se preocupa, Mãe - Digo, saindo do boxe, com uma toalha enrolando meus cabelos e uma enrolando meu corpo - Ja estou me vestindo para ser exata.


- Certo, querida, faltam 6 minutos e 34 segundos para o café ficar pronto, não esqueça de arrumar a mochila - Disse minha mãe, saindo do quarto. Suspirei, e me admirei no espelho, assim que acabei de secar meu cabelo e secava meu busto.


Meus cabelos [cor] estavam sendo presos em um penteado que eu tanto gostava, meus olhos [cor] lindos e brilhantes, minha pele [cor] tinha algumas manchas pretas no ombro onde também tinha tinha pelos de cor castanha clara, no topo da minha cabeça tinha minhas orelhas felinas com a cor no mesmo tom na de meus ombros sendo as pontas negras. Minha individualidade me dava esses atributos felinos, um verdadeira Neko, e pelo que parecia eu me assemelhava a um Gato do Deserto.


Sai com a toalha enrolada em meu corpo, fechei a cortina e tranquei a porta começando a me vestir. As peças íntimas sendo rosa claro, de longe era minha cor preferida, porem eu gostava. Coloquei a meia calça Branca quase transparente, a saia vermelha que ia ate uma mão acima do joelho com linhas cor pêssego e verde, fazendo linhas quadriculada e por fim a blusa vermelha do uniforme com sua gravata pêssego, sem duvidas era o uniforme um tanto estranho no requisito cores.


Arrumei rapidamente minha mochila, que por sinal era mais como uma daquelas bolsas maleta preta com detalhes dourados, peguei meu celular e tinha duas mensagens, franzi o cenho, eram da Toga-Chan era estranho ela falar comigo ainda mais tão cedo.


S/N-Chan, você vai vim hoje?
Eu... eu queria te contar uma coisa é muito importante!!


Sorri de lado, ela era tímida ate mesmo por mensagens, sem dúvidas uma garota estranha, porem muito legal. Sua individualidade era bastante estranha e nojenta ao ver de nossas amigas, afinal ela tinha que beber sangue para mudar de forma, sua individualidade é metamorfose. Eu, achava aquilo super legal e respondi:


Claro que vou, Toga-Chan! Estou me arrumando agora mesmo!


Desci as escadas e sentei a mesa com minha mãe, que sorria animada falando como seu trabalho a agência estava lucrando e ao mesmo tempo sendo divertido, sorri ao ver a animação dela, fazia um bom tempo que eu não a via sorrir de maneira tao sincera e feliz, não via um desses sorrisos desde que meu pai morreu.


• Quebra de Tempo •


Chegando na escola logo fui abordada por Jane Austen, seus cabelos loiros dourados caiam como uma cascata por suas costas, grandes olhos azuis turquesa, a pele caucasiana. Seu sorriso conseguia ser bastante contagiante, então assim que vi seu sorriso era acolhedor e radiante, não consegui esconder o sorriso que surgia em meus lábios.


- S/N! Que bom que chegou! - Disse Jane, passando a mão no cabelo e enrolando os cachos loiros. Sua voz estava carregada de sotaque americano, afinal ela so estava no Japão a um ano e mesmo assim nem todas as pessoas se acostumavam e abandonavam o sotaque, e também tinha o fato de ela ficar nervosa, por isso sua voz ficava carregada de sotaque Norte Americano.


- Bom dia pra você também, Jane - Digo fazendo uma postura séria, Jane sorriu culpada - O que foi? Que me contar algo também?


- Sim, vem no banheiro comigo - Diz Jane me puxando para o banheiro feminino. Nego com a cabeça, enquanto sou puxada pelo mais alta, afinal ela tinha 1,73 e eu era um tiquinho mais baixa.


Ao chegar no banheiro, a primeira coisa que eu noto é que ele estava vazio, estranhei geralmente o banheiro estava cheio de meninas conversando ou se maquiando, Jane me encostou na parede e a gente ficou se encarando, eram segundos constrangedores, e minutos estavam se passando rapidamente, sentia que eram horas e era uma sensação desconfortável.


As bochechas de Jane estavam ganhando um tom vermelho, enquanto as minhas pareciam ficar mais quentes a cada minuto. Eu sabia dos sentimentos de Jane por mim, nas palavras dela o que a mesma sentia era amor e ela estava contando para uma de nossas amigas, quando eu por acidente escutei meu nome na conversa e resolvi espionar, descobrindo esse sentimento.


- J-Jane - Sussurrei, minha voz falhava - E-Estamos na escola


- É so um beijo - Respondeu Jane, com os braços em volta da minha cintura e me puxou.


Jane me beijou, no momento que nossos lábios se encostaram a loira pediu passagem pra língua e eu cedi rapidamente para ela, foi quando a porta se abriu e o som de algo caindo preencheu o lugar.


Empurrei Jane e olhei para a pessoa que estava na porta, eu queria sentir alívio ao saber que era uma amiga minha, porem tudo que senti foi medo. Os olhos amarelos da Toga-Chan, demonstravam uma raiva assassina em direção a Jane que tinha uma expressão seria para a loira, foi quando Toga se virou e saiu correndo, eu corri atrás dela, ignorando Jane gritando atrás ao longe pedindo para eu voltar.


Meus instintos diziam que o melhor era eu me afastar o mais rápido de Toga e não me aproximar mais e mais dela.


- Espera! - Gritei conseguindo por fim alcançar a loira, que me encarou emburada - Ah?


- S/N-Chan! Você é minha, não gostei do que vi no banheiro - Disse Toga, toda sua tímides pareceu sumir, a mesma bateu o pé no chão bastante irritada.


"Você é minha?" O que deu em você, Toga-Chan?


- Você é minha me entendeu? - Perguntou Toga, me empurrando em direção a parede. Pude notar o brilho de insanidade começar a surgir em seu olhar, o medo começou a se apoderar do meu corpo.


Toga tirou duas lâminas que estavam muito bem escondidas dentro de sua roupa, talvez nas coxas  que estava cobertas pela saia e gravou na minha mão, gritei de dor.


- S/N-Chan eu não queria lhe machucar, mas voce é so minha - Disse Toga, abrindo um sorriso psicótico. Tremi e ela tirou a faca da minha mão, tudo que eu fiz foi correr pressionando o sangramento, enquanto corria para a escola ouvindo a risada de Toga atrás de mim.


Chegando na escola eu estava completamente desesperada, entrei na sala da enfermeira e tudo se apagou.


Notas Finais


Notas Finais: :3 espero que estejam gostando, irei postar duas ou três vezes na semana. Segunda, quarta e sexta.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...